Domingo, 30 de Abril de 2006

O TEMPO

Já passaram 30 dias sobre o aparecimento do ARCHOTE on line - "LUZ DIÁRIA".

Parece que foi ontem e já lá vai um mês - trinta singelas reflexões sobre os mais diversos temas. Oramos ao Senhor Eterno para que tenhais tanta alegria quanto aquela que sentimos ao escrever.

Gratos pelas palavras de estímulo que temos recebido. Iremos continuar até que dê a capacidade e o tempo!

Tempo que não queremos perder, mas aproveitar até ao último segundo, para glória de Deus.

Dizem que tempo é dinheiro. Nós diremos: tempo é muito mais que dinheiro, é vida! Porque tempo é vida, não o gaste em nada de que venha a arrepender-se mais tarde;  não o gaste em nada de que não possa orar pedindo a bênção de Deus, em nada que não consiga recordar com uma consciência tranquila em seu leito de morte (Baxter)

Por favor, não pensemos que o tempo é feito só de meses e anos, pois, na verdade, ele é composto de minutos e segundos. Quando se perde um segundo que seja, perde-se um precioso diamante que não voltará a encontrar-se (A. LIncoln). Podemos atrasar-nos no tempo, mas o tempo nunca se atrasa! (B. Franklim)

Não te esqueças "a própria eternidade não poderá recobrar os segundos perdidos", eles não voltam mais. Usemos bem o nosso tempo, porque "a vida passa rapidamente e nós voamos" (Salmos 90:12; Efésios 5:16)

"Pensa no tempo, antes que o tempo termine" e  "tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o com todas as forças do teu coração, enquanto é dia, pois a noite vem e ninguém pode mais trabalhar".

"Senhor, ensina-nos a contar os nossos dias de tal maneira que alcancemos corações sábios... sacia-nos de madrugada com a tua benignidade para que nos alegremos todos os dias da nossa vida" (Salmos 90:12,14)

publicado por archote às 14:43

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 29 de Abril de 2006

VELHICE

Com a reflexão de hoje, teremos passado, "como gato sobre brasas", pelos quatro escalões etários da vida - crianças, jovens, adultos e idosos.

Ser velho não é ser inútil, traste ou empecilho . É, pelo contrário, ser experiente, prático, versado na vida, cooperador. Envelhecer é entrar numa extensão especial da  vida, por isso, não fique triste. Lembre-se que muitas pessoas não tiveram essa oportunidade.

A velhice é algo relativo, pois há muitos jovens que já são velhos, e muitos idosos que são e serão sempre jovens.  "A mocidade só morre quando nós a matamos".

Ninguém fica velho por causa dos anos. Envelhece a pessoa que abandona os seus sonhos, propósitos, alvos e que "entrega o jogo" da vida. Sem desafios e actividades, envelhece-se, entra-se em depressão, morre-se mais depressa, pois para é morrer.

O tempo dos cabelos brancos é uma etapa da vida em que ganhamos a liberdade de fazer as coisas que nunca tivemos tempo para fazer, as coisas que têm um valor especial para nós.

"Com os idosos está a sabedoria e, na abundância de dias, o entendimento" Jó 12:12), pelo que ninguém se tornará velho enquanto guardar o seu espírito jovem e o seu coração puro.

publicado por archote às 16:35

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 28 de Abril de 2006

MATURIDADE

Maturidade é o estado de maduro; plenitude de desenvolvimento. A maturidade humana não acontece em idade fixa. Varia de pessoa para pessoa.

Falar de maturidade é falar da força da vida, do trabalho da reprodução, da concretização de planos e objectivos.

Feliz é o homem que realiza, na idade adulta, os sonhos que iluminaram a sua juventude, desde que os mesmos tenham sido altruístas e santos, pois ajudar o outro a subir a montanha é também chegar mais perto do cume.

"Filho meu, não te esqueças da minha lei, nunca te estribes no teu próprio entendimento, mas guarda sempre os meus mandamentos, e tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças e no temor do Senhor, que é o princípio da sabedoria. (Rei Salomão)

"Quando meninos, falávamos como meninos, sentíamos como meninos, discorríamos como meninos, mas como homens (maduros) acabemos com as coisas de meninos e... amemos com amor permanente".  (S. Paulo)

Como maduros em espírito, produzamos o Fruto do Espírito, que é amor, gozo, paz, bondade, fé, mansidão e temperança.

publicado por archote às 10:31

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 27 de Abril de 2006

J U V E N T U D E

Falar sobre o tema JUVENTUDE é discorrer sobre a beleza, generosidade, alegria, disponibilidade, coragem, força e heroísmo!...

Grande conselho  o do sábio Salomão, quando disse: - "Lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, cheguem os anos e venhas a dizer - não tenho neles contentamento" .

Sem dúvida, a juventude gozada sob a orientação do Deus do céu adquirirá todas as virtudes e dará prazer ao jovem e alegria e bênção a todos quantos o rodeiam.

Mas, cuidado. "Nem tudo o que luz é ouro", nem tudo o que parece é, e o tempo da mocidade é muito perigoso, pois é um espaço de actividade diabólica, quando o inimigo actua especificamente na formação do carácter, espalhando a cizânia na vida e alterando a realidade da colheita.

A juventude é uma das mais belas fases da vida e só passa por nós uma vez, por isso, aproveitemo-la bem, amando a Deus sobre todas as coisas e ao próximo.

Os jovens devem parar um pouco para escutar e reflectir antes da acção, pois encontram-se numa encruzilhada. Têm que escolher entre a lei do egoísmo selvático e a lei do Criador da ordem, da justiça e do  amor.  Lembrem-se que a flor da juventude nunca será mais bela do que quando se inclina, humildemente, para ser beijada pelo sol da justiça.

Jovens, escrevo-vos porque:

  • sois fortes
  • conhecestes o Pai da luz
  • Deus está entre vós
  • já vencestes o maligno

Jovens, não ameis o mundo, nem o que no mundo há:

  • nem a concupiscência da carne e dos olhos
  • nem a soberba da vida

Jovens, lembrai-vos que o mundo passa, as suas ilusões vão embora, as suas promessas diluem-se, m as aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre.

Jovem, "procura apresentar-te a Deus, aprovado, como servo que não tem que se envergonhar, que maneja men a PALAVRA DA VERDADE".

publicado por archote às 14:49

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 26 de Abril de 2006

M U L H E R

Falar da mulher é falar do ser mais complicado do mundo e, simultaneamente, da mais maravilhosa e importante vida que há à face da terra. Semelhante a ela, só mesmo o homem.

A mulher já teve os mais diversos estatutos, face ao homem. Ela já foi escrava, explorada no trabalho, preterida em funções, diferenciada no salário pela mesma obra, explorada e abusada sexualmente, vendida e traficada como "carne branca", violada e maltratada nas mais diversas  circunstâncias, vestida e despida para olhares de cobiça e luxúria, etc., etc..

Por outro lado, ela também já teve fases de idolatrada, embonecada, endeusada, glorificada, vestida de jóias e esplendor, etc., etc..

E tudo isso para quê?... Para ser sempre menos do que de facto é -- MULHER.

Nós perguntamos: - Porque não dar à mulher o lugar que é seu por direito e que ela merece com nota máxima? Porque não lhe dar o lugar ao lado do homem, em absoluta igualdade, como sua leal cooperadora? Nem deusa, nem escrava, nem diva, nem criada para todo o serviço, nem senhora autoritária e mandona, mas adjutora responsável.

A mulher foi criada da costela do homem, do seu lado, para não ser senhora, nem criada, mas cooperadora. Ela, na qualidade de mulher virtuosa e ajudadora , é mais preciosa do que tudo na vida.

publicado por archote às 22:47

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 25 de Abril de 2006

LIBERDADE

Hoje, 25 de Abril, é o chamado dia da liberdade. Mas, será que é mesmo? Será que ser livre é apenas poder dizer e fazer o que nos der na "real gana"? Será que ser livre é apenas poder fazer manifestações, gritar desaforos, caricaturar tudo e todos, escrever e grafitar paredes, portas e sinais de trânsito?

Penso que liberdade é muito mais do que isso. Isso" é ignorância e a liberdade começa onde acaba a ignorância" (Victor Hugo).

Para sermos verdadeiramente livres, precisamos de nos libertar do pecado e de nós mesmos, e isso só pode acontecer quando formos capazes de obedecer a Deus. Jesus disse: - "conhecendo a minha Palavra sereis meus discípulos e conhecereis a Verdade e a Verdade (que sou eu) vos libertará"  (João 8:32; 14:6)

Fazendo as obras do vosso pai, o diabo, nunca sereis verdadeiramente livres, pois a liberdade não é o mesmo que licenciosidade, pelo contrário  é a observância total da lei, é respeito pelos outros, é conformidade com a vontade de Deus.

Somos livres para amar.

Amemos até ao cerne e nunca, jamais, haverá acusação justa contra nós.

publicado por archote às 17:38

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 24 de Abril de 2006

CRIANÇAS

CRIANÇAS, amor, água, música, flores e poesia são grandes itens (entre outros) da vida.

"As crianças são os apóstolos de Deus, enviados, dia a dia, para pregar o amor, a esperança e a paz"  (J. Lowel )

A atenção que  hoje damos às crianças é decorrente do amor que Jesus lhes dispensou. Diremos, mesmo,  que é uma consequência da doutrina cristã.  Há muitas culturas que não dão às crianças o devido amor, especialmente se são do sexo feminino.

As crianças, não obstante as suas teimosias, desobediências e tolices várias, são por norma humildes, inocentes, simples e sem rancores, qualidades que Jesus, sem dúvida, gostaria de ver nos Seus discípulos.

"Em verdade vos digo, que se vos não converterdes e vos não fizerdes como meninos , de modo algum entrareis no reino dos céus, porque aquele que se tornar como este menino (inocente) é o maior no reino dos céus".

"Então, desejai ardentemente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, para que, por ele, vades crescendo , até que cheguemos à unidade da fé, ao perfeito  conhecimento do Filho de Deus, à estatura completa de Jesus Cristo".

Crianças, não estáticas, mas em crescimento contínuo.

publicado por archote às 12:29

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 23 de Abril de 2006

DESCANSO

Descansar não é parar. "Parar é morrer" e nós não descansamos para morrer, mas para termos mais vida e melhor qualidade de vida.

Deus, depois de toda a Sua actividade criativa, descansou no sétimo dia e santificou esse dia, tendo, posteriormente, ordenado: - "seis dias trabalharás e farás neles toda a tua obra, mas o sétimo dia, o descanso do Senhor teu Deus, nele descansarás e o santificarás".

O espírito não é propriamente um dia, sábado, domingo, 5ª ou 6ª feira, mas um dia em cada sete, para o santificarmos e nele servirmos ao Senhor. Pode haver razões históricas, culturais  e religiosas para descansar na 6ª. feira (Islão), sábado (judeus) ou domingo (cristãos), mas o que é importante, para bem da nossa saúde física, psíquica e religioso, é guardar um dia em cada sete.

O que é que  costumas fazer no teu dia de descanso ? Dormes, passeias, fazes desporto, vais ao teatro/cinema, estás com a família, comes melhor ou pior?

Será que te sentes bem, contigo mesmo, quando gastas assim o teu descanso? Não haveria algo de mais digno e próprio para fazer? No fim, não ficas insatisfeito, defraudado e de consciência pesada? Não achas que podias ter feito mais e melhor cansando-te menos?...

Experimenta passar o domingo (o teu descanso) servindo e adorando o Senhor, teu Criador, quer no seu templo, quer na pessoa do teu próximo.

Se i fizeres, com entrega total, sentir-te-ás aliviados, feliz, de consciência leve e, sobretudo, encontrarás força e motivação para iniciares uma nova semana de trabalho.

Então, um bom dia de descanso !

publicado por archote às 14:44

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 22 de Abril de 2006

POBREZA

Há muitos ricos que são pobres, porque só têm dinheiro, e muitos pobres que são ricos, pois têm vidas recheadas de boas obras. São os vazios da sua vaidade que buscam os bens permanentes, os vazios do mundo que buscam o céu, os vazios do tempo que buscam a eternidade, os vazios da petulância do ouro que buscam a felicidade e a alegria, que lhes vem de amar e servir o próximo como a si mesmos.

Ser pobre não é não ter dinheiro, mas, sim, não ter um coração com a capacidade de amar. Sim, não se é pobre por ter pouco, mas por se ambicionar muito não tendo em conta o clamor e a necessidade dos que nada têm.

"Acautelai-vos e guardai-vos de toda a cobiça, pois a vida do homem não consiste na abundância das coisas que possui" (Lucas 12:15)

Lembrai-vos que a fortuna, o sucesso, a glória podem aumentar os prazeres, mas não podem criar a felicidade. Ela é produto de um coração puro, pacificado e santificado (regenerado) por Deus.

"Melhor é a comida de hortaliças, onde há amor, do que o boi gordo acompanhado de ódio; melhor é o pouco com a justiça do que a abundância com a injustiça; melhor é o bocado seco e com ele a tranquilidade do que o banquete com contenda"  (Provérbios de Salomão)

publicado por archote às 08:57

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 21 de Abril de 2006

RIQUEZA

Ser rico é a ambição primeira da grande maioria dos homens na terra. De facto, não é mau possuir ouro, bens, riquezas; o grande mal é ser possuído pelas riquezas. Os seus bens passam a ser o seu deus, o seu ídolo e neles têm o coração.

Um dia Jesus contou uma linda parábola ( a história do rico insensato - Lucas 12:13-21) e chamou a atenção para o perigo da avareza e a loucura de confiar nas riquezas. É louco aquele que vive para ajuntar tesouros na terra e não é rico para com Deus. Tal situação é uma terrível armadilha, sem compensação imediata, perigosa e frustrante, tanto no presente, como no futuro.

Há poucas semanas sentimos bem essa loucura quando toda a gente estava atrás dos cento e tal milhões de euros do "Euro.Milhões". Se me saísse:

  • eu comprava uma grande quinta...
  • eu comprava ouro, jóias...
  • eu comia, bebia até fartar...
  • eu nunca mais trabalhava...
  • eu... eu... eu...

Que loucura... engordaram os promotores do jogo, um recebeu "uma bagatela" em comparação com o realizado e, depois, ficou tudo na mesma; os pobres continuaram pobres e os ricos mais ricos.

Não sejais escravos das riquezas, porque o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males, e, nessa cobiça, muitos se desviaram da fé e se traspassaram a si mesmos com muitas dores. Os que querem ser ricos caiem em muitas tentações e laços, em muitas concupiscências nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína (I Timóteo 6:5-10).

Quereis ser ricos?... Então, dai. Dai a Deus, dai aos pobres, dai ao próximo, pois se as vossas riquezas aumentam não podeis pôr nelas o vosso coração.

Quereis ser ricos?... Espalhai a vossa riqueza à direita e à esquerda, porque só sois pobres quando dais pouco das vossas riquezas. Lembrai-vos que tudo o que possuís será, um dia, dado (quer queirais, quer não), portanto, dai agora, para que sejais ricos para com Deus.

 

publicado por archote às 14:17

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds