Quinta-feira, 31 de Janeiro de 2008

JÁ APRENDI A CONTENTAR-ME COM O QUE TENHO

Filipenses 4:11

 

                         Que filosofia maravilhosa, esta que Paulo desenvolvia na sua vida -- o contentamento com o que Deus lhe tinha dado. "Aprendi a contentar-me com o que tenho, sei estar abatido e sem nada, também sei ter abundância, sem ser soberbo, em todas as maneiras e em todas as coisas, estou instruído, tanto em ter fartura, como a ter fome e padecer necessidades! Posso todas as coisas naquele que me fortalece" (Filipenses 4:11-13).

                          Paulo ensina-nos a recebermos de Deus o bem-estar e a fortuna com gratidão, mas também a receber, com fé, a escassez e as necessidades. Quem vive com Deus e em Deus deve procurar, com sabedoria, a capacidade de vencer em todas as ocasiões (Filipenses 4:13) e em tudo e sempre dar graças a Deus (I Tessalonicenses 5:18), porque Deus é fiel, cuidará de nós e não deixará que a provação seja superior à que podemos suportar ( I Coríntios 10:13).

                         Paulo não apenas ensinava isto de boca, mas praticava o que dizia, pois, sendo "fazedor de tendas", acabou  por dedicar-se exclusivamente à pregação do Evangelho. Até mesmo nas suas prisões Deus demonstrou a Sua fidelidade - "Ele não pode negar-se a Si mesmo".

                          Como é a tua vida em relação aos bens materiais? Ambicioso de coisas altas? Ansioso por seres rico? Dependente exclusivamente do dinheiro? Ganancioso, passando por cima de tudo e de todos para teres dinheiro? Ladrão dos salários dos teus trabalhadores?

                          O dinheiro não te satisfará jamais, pois, quanto mais tiveres, mais ambicionarás, e morrerás na tua ambição. Lembra-te que "o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males e, nessa cobiça, muitos se desviaram da fé e se traspassaram a si mesmos com muitas dores ( I Timóteo 6:10).

publicado por archote às 08:55

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 30 de Janeiro de 2008

O SENHOR ABRIU-LHE O CORAÇÃO

                Actos 16:7-15                                                         Actos 16:14

 

                        É sempre o Senhor que abre o nosso coração para que possamos entender a Sua Santa Palavra. Sem a Sua acção em nós, pelo Espírito Santo, jamais ouviremos alguma coisa, pois estamos mortos, em delitos e pecados, e os mortos não podem ouvir.

                        É Deus, pela Sua graça, que prepara o coração; a nós, pertence-nos parar, meditar e aceitar.

                         Lá na antiga cidade de Filipos, Deus abriu a porta do coração a uma certa mulher, chamada Lídia, vendedora de  púrpura, para que ela ouvisse a Palavra. Ela não desperdiçou a sua oportunidade. Cedo creu no Senhor Jesus e, sendo baptizada, logo abriu as portas da sua casa para que os servos ali fizessem seu quartel general para a  evangelização de Filipos.

                        Lídia deixou-se alcançar pela Palavra de Cristo e logo começou a dar frutos de amor. É sempre assim com quem se abre à Palavra e à acção do Espírito Santo.

                        Isto tem a ver contigo, prezado amigo que me lês. Quantas vezes a Palavra tem esbarrado com a porta fechada do teu coração? Quantas vezes já resististe a esse santo bater? "Eis que estou à porta e bato, se alguém ouvir a minha voz (o meu bater) e abrir a porta, Eu entrarei em sua casa e com ele ficarei".

                       Lídia veio de longe (de Tiatira para Filipos), mas, mesmo longe da sua cidade, não resistiu à voz de Deus e abriu a porta. O que é que te impede de abrir a porta a Jesus o Salvador? Que te impede de oferecer a tua vida para o serviço do Mestre?

                       Como Deus abriu a porta do coração de Lídia, Ele pode, hoje, tocar a tua vida para seres um salvo para servir. Que é que te impede de dar esse passo?

                        Jesus é o Amigo sem igual - Santo, nobre, fiel, pronto para te vivificar, salvar e ajudar em toda a tua vida.

                        Atende ao Seu bater. Abre a porta do teu coração e convida-O a entrar.

 

publicado por archote às 08:47

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 29 de Janeiro de 2008

AS IGREJAS ERAM FORTALECIDAS

                  Actos 16:1-7                                                   Actos 16:5

 

                        "As Igrejas da Ásia eram fortalecidas na fé e, em cada dia, cresciam em número". Era o mundo a ser transformado pelo poder do Evangelho, poder de Deus, para a salvação e transformação da alma humana.

                        Precisamos, ainda hoje, e talvez mais do que nunca, pois o fim está próximo, de Igrejas fortalecidas na fé, no amor e na santidade de Cristo. Igrejas que não se envergonhem da Boa Nova e preguem, poderosamente,  o Evangelho, em todo o lugar, a tempo e fora de tempo. Precisamos de Igrejas que sejam sal e luz. Luz que ilumine mentes e corações e sal que tempere (dê gosto) e preserve da corrupção.

                        Lá em Icónio , Derbe , Antioquia, Listra, as Igrejas cresciam em número e na fé, que desafiava as forças do mal. E hoje?  O que é que acontece?  Entrámos no marasmo, num charco estagnado, que principia a apodrecer.. Não há movimento, não há crescimento, nem em número, nem em fé, nem em amor (pois é o mostre-se quem poder), nem em santidade, pois cada vez mais perdemos a nossa identificação com Cristo e ganhamos os vícios, tradições e costumes do mundo.

                        Deveríamos lembrar-nos que estamos no mundo, não para que o mundo nos assimile e corrompa, mas para ganharmos o mundo para Cristo. Jesus orou: - "não te peço que os tires do mundo, mas que os livres do mundo, porque eles não são do mundo, como Eu  do mundo não sou"  (João 17:15-16).

                        Irmãos, como redimidos, filhos de Deus e herdeiros do Céu, que temos nós feito para o crescimento da Sua Obra?  Temos amado e servido como devíamos? Temos demonstrado ao mundo uma fé viva e operante? Temo-nos gasto e deixado gastar a favor das almas perdidas?

 

Senhor, a  minha vida entrego,
pois só de Jesus eu sou;
Servi-lO com amor é meu ideal maior,
Senhor, todo o meu ser Te dou.

publicado por archote às 08:38

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 28 de Janeiro de 2008

O SENHOR O FERIU POR NÃO HAVER DADO GLÓRIA A DEUS

               Actos 12:18-25                                                         Actos 12:23

 

                        "... a minha glória, pois,  não darei a outrem, nem o meu louvor às imagens de escultura" (Isaías 42:8). O Senhor Jeová é cioso da Sua glória, por isso,  quem tentar tomá-la será objecto de duro juízo.

                        Foi o que aconteceu com Herodes. Naquele dia tomou as suas vestes reais, assentou-se no seu trono e fez uma prédica de auto-elogio dos seus poderes, da sua riqueza (que não era dele), da sua glória (que tinha usurpado). Foi de tal maneira arrogante e auto  - elogioso que o povo ( a quem tinham feito uma lavagem ao cérebro) dizia: - "... voz de Deus e não de homens..."

                        Herodes aceitou estar em lugar de Deus, aceitou usurpar a glória que só pertencia a Deus, por isso, "naquele mesmo instante, Deus o feriu de morte e, comido de bichos, expirou..."

                        Herodes morria "comido de bichos", mas a Palavra de Deus  crescia e se multiplicava (Actos 12:24). Ninguém pode parar a força do querer de Deus. Nem Herodes, nem César, de Roma, nem Hitler, nem a União das Nações, nem o gnosticismo, nem o romanismo ou a Nova Era. Todos perecerão com as suas filosofias e tratados, mas a Palavra do Senhor permanecerá para sempre.

                        Deus visita a maldade dos pais nos filhos até à terceira e quarta geração, mas a Sua glória não dará a outrem.

                        Por favor, não luteis contra Deus (Actos 5:39), dai de mão aos vossos desejos de auto-glorificação / justificação, etc. e dai glória a Deus, porque dele é o reino, o poder e a glória para sempre (Mateus 6:13).

                         Sujeitai-vos, pois, a Deus, porque Ele resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes; senti as vossas misérias e lamentai, chorai e humilhai-vos debaixo da potente mão de Deus e, em seu tempo, Ele vos exaltará  (Tiago 4:6-10)

publicado por archote às 08:35

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 27 de Janeiro de 2008

EIS AQUI ÁGUA, QUE IMPEDE QUE EU SEJA BAPTIZADO?

               Actos 8:26-40                                                             Actos 8:36

 

                        Para que alguém seja baptizado não é penas necessário que exista água. É preciso muito mais.

                        O baptismo é uma das duas ordenanças deixadas à Igreja, mas, para que seja viável, são indispensáveis alguns requisitos.

                        O etíope do texto, alto funcionário da rainha Candace , teve necessidade de ser evangelizado e de crer, de todo o coração, que Jesus era o Filho de Deus, enviado para a salvação do homem - "é lícito que sejas baptizado se crês de todo o teu coração". O eunuco respondeu: - "Creio que Jesus Cristo é o Filho de Deus".

                        O baptismo só deve ser administrado a quem crer em Jesus de todo o coração, como o eunuco, o carcereiro de Filipos , etc..

                        O baptismo não lava pecados, nem salva ninguém, mas traz-nos a consciência do dever cumprido, pois Jesus mandou baptizar os crentes ( Mateus 28:19-20).

                       "Quem crer e for baptizado será salvo, mas quem não crê será condenado" (Marcos 16:16).

                         Que impede que tu sejas baptizado? O medo? A falta de fé? Crê, sê salvo e deixa-te baptizar e experimentarás quão bom e quão suave é viver na comunhão do Senhor.

publicado por archote às 08:33

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sábado, 26 de Janeiro de 2008

LOUVAI AO SENHOR

                Salmo 118                                                     Salmo 118:1

 

                         Normalmente, as nossas orações são mais abundantes em petição do que em louvor e acção de graças. Pedir é bom, especialmente quando pedimos de acordo com a vontade de Deus (Tiago 4:1-3), mas louvar e agradecer ainda é melhor.

                         No Salmo 118 temos o testemunho pessoal de louvor e gratidão de alguém que já tinha a salvação de Deus e que se sentia envolvido com a Sua santa presença. O salmista não queria ficar sozinho no louvor e, por isso, convidava o  povo: "diga agora toda a casa de Israel: a Sua benignidade dura para sempre".

                        Apetece-me convidá-los a dizerem comigo: "louvai ao Senhor, porque Ele é bom e a Sua benignidade dura para sempre".

                        Sim, rendamos-Lhe graças pela tão grande salvação que Ele preparou para o mundo perdido; louvemo-lO porque Ele nos salvou e nos comissionou a levarmos esta salvação até aos confins da terra; louvemo-lO porque, estando nós cegos e mortos, Ele nos deu vida e luz para vivermos felizes; Louvemo-lO... louvemo-lO...

                        Aprendamos a rechear as nossas orações com louvor e gratidão pelo que já recebemos das Suas mãos e por tudo aquilo que Ele nos vai dar.

publicado por archote às 08:05

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 25 de Janeiro de 2008

SE CRISTO NÃO RESSUSCITOU É VÃ A NOSSA FÉ...

I Coríntios 15:13-14,  17,  20

 

                         A Ressurreição é a verdade fundamental da nossa fé. Cremos, aceitamos e vivemos na fé de Cristo vivo, ressuscitado dos mortos, após a consumação da nossa salvação na cruz ( João 19:28-30).

                         Se não houvesse ressurreição seria vã a nossa fé e todas as esperanças dos salvos se desmoronariam. Nada valeria.

                         Graças a Deus que Ele não deixou que o Seu Santo Filho visse a corrupção, mas, antes, O ressuscitou e disso todos nós somos testemunhas (Actos 2:27-32). Assim, saiba, com certeza, toda a casa de Israel que esse Jesus que foi crucificado, Deus O ressuscitou e  fez Senhor e Cristo (Actos 2:36).

                         Deus ressuscitou a Cristo de entre os mortos e Ele estará entre nós todos os dias até à consumação dos séculos (Mateus 28:16-20), ensinando-nos, guiando-nos pelas veredas da justiça e fortalecendo-nos na pregação da Boa Nova do Evangelho.

                         Deus ressuscitou a Cristo de entre os mortos, Ele é as primícias de entre os mortos e Ele ressuscitará a nós e nos levará para Si e, assim, estaremos para sempre com o Senhor (I Tessalonicenses 4:13-17).

                          Nós vivemos e pregamos a Cristo vivo, poderoso e santo, que para alguns é loucura, para outros é escândalo, para nós, os que cremos, é certeza de vida eterna .

publicado por archote às 08:00

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2008

O SENHOR É A MINHA LUZ E A MINHA SALVAÇÃO

               Salmo 27                                                                 Salmo 27:1,  11

 

                         De quem terei medo se o Senhor é o sol da minha vida? Se Ele é luz dia e noite, quem se atravessará no meu caminho sem ser visto? Ele, é o meu Deus que me ilumina e protege dia e noite. Nunca tosquenejará nem dormirá, Aquele que guarda a minha alma na entrada e na saída (Salmo 121).

                         Este mundo está cheio de angústias, medos, traumas, psicoses, e isto exactamente porque não temos buscado a luz - Lâmpada para os meus pés e luz para os meus caminhos é a Tua Palavra. Ela guia, consola, conduz a pastos verdejantes, águas tranquilas, tempos de paz e refrigério...

                        Com a presença de Deus em nossas vidas, superaremos todas as angústias, sofrimentos e traumas adquiridos ao serviço do diabo. É que Deus é fiel, oportuno, amoroso, e virá em nosso socorro logo que supliquemos por Sua luz.

                        Lembremo-nos que Jesus é a luz do mundo, o sol da justiça, a fonte da vida e o pão que desceu do céu para nos saciar .

                        Não temos razões para permanecermos nas trevas. Jesus é a nossa luz de salvação, de quem nos recearemos?

Em Jesus tenho luz,
Em Jesus tenho paz,
Em Jesus estou contente,
Ele é meu, meu, meu,

publicado por archote às 08:11

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quarta-feira, 23 de Janeiro de 2008

VARÕES, PORQUE OLHAIS PArA NÓS COMO SE NÓS TIVÉSSEMOS ALGUM PODER DE CURAR ?

               Actos 3:12-16                                                               Actos 2:12

 

                         Não a nós, não a nós, Senhor, mas ao Teu Nome dá glória para sempre, porque Teu é o poder e a graça de operar o que quer que seja. Nós somos apenas a ferramenta que Tu usas para curar, consolar e dar vida. Somos a telha por onde corre a Tua bênção para o Teu povo.

                       Porque olhais para nós - perguntava Pedro aos varões israelitas - como se nós tivéssemos alguma virtude ou santidade que fizesse andar este pobre homem? Foi Jesus que o curou; aquele Jesus a quem vós matastes, negastes e entregastes ao poder de Pôncio Pilatos, que O crucificou vergonhosamente. Sim, é esse príncipe do céu, a quem vós matastes, mas a quem Deus ressuscitou dos mortos, que deu saúde a este paralítico de mais de 40 anos.

                       É a verdadeira FÉ em Jesus que remove montanhas, atravessa rios, dá pão aos famintos, pernas aos coxos e libertação aos perdidos, nas garras de Satanás. Foi a  FÉ  que Deus deu a Pedro e a João, juntamente com a fé deste pobre paralítico, que fez este milagre retumbante. Não olheis para nós, mas olhai para Jesus, Autor e consumador da fé e Ele vos curará e salvará.

                      Deixai os vossos preconceitos e voltai-vos para Jesus, o Único que pode operar mediante o arrependimento dos vossos pecados e o exercício da fé na Sua Pessoa divina.

                      Vêde, Deus tem cumprido tudo o que antes disse pela boca dos Seus servos profetas:

                - O Cristo veio padecer e morrer pelos pecados

                - O Cristo ressuscitou depois de O terdes morto às mãos inimigas

                - O Cristo assumiu o seu lugar deixado à direita de Deus

 

                       Agora, arrependei-vos, pois, e convertei-vos para que sejam apagados os vossos pecados e venham tempos de refrigério pela presença e bênçãos do Senhor.

        

publicado por archote às 08:23

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 22 de Janeiro de 2008

AI DE MIM SE NÃO ANUNCIAR O EVANGELHO...

I Coríntios 9:16

 

                        Anunciar o Evangelho é uma obrigação que me é imposta pela minha própria consciência. Ainda que vivesse cem vidas não pagaria nunca o que Cristo fez por mim. Ele morreu pelos meus pecados, apagou com o Seu sangue as minhas transgressões, abriu-me a porta do céu.

                        Hoje estou vivo e feliz porque Cristo me salvou e me escolheu para ser mensageiro, a todos os homens, da tão grande salvação que Ele concretizou na cruz do Calvário.

                         Hoje, se anuncio o Evangelho, não tenho que me gloriar, pois me é imposta essa obrigação e "ai de mim  se não anunciar o Evangelho". Posso fazer minhas as palavras de Paulo. Creio que morreria angustiado se não anunciasse a Boa Nova da Salvação de Jesus. Faço-o há quase cinquenta e oito anos, sendo que, neste dia, celebro o meu 48º ano de consagração ao Ministério da Palavra. Sei que não terei feito o meu melhor (disso me penitencio ), mas tenho procurado sempre glorificar o ministério que recebi do Senhor (Romanos 11:13; Actos 20:24).

                         Assim Deus me ajude, e os irmãos levantem suas mãos em oração por mim, para que, no abrir da minha boca, me seja dada graça e sabedoria para falar as Palavras de vida e eu continuarei a honrar este ministério que o Senhor me entregou, sem que em mim houvesse mérito algum.

                        Obrigado, Senhor, por aquilo que fizeste em mim e por mim e, também, por aquilo que ainda vais fazer.

publicado por archote às 08:37

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds