Quinta-feira, 27 de Novembro de 2014

O SENHOR ME CRIOU PARA SER SEU SERVO

Isaías 49:5                                          Isaías 49:5-9

 

O Senhor nos criou para sermos Seus servos, e isto desde o ventre da nossa mãe. Paulo haveria de dizer mais tarde: - "fomos salvos (novamente criados) para servirmos (II Coríntios 5:17).

 

Mas, valerá a pena deixar de servir a um senhor para ser escravo de outro Senhor?

 

Sem dúvida que sim. E vale pela natureza do Senhor a quem servimos. Se somos escravos do pai da mentira, do príncipe das trevas, do rei da maldade e da iniquidade, daquele que é enganador desde o princípio, então é terrível a nossa situação e temos que abandoná-lo já, pois amanhã pode ser tarde.

 

Mas, se já nascemos de novo, se já fomos feitos nova criação em Cristo Jesus e as coisas velhas já passaram, se já fomos regenerados e, pelo poder do Grande e Omnipotente Deus, fomos feitos filhos do céu, vale a pena sermos Seus escravos. Ele é o Senhor do bem, da verdade, da justiça e do amor.

 

Paulo estava nas prisões romanas mas não se considerava um preso do império romano, mas preso do Senhor Jesus (Efésios 4:1), porque Jesus o tinha resgatado da lei do pecado e da morte.

 

O próprio Deus nos criou, desde o ventre das nossas mães, para sermos Seus servos e praticarmos as obras da justiça e do amor.

 

Tenhamos cuidado e não percamos a visão dos propósitos de Deus para a nossa vida - servir. Servir e amar a Deus de todo o nosso coração, forças e entendimento, me servir e amar o próximo como a nós mesmos.

 

Que linda e maravilhosa vocação --  a vocação de servir a Deus sobre todas as coisas.

publicado por archote às 07:03

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 26 de Novembro de 2014

TIRARAM A ÁGUA DA FONTE DE BELÉM E TROUXERAM-NA A DAVID, QUE NÃO A BEBEU, MAS OFERECEU-A AO SENHOR

II Samuel 23:16                                   II Samuel 23:13-17

 

Este texto é a narrativa dos valentes homens que rodearam David, nas lutas que travou contra os filisteus.

 

A querida cidade de Belém estava ocupada pelos inimigos de Israel, os filisteus.  David e os seus homens estavam acampados próximo da mesma, esperando orientação de Deus para atacarem. David, cansado, teve sede e desejo de beber água de uma das fontes de Belém, sua cidade, e onde tantas vezes se tinha dessedentado, na sua juventude.

 

Belém, a cidade da "Fonte da água viva"! David queria dessa água para, refrescado, poder lutar pelo seu Senhor e pela sua cidade. Ainda hoje essa Fonte (Jesus) refresca, dá alento e novas forças para os cansados e oprimidos. Basta beber d'Ele e rios de águas vivas manarão de nós para o mundo inteiro. O que é que tem sido para vós a fonte de água viva do poço de Belém?

 

Dessa fonte dimana amor, amizade, fraternidade, compreensão e força para combatermos os inimigos do Senhor. Vamos até lá, pela fé, e bebamos abundantemente dessa água.

 

David desejou beber dessa água, mas, quando lha trouxeram, com grande sacrifício e dedicação, ele não a quis beber. "Derramou-a como libação perante o Senhor". Ele pensou: - não é justo usar para mim próprio o que outros, com sacrifício, trouxeram para mim. Vou oferecer isso ao Senhor e Ele satisfará a minha sede, e eu serei feliz com a felicidade dos outros.

 

Não usemos para nós próprios todas as bênçãos que o Senhor Deus nos dá, mas partilhemo-las pelos nossos irmãos e pelo mundo inteiro. Seremos muito mais felizes.

 

Derramemos como libação diante do Senhor e alarguemos o horizonte da felicidade por todos aqueles que nos rodeiam! Como os "valentes de David" teriam ficado felizes pela abnegação do seu rei, que se humilhou e não quis ser mais do que eles.

 

Foi um bom testemunho de David.

 

 

publicado por archote às 07:01

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 25 de Novembro de 2014

SENHOR, SE ÉS TU, MANDA-ME IR TER CONTIGO... POR CIMA DAS ÁGUAS

Mateus 14:28                                     Mateus 14:22-31

 

O mar estava bravo. Os discípulos tinham esgotado toda a sua experiência técnica para controlar o barco, e não o conseguiram. 

 

Jesus tinha ficado no monte, em oração ao Pai, mas estava zelando pela segurança dos Seus. À quarta vigília da noite (entre as 4 e as 6 da manhã), quando o mar era mais açoitado pelas ondas e pelo vento, Jesus chegou. É sempre assim. Jesus chega quando já temos esgotado todos os nossos meios e técnicas e ajuda com Sua presença e poder.

 

Quando Jesus Se identificou, pois alguns pensaram que era um fantasma, Pedro disse: "Senhor, se és Tu, ordena que eu vá ter Contigo sobre as águas do mar" Não era um teste a Jesus, mas era uma súplica do coração, tal era a alegria de Pedro. Jesus ordenou : Vem. E Pedro, ousadamente, com os olhos postos em Cristo, caminhou sobre as águas do mar.

 

Com os olhos postos em Cristo, por meio da fé, faremos proezas. Com Cristo iremos andar até aos confins da terra.  Contudo, não podemos tirar os olhos do Senhor. Não podemos deixar de confiar n'Ele, caso contrário acontecer-nos-á como a Pedro - começaremos a afundar-nos.

 

Ouvir a Sua voz e caminhar com os olhos postos em Cristo é ter a certeza da vitória, de chegarmos mais à frente e mais acima.

 

Fé em Jesus é o caminho para a felicidade. Cuidado, porém, pois a fé não nasce nas mesas das negociações, não é um prémio ao mais inteligente, nem ao que tem melhores obras, mas é ir ao encontro de Jesus, por sobre as águas tenebrosas, na certeza de que sempre teremos a mão amiga do Mestre estendida para nós! Fé é sair do barco sem receio. Jesus é o nosso Salvador!

publicado por archote às 07:04

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 24 de Novembro de 2014

FALA, SENHOR, PORQUE O TEU SERVO OUVE

I Samuel 3:10                                              I Samuel 3:4-11  

 

Senhor, este mundo faz um barulho ensurdecedor -- são  tanques de guerra que lançam suas bombas sobre inocentes; são  bombardeiros  que cruzam os ares com seus motores supersónicos; são  manobras de guerras e lutas sangrentas; são  carros e outros veículos poluentes; são  famílias  zangadas e em gritaria; são escolas com suas lutas internas!

 

É terrível, Senhor! Nós queremos ouvir-Te. Ajuda-nos para que ultrapassemos todo este barulho e possamos ouvir-Te como Samuel Te ouviu - "Fala, Senhor, que os Teus servos ouvem". Apura os nossos ouvidos para que possamos ouvir, para além de tudo, a Tua voz no nosso coração.

 

Fala, Senhor:    

 

"Eu Sou o bom Pastor e o bom Pastor dá a Sua vida pelas ovelhas"

                                                                                          João 10:11

 

"Cristo morreu pelos nossos pecados, segundo as Escrituras;

foi sepultado e ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras;

subiu ao céu, de onde há de vir para julgar os vivos e os mortos"

                                                                                           I Coríntios 15:3-4

                                                                                           II Timóteo 4:1

 

"Vinde a  Mim todos os que estais cansados e oprimidos

e Eu vos aliviarei; tomai sobre vós o Meu jugo e aprendei

de Mim, que sou manso e humilde de coração,

e encontrareis descanso para as vossas almas"

                                                                              Mateus 11:28-30

publicado por archote às 07:01

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 23 de Novembro de 2014

A VIDA É COMO UM NEVOEIRO, QUE APARECE E LOGO DESAPARECE

Tiago 4:14                                         Tiago 4:13-17

 

A vida do homem na terra é breve. Mesmo aquelas vidas longas como a de Metusalém (969 anos - Génesis 5:27), ou outras que hoje sejam mais compridas (110/120 anos), o que é isso comparado com a eternidade? São simples gotas de água no oceano, ou pequeníssimos grãos de areia na praia.

 

E o que é que se tem nessas longas vidas? Canseiras e enfados, porque, na maior parte dos casos, não se soube aproveitar o tempo concedido por Deus.  

 

Tiago escrevia, não só a jovens, mas também a pessoas amadurecidas e a outras já envelhecidas, avisando que esta vida é breve, é como uma neblina que aparece e logo desaparece (Tiago 4:14). Também é como a erva que de manhã cresce e floresce e à tarde seca-se e morre (Isaías 40:7-8), e como um sopro que vem a vai rapidamente.

 

No plano de Deus a nossa vida é o que Ele quer. Pode parecer longa ou curta, mas é o tempo que Ele nos dá para realizarmos a Sua vontade. É, sem dúvida, o tempo de vida que é o melhor para nós. Só Deus sabe o que é bom.

 

Se partirmos em Cristo, salvos pela Sua cruz, iremos para junto de Deus continuar a viver e a glorificar o Seu Nome. Se Deus  chama alguém antes de O aceitar como Deus e Salvador é também porque Ele sabe que esse alguém nunca O aceitaria. Faz terminar a sua carreira aqui na terra. Faz o que é melhor.

 

Não questionemos Deus pelo que Ele faz. Aceitemos o Seu plano de salvação pela fé em Cristo e estejamos sempre preparados para partir.

 

Hoje é o dia da salvação. Hoje é o tempo da graça de Deus para que deixes teus pecados e sigas a Cristo de alma e coração. Lembra-te que amanhã pode ser tarde.

publicado por archote às 07:01

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 22 de Novembro de 2014

MARTA, CRÊS TU ISTO?

João 11:26

 

Grande desafio que Jesus pôs diante de Marta!

  • Marta, crês que Eu Sou a ressurreição e a vida?
  • Marta, crês que quem crer em Mim nunca morrerá?
  • Marta, crês que os mortos que morreram em Cristo viverão outra vez?

Se estas questões te fossem postas a ti o que é que tu responderias? Darias uma resposta firme e plena de fé ou uma resposta duvidosa, titubeante?

 

Marta respondeu plena de fé - "Senhor, eu creio que Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo". Com esta, ela respondeu afirmativamente a todas as questões postas por Jesus.

 

Jesus fez sentir a Marta que a ressurreição não será só no final dos tempos, mas que, agora mesmo, Ele ressuscita a todos os  que estão mortos em pecados, desde que creiam n'Ele. Jesus é a vida. Precisamos de crer e ter comunhão com Ele para vivermos, desde já, ressuscitados por Cristo e para Cristo, fazendo a vontade de Cristo, que agora está assentado à dextra de Deus. Pensemos n'Ele e nas coisas que estão relacionadas  com Ele (Colossenses 3:1-2).

 

"Sim, Senhor, eu creio", disse Marta. Crer é compromisso. Crer n'Ele é rejeição de tudo aquilo que é carnal e dedicação exclusivamente às coisas que são de cima. Crer é compromisso em relação à vida moral e espiritual. É andar e viver como Ele andou e viveu, em tudo fazendo a vontade do Pai.

 

"Crês tu isto?" Crê que Jesus, sendo Deus, aniquilou-Se a Si mesmo, tomando a forma de servo, em tudo semelhante aos homens, e, achado na forma de homem... morreu na cruz para pagamento das nossas dívidas diante de Deus... ressuscitou, subiu aos céus e de lá há de voltar para julgar os vivos e os mortos.

 

"Crês tu isto"?

 

"Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo".

 

 

 

publicado por archote às 07:06

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 21 de Novembro de 2014

ALEGRAI-VOS POR SERDES PARTICIPANTES DOS SOFRIMENTOS DE CRISTO

I Pedro 4:13                                           I Pedro 4:12-13

 

Ser participantes das aflições, dos sofrimentos, das dores e do sarcasmo e malvadez não é coisa fácil. Não é uma boa herança para alguém receber.

 

Cristo deixou-nos em herança o sermos participantes das Suas aflições e dores.  Pode parecer duro, mas é glorioso.

 

Para que sejamos usados por Deus, Ele conduz-nos através  de múltiplas experiências, nem sempre fáceis, e que se destinam a  uma preparação para O servirmos melhor, na pessoa do nosso próximo.

 

Cristo sofreu "segundo a vontade de Deus", sem falhas, e quer que nós sejamos participantes nas Suas aflições para "não estranharmos a ardente prova que virá sobre nós, para nos provar e tentar, como se isso fosse coisa estranha" (I Pedro 4:12).

 

Só quando estamos unidos a Jesus, partilhando integralmente do que Ele é, somos capazes de compreender os Seus propósitos e de entender porque somos tentados e provados, entrando em  várias aflições. Jesus quer refinar-nos até à perfeição, para glória do Seu Nome.

 

Não fujamos de uma identificação com  Cristo até ao sofrimento, mas alegremo-nos nas aflições de Cristo, porque o gozo e a recompensa serão sempre mais doces e maravilhosos.

 

Somos ou não somos participantes dos sofrimentos de Cristo? Temos recebido isso como uma bênção ou temo-nos refugiado nas nossas  áreas de conforto, tantas vezes cobardemente? Proclamamos ou negamos a Cristo para fugir às aflições?

 

Lembremo-nos que Deus quer sempre o melhor para nós. Aceitemos com alegria fazer a Sua vontade.

publicado por archote às 07:01

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 20 de Novembro de 2014

REJEITÁMOS AS COISAS QUE POR VERGONHA SE OCULTAM

II Coríntios 4:2                                      II Coríntios 4:1-5

 

Não te aconteceu já teres de rejeitar coisas vergonhosas que ocultastes na tua vida? Certamente que sim e ainda bem. Melhor ainda se as rejeitaste depois de teres confessado a Deus os teus pecados e Lhe teres pedido perdão.

 

Se assim foi, tu estás perdoado. Mas, se apenas rejeitaste e não pediste perdão, não podes ficar nessa situação. É preciso que dês o passo seguinte para que sejas verdadeiramente feliz.

 

Renuncia a tudo que esteja mal e esteja entristecendo a Deus. Vive a vida de perdoado e santificado em Cristo, de maneira que os homens, vendo, glorifiquem, por ti, a nosso Pai que está nos céus.

 

Entre as muitas coisas que o  nosso coração alberga, e que é preciso renunciar, contam-se as invejas, os ódios, as discórdias, as fantasias pecaminosas, etc..

 

Mantém o teu coração limpo. Mantém a tua mente e o teu coração vigilantes, para que não brote na tua vida nada de que te venhas a envergonhar.

 

Para que o diabo não tenha vitória sobre ti, com as suas astúcias, chega-te para Deus e  ele fugirá, completamente derrotado. Com Cristo não viverás mais nas concupiscências da carne, mas segundo a vontade do Pai.

 

Despojai-vos de toda a maldade, de todas as obras da carne, que só vos envergonham, e enchei-vos de tudo o que é bom, de boa fama, justo, santo e, sobretudo, revesti-vos do amor de Deus, para que, neste mundo, sejais luz e sal.

publicado por archote às 07:02

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 19 de Novembro de 2014

QUANDO ORARES... ENTRA NO TEU QUARTO, FECHA A PORTA E ORA AO TEU PAI DO CÉU

Mateus 6:6                                        Mateus 6:6-13

 

Desta leitura, fica implícito que a oração válida é:

  • aquela que não é feita para os homens verem e ouvirem
  • aquela que é feita ao Pai que está nos céus
  • aquela que não usa de vãs repetições
  • aquela que é dirigida ao Pai em nome de Jesus (João 14:13)

Todas as outras orações , feitas de repetições (rezas), dirigidas a santos e santas e que não é feita em Nome de Jesus, o Único intercessor autorizado diante de Deus (I Timóteo 2:5), são orações que nunca chegam ao céu. Não cumprem os requisitos de Deus.

 

Na oração os nossos corações, olhos e mentes têm que estar centrados em Deus, não nos homens ou noutros intermediários.

 

Não esqueçamos que as nossas orações não são para o "inglês ver", nem têm o alvo de nos tornar conhecidos como bons religiosos. Têm por alvo tornar conhecido o nosso coração, a nossa disposição de servir ao Senhor, bem como de Lhe fazer conhecidas as nossas petições. Só de nós para Deus e nunca com objectivos colaterais.

 

No nosso tempo de oração devemos lembrar-nos que Deus não Se impressiona com as nossas palavras rebuscadas, com os nossos "teatros" e repetições. Ele dá atenção ao nosso fervor espiritual, à nossa sinceridade e aos objectivos que temos. Ele quer comunhão íntima e não aparências exteriores.

 

Devemos orar com fé, pois aquele que pede com fé recebe; pedir pelo nosso próximo com amor; pedir perdão dos nossos pecados, mas também estarmos prontos a perdoar a quem nos tem ofendido.

 

Oremos sempre a nosso Pai que está nos céus, segundo a vontade de Deus, pedindo aquilo que é bom para nós e de glória para o Seu Nome.

publicado por archote às 07:06

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 18 de Novembro de 2014

FIZ-ME TUDO PARA TODOS... PARA CHEGAR À SALVAÇÃO DE ALGUNS

I Coríntios 9:22                                          I Coríntios 9:15-24

 

Que grande paixão pelas almas perdidas tinha Saulo de Tarso! Que grande desejo de comunicar a Boa Nova de salvação aos perdidos!

 

Fiz-me judeu para ganhar os judeus, gentio para ganhar os gentios, fiz-me fraco para ganhor os fracos; fiz-me tudo para todos, para que , por todos os meios, possa ao menos chegar à salvação de alguns. Tudo por causa do Evangelho, tudo para que o Evangelho de Cristo, que é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê, chegue a todos os homens.

 

Oh Deus! Dá-me a paixão de Paulo! Que eu me gaste e deixe gastar a favor daqueles que ainda estão perdidos. Senhor, dá-nos homens e mulheres como Paulo, para que, amanhã, ninguém venha a dizer: - "a mim nunca falaram de Cristo".

 

Neste  texto de hoje, vemos que Paulo dava à frase "crer em Jesus" o significado de ser liberto das prisões do pecado, ter a liberdade que Cristo dá, pois o homem só será verdadeiramente livre se Cristo o libertar. Só Ele tem as chaves do inferno e da morte eterna. Só Ele nos pode libertar e salvar.

 

Irmãos, olhemos ao nossos redor e vejamos os milhões perdidos em seus pecados e a caminho do inferno. Entreguemo-nos nas mãos de Jesus e, sob a égide do Espírito Santo, cumpramos a Missão de levar o Evangelho a toda a criatura.

 

Procuremos crescer na fé para que o amor aos perdidos nos constranja a ir mais adiante e mais longe com a Palavra da salvação da graça. "Pela graça sois salvos, mediante a fé; isto não vem de vós, é dom de Deus" (Efésios 2:8-9).

publicado por archote às 07:05

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
28
29
30

.posts recentes

. O SENHOR ME CRIOU PARA SE...

. TIRARAM A ÁGUA DA FONTE D...

. SENHOR, SE ÉS TU, MANDA-M...

. FALA, SENHOR, PORQUE O TE...

. A VIDA É COMO UM NEVOEIRO...

. MARTA, CRÊS TU ISTO?

. ALEGRAI-VOS POR SERDES PA...

. REJEITÁMOS AS COISAS QUE ...

. QUANDO ORARES... ENTRA NO...

. FIZ-ME TUDO PARA TODOS......

.arquivos

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds