Sexta-feira, 31 de Dezembro de 2010

REMINDO O TEMPO, PORQUANTO OS DIAS SÃO MAUS

 Éfésios 5:16

 

 

                     Eis-nos chegados ao último dia do ano. GRAÇAS A DEUS por todas as coisas que recebemos das Suas mãos. Algumas foram dolorosas, muito difíceis de ultrapassar; outras, porém, foram tão boas, tão doces, que só por elas valeu a pena viver o ano de 201o.

 

                     O tempo é uma maravilhosa bênção de Deus. Há que geri-lo com gratidão, amor e muita sabedoria, pois só assim tiraremos dele tudo o que de bom ele tem para nós. Não vale a pena "chorar sobre o derramado". Há que pensar nas  novas oportunidades que Deus nos dá e tirar delas o melhor proveito.

 

                      Pensemos neste novo ano na bênção do tempo que Deus nos dá; pensemos nos talentos que Ele nos disponibiliza para amarmos, trabalharmos e agradecermos a Deus; pensemos nos tesouros do tempo e vivamo-los com toda a intensidade da nossa vida.

 

                      Usemos bem o tempo, antes que ele se esgote, na certeza de que não volta mais. Cedo vem a noite e já ninguém poderá trabalhar. Transformemos cada segundo e cada minuto das nossas vidas em rubis e diamantes de real valor, no serviço do Mestre.

 

                     Lembra-te que o homem nascido de mulher tem a duração de poucos dias e cheios de inquietação. Ele nasce, como a flor, e murcha; foge como uma sombra que não permanece (Job 14:1-2). Gere bem os teus dias, para que não venhas a dizer "não tenho neles contentamento".

 

                     A vida não é uma taça para ser esvaziada, mas uma medida para ser cheia, por isso, o homem que mais viveu não é aquele que contou mais anos, mas, sim, aquele que melhor sentiu a vida.

 

                     Vive plenamente a tua vida, vivendo-a em Cristo Jesus.

publicado por archote às 07:36

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 30 de Dezembro de 2010

À MEIA NOITE VEIO O ESPOSO

Mateus 25:1-13                                          Mateus 25:6

 

 

                     Desde a antiguidade, todos os povos e culturas criaram o seu próprio calendário, pelo qual geriam as suas vidas, para melhor ou pior sorte. Cada um praticava o seu próprio calendário, de acordo com os seus sistemas. Era o caso do egípcios, dos gregos, dos romanos, dos fenícios e de muitos outros povos.

 

                     O calendário que hoje adoptamos é o calendário solar de 365 dias e quase 6 horas, que, de quatro em quatro anos, nos dá um ano bissexto de 366 dias.

 

                     Hoje, dia 30 de Dezembro, estamos a celebrar o penúltimo dia do ano de 2010 D.C. ou A.D., ano do Senhor Jesus, já que passámos a adoptar o ano do nascimento de Cristo, para contar os anos para trás ou para a frente de Cristo.

 

                    Estamos a chegar ao fim do ano de 2010 D.C. e é indispensável fazer o balanço da nossa vida e deste ano. Vida positiva ou negativa? Ano de bênção ou de maldição?

 

                   Não sabemos o que sucederá amanhã, se haverá amanhã, nem o que nos trará o amanhã. Por isso, "vigiai e orai, porque não sabeis a hora, nem o dia em que há de vir o Filho do homem". Preparai-vos, estai alerta, para que, quando Ele vier, não vos encontre desprevenidos, como as virgens loucas da parábola.

 

                   Haverá ano novo? Se houver ano novo como será? Melhor ou pior que o ano velho?

 

                  No lumiar de um novo ano, em meio às incertezas, crises, prelúdios de fome e miséria, como é bom saber que temos um pastor que vai à nossa frente, abrindo o caminho e tornando-o transitável para os que crêem n'Ele! Ele abre o caminho à nossa frente, sustenta a nossa caminhada e protege, com Seu poder, a nossa vanguarda.

 

                  No cruzamento da linha, Ele está lá ajudando os doentes, coxos, famintos, endemoninhados, para a todos curar e fazer transpor a linha para a felicidade. Ele liga o passado com o presente e o futuro, numa consciência nítida da Sua missão de amor.

 

                  Ano velho, fecho de um conjunto de oportunidades, umas ganhas, outras perdidas. Ano novo, abertura de uma porta para a feitura do bem, do amor e de irmos mais além, seguindo a "coluna de fogo" (Espírito Santo), na busca da terra prometida.

 

                  Estamos confiantes que os olhos do Senhor estarão sobre nós, pois os nossos dias estão nas Suas mãos.

publicado por archote às 07:48

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 29 de Dezembro de 2010

CAIM ERA DO MALIGNO E MATOU A SEU IRMÃO

I João 3:11-12                                                      I João 3:12

 

 

                     Caim era do maligno, as suas obras eram más, por isso, matou seu irmão. Estas são as obras do pecado -- a morte, o sofrimento e o eterno afastamento de Deus.

 

                     Não era só a inveja que imperava em Caim, para matar o seu irmão Abel. Caim era um  homem inteiramente do maligno, por isso, tudo o que fazia e pensava era em oposição a Deus. As suas obras eram más, em contraste com as boas e justas obras de Abel.

 

                    No fundo, mesmo lá no fundo, temos de reconhecer que Deus tinha razão quando não atentou para a oferta de Caim, mas se regozijou com a oferta de Abel. Esta era a oferta da sinceridade e da entrega total (Génesis 4:1-6).

 

                    Todos temos que prestar contas a Deus da nossa vida, honesta ou desonesta, boa ou má. Lembremo-nos que só "o sangue de Jesus Cristo, o Seu Filho, nos purifica de todo o pecado". Todos temos pecado, mas o sangue de Jesus tem poder salvador e regenerador. Creiamos na sua eficácia.

 

                    Aqui está a resposta a todos que perguntam: - que culpa tenho eu de nascer pecador? Tu não tens culpa, mas os teus pecados são o fruto da tua natureza pecaminosa.  Deus te julgará pelas tuas obras e não pelos pecados de Adão, Caim, Acam ou qualquer outro.

 

                    Todos os que crêem na obra expiatória de Jesus Cristo, o Senhor, são perdoados dos seus pecados ( I João 1:7).

 

                    Por favor, não permaneças no maligno. Derrota-o pela fé em Jesus e sê um dos vitoriosos que habitarão o céu com Jesus e Seus resgatados.

publicado por archote às 07:30

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 28 de Dezembro de 2010

HÁ CAMINHO QUE PARECE DIREITO... MAS, NO FIM, É CAMINHO DE MORTE

 Provérbios 14:12

 

 

                    Grande verdade esta que Salomão nos deixou.  Há caminhos que nos parecem direitos, justos e bons, mas, no final, são uma catástrofe. Devemos estar sempre alerta e medir cada passo da nossa vida. São ilusões e as ilusões devem ser abandonadas rapidamente.

 

                     Isto acontece, muito particularmente, com a juventude. Tudo lhes parece bem e, por vezes, abandonam os caminhos de sucesso por outros de aparência fácil e, quando querem retroceder, é tarde. Meditai bem na vossa vida, nos vossos caminhos, e procurai pautá-los pela vontade de Deus.

 

                     Lembremo-nos da parábola do filho pródigo, contada por Jesus em Lucas 15. Como foram duras as consequências de seguir caminhos que pareciam fáceis. As riquezas cedo se esgotaram, os elogios breve se tornaram escárnios e o empobrecido filho encontrou-se a si mesmo disputando com os porcos as alfarrobas que eles comiam.

 

                     Jesus avisa - "Eu Sou o Caminho, a Verdade e a Vida, ninguém vem ao Pai senão por Mim". Este caminho pode não ser o mais fácil, nem o mais rápido, mas é o mais honesto, o mais acertado, o único que permite atingir o alvo da nossa vida de homens. Jesus é o Único Caminho que nos leva a sair da companhia dos "porcos" e nos leva seguros à casa do Pai.

 

                     Estás disponível para deixares o caminho  fácil da perdição pelo caminho da vida e da salvação? Crê no Senhor Jesus Cristo e atende ao Seu convite para O seguires (Mateus 11:28-30).

publicado por archote às 07:27

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 27 de Dezembro de 2010

NÃO PUDERAM ENTRAR POR CAUSA DA SUA INCREDULIDADE

 Hebreus 3:19

 

 

                     Queiramos ou não, a incredulidade é a única impossibilidade para se não entrar na terra prometida, que é como quem diz, para não se entrar no céu.

 

                     Os israelitas não entraram na terra prometida porque não creram no poder de Deus para vencer os gigantes da terra dos cananeus, nós não entraremos na posse da herança eterna com Cristo, porque não somos capazes de crer no poder de Jesus para vencer todos os obstáculos diabólicos postos no nosso caminho .                  

 

                     Com Cristo somos mais que vencedores. Não é seremos, mas, sim, já somos vencedores, porque Ele é o Rei universal. Crês tu isto?

 

                     Dos doze espias enviados a Canaã para espiar a terra, só dois entraram, porque creram no poder de Deus - Josué a Calebe. Todos os outros morreram na terra da sua incredulidade.

 

                     Esta é uma verdade também para hoje. Muitos são chamados, mas poucos entrarão por causa da sua incredulidade. A fé vem do Senhor,  queavalia os problemas de acordo com o ponto de vista de Deus. A incredulidade mede tudo pelos padrões limitados do homem e é detida pelas barreiras humanas -- os gigantes, as cidades muradas, os carros de guerra, etc. (Números 13:27 - 14:10).

 

                     É preciso olhar para Deus com fé verdadeira, pois em Deus faremos proezas, saltaremos muros, veremos os impossíveis desaparecerem.

 

                      Josué e Calebe por pouco que não foram mortos por apedrejamento, mas Deus os guardou. Quando é preciso discordar, em consciência de fé, façamo-lo e Deus nos guardará, como guardou Josué e Calebe.

publicado por archote às 07:18

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 26 de Dezembro de 2010

O PAI VOS DARÁ OUTRO CONSOLADOR

 João 14:16-17

 

 

                    Sem esse maravilhoso Consolador, que é o Espírito Santo, nenhum crente poderia prevalecer diante das astutas ciladas do diabo. Graças a Deus porque Ele nos deu esse  maravilhoso Espírito de Verdade, que o mundo não conhece, nem pode perceber porque não O não vê... mas nós O conhecemos porque habita em nós.

 

                     Ele é o nosso garante para a salvação; Ele é o nosso protector nas horas de aflição e tentação; Ele é o nosso professor que nos ensina acerca do Pai, do Filho, da Palavra; Ele é aquele que nos convence do pecado, da justiça e do juízo; enfim, Ele é o nosso Consolador.

 

                     É interessante verificar que o Espírito Santo não chama particularmente a atenção para Si mesmo, nem para a Sua Obra, mas faz-nos pensar na Obra do Filho, quer usando o Velho Testamento, quer o que o próprio Filho fez e faz (João 14:26).

 

                     O Livro de Actos dos Apóstolos constantemente testifica do trabalho de Jesus e da sua continuidade pela operância do Espírito Santo.

 

                     A Obra do Espírito Santo é maravilhosa, especialmente nos nossos dias, quando Ele glorifica a Jesus na salvação de almas perdidas (João 16:14).

 

"Ó Divino Preceptor,

mostra-nos o Salvador.

Ó Tu, Consolador,

enche-nos do Teu santo amor!"

 

                                                   (C.C. 117)

 

publicado por archote às 07:03

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 25 de Dezembro de 2010

NADA FAÇAIS POR CONTENDA OU POR VANGLÓRIA

 

                     "Jesus, sendo Deus, não teve por vaidade ser igual a Deus, mas aniquilou-se a Si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se em tudo semelhante ao homem (menos no pecado) e, achado na forma de homem, humilhou-se a Si mesmo, sendo obediente até à morte e morte de cruz".

 

                     Hoje, dia 25 de Dezembro, dia do Natal de Jesus, celebramos o início físicoda Sua humilhação. Que contra-senso, meu Senhor! Com tantas galas (fingidas e efectuadas para nossa própria glória), com tantos banquetes, quando Ele mesmo não teve onde reclinar a cabeça, com tanto luxo, quando Ele veio na mais extrema humildade...

 

                    Somos mesmo do contra!... Tudo fazemos para nossa vanglória, enquanto Ele tudo fez para nossa possibilidade de sairmos da lama dos nossos pecados.

 

                    O que celebramos hoje não é o Natal de Jesus, pois, para o ser, haveríamos de estar em saco e cinza, arrependidos e contritos, de joelhos em louvor e adoração, como o fizeram os pastores das cercanias de Belém, e mesmo os "sábios" magos, vindos do longínquo oriente. Esses, sim, celebraram o Natal de Jesus, adorando e louvando a Deus, porque era vindo o Salvador do mundo.

 

                    O Natal não é tempo de vanglória, nem de festas exuberantes, nem de presentes milionários. O Natal é festa de glória a Deus; o Natal é tempo de obediência aos mandamentos de Deus; tempo de amor e gratidão a Deus porque nos deu Jesus; tempo de disponibilidade do homem para o serviço de Deus; tempo de fé e louvor a Deus; tempo do perdão de Deus para nós e de nós perdoarmos a quem nos tem ofendido;  tempo de dar, não apenas o que Deus nos dá, mas de nos darmos a nós mesmos a Deus e ao mundo perdido.

 

                    Deixai-me terminar. Natal é tempo de alegria santa porque Deus nos deu Jesus - ALELUIA!

publicado por archote às 07:57

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 24 de Dezembro de 2010

A VIRGEM CONCEBERÁ E DARÁ À LUZ UM FILHO

Isaías 7:13-17                                                Mateus 1:23

 

 

                    O nascimento de Jesus, no tempo do rei Herodes, o Grande, da Judeia, é um facto histórico mais do que provado. Podemos não saber exactamente o dia, nem o mês do ano, mas que nasceu, em cumprimento da profecia de Isaías e na cidade indicada por Miqueias (5:2), é algo indesmentível.

 

                    Jesus foi o filho primogénito da virgem Maria de Nazaré e cuja paternidade é o próprio Deus - "...descerá sobre ti (Maria) o Espírito Santo e a virtude do Altíssimo te cobrirá com a Sua sombra; pelo que também o Santo, que de ti há de nascer, será chamado o Filho de Deus" (Lucas 1:35).

 

                    Jesus nasceu no mundo, para o mundo, mas não do mundo. Nasceu de cima. Nasceu de Deus. Não surgiu na história, entrou na História, vindo de fora - do CÉU - para buscar e resgatar os homens perdidos.

 

                    Ele não é um mero homem; Ele é Deus feito homem, sendo, simultaneamente, Homem perfeito e Deus perfeito.

 

                   Ele nasceu no mundo, na cidade de Belém da Judeia, mas também nasceu em mim e fez-me nascer de novo, exclusivamente para Ele. É por isso que eu dou tanto valor ao Natal. É duplo, nasceu no mundo e pode (e quer) nascer em cada homem que o queira aceitar.

 

                   Agora, e ainda, Deus se está manifestando aos homens. Ainda está oferecendo Redenção a todos os que  abrirem o seu coração à fé.

 

                  Amanhã o relógio da graça de Deus vai parar, a porta do céu vai fechar-se e ninguém mais poderá entrar.

 

                  Hoje é o tempo de te tornares Belém para Jesus nascer.

publicado por archote às 07:29

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 23 de Dezembro de 2010

O SENHOR É A MINHA PORÇÃO

Salmo 119:57-64                                         Salmo 119:57

 

 

                    Hoje é um "fula, fula" em busca de  bens materiais, bens que possam satisfazer este pobre e falível corpo, cuja duração é de 70 anos e o que vai além disso são canseiras e enfados (Salmo 90:10).

 

                    Bem aventurados os que confiam no Senhor e cuja porção é o Senhor, pois, esses, são ricos para sempre. Podem não ter dinheiro, palácios, campos ou roupas caras, mas, eles, têm tudo, pois têm o Senhor, que é a sua herança eterna.

 

                    Os que confiam no Senhor não têm fantasias, nem precisam de tê-las. Eles são como águias que voarão nas  correntes do Espírito. Nada lhes faltará.

 

                    Pessoalmente, alegra-me saber que tenho no céu o meu Deus, pleno de misericórdia, e na terra a Sua sombra bendita, que me acompanha. Sim, "quem tenho eu no céu senão a Ti e, na terra, não há quem eu deseje além de Ti".

 

                    Senhor, Tu és a minha porção e, simultaneamente, o meu Pastor, meu Guia e Protector. Que mais posso desejar, Senhor?

 

                    Espera, pois, no Senhor,  guarda os Seus caminhos e Ele te exaltará para herdares a verdadeira vida.

publicado por archote às 07:17

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 22 de Dezembro de 2010

A LÍNGUA ESTÁ CHEIA DE PEÇONHA MORTAL

Tiago 3:5-10                                                       Tiago 3:8

 

 

                    A língua é um pequeno órgão do nosso corpo, que tanto pode ser uma bênção, como também uma maldição. Tiago, escritor sagrado, ensina que a língua é algo com que devemos ter muito cuidado, pois é como um fogo, como um mundo de iniquidade; pode contaminar todo o corpo e inflamar o curso da natureza da nossa vida, abrindo-nos o caminho para o inferno. Tenhamos cuidado, muito cuidado, com o uso da nossa língua.

 

                    Reparemos que Tiago diz que a língua "é um mal que não se pode refrear, está cheia de peçonha mortal" (3:8). Ela mente, calunia, enxovalha o irmão, diz palavras maliciosas que, uma vez pronunciadas, nunca mais se podem recolher.

 

                    Entreguemo-nos ao Senhor, demos morada ao Espírito Santo no nosso coração, consagrando-Lhe a nossa língua, para que, em vez de fonte de maldição, seja fonte de bênção e de honra. Só o Espírito Santo pode controlar uma língua envenenada pelo pecado.

 

                    Lembremo-nos de Miriam, quando mentiu invetivando Moisés, o Senhor a castigou com lepra. Quando Ananias e Safira mentiram dizendo que tinham vendido uma propriedade por um preço falso, Deus os castigou com a morte (Actos 5:1-16).

 

                    Roguemos ao Senhor que use a nossa língua para o louvor da Sua glória (Salmo103), para anunciar as doces palavras de salvação, para proferir sempre as bênçãos de Deus.

 

                    Que a nossa língua seja sempre uma fonte de água doce e fertilizante, que leve a vida a muitas pessoas.

publicado por archote às 07:35

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds