Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014

É IMPOSSÍVEL QUE DEUS MINTA

Hebreus 6:18                                          Apocalipse 1:8

 

A mentira é um dos pecados condenados por Deus. Está incluída nos mandamentos da Lei de Deus (Êxodo 20:16) - "Não levantarás falso testemunho contra o teu próximo".

 

Paulo ensinou aos Efésios (4:25): - "Deixai a mentira e falai a verdade cada um com o seu próximo", porque somos filhos de Deus, que, devido à Sua natureza, é impossível que minta.

 

João, no seu livro do Apocalipse 21:8, diz que "os mentirosos têm a sua parte no lago de fogo e enxofre, que é a segunda morte".

 

Lembremo-nos que o diabo é o pai da mentira. Foi ele que, mentindo, enganou Eva e levou os nossos pais a desobedecerem a  Deus e à Sua Palavra, que diz: - "da árvore da ciência do bem e do mal, que está no meio do jardim, não comereis" (Génesis 3:3). O diabo é, ainda hoje, o promotor da mentira, da calúnia e do falso testemunho, que tantos males têm trazido a este mundo.

 

Ao contrário do diabo, Jesus é o caminho, a verdade e a vida (João 14:6). Jesus sempre ensinou a verdade e viveu na verdade, conforme disse a Pilatos (João 18:37-38). Podemos confiar n'Ele totalmente, pois "quem ouve a Minha Palavra e crê naquele que Me enviou (o Pai), não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida" (João 5:24).

 

É mentira que todos os caminhos (religiões) levem a Deus, pois só Jesus é o Caminho e é impossível que Deus minta. Ninguém vai ao Pai senão por Jesus. "Em nenhum outro há salvação, porque não há outro nome pelo qual possamos ser salvos" (Actos 4:12).

 

Deus não pode mentir e a Sua Palavra é esta: - "Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo" (Actos 16:31).

publicado por archote às 07:00

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 21 de Dezembro de 2014

SENHOR, TEM PIEDADE DE MIM... SARA A MINHA ALMA

Salmo 41:4                                         Salmo 41

 

Diante das traições e das iniquidades dos homens, temos um Deus que está sempre pronto a socorrer-nos. Ele sustenta-nos, guarda-nos, dá-nos o alento e as forças para continuarmos até à vitória final.

 

Às vezes não vemos a presença de Deus nas nossas vidas porque nos deixámos enfermar pelo pecado. O pecado envenena-nos, debilita-nos e torna-nos vulneráveis à sua acção.

 

É neste aspecto que se entende a oração do salmista: - "Senhor, tem piedade de mim, porque contra Ti, contra Ti somente pequei e fiz o que aos Teus olhos parece mal. Senhor, sara a minha alma, porque contra Ti pequei".

 

Sara-me e livra-me de todo o pecado, porque eu sei que, uma vez curado por Ti,  de ninguém mais terei medo. Sei que nada, nem ninguém me arrebatará da Tua mão. Chegarei são e salvo ao lar e à morada que foste preparar para mim.

 

Senhor, tem piedade de mim, sara a minha alma para que, com  alegria e saúde física e espiritual, eu seja capaz de falar do Teu caminho e da Tua maravilhosa salvação.

 

Senhor, eu sei que, enquanto estiver nesta carne, tenho um espinho que me fere, um tentador que me tenta, um zombador que me expõe ao ridículo, mas eu também sei que Tu nunca me abandonas e que, por fim, atingirei o alvo para o qual corro - JESUS!

publicado por archote às 07:03

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 20 de Dezembro de 2014

À TARDE SUBIU DAVID AO SEU TERRAÇO E VIU UMA MULHER LAVANDO-SE

II Samuel 11:2                                     II Samuel 11:1-10

 

A ociosidade é um pecado. É  mesmo um pecado muito perigoso, que nos pode arrastar para uma cadeia de iniquidade, de que dificilmente poderemos sair.

 

Foi assim com David. Não quis acompanhar os seus exércitos na luta contra os filhos de Amon. Ficou em casa. Dormiu a manhã, na cama, almoçou descansadamente e subiu ao terraço da sua casa a passear. Até aqui nada de muito mal, ainda que os seus exércitos estavam na refrega contra os inimigos e o rei dava um mau exemplo.

 

Mas, a ociosidade levou-o a olhar para a casa dos seus vizinhos. O inimigo levou-o e perscrutar os anexos de Urias, seu fiel soldado, e a olhar, aleivosamente,  para a mulher de Urias que tomava o seu banho. Cobiçou-a - "não cobiçarás a mulher do teu próximo" ( Êxodo 20:17) - e mandou que lha trouxessem, embora fosse avisado que era uma mulher casada, e adulterou com ela.

 

"A mente preguiçosa e desocupada é a oficina do diabo". Satanás não desperdiça as oportunidades e levou David ao pecado do adultério e do homicídio, pois mandou matar Urias, marido de Bate- Seba.

 

Tenhamos cuidado em ocupar as nossas mentes e corações com tudo aquilo que é bom, que é afável, que é de virtude e amor. Não deixemos lugar para a operação diabólica.

 

Este pecado trouxe terríveis consequências de sofrimento e amargura  a David. Foi a morte de Urias, que trouxe peso à consciência do rei (Salmo 32:1-5); foi a morte do filho nascido do seu pecado (II Samuel 12:15-18); foi o incesto de Amon com Tamar, filhos de David (II Samuel 13:19); foi a vingança de Absalão matando Amon; foi a revolta de Absalão contra David, etc., etc...

 

Preenchamos o nosso tempo com coisas úteis e de louvor para Deus e não haverá mais tempo para servir o diabo.

publicado por archote às 07:01

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014

DESVIARÃO OS OUVIDOS DA VERDADE

II Timóteo 4:4                                         II Timóteo 4:15

 

O que é a verdade? Esta foi a pergunta que Pilatos fez a Jesus aquando do interrogatório antes da crucificação (João 18:38). Jesus já tinha respondido, há muito, a esta pergunta - "Eu Sou o caminho, a verdade e a vida" (João 14:6). Jesus também disse ao procônsul romano: - Eu nasci e vim ao mundo a fim de dar testemunho da verdade e todo aquele que é da verdade ouve a Minha voz. EU SOU A VERDADE!

 

Isto quer dizer, em termos muito concretos, que só quem ouve e aceita a pessoa e a  verdade de Jesus pode ter uma eternidade feliz.

 

Infelizmente as palavras de Jesus não interessaram a Pilatos e, por isso, teria morrido louco, por não poder descansar pela acusação da sua consciência. Não chegou dizer "não acho n'Ele crime algum"; não chegou lavar as mãos perante o auditório; foi um cobarde, desprezou Jesus; disso teve as consequências.

 

Paulo disse o seu filho Timóteo para que pregasse a Palavra da Verdade a tempo e fora de tempo, redarguindo e exortando para que as falsas doutrinas, pela boca dos falsos doutires,  não proliferasse, levando as pessoas a desviarem-se da Verdade, voltando às fábulas, doutrinas de anjos e outras heresias que então começavam a proliferar.

 

Timóteo, sê sóbrio em tudo; sofre as aflições, faz a obra de um evangelista, cumprindo o teu ministério, pregando a Verdade, que é Cristo, o Salvador.

 

Não nos deixemos seduzir pelos "iluminados" dos nossos dias, mas voltemo-nos para a Palavra, que é a Verdade de Deus para todos os perdidos.

publicado por archote às 07:05

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 18 de Dezembro de 2014

JUSTO ÉS, Ó SENHOR, RECTOS SÃO OS TEUS JUÍZOS

Salmo 119:137                                        Salmo 119:137-144

 

Há dias, depois de um acidente rodoviário (entre Condeixa e Coimbra), morreram três pessoas, sendo que uma era uma adolescente dos seus 12/13 anos.

 

Alguém, diante de tal catástrofe, e enquanto retiravam os corpos de entre aquela amálgama de chapa esmagada, desabafava: - como é que um Deus, que se tem por justo, deixa uma coisa destas acontecer? Uma família destruída, uma criança sem tempo para viver! Que justiça esta da morte de uma menina ainda sem pecado? Que Deus é este que permite que tantas injustiças se façam neste mundo?

 

À primeira vista parece que o observador tinha razão. Este mundo é uma continuada injustiça. Só não tem razão por acusar Deus desses acidentes, daquelas guerras terríveis, daqueles homicídios infames, daqueles infanticidas, do ódio, da violência, do crime, que acontecem nesta terra. Deus não odeia, Deus não se embriaga, Deus não é um criminoso, antes, Deus é santo, justo, puro, verdade e amor. É Seu desejo que os homens se amem, respeitem e se sirvam uns aos outros. Mas é contra a Sua natureza interferir na liberdade, no livre arbítrio que uma vez Ele deu ao homem. Deus não criou o homem como uma máquina sem sentimentos. Ele fez o homem à Sua imagem e semelhança, dando-lhe a liberdade de fazer o bem ou desobedecer à Sua vontade (Génesis 3).

 

Deus avisou-nos das consequências terríveis do nosso pecado. Nós escolhemos contra a Sua vontade. Agora temos os frutos (injustos) da nossa injusta e imprópria escolha.

 

Deus, justo e santo, querendo salvar a humanidade, sem entrar em  conflito com o livre arbítrio que deu ao homem, não podendo deixar de ser justo, dando o firme castigo ao pecado, amou o mundo de tal maneira que deu o Seu Filho Unigénito para pagar as nossas culpas e fazendo do homem uma nova criatura, que deixe o pecado e ame o próximo como a si mesmo (João 3:16; Romanos 3:21, 25;  5:8).

 

Deus é justo. Tudo fez para que o homem, que está no pecado, se torne justo e santo pelo sangue do Seu Filho.

 

Que o homem abandone o pecado e deixe a justiça de Deus brilhar.

publicado por archote às 07:08

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 17 de Dezembro de 2014

NÃO SABEMOS PEDIR COMO CONVÉM

Romanos 8:26                                  Romanos 8:26-30

 

Não recebeis porque pedis mal. Pedis para satisfação dos vossos desejos. Pedis aquilo que realmente não precisais e que não é o melhor para vós. Pedis o que não glorifica a Deus.

 

É preciso aprender o que é a oração.  Oração não é só pedir, mas é louvar e lembrarmo-nos dos nossos irmãos; é confissão de pecado e exaltação de Deus; é petição segundo a vontade do Pai, que está nos céus (Mateus 6:9-18).

 

Paulo ensinou, neste texto, que nós devemos aprender a pedir como convém e o que convém. Só o Espírito Santo, vigário de Cristo na terra, nos pode ensinar a orar e a pedir o que é certo. Ele está diante de Deus, intercedendo por nós com gemidos inexprimíveis.

 

O Espírito Santo, que veio operar em nós a regeneração, veio também para habitar em nós, ensinar-nos a compreender e fazer a vontade de Deus e é Ele que intercede por todos os santos.  Ele intercede por ti e por mim, que já somos Seu povo.

 

É Ele que inculca em nós as súplicas segundo a vontade de Deus, que são também e simultaneamente o melhor para nós, o que nos convém.

 

Somos templo do Espírito Santo. Deixemos que Ele domine, guie e satisfaça os nossos corações. Não O entristeçamos, nem O expulsemos das nossas vidas. Vivamos em plena comunhão com Ele e as nossas orações serão de bênção para nós e de glória para o Pai.

 

É tão bom saber que as nossas orações são segundo a vontade de Deus porque o Espírito Santo intercede por nós!

publicado por archote às 07:04

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 16 de Dezembro de 2014

AGRADOU AO SENHOR MOÊ-LO, FAZENDO-O ENFERMAR

Isaías 53:10                                           Isaías 53:1-12

 

"Cristo morreu pelos nossos pecados", por vontade própria, pois Ele é Deus com o Pai e com o Espírito Santo. Foi da vontade do Senhor esmagá-lO e fazê-lO enfermar, para levar sobre Si as nossas transgressões, enfermidades e dores.

 

A morte de Cristo não foi um acidente. Foi, antes, o completar do eterno plano de Deus para a salvação do homem, que andava desgarrado e perdido nos seus próprios caminhos. Deus, não tendo em conta os tempos da ignorância, anuncia agora a todos os homens, e em todo o lugar,  que se arrependam (Actos 17:30) e creiam em Jesus para serem salvos (Actos 16:31).

 

Portanto, a cruz não foi um acaso, não foi por vontade dos judeus ou dos romanos (embora tivessem as suas responsabilidades), mas foi o cumprimento do eterno plano de Deus para a salvação do  mundo. Sem o cumprimento deste plano único nunca podia haver salvação.

 

Foi da vontade de Deus feri-lO, levá-lO à morte para a nossa salvação. Deus esmagou-O para que Ele pudesse esmagar a cabeça da serpente (derrotar Satanás), terminando assim um plano de Mestre.

 

O homem pecou, pelo pecado, trouxe sobre si a morte. Jesus morreu na cruz e acabou ali com a vitória do pecado, da morte e de Satanás.  Deus (em Cristo) fez isto por Sua livre vontade. Fê-lo por Seu insondável amor ao homem que, desobedecendo a Deus, se embrenhou nos seus caminhos de perdição.

 

Obrigado, ó Pai, pois nos amaste de tal maneira que nos deste o Teu Filho para que fôssemos para a vida eterna Contigo.

publicado por archote às 07:00

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 15 de Dezembro de 2014

ESTA É A VERDADEIRA GRAÇA DE DEUS, NA QUAL ESTAIS FIRMES

I Pedro 5:12                                            I Pedro 5:10-13

 

Esta frase está inserida na saudação final na carta de Pedro dirigida aos irmãos gentios dispersos pelas províncias romanas da Ásia, Ponto, Galácia, Capadócia e Bitínia.

 

Na primeira parte da conclusão desta carta, Pedro fala do Deus de toda a graça que, em Cristo, nos chamou para estarmos na Sua eterna glória, depois de termos cumprido a nossa missão neste mundo. Ele mesmo nos aperfeiçoará, confirmará e fortificará para estarmos aptos para esse tempo de glória com Cristo.

 

Esta é a verdadeira graça de Deus e, embora saibamos que não é fácil estar firme nela, por causa dos terríveis ataques de Satanás, devemos usar as armas da fé, da oração e da comunhão com Deus para resistirmos firmes até que Cristo nos venha buscar para ficarmos com Ele.

 

Os cristãos do tempo de Pedro estavam a sofrer tremendas perseguições e, por isso, eram exortados a permanecer firmes na graça de Deus. Jesus está connosco. Ele é o Deus da graça e está pronto a ajudar-nos desde que queiramos a Sua ajuda. Nessa graça temos salvação, segurança e ajuda para irmos até ao fim.

 

A graça de Cristo é ilimitada, permanente e constante. Basta que a queiramos receber. Nunca se esgota e quanto mais a usamos tanto mais ela está disponível para nós. Ter a graça de Deus não está no que queremos fazer, mas em permitir que Ele faça em nós o que Ele quer. Mesmo as tribulações podem ser um motivo de graça para connosco.

 

Não esqueçamos que Ele é grande e nos agracia com a Sua maravilhosa graça.  Por vezes não a entendemos, mas ela sempre está connosco. Por favor, ficai firmes nela e não vos deixeis descair dessa posição privilegiada.

 

 

publicado por archote às 07:03

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 14 de Dezembro de 2014

LOUVAREI O NOME DO SENHOR COM CÂNTICOS E COM ACÇÃO DE GRAÇAS

Salmo 69:30                                              Salmo 69:30-31

 

Por vezes interrogo-me a mim mesmo: - Qual a melhor maneira de louvar e agradar a Deus? Com cânticos de louvor sincero? Com ofertas e sacrifícios? Com boas obras para o meu próximo?

 

Tudo isso são boas formas  de louvar a Deus, desde que tudo seja praticado com honestidade de coração e não com intenções pessoais. Direi mesmo que são fórmulas aceitáveis ao Senhor, desde que haja gratidão no coração e intenção de sublimar o Nome do Senhor.

 

Lembrarmo-nos das viúvas e dos órfãos e guardarmo-nos da corrupção do mundo é a melhor religião para com Deus (Tiago 1:27). Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos, sermos firmes e constantes, sempre abundantes na Obra do Senhor, é querer de Deus, que não devemos esquecer.

 

Contudo, todas essas coisas devem ser feitas com cânticos de louvor e gratidão em nossos corações.  O salmista acrescentou: - tudo isto será mais agradável ao Senhor do que a oferta de bois (Salmo 69:31). Deus quer ser agradado e louvado com cânticos de gratidão, saídos do mais profundo da nossa alma.

 

O boi, o bezerro, o cordeiro ou o cabrito simbolizam as obras, sacrifícios, oferendas que fazemos para Deus.  Mas há uma coisa com que o Senhor Se agrada mais - os nossos louvores sinceros.

 

Reconheçamos Seu amor, Sua Obra de Redenção e Seu santo plano para as nossas vidas e louvemo-lO todos os dias da nossa vida, com Salmos, hinos e cânticos espirituais (Efésios 5:19).

publicado por archote às 07:03

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 13 de Dezembro de 2014

OH, SENHOR, QUÃO INSONDÁVEIS SÃO OS TEUS CAMINHOS!

Romanos 11:33                                      Romanos 11:33-36

 

Quem pode sondar os caminhos do Senhor? Quem os poderá entender completamente? Ele disse: "Os Meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os Meus caminhos os vossos caminhos, porque assim como os céus são mais altos do que a terra, assim os Meus pensamentos são mais altos que os vossos pensamentos e os Meus caminhos mais altos que os vossos caminhos" (Isaías 55:8-9).

 

No sétimo capítulo de II Samuel encontramos David manifestando a Deus o desejo de Lhe agradecer por tudo o que lhe tinha feito, predispondo-se edificar um templo para adorar ao Senhor com prestígio e a glória que Lhe é devida. Mas Deus diz: "Eu já te dei tudo". Que haverá que Me possas dar?

 

Esta é uma lição que temos de aprender de Deus. Ele já nos deu tudo. Nada é nosso.  Nós mesmos somos feitura Sua e a nossa vida está nas Suas mãos.

 

"Quão insondáveis são os juízos do Senhor, quão inescrutáveis são os Seus caminhos...". A nós resta-nos adorá-lO com um coração humilde e agradecido, colocando nas Suas mãos as nossas vidas para que Ele as use. Foi o que David fez.  Humilhou-se, adorou a Deus e disse: - "Quem sou eu para que me ajudasses até aqui?...(II Samuel 7:18) "Confirma a Tua Palavra e seja engrandecido o Teu Nome para sempre" (II Samuel 7:25-26).

 

Oh! Senhor, Pastor da minha vida, guia-me pelas veredas da justiça, por amor do Teu Nome e não me deixes desviar dos Teus santos e rectos caminhos. Quero servir-Te integralmente e ser instrumento nas Tuas mãos para a feitura da Tua Obra no coração dos homens.

publicado por archote às 07:02

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. É IMPOSSÍVEL QUE DEUS MIN...

. SENHOR, TEM PIEDADE DE MI...

. À TARDE SUBIU DAVID AO SE...

. DESVIARÃO OS OUVIDOS DA V...

. JUSTO ÉS, Ó SENHOR, RECTO...

. NÃO SABEMOS PEDIR COMO CO...

. AGRADOU AO SENHOR MOÊ-LO,...

. ESTA É A VERDADEIRA GRAÇA...

. LOUVAREI O NOME DO SENHOR...

. OH, SENHOR, QUÃO INSONDÁV...

.arquivos

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds