Quarta-feira, 31 de Março de 2010

O QUE FAZES, FÁ-LO DEPRESSA

João 13:21-30                                              João 13:27

 

                    A forma de Jesus tratar o "caso Judas" tem tanto de enigmático como de transparente. Eu gosto da maneira como Jesus agiu com Judas. Ele fez tudo para que Judas se salvasse.

 

                    Quantos apelos àquele coração duro! Quanto esforço mesmo "in extremis"! Quanto querer, mas Judas era mesmo um coração duro e dominado pelo amor ao dinheiro! Só faltou forçar o homem, mas, isso, Jesus não podia, nem queria fazer, pois seria desdizer a Sua divindade. O homem fora criado, por vontade de Deus, com livre arbítrio e o Senhor não iria negar-Se a Si mesmo dando o dito por não dito.

 

                      Vejamos as tentativas e o amor expresso de Jesus:

  • há alguns entre vós que não crêem e um Me vai trair (João 6:64)
  • comendo com eles, Jesus disse: "um de vós Me há trair" (Mateus 26:21)
  • ... o que mete comigo a mão no prato vai-Me trair (Mateus 26:23)
  • Judas disse: por ventura sou eu, Senhor? Jesus respondeu: tu o disseste (Mateus 26:25)
  • ai daquele por quem o Filho do Homem é traído (Marcos 14:21)
  • Eu sei que um de vós Me há de trair (João 13:21)
  • o que Me trai está Comigo à mesa e é aquele a quem Eu der o bocado molhado... e deu-o a Judas (João 13:26)
  • Judas, o que fazes, fá-lo depressa (João 13:27)
  • Judas tomou o bocado e saiu para a noite (João 13:30)
  • Judas beijou-O... e Jesus disse-lhe: Judas, com um beijo trais o Filho do homem? (Lucas 22:47-48; Marcos 14:45)

                      Só um coração de pedra não responderia a tão grande amor. Judas não respondeu, pelo que acabou, cheio de remorsos, enforcado numa figueira (Mateus 27:3-5)

 

                      Tu, meu amigo, que vais fazer aos apelos ingentes de Jesus?

 

publicado por archote às 07:19

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 30 de Março de 2010

A MINHA CASA É CASA DE ORAÇÃO

Lucas 19:46-48                                                      Lucas 19:46

 

                    Infelizmente, nos dias que correm, tem-se perdido o sentido de "Casa do Senhor", "Casa de Oração", "Templo de Louvor", lugar que, por excelência, deveria ser santo (separado para o serviço do Senhor), lugar de oração e adoração a Deus Espírito e Verdade, para se chamar de "igreja".

 

                     Está mal. Está mal, porque o lugar de culto não é igreja nenhuma, quando muito poderia chamar-se-lhe lugar onde a Igreja se reune. A Igreja é a assembleia dos indivíduos convertidos, regenerados e transformados pelo Espírito Santo de Deus, reunidos para O adorarem, observarem as Suas ordenanças e prestarem-Lhe culto com toda a verdade do seu coração  e espírito, que é como quem diz de corpo e alma.

 

                     "Casa de Oração", "Templo de Deus", "Casa do Senhor" é o lugar onde a Igreja se reune para adoração e louvor a Deus. Não deve ser sala de jantar e almoçaradas, nem salão de danças, nem sala de espectáculo, nem casa de negócios (covil de ladrões).

 

                      Nisto a tinham transformado os fariseus e saduceus do tempo de Jesus. Contra isto Jesus levantou a Sua voz e expulsou dali os que profanaram a Casa do Senhor.

 

                      Deus encheu com a Sua presença o templo de Salomão, de tal maneira que ninguém podia ter-se de pé (I Reis 8:10-11). Será que Deus enche hoje os nossos templos com a Sua glória? Para que isso aconteça, precisamos de tirar toda a imundície que lá pusemos e guardar os nossos corações quando entrarmos na "Casa do Senhor" (Eclesiastes 5:1).

 

publicado por archote às 07:16

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 29 de Março de 2010

O PRÓPRIO PAI VOS AMA...

João 16:25-28                                                       João 16:27

 

                    Que bênção maravilhosa ter consciência do amor do Pai! Jesus veio exactamente para tornar o Pai nosso conhecido e demonstrar que o Pai é amor!

 

                     Em virtude da nossa natureza pecaminosa, nós todos (antes de conhecermos Jesus e Seu amor) tínhamos um certo medo de Deus. Talvez pela mentalidade que criaram em nós, talvez pelo sentido dos nossos pecados, etc., mas, a verdade é que Deus é amor e ama-nos como ninguém é capaz de nos amar.

 

                      Jesus ensinou: - "Eu e o Pai somos um; quem Me vê a Mim vê o Pai". Se Eu, sendo como o Pai, vos lavei os pés porque temeis o Pai? "Vinde a Mim todos os que estais cansados e Eu vos aliviarei...", vos perdoarei, levarei as vossas culpas e vos conduzirei ao Pai, que vos ama!

 

                        Olhai, Deus ama o mundo de tal maneira que ainda está dando o Seu Filho, para que todo aquele que n'Ele creia não morra, mas tenha a vida eterna.

 

                         Deus não quer que ninguém se perca, mas, antes, que todos venham ao conhecimento da salvação e, por isso, anuncia agora, a todos os homens e em todo o lugar, que se arrependam (Actos 17:30) e abandonem os seus pecados.

 

                        O Pai ama-te muito e quer arrancar-te das garras de Satanás.

 

publicado por archote às 07:39

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 28 de Março de 2010

BENDITO O REI QUE VEM EM NOME DO SENHOR

Lucas 19:28-44                                                       Lucas 19:38

 

                    Este texto completo narra-nos a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém, episódio que é relatado pelos quatro evangelistas, tal a importância dada ao evento. Nenhuma das narrativas é exactamente igual, mas completam-se em seus pormenores, dando uma maravilhosa peça de reflexão e de ensinamentos.

 

                    Este episódio é o cumprimento da profecias de Zacarias, que disse que o Rei entraria triunfalmente na cidade santa de Jerusalém, montado num humilde jumento que, neste caso, até era emprestado. Jesus não veio para ser rei de reinos deste mundo (físicos), mas para ser Rei de almas e corações.

 

                     Naquele dia, o Rei dos reis entrava em Jerusalém e, contra a vontade dos "mandões políticos lá do sítio", foi aclamado pelas multidões como o Messias de Israel, isto é, o libertador do povo.

 

                      Bem que os fariseus e saduceus pediram a Jesus que fizesse calar as multidões, mas o Mestre respondeu-lhes . - "se eles se calarem as próprias pedras clamarão..." . Para vergonha nossa, quantas vezes, diante da cobardia e do silêncio de muitos cristãos, as pedras frias têm continuado a proclamar os feitos do Rei, a Sua morte e ressurreição para salvação dos pecadores.

 

                       É interessante notar neste contexto:

  • os discípulos daquele tempo emprestaram o jumentinho, suas capas; e nós que temos disponibilizado para Jesus?
  • os discípulos daquele tempo proclamaram e receberam Jesus como o Messias Salvador; e nós como O temos tratado?
  • os discípulos, ousadamente, deram o seu testemunho do Mestre; e nós que fazemos? Estamos à espera que as pedras nos substituam?
  • Jerusalém desprezou o seu Rei e não conheceu o tempo da graça que lhe era dada; e nós, estamos aproveitando o tempo da visitação de Deus?

                      Deixa Jesus entrar triunfalmente no teu coração, hoje, pois àmanhã pode ser tarde.

 

publicado por archote às 07:34

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 27 de Março de 2010

UM POUCO E NÃO ME VEREIS MAIS, OUTRA VEZ UM POUCO E VER-ME-EIS...

João 16:16-20                                                    João 16:16

 

                   Estas palavras enigmáticas de Jesus pertencem ao sermão sacerdotal que Ele dirigiu especialmente aos Seus apóstolos, a caminho do Getsemani ou, talvez mesmo, já no jardim da Sua luta com Satanás.

                     

                    Os discípulos não entenderam logo o que Jesus lhes estava a comunicar, por isso, O interrogaram: - Que quer dizer isso um pouco mais e não me vereis e outra vez um pouco e ver-me-eis?  Jesus falava-lhes da Sua morte, sepultura e posterior ressurreição. A Sua morte não seria um desaparecimento definitivo, mas temporário.  Jesus voltaria para ficar sempre com eles, por isso, não deveriam desanimar, ficar tristes, mas, antes, entenderem a Sua Obra e alegrarem-se na Sua vitória sobre o pecado e sobre a morte.

 

                    Sim, neste mundo há dor, sofrimento, angústia para nós, como houve para Jesus! Mas esses sofrimentos e dores passarão a ser alegria e bênção semelhantes à alegria da mãe que contempla o seu filhinho recém-nascido. Custou, mas o bébé está ali e, por maiores que tenham sido as dores, a alegria da maternidade supera todas as dores e angústias. Assim será connosco.  Uma porta estreita, um caminho apertado, aflições diversas, mas breve estaremos livres de tudo, na plenitude da alegria e da luz.

 

                    Vale a pena sofrer por um pouco de tempo para, finalmente, estarmos com Jesus para sempre, de onde nada, nem ninguém nos poderá arrancar.

 

                   "Sê fiel até à morte e dar-te-ei a coroa da vida"

 

publicado por archote às 07:50

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 26 de Março de 2010

LEVANTA-TE E RESPLANDECE

Isaías 60:1-5                                                        Isaías 60:1

 

"Levanta-ta e resplandece
porque já vem a tua luz

e a glória do Senhor vai nascendo sobre ti..."

                      A luz é necessária para que os seres humanos, os animais irracionais e as próprias plantas vivam e haja plena abundância. Sem a luz do sol a vida desapareceria da terra, pois a vida depende, em muito, da existência da luz.

 

                      Luz não só significa vida, mas também verdade, conhecimento, pois, pela luz, somos capazes de distinguir o bem do mal, a verdade da mentira, a justiça da injustiça.

 

                       Isaías exorta-nos : - "levantemo-nos e brilhemos como a glória do Senhor que vem nascendo sobre nós. Jesus manda-nos: - "assim resplandeça a vossa luz diante dos homens para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus" (Mateus 5:16); "Eu Sou a luz do mundo, quem Me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida (João 8:12);  Paulo exortou-nos: - "sede irrepreensíveis e sinceros filhos de Deus, resplandecendo como astros no mundo" (Filipenses 2:15).

 

                       Sejamos luz, brilhemos e vivamos na luz, porque somos filhos da luz e não das trevas. O mundo está no maligno, no fundo das trevas, mas nós não somos das trevas, mas da luz.

 

                       Convidados a brilhar e a resplandecer no meio das trevas, não deixemos por mãos alheias esta responsabilidade e grande privilégio.

 

                        Sejamos astros no meio desta geração corrompida pelo pecado.

 

publicado por archote às 07:13

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 25 de Março de 2010

QUE TODOS INVOQUEM O NOME DO SENHOR

Sofonias 3:8-9                                                Sofonias 3:9b

 

                   Nunca, como nos nossos dias, o desregramento moral, a apostasia, a maldade e a iniquidade dos homens foi tão grande. Deus está completamente posto de lado, sendo que chegam a ser mal vistos e rotulados de pobres de espírito os que invocam o Nome do Senhor. Mas isto não passará sem a correspondente condenação. Ouçamos o que diz o profeta : - "esperai... esperai, porque o Meu juízo é ajuntar as nações, congregar os reinos, para sobre eles derraamar a MInha indignação e todo o ardor da Minha ira; toda esta terra será destruída pelo fogo do Meu zêlo; ao Meu povo darei lábios puros  para que invoquem o Nome do Senhor e O sirvam com um mesmo espírito" (Sofonias 3:8-9).

 

                   Está perto o dia do Senhor. Nenhum dos ímpios ficará impune, porque Deus não tem por inocente o que invoca o Seu Nome em vão, nem deixará de condenar a blasfémia e a iniquidade. Arrependei-vos e produzi obras dignas e santas, invocando só o santíssimo Nome de Deus.

 

                   Buscai ao Senhor enquanto se pode achar; buscai-O enquanto está perto. Invocai, hoje, o Nome do Senhor, porque aquele que invocar o Nome do Senhor será salvo (Romanos 10:13)

 

                  Hoje é o tempo de o fazeres!

 

publicado por archote às 07:40

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 24 de Março de 2010

CHEGAI-VOS PARA CÁ E OUVI AS PALAVRAS DO SENHOR DEUS

Josué 3:7-10                                                  Josué 3:9

 

                    O sonho da entrada na terra que "mana leite e mal" começava a tomar-se realidade. O tormento do deserto, das rebeliões, fome, picadas de serpentes, sede, cadáveres, etc., tinham chegado ao fim; o suplício e as dúvidas terminavam; o Jordão ia ser atravessado e a terra conquistada e habitada por eles, descendência de Abraão. O Deus que os tinha libertado da terra da escravidão no Egipto, que tinha fendido as águas do Mar Vermelho, que tinha feito jorrar água da rocha adusta e seca, que tinha providenciado o pão do céu, estava com eles e a vitória seria sua.

 

                      Josué chama todo o povo, a grande congregação, para ouvir a Palabra de Deus : - "chegai.vos para cá e ouvi as Palavras do Senhor Deus":

  • Ouvi o que Ele tem feito, reflecti nas vitórias que vos deu e DAI-LHE GRAÇAS
  • Ouvi o que Ele quer para vós e obedecei-Lhe, e não se afastem os vossos pés dos Seus caminhos, nem para a direita, nem para a esquerda
  • Ouvi e meditai nas Suas Palavras, dia e noite, porque elas vos farão sábios para a vida eterna

                       Ouçamos o convite do céu:

  • cheguemo-nos para Deus
  • ouçamos a Sua Palavra, que é viva, eficaz e que penetra até ao mais profundo de todos nós (Hebreus 4:12).
  • ouçamos e obedeçamos às Palavras do Senhor e a vitória será nossa - ELE O PROMETEU

 

publicado por archote às 07:42

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 23 de Março de 2010

E TU SERÁS UMA BÊNÇÃO

Genesis 12:1-4                                                      Genesis 12:2

 

                    Este ano escolhi como lema de vida as palavras de Deus a Abraão -- "e tu serás uma bênção". Não porque tenha quaisquer pretensões de "dar nas vistas" ou de querer ser melhor que qualquer outra pessoa, mas porque creio que, nas mãos de Deus, como Seu instrumento, eu posso fazer algo em benefício do meu próximo.

 

                    Foi neste pensamento que Deus chamou Abraão e o trouxe de  Ur dos Caldeus para a Palestina.  Através de Abraão, Deus  queria preparar uma "tão grande salvação" para todo o mundo. Abraão ouviu a voz de Deus, obedeceu às Suas ordens e, embora com recuos e avanços, fez a Obra de fé para que Deus o chamou -- saiu da sua terra, foi e peregrinou na terra que Deus lhe prometia. Creu na Palavra de que, mesmo na sua velhice, teria um filho, e foi, de facto, uma bênção.

 

                    É difícil ser uma bênção neste mundo conturbado, egoísta, que permanece no maligno. É bem mais fácil querer ser uma bênção do que ser, porque isso implica abrir mão do que somos, do que temos e estarmos na disposição de peregrinar em terra estranha. Abraão conseguiu e foi uma bênção. Nós conseguiremos se crermos, porque tudo é possível ao que crê. Abraão, Moisés, Ruth, Amós, Isaías, Pedro, Paulo e tantos outros conseguiram ser uma bênção e revolucionaram o mundo do seu tempo. O mesmo aconteceu com Lutero, Calvino, Huss, Moody, Billy Graham, etc.. Porque não nós?

 

                     Nós também podemos ser uma bênção para o mundo se nos dermos totalmente a Jesus -- "não mais eu, mas Cristo vive em mim" --  para levarmos o Evangelho da Graça aos quatro cantos da terra --  indo, orando a tempo e fora de tempo e dando até o que nos pode faltar, para que nada falte para o anúncio da Boa Nova do Evangelho.

 

                      Senhor Jesus, que neste ano, em todo o meu viver, eu seja uma bênção, levando o Teu Nome até aos confins da terra.

 

publicado por archote às 07:15

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 22 de Março de 2010

OS LIVROS ABRIRAM-SE E OS MORTOS FORAM JULGADOS...

Apocalipse 20:11-15                                         Apocalipse 20:12

 

                   O estar perante um juízo é sempre enervante e traumatizante. Estar perante o juízo final de Deus é ainda muito pior.

 

                    Na visão do apóstolo João, em Patmos, a cena é terrível -- "abriram-se os livros e os mortos foram julgados pelas coisas  que neles estavam escritas, segundo as suas obras". Ninguém escapa a este julgamento e ninguém pode esconder o que quer que seja da sua vida, bem ou mal, porque tudo está escrito no livro da vida. Todo o nosso DEVE e HAVER está ali mencionado e o saldo é terrivelmente negativo. A condenação é certa e terrível -- condenação eterna, "onde há pranto e ranger de dentes... onde o bicho não morre e o fogo nunca se apaga".

 

                     Nesse livro da vida, com o teu nome, teus feitos, toda a tua vida e o que nela fizeste, estará também narrado, com letras indeléveis, escritas com ponta de diamante : "o que fizeste de Jesus, chamado o Cristo" (Mateus 27:22).

 

                     Pôncio Pilatos, o mais miserável covarde de todo o sempre, lavou as suas mãos perante as massas enlouquecidas e mandou que Jesus fosse crucificado (Mateus 27:22-26).

 

                    Tu, querido cibernauta, que tens feito de Jesus, o Filho de Deus? Tens aceite Seu sacrifício para cobrir o teu julgamento final e seres absolvido? Tens aceite Jesus como Salvador da tua vida? Tens obedecido à Sua Palavra e aceite Sua graça redentora? Ou O tens desprezado, ridicularizado,  crucificado e afastado da tua vida?

 

                    Se no livro da vida houver a nota da tua fé em Jesus, tu serás salvo (Actos 16:31). Caso contrário, a sentença só pode ser esta : - "afastai-vos de Mim para o lugar preparado para o diabo e os seus anjos", onde a dor é terrível e as trevas contínuas.

 

                    Que vais fazer de Jesus, o Filho de Deus? Aceitá-lO ou rejeitá-lO?

 

publicado por archote às 07:13

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds