Terça-feira, 31 de Agosto de 2010

JESUS, LEVANTANDO-SE DE MANHÃ, MUITO CEDO, SAIU PARA ORAR

Marcos 1:29-39                                                            Marcos 1:35

 

 

                     Conta-nos o Evangelista João Marcos que Jesus, o Filho de Deus, tendo diante de Si uma tremenda tarefa -- a evangelização da Sua nação -- "levantando-se de manhã, muito cedo, fazendo ainda escuro, saiu (da cidade) e foi para um lugar deserto e ali orava..."

 

                     Ensinar, pregar, evangelizar, curar, mas primeiro ORAR!

 

                    Quais são as nossas prioridades? Cada vez temos mais coisas para fazer e o tempo, embora seja sempre o mesmo em cada dia, parece ser menos e mais curto. As nossas agendas estão saturadas e nós, por estranho que pareça, negligenciamos o tempo de oração, o tempo de ler a Bíblia "a sós com Deus", o tempo de estar com os irmãos, etc.. Porque será? Estamos a ceder à tentação diabólica e a tomar prioridades erradas.

 

                    Experimenta consagrar ao Senhor os primeiros tempos de cada dia, ainda que seja necessário levantar 15 minutos mais cedo, e verás que os minutos não te vão faltar para fazer o essencial.

 

                    Deixemos as futilidades e demos prioridade a Deus, ao Seu trabalho e à oração.

 

                   Às vezes, parece que sentimos um vazio na alma, que nada nos satisfaz, nem mesmo a leitura da Palavra, o Culto, a Oração. Sabem porquê? Exactamente porque perdemos o hábito de dar o primeiro lugar às coisas que são de Cima; enchemos esse tempo com futilidades e, agora, não há mais lugar para Cristo. Há que repor as coisas no seu lugar e, então, tudo tornará a fazer sentido.

 

                   "Orai sem cessar!" De manhã, com a mente fresca, busca a Deus pela oração, pára e ouve o que Deus tem para te dizer nesse dia.

 

                   Faz a experiência e verás a realidade.

 

   "Bem de manhã e sem cessar,

    vigiar, sim, orar!"

 

"Bem de manhã, ao meio dia, do dia ao fim,

relembra as bênçãos do celeste amor

e conta a Deus prazeres e pesares

deixando em Suas mãos a dor".

                                                         (Hino 162 C.C.)

publicado por archote às 07:05

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 30 de Agosto de 2010

TODOS OS DIAS O SENHOR ACRESCENTAVA À IGREJA AQUELES QUE SE HAVIAM DE SALVAR

Actos 2:42-47                                                                   Actos 2:47

 

 

                     O Espírito Santo estava operante em Jerusalém, regenerando e salvando todos aqueles que criam em Jesus. Não nos admira nada que assim fosse, pois, em Jerusalém, havia uma Igreja que orava (v. 42) e, quando um povo ora, Deus faz maravilhas e manifesta o Seu poder.

 

                     Porque será que hoje vemos tão poucos a agregarem-se às Igrejas? Porque são poucos os que oram e, os que oram, pedem mal (Tiago 4:3), por isso, nada temos. Buscam-se os dons que dão fama, glória, evidência, em vez de se buscar ser cheios do Espírito Santo para que o fruto venha.

 

                    A resposta para o problema está em perseverarmos nas verdadeiras doutrinas bíblicas, na comunhão viva de uns com os outros e todos com Deus e na oração persistente pelas almas perdidas. Assim, Deus fará sinais, entre os quais, e o mais importante, acrescentará todos os dias à Sua Igreja aqueles que se hão de salvar.

 

                   Retirar os empecilhos, tais como as guerras pelo poder, a inveja, a má língua, as querelas, e dar lugar ao Espírito e tempo para a oração, e, sem dúvida, Deus fará o resto. Abandonemos as obras da carne, retornemos ao primeiro amor, trabalhemos com denodo e o Espírito Santo fará a Obra da regeneração dos perdidos.

 

                  Comportemo-nos como os primeiros cristãos e Deus, que é mesmo ontem, hoje e eternamente, fará o que sempre fez. O problema não está em Deus, está em nós. Mudemos nossa vida e Deus ficará igual a Si mesmo, pois não pode mudar.

publicado por archote às 07:13

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 29 de Agosto de 2010

TUDO LHES EXPLICAVA EM PARTICULAR

Marcos 4:30-34                                                             Marcos 4:34

 

 

                     Muitas vezes, por causa das limitações pessoais dos Seus ouvintes (Marcos 4:33-34), Jesus tinha necessidade de lhes falar por meio de parábolas; mas, quando estava a sós com os seus apóstolos, explicava-lhes tudo.

 

                     Já alguma vez ficou a sós com Jesus, expondo-Lhe os seus problemas, dúvidas, tristezas e dificuldades? Já alguma vez foi para junto de Jesus para ouvir as Suas respostas às suas perguntas e orações? Já alguma vez, a Seus pés,  conferiu a respostas com as perguntas que Lhe fez? Pense nisto, Ele sempre responde aos nossos pedidos. Mas, será que nós damos por isso?

 

                     Jesus quer, particularmente, que nos entendamos a nós mesmos, mas isso é um trabalho lento (devido aos estragos que o pecado fez em nós), tão lento que, às vezes, leva uma vida para moldar uma pessoa aos grandes objectivos de Deus. Tudo isto será mais fácil, mais rápido, se passarmos mais tempo "a sós com Jesus" em oração e apropriando-nos da Sua Palavra.

 

                    A única forma de sermos úteis a Deus é deixarmos que Ele nos leve a penetrar mais e mais naquilo que Ele é. E isto só se consegue quando estamos a sós com Deus. É espantoso o que aprendemos quando escolhemos estar aos Seus pés (Lucas 10:39, 42).

 

                    Temos de nos libertar da presunção de acharmos que nós sabemos, que nós podemos, que nós nos conhecemos, porque, na verdade, sem Deus nada somos neste mundo e nada podemos fazer. Aos pés de Jesus e a sós com Ele compreenderemos que nada somos, que nada sabemos, e que em nós só existe pecado, em que estamos emaranhados. Aos pés de Jesus, Paulo entendeu : - "... que miserável homem eu sou! Quem me livrará do corpo desta morte?" Aos pés de Cristo entenderemos o que somos, como estamos e o que precisamos -- "Estou crucificado com Cristo e vivo não mais eu, mas Cristo vive em mim".

 

                     Hoje, vamos de novo aos pés de Jesus, escutemos Seus conselhos, Suas exortações e cumpramos as directrizes da Sua vontade. Nada nos fará mais felizes e nada nos dará maior paz. Aquilo que nunca compreendemos nas aulas da escola da vida, compreende-lo-emos aos pés de Jesus, num verdadeiro "a sós com Deus".

publicado por archote às 17:17

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 28 de Agosto de 2010

PELA FÉ, ABRAÃO PARTIU PARA UM LUGAR QUE NÃO CONHECIA

Génesis 12:1-4                                                   Hebreus 11:8

 

 

                     Não é sem razão que Abraão é chamado o PAI DA FÉ, pois já era de setenta e cinco anos quando Deus  o chamou da sua terra de Ur dos Caldeus para o conduzir a uma terra desconhecida. Embora não sabendo para onde ia, Abraão, pela fé, OBEDECEU.

 

                     Como é que nós costumamos tratar as ordens que o Senhor nos dá? Obedecemos pela fé ou pomos as nossas dúvidas, reticências e esperas? Pessoalmente, quando estou convicto da ordem do Senhor não hesito, mas, quando não estou seguro da vontade de Deus, eu oro, oro outra vez e outra vez, pedindo a orientação do céu.

 

                     Há uma coisa que há muito aprendi na Palavra de Deus -- o Senhor sabe bem o que faz e sabe bem o que é melhor para mim. Cada manhã eu Lhe pergunto: - Senhor, que queres que eu faça? Para onde queres que eu vá?

 

                     Uma vez consciente da vontade de Deus, eu irei sem temer, porque sei que Ele cuida de mim, como o Bom Pastor que dá a Sua vida pela segurança das Suas ovelhas. Por isso, parto tranquilo, em paz e confiante na consumação dos objectivos.

 

                     Irmão, se Deus te chama e te envia, parte confiante na Sua pessoa divina. Não te preocupes com "armas ou bagagens". Ele tem cuidado de nós.

 

                     Vamos fazer como Abraão ou acobardamo-nos como o homem da parábola que, havendo recebido um talento, em vez de o negociar, foi escondê-lo na terra, nada arriscando?

 

                     Vale a pena partir com o Senhor Deus (Salmo 23).

publicado por archote às 07:19

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 27 de Agosto de 2010

NOS ÚLTIMOS DIAS VIRÃO ESCARNECEDORES

II Pedro 3:1-13                                       I Pedro 3:3-4

 

 

                     Escarnecedores da mensagem bíblica sempre os houve, pondo as suas dúvidas, usando o sarcasmo e argumentos "ab absurdo", mas, nos últimos tempos, como diz Pedro, eles serão mais, mais fortes, mais técnicos, porque perceberão que o seu tempo cada vez é menos.

 

                     Eles apareceram no tempo de Noé, mas foram silenciados com a chegada do dilúvio, que os matou a todos. Foram mordazes e terríveis, duvidando da vinda do Messias, mas, quando veio a plenitude dos tempos, Deus enviou o Seu Filho, nascido de mulher e sob a lei, para salvar os que se haviam perdido. Riram e mofaram quando Jesus morreu na cruz do Calvário às mãos iníquas de estrangeiros, mas foram derrotados quando o Senhor ressuscitou ao terceiro dia, foi visto por muitos, instituiu a Sua Igreja e subiu aos céus, onde se sentou à mão direita de Deus Pai, de onde há de vir para julgar os vivos e os mortos.

 

                     Nestes últimos tempos que antecedem a Sua segunda vinda, ei-los por aí dizendo "baboseiras", anunciando falsas profecias e, simultaneamente, lançando as dúvidas -  "Onde está a promessa da Sua vinda?" Ele disse: -"Eis que cedo venho", mas já passaram mais de dois mil anos e nada. Não veio, nunca virá! Esquecem-se que, para Deus, um dia é como mil anos e mil anos como um  dia (II Pedro 3:8).

 

                     Não nos admira que algo como a segunda vinda de Jesus seja contraditada pelos filhos do diabo, que já tem posto em dúvida os padrões morais,  como o conceito de família, a honestidade, a pureza sexual, a verdade, a justiça, etc., fazendo este mundo entrar num declive de decadência que, fatalmente, cairá no caos.

 

                     Hoje vendem-se ilusões para a fortuna fácil, mesmo passando sobre os direitos dos outros; anuncia-se a felicidade numa noite de sexo fácil; aponta-se a glória por um caminho ilusório da fama, que cedo acaba.

 

                     Se trocaram o caminho da vida pela ilusão e pela morte eterna, como esperariam a volta gloriosa e santa do Senhor dos senhores?

 

                     Os escarnecedores continuarão a vender ilusões e a defraudarem a verdade bíblica, mas a Palavra de Deus não passará sem se cumprir na sua integridade - Nem um jota ou um til deixará de se cumprir!

 

                     Breve Jesus voltará, como o ladrão de noite, para levar para Si os Seus, enquanto que os blasfemos, duvidosos, escarnecedores, ficarão de fora, reservados para o lugar que eles próprios escolheram -- a morte eterna.

 

                     Não regateies a Palavra. Cristo virá buscar-nos e levar-nos deste mundo amaldiçoado pelo pecado, para que estejamos para sempre com Ele ( I Tessalonicenses 4:13-17).

publicado por archote às 07:12

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 26 de Agosto de 2010

JESUS, POSSUÍDO DE ÍNTIMA COMPAIXÃO, CUROU OS SEUS DOENTES

Mateus 14:13-21                                               Mateus 14:14

 

 

                    Jesus é Emanuel -- Deus connosco. Deus cem por cento Deus, porque "a virtude do Altíssimo te envolverá com a Sua sombra e o que de ti nascer será chamado o Filho" (Lucas 1:34). Deus cem por cento homem, porque Maria de Nazaré concebeu e deu à luz o seu filho primogénito, a quem pôs o nome de Jesus, porque Ele veio para salvar o povo dos seus pecados (Mateus 1:18-25).

 

                    Agora, ali estava Jesus, possuído de íntima compaixão por aquela multidão faminta, sem pastor e doente. Jesus curou os doentes, ensinou aos pobres de espírito a Sua Palavra divina e satisfez  a sua fome de pão, de tal maneira que todos comeram e ficaram saciados.

 

                    Reparemos que Jesus estava pouco interessado em religião, tradições, ensinos humanos. Ele sentiu compaixão e grande amor pelas pessoas. Por elas Ele tudo faria. Enfrentaria o ódio, a inveja e a malvadez dos religiosos do tempo. Enfrentaria a mentira satânica, a traição de um dos discípulos, a negação de outro, a mudança de ânimo e de direcção das multidões, o escárnio, o julgamento iníquo e a terrível morte na cruz. Ele ama-nos (ama o mundo de tal maneira) com tal intensidade que foi até à cruz para nos salvar.

 

                    Quem compreendeu o Seu amor? Quem entendeu a Sua íntima compaixão? Quem entendeu o Seu ministério? Infelizmente, muito poucos O compreenderam, mas nem mesmo isso (que Ele sabia) O demoveu de morrer pelos nossos pecados.

 

                    E hoje, como é que compreendemos a pessoa de Jesus? Como entendemos e aceitamos o Seu amor? Como correspondemos ao Seu amor?

 

                    Ele é Deus connosco, pleno de compaixão e misericórdia. É Deus sempre pronto a responder às nossas necessidades. Estende a tua mão. Toca a Sua mão de bênção e misericórdia. Tu serás enriquecido, ajudado, salvo!

 

                    Tudo é possível ao que crê em Jesus!

publicado por archote às 07:19

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 25 de Agosto de 2010

SIMÃO, UMA COISA TENHO A DIZER-TE

Lucas 7:36-48                                            Lucas 7:40

 

 

                    Esta é uma passagem bíblica cheia de significado para todos que a lêem com um espírito pronto para aprender. O episódio passa-se em casa de um certo Simão, fariseu, que convidara o Mestre Galileu para uma refeição. Talvez para aprender mais com Jesus (não era o primeiro; lembremo-nos de Nicodemos - João 3) ou talvez para O tentar e ter forma de O acusar. Não sabemos. O que sabemos é que Jesus nunca rejeita um convite para estar com alguém que O convida.

 

                   Durante a refeição, uma mulher de má reputação entrou na casa do fariseu e começou a chorar, arrependida, aos pés de Jesus, regando-Lhe os pés com as suas lágrimas e enxugando-lhos com os seus cabelos. Isto mereceu a crítica, o repúdio e as dúvidas do fariseu.

 

                  Jesus, conhecendo o que ia no coração e na mente do orgulhoso fariseu, dirige-lhe a palavra, dizendo: - Simão, uma coisa tenho a dizer-te. Vês esta mulher? Entrei em tua casa e  não me deste água para os pés. Mas esta, desde que chegou, não deixou de mos regar com as suas lágrimas (de arrependimento) e de mos enxugar com os seus cabelos. Não me deste o ósculo de saudação, mas esta, desde que aqui entrou, não tem deixado de beijar-me os pés. Não me ungiste a cabeça com óleo, mas esta ungiu-me os pés com unguento. Por isso, digo-te que os seus muitos pecados lhe são perdoados, porque muito amou... enquanto tu te ficaste pela religiosidade fria, ignóbil e sem valor.

 

                  Ainda hoje, diante das nossas atitudes hipócritas, frias e rotineiras, Jesus nos chama a atenção - Uma coisa tenho a dizer-te: a tua religião não serve, porque está despida de amor e vestida de hipocrisias.

 

                  Cai em ti, sente os teus pecados, arrepende-te, confessa-os, crê e ama a Jesus e tu serás salvo.

 

                  Com formalismos frios e vazios nada feito.

 

                  Crê, ama e serve como Jesus mandou e, então, serás salvo.

publicado por archote às 07:21

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 24 de Agosto de 2010

PERPLEXOS, MAS NÃO DESANIMADOS

II Coríntios 4:7-18                                             II Coríntios 4:8

 

 

                    Li uma vez que o diabo teria feito uma feira-exposição dos seus artefactos, normalmente usados para levar o homem a abandonar os santos caminhos de Deus. Lá estavam os sofrimentos atrozes, as perseguições, as calúnias, as fomes, as angústias, a pobreza, os perigos, a espada, o desprezo, os açoites, os assaltos, os trabalhos, as fadigas, as doenças, o jejum, o frio, as tempestades, o desânimo, a falsa fé, etc., etc..  Todos os instrumentos usados por Satanás tinham o preço marcado, mais ou menos elevado. Mas, o mais inexplicável é que uma pequena e desgastada peça, atirada para um canto, assim como se não houvesse interesse em vendê-la, não tinha preço marcado.

 

                    Perguntaram ao senhor dos infernos porque é que uma tão velha, gasta e insignificante peça tinha a honra de estar ali exposta. O diabo respondeu : - esta peça chama-se desânimo e eu uso-a com grande frequência porque me traz enormes vantagens. Tem levado à queda igrejas fortes; pastores que foram cheios do Espírito e bons pregadores a caírem por terra; crentes, bons evangelistas, a ficarem sem palavra; jovens a voltarem para trás, etc.. Esta peça não tem preço e não está à venda. É só para meu uso pessoal.

 

                    De facto, o desânimo é uma arma terrível e o diabo sabe disso, por isso, não a cede, mas usa-a com muita frequência entre nós. O desânimo é usado especialmente contra quem quer viver uma vida santificada em Cristo e de comunhão contínua com Ele.

 

                   Vamos à Palavra de Deus e tomemos o antídoto contra o desânimo - "a minha alma espera somente em Deus, porque d'Ele vem a minha força e a minha salvação. Só Ele é a minha Rocha, a minha defesa... Com Ele nunca serei abalado" (Salmo 62:1-5). O Senhor é a minha luz e a minha força, a quem temerei?

 

                  Paulo, no meio de angústias, sofrimentos, lutas, perseguições e traições, etc., aos pés do Senhor, vestindo a armadura do crente, dizia: - "perplexos (pela ousadia de Satanás em tentar os filhos de Deus), sim, mas DESANIMADOS NÃO! (II Coríntios 4:8).

 

                  "Entrega o teu caminho ao Senhor, confia n'Ele e Ele tudo fará" (Salmo 37:5).

publicado por archote às 07:15

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 23 de Agosto de 2010

SENHOR, MOSTRA-NOS O PAI...

João 14:5-12                                              João 14:8

 

 

                    Quando Filipe, perturbado com o discurso de Jesus, pediu ao Mestre que lhe mostrasse o Pai, o que, segundo ele,  lhe era suficiente, o grande Rabi da Galileia, em vez de lhe satisfazer a curiosidade e o desejo fútil, respondeu-lhe apenas : - Quem Me vê a Mim, vê o Pai. Como ousas, pois, pedir-me - mostra-nos o Pai? Quem Me vê a Mim, vê o Pai. Crês em Mim ou não? Aceitas as Minhas palavras como verdade ou não? ... "Eu e o Pai somos um" (João 10:30). Eu sou igual ao Pai, com os mesmos atributos, poder e glória. Como és capaz de pedir-me - mostra-nos o Pai?

 

                    Confesso: - eu tenho tido dúvidas e desejos iguais aos de Filipe e demais apóstolos! Na minha "sabedoria", que é a mais profunda ignorância, também tenho ansiado ver o Pai. Louco, miserável e ignorante homem eu sou que quero mudar a glória do Deus eterno e incorruptível em semelhança de imagens humanas e corruptíveis (Romanos 1:22-23). Perdoa-me, Senhor!

 

                    Na verdade, "Deus é Espírito", não tem forma, nem corpo, semelhança, etc. (Deuteronómio 4:15). Homem algum verá a Sua face e viverá (João 1:18; I Timóteo 6:16). É Cristo, o Filho Unigénito de Deus, que está no seio do Pai, que nos veio revelar o Santo dos santos.

 

                    Cristo é a imagem do Deus invisível, fiel representação do Pai, da mesma natureza e com os mesmos atributos, por isso, olhemos para Jesus, Autor e Consumador da nossa fé (Hebreus 12:1), que nos revela o Pai em todas as Suas facetas de justiça, verdade, santidade e amor. Jesus é o resplendor da Sua glória, a expressa imagem da Sua pessoa, o sustentador de todas as coisas. JESUS É O DEUS CONNOSCO - Deus feito homem, para nos salvar por Sua morte viária.

publicado por archote às 07:50

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 22 de Agosto de 2010

DO CORAÇÃO PROCEDEM AS SAÍDAS DA VIDA

Mateus 15:10-20                                        Mateus 15:19

 

 

                    Humanamente falando, é impossível melhorar o ser interior do homem. "Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?" (Jeremias 17:9). "...Eu sei que na minha carne não habita bem algum" (Romanos 7:18).

 

                    Albert Einstein disse um dia: - "É mais fácil modificar a composição do plutónio do que o espírito mau do homem; não é o poder explosivo de uma bomba de grande potência que nos assusta, mas o poder malévolo do coração humano..."

 

                    "Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas..."  e, no dizer de Isaías (1:5-6), "toda a cabeça (sede dos pensamentos) está enferma e todo o coração (sede dos sentimentos) está fraco, doente, sem coisa alguma sadia".

 

                    Contudo, o Evangelho diz que é do coração que saem as fontes para a  vida, isto é, as forças explosivas para o amor!

 

                    Deus é amor e "nisto se manifestou o amor de Deus em nós, em que Ele nos ama e tem enviado o Seu Filho Unigénito ao mundo para que por Ele vivamos" (I João 4:8-10).

 

                    Vemos que humanamente nada somos capazes de fazer, mas Deus pode operar no coração e fazer de nós nova criação, com capacidades para amar, fazer o bem, de ser uma nova criatura. O coração humano está marcado pela terrível ferida do pecado, mas o sangue de Jesus Cristo, o Filho de Deus, nos purifica de todo o pecado (I João 1:7) e nos sara das venenosas feridas que nos afectam.

 

                    Em Cristo há perdão e libertação para os nossos pecados e há luz para os nossos caminhos. Tu podes mudar de vida, basta que creias em Jesus Cristo como teu Salvador e deixes que Ele opere a mudança no teu coração.

 

                    Deus quer que tu sejas um santificado, com uma vida feliz, para teu bem e glória do Seu Nome. Será que tu também queres?

publicado por archote às 07:13

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds