Quinta-feira, 26 de Julho de 2007

HONRADO SEJA O MATRIMÓNIO SEM MÁCULA

                        "Venerado seja, entre todos, o matrimónio sem mácula; porém, aos que se dão à prostituição e aos adúlteros, Deus os julgará" (Hebreus 13:4).

 

                         O matrimónio, na sua plenitude, é um estado maravilhoso. Traz consigo experiências nunca jamais vividas, como a comunhão de duas vidas, a geração dos filhos em paz e numa atmosfera perfeitamente preparada para o efeito, a sua chegada ansiada, etc.. Além disso,  o matrimónio sem mácula, isto é, quando os membros do casal partem para essa aventura sem quaisquer conhecimentos práticos, é um desabrochar de experiências e de coisas boas que nenhum deles esperava. É o abrir da felicidade.

                           É esse o matrimónio que Deus quer para os seus filhos. Algo para onde se partiu pela fé, mas com a certeza da bênção do Senhor. Será casamento uma união de corpos feita à experiência? Dá certo, continua-se, não dá certo, abandona-se  e enceta-se outra e outra, até que tudo dê certo. E será que alguma vez dá tudo certo e tudo é perfeito?

                          Não está aqui em causa quem faz o casamento, nem como é feito o casamento (se oficial, civil, ou elemento religioso), a data ou idade dos nubentes.

                         Está em causa se são dois indivíduos de sexos diferentes, se se amam e respeitam, se procuraram a vontade de Deus e se prepararam para viver uma vida a dois, com toda a carga que isso traz, se souberam guardar-se inteiros e puros um para o outro até ao dia do casamento.

                         Hoje, gozam-se e vivem-se todas as experiências doces do casamento na fase de pre-conhecimento para saberem se dá certo, ficando para o casamento as obras e as dificuldades, como o pagar as dívidas, o matricular os filhos na secundária, o correr a carreira que já não tem graça, nem o sabor da descoberta.

                      "Deixará o homem seu pai e sua mãe e se juntará à sua mulher e serão os dois uma só carne até que a morte os separe".

                       Será que nos podemos guardar, sem mácula, nem impurezas ou corrupção até ao dia da nossa união conjugal? Há quase 50 anos atrás (47,5) tivemos esta experiência e porque Deus nos orientou, aconselhou com a Sua Palavra e nos susteve com o Seu amor, tudo deu certo! Aleluia!

                       Digno de honra seja entre todos o matrimónio sem dolo, bem como o leito sem mácula, pois Deus julgará os impuros e os adúlteros (Hebreus 13:4).

publicado por archote às 07:52

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. CANTAI LOUVORES AO SENHOR...

. CRISTO NOS RESGATOU DA MA...

. O PECADO IMPERDOÁVEL

. O SENHOR AGRADA-SE DAQUEL...

. VERDADEIRAMENTE, ESTE HOM...

. ACHEI DAVID, VARÃO CONFOR...

. ÉREIS GENTIOS, LEVADOS AO...

. SENHOR, O POÇO É FUNDO! O...

. SENHOR, O POÇO É FUNDO......

. NUNCA CONSEGUIREMOS ENCON...

.arquivos

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds