Quinta-feira, 31 de Dezembro de 2009

COMO ENCONTRAR DEUS ?

João 1:15-19                                                                 João 1:18

 

                    Temos ouvido muitas vezes : - "eu nunca vi, nem apalpei, nem ouvi Deus, logo, Deus não existe". Esta é uma "lógica da batata", porque há muitas coisas que não vimos, nem apalpamos, nem ouvimos e contudo existem. Não vemos a dor, nem a ouvimos falar, mas ela existe; não apalpamos a luz, nem a ouvimos, mas ela existe.

 

                    Na verdade, Deus nunca foi visto por alguém, mas o Seu Filho Unigénito, que está no seio do Pai, esse O fez conhecer e veio revelar ao  mundo. O Verbo se fez carne e habitou entre nós e vimos a Sua glória, como a glória do Unigénito do Pai, cheio de graça e de verdade.

 

                    Há questões que nós não podemos responder, acerca de Deus. Ele é Deus e nós simples criaturas do Seu poder. Fazer perguntas, tais como: Quem é Deus? Como é que Ele é? Tem boca, olhos, ouvidos, pés, etc., como nós? Isso são antropomorfismos para melhor chegarmos a Deus e não a explicação do Deus que é inexplicável!

 

                     A melhor e mais óbvia forma de conhecermos a Deus, além da criação que nos rodeia, da Sua Santa Palavra - a Bíblia - é conhecer a Jesus, Seu Unigénito Filho,o  qual é "o resplendor da Sua glória e a expressa imagem da Sua Pessoa..."

 

                     Jesus veio expressamente para nos dar a conhecer o Deus Pai, pleno de amor, justiça, verdade, santidade. Tudo isso Jesus encarnou na Sua Pessoa, além dos atributos absolutos e exclusivos de Deus, tais como: - eternidade, imutabilidade, omnipotência, omnisciência, omnipresença. Jesus é Deus uno com o Pai e com o Espírito Santo e foi de Sua vontade vir a este mundo pagar as nossas dívidas (pecados), a fim de que possamos viver de novo  na plenitude da vida que Ele criou para nós.

 

                     Deus revelou-Se a Si mesmo à humanidade com o propósito de remir para Si um povo especial, zeloso das boas obras e apto para a vida com Ele.

 

                     Conheçamo-lO, conhecendo e crendo na obra vicária de Jesus na cruz do Calvário.

 

publicado por archote às 07:32

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 30 de Dezembro de 2009

E ACABANDO TUDO SEGUNDO A LEI...

Lucas 2:39-52                                                                 Lucas 2:39

 

                   Este texto bíblico é único e exclusivo do Evangelho de Lucas. Narra tudo quanto sabemos da infância, adolescência e juventude de Jesus. Tudo o que se possa dizer desse período da Sua vida, além de que crescia em estatura, em sabedoria e em graça diante de Deus e dos homens, que era submisso a Seus pais e que, a partir dos doze anos, teria ido sempre a Jerusalém à Festa da Páscoa, é especulativo.

 

                   Creio que sabemos, desse período da vida de Jesus, tudo quanto precisamos de saber, por isso, Deus o preservou para nós e para bênção do nosso coração.

 

                   Depois de José e Maria terem cumprido tudo o que estava escrito na Lei do Senhor sobre o Menino nascido, eles voltaram para a Galileia, para a cidade de Nazaré, para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta.  Que exemplo maravilhoso! Será que nós nos preocupamos em cumprir todos os preceitos do Senhor? Será que é prioridade para nós pormos Deus e os Seus mandamentos em primeiro lugar?

 

                   O que é interessante é que este sentimento de obediência a Deus não era superficial na vida de Maria e José, era regra. De tal maneira regra cumprida e assimilada que Jesus, aos doze anos, disse a Sua mãe: - "então não sabeis que me convém tratar dos negócios de Meu Pai(Deus)?" Primeiro buscar e cumprir as mensagens do Reino de Deus e todas as demais coisas nos serão acrescentadas (Mateus 6:33).

 

                     Quando é que nós, os filhos de Deus, nos convencemos que, para crescer na graça, no conhecimento e no amor de Jesus, é preciso termos por norma obedecer ao que o Pai nos ordena?

 

publicado por archote às 07:40

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 29 de Dezembro de 2009

ANA, A PROFETIZA

Lucas 2:36-39                                                               Lucas 2:37

 

                    Ana era uma verdadeira viúva, correspondendo à descrição que Paulo faz em I Timóteo 5:3-5; pessoa do sexo feminino, que vive desamparada, pobre, mas que espera e persevera de noite e de dia em oração. Crente fiel, devota, cooperante, mas não fanática.

 

                    Ana amava a casa de Deus e considerava-a o lugar onde Ele se revelava aos que n'Ele esperavam. Ela esperava em Deus, na Sua revelação, pelo que se lhe podiam aplicar as palavras do salmista: "... a minha alma está desejosa e desfalece pelos átrios do Senhor" (Salmo 84:2).

 

                   Deus recompensou a fidelidade de Ana, permitindo que, já em sua velhice, visse o Salvador e d'Ele desse testemunho em toda a Jerusalém - "falava d'Ele e dava graças a Deus, perante todos os que esperavam a redenção em Jerusalém..."

 

                   Nunca é tarde ou cedo para falar de Jesus, o Salvador. Timóteo sabia as Sagradas Letras desde a sua meninice e certamente desde a sua juventude falava de Jesus, Senhor dos senhores. Ana, na sua velhice viu o Menino-Deus e logo abriu a sua boca para anunciar quem estava ali - a Esperança de Israel.

 

                    Falar e dar testemunho de Jesus é trabalho para todos. Homens e mulheres, jovens e séniores, todos têm esta oportunidade, basta que a aproveitem. Ana falou a todos do Menino-Deus. Neste Natal demos testemunho de Jesus, porque Natal sem testemunho de Jesus não é Natal.

 

                    O Natal é de Jesus! Falemos d'Ele ao mundo e celebremos com alegria o Seu Nome.

publicado por archote às 07:32

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 28 de Dezembro de 2009

SIMEÃO, HOMEM JUSTO E PIEDOSO QUE ESPERAVA EM DEUS

Lucas 2:25-35                                              Lucas 2:25

 

                   Simeão era um homem, habitante de Jerusalém, que era temente a Deus, justo e que tinha uma vida piedosa. Vivia  na esperança da consolação de Israel, pela libertação do jugo dos romanos, através da vinda do Salvador, para quebrar o jugo satânico em que vivia aquele povo hipócrita, com o coração longe de Deus, mas que, com seus lábios, pronunciavam constantemente Seu Nome.

 

                   Nada mais se sabe deste Simeão, para além de ser justo, recto e piedoso em sua vida. Naquele dia em que Maria e José apresentaram ao Senhor o seu primogénito, no templo, este homem, levado pelo Espírito Santo, foi também ao templo e, tomando Jesus em seus braços, profetizou sobre Ele a dor que, um dia, Sua mãe sofreria. Deveria ter sido uma cena maravilhosa quando aquele ancião tomou em seus braços o Menino de 40 dias e disse: - "Agora, Senhor, despede em paz este Teu servo, segundo a Tua palavra, porque já os meus olhos viram a Tua salvação, que preparaste para todos os povos, e que será luz para alumiar as nações e para glória do Teu povo de Israel".

 

                     Deus sempre tem servos Seus para, mesmo nas piores circunstâncias, anunciarem a Sua Palavra. Na altura certa, Simeão estava lá! A religião falha (como falhou o judaísmo para anunciar o Salvador), mas Deus providencia a pessoa certa, para estar no lugar certo para entregar a mensagem necessária.

 

                      Elias pensava  que estava só com a mensagem verdadeira, mas, no final, mais de sete mil estavam lá sem dobrarem o seu pé a Baal (I Reis 19:14-18); os saduceus, fariseus e escribas, tradicionalistas, profissionais da religião, falharam, não cumpriram a sua tarefa, mas Deus tinha guardado um velho desconhecido que tinha a Palavra na sua boca. Aleluia!

 

                      Tu, meu irmão, minha irmã, amigos; tu, meu velho camarada de labutas, talvez sejas o homem ou a mulher do "cornetim" que é preciso tocar: -- "Prepara-te, ó Israel, para te encontrares com Deus" (Amós 4:12)

 

publicado por archote às 07:51

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 27 de Dezembro de 2009

LEVARAM-NO A JERUSALÉM PARA O APRESENTAREM AO SENHOR

Lucas  2:21-24                                                                  Lucas 2:22

 

                   Ao passarmos os nossos olhos sobre este pequeno texto de Lucas, a nossa atenção é despertada para o facto de todo o  cerimonial da Lei Mosaica ter sido cumprido em relação a Jesus:

  • aos oito dias foi circuncidado (Levítico 12:3)
  • foi-Lhe dado o nome de Jesus, indicado pelo anjo, porque Ele salvaria o Seu povo do seu pecado (Mateus 1:21)
  • depois dos dias da purificação, levaram-nO a Jerusalém para O apresentarem ao Senhor (Levítico 12:6)
  • ofereceram o que estava estatuído para pobres, porque pobres eram os Seus pais (Lucas 12:6-8)

                     Jesus diria mais tarde a João Baptista : - "...deixa por agora, porque convém cumprir toda a justiça" (Mateus 4:14-15). Ele não precisava que este cerimonialismo fosse realizado, mas era preciso que tudo fosse feito, a fim de que todos vissem que Ele era um verdadeiro israelita, a quem nada havia que apontar, já que, também, viera remir os que estavam  debaixo da Lei (Gálatas 4:4).

 

                   "Deram-Lhe o Nome de Jesus": "Jeová é salvação"; "Deus é libertador"; salvará o Seu povo dos seus pecados. Esta é a mensagem que temos que proclamar ao mundo inteiro - Jesus é o Messias que veio buscar e salvar o que se havia perdido. Jesus é o Salvador do mundo - "a minha alma engrandece ao Senhor e o meu espírito se alegra em Jesus (Deus), meu Salvador" (Lucas 1:46).

 

                      Não nos contentemos com  menos - conhecer, amar e crer em Jesus como nosso Salvador. Ele é o Salvador do mundo por direito próprio:

  • cumpriu toda a Lei
  • ofereceu a Sua vida como o Cordeiro de Deus
  • ressuscitou dos mortos. segundo as Escrituras
  • subiu aos céus e assentou-se à mão direita de Deus Pai

 

publicado por archote às 07:38

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 26 de Dezembro de 2009

VIMOS A SUA LUZ

Mateus 2:1-12                                                      Mateus 2:1

 

                    Os Magos viram a luz do Rei, que havia nascido em Belém da Judeia,  e foram adorá-lO e presenteá-lO com seus tesouros de ouro (símbolo da realeza de Jesus), incenso (símbolo da Sua deidade) e mirra (símbolo do sofrimento que teria de enfrentar para cumprir a Sua missão na terra).

 

                     Esta luz que os Magos viram no Oriente, e pela qual foram guiados, havia sido profetizada desde a antiguidade (Números 25:17 e Isaías 9:2, 6) e concretizou-se nos tempos do rei Herodes, trazendo-os até Belém da Judeia.

 

                     Nasceu Jesus, o Rei, não só dos judeus, mas também de todos aqueles que n'Ele crerem como Senhor e Salvador. Jesus é a Luz do mundo, a Luz que transforma vidas e as guia pelas veredas da justiça, da santidade, da verdade e do amor. Ele, Jesus, é a Única Luz que nos indica a senda da absolvição e o Caminho para Deus.

 

                    Jesus é a Luz que avisa o homem dos perigos que corre. As luzes de Natal são luzes que deslumbram, mas apenas para iludir. Jesus,  a Luz do mundo, indica o Caminho, a Verdade  e a Vida.

 

                    Deixa a Luz de Cristo resplandecer na tua vida, e os homens dobrarão os seus joelhos em adoração ao Pai. "Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus" (Mateus 5:16).

 

                   A Luz de Jesus é a única luz verdadeira (João 1:5) e é a Luz que ilumina, transforma, aquece, conforta e dá sentimentos de descanso e verdadeira paz (Mateus 11:28).

 

                    Não percamos de vista a razão e o desafio da Luz de Natal (João 3:16), porque quem a perde de vista está condenado para sempre (João 3:18)

 

publicado por archote às 07:54

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 25 de Dezembro de 2009

GLÓRIA A DEUS NAS ALTURAS...

Lucas 2:8-14                                                         Lucas 2:14

 

                   Hoje é Dia de Natal! Todos os dias deviam ser "Dia de Natal", quer porque há menos movimento e barulho nas ruas, menos poluição no ar, e, especialmente, porque parece pairar sobre nós um sossego e uma paz diferente dos outros dias, mesmo dos domingos, feriados e "dias santos de guarda".

 

                    Interroguei-me a mim mesmo sobre a razão desta calma e fria manhã do Dia de Natal. Na verdade, não era porque houvesse um novo sentir nos corações, nem mais paz na alma dos homens, nem mais relacionamentos dos homens com o Deus da paz e do amor. Os ladrões continuam à espera da oportunidade para "palmarem" os bens do seu próximo; os mercantilistas e enganadores à espera dos incautos e desprevenidos para os enganarem; os invejosos, adúlteros e fornicários à espera das suas vítimas, que ainda dormem, etc., etc..

 

                   No final, concluí, a paz e a harmonia que parecem pairar no ar, não é fruto de comunhão, gratidão e relacionamento com Deus, mas apenas pelo cansaço das festanças, embriaguês e glutonaria de uma noite de consumismo desenfreado, em que não se olhou a gastos, nem tempo para as demonstrações de  vaidade e da abastança, que, de facto, não temos.

 

                   Ah!... mas sempre houve o calar da consciência gritante, no mais íntimo do  peito, com umas chamadas telefónicas de valor acrescentado (em que mais de metade ficou para os gulosos do caminho), umas ofertazinhas para o "banco alimentar", e umas esmolas para os "sem abrigo", para as crianças daqui e dali (as grandes exploradas em nome da solidariedade), etc., etc..

 

                   Mas, foi isso para louvor de Deus, para bem dos pobres e necessitados ou para servir interesses mesquinhos e obscuros, escondidos por detrás da necessidade de sermos solidários com a pobreza e os desamparados da vida? A quem servem essas grandes campanhas publicitárias, com muitos explorados até à exaustão? Servem os pobres ou servem os "judas" e ladrões que guardam a bolsa e tudo o que se lá põe? Servem a Deus ou servem uns quantos espertinhos que mamam em todas as "tetas"?. Servem a Deus ou a "César", que, à cabeça, cobra 20 % de IVA sobre as chamadas feitas com fins beneficentes?

 

                   Natal devia ser um dia (tempo) de gratidão e louvor a Deus, porque nos deu Jesus para nossa salvação. Foi assim que o sentiram os pastores das cercanias de Belém que, ouvindo o apelo dos anjos, foram até à cidade de David adorar o Deus-Menino. Foi assim que também o sentiram os magos do Oriente que, desde longe, vieram trazer suas ofertas a Jesus.

 

                   Neste Natal, demos a Jesus a melhor prenda da vida -- demos-Lhe o nosso coração! "Dá-me, filho Meu, o teu coração!"

 

publicado por archote às 08:28

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 24 de Dezembro de 2009

A MINHA ALMA ENGRANDECE AO SENHOR

Lucas 1:46-56                                                          Lucas 1:46

 

                   Hoje, as famílias reúnem-se para celebrar o Natal de Jesus (será que é mesmo o Natal de Jesus?) Se é verdadeiro este sentimento, achamos muito bem, pois este é tempo de celebrar, engrandecer e louvar a Deus porque nos deu Jesus para nossa salvação.

 

                   "Vindo a plenitude dos tempos, Deus deu-nos e enviou o Seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a Lei, para remir os que estavam debaixo da Lei, a fim de recebermos a adopção de filhos".  Que bênção tão grande! É mesmo caso para celebrar ao Senhor e exclamar como Maria, mãe de Jesus, "a minha alma engrandece ao Senhor e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador".

                 

                     Parece que hoje se celebra mais o tempo do lendário "Pai Natal", com toda a palhaçada correspondente, de renas, vacas, ovelhas, prendas, brinquedos, lautos banquetes, etc., do que o nascimento do Deus-Menino, entre os homens. O Natal de hoje é mais uma faceta do cristianismo pagão do que um Culto de Louvor e gratidão a Deus, porque nos deu Jesus (Filipenses 2:4-11) para salvar o homem.

 

                      O Natal deverá ser uma festa de luz, amor e paz entre os homens e de adoração e contacto real com Deus. Mas, onde fica Deus no meio destas festanças? Onde fica Jesus no Natal do homem do século XXI ?  Fica eternamente bébé entre palhas e  fantoches? Ou nem isso, sendo substituído pelo mito do "Pai Natal"?

 

                        Não. Natal sem Jesus, sem adoração e louvor a Deus, não é Natal. Esse Natal não presta, só serve aos mercadores e vendilhões, que, ainda por cima, negoceiam à sombra de uma solidariedade hipócrita, de onde os "passarões" comem tudo e deixam só as migalhas para os pobres!

 

publicado por archote às 07:32

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 23 de Dezembro de 2009

JESUS NA PROFECIA DE ISAÍAS

 

Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho

e chamá-lo-ão pelo nome de Emanuel.

                                                                           Isaías 7:14

 

O povo que andava em trevas viu uma grande luz

e sobre os que habitavam nas regiões da sombra da morte

resplandeceu a luz.

                                                                         Isaías 9:2

 

Porque um Menino nos nasceu e um Filho se nos deu;

o principado está sobre os Seus ombros

e o Seu Nome será:

Maravilhoso

Conselheiro

Deus forte

Pai da eternidade

Príncipe da Paz.

Do incremento deste principado e da paz

não haverá fim

sobre o trono de David e no seu reino.

                                                                                  Isaías 9:6-7

 

publicado por archote às 07:35

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 22 de Dezembro de 2009

SE ALGUÉM NÃO AMA O SENHOR, SEJA ANÁTEMA

I Coríntios 16:5-24                                          I Coríntios 16:22

 

                    Estes versículos de I Coríntios  16:5-24, são as saudações finais de Paulo à Igreja de Corinto, onde se salienta a necessidade do amor fraternal ser demonstrado, já que o amor é a "marca" do verdadeiro cristianismo. Se isto era uma verdade a ser praticada entre os irmãos, quanto mais o devia ser entre cada crente, santificado em Cristo, seu Senhor?

 

                    Se alguém não ama ao Senhor, seja excluído desta comunidade. Não faz sentido estar ali, se não ama ao Senhor Jesus, que é Cabeça da Igreja. É como um cadáver estar no meio dos vivos "insepulto". Prejudica a comunidade, produz mau cheiro, deve ser retirado.

 

                   Quando Jesus voltar (maranata) não é conveniente a presença de cadáveres no meio da comunidade dos vivos!

 

                    Estas palavras de Paulo podem parecer-nos duras de mais, contudo, o fraquejar no amor ao Senhor prejudica profundamente a Igreja. Torna-a nauseabunda aos olhos do mundo, em vez de espalhar a doce fragrância de Cristo!

 

                    Amemos e vivamos no amor de Cristo, para que o Seu doce cheiro de salvação se espalhe por toda a terra, pois breve Jesus virá -- MARANATA!

 

publicado por archote às 07:16

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds