Domingo, 31 de Julho de 2011

COOPERADORES DE DEUS

I Coríntios  3:4-11                                    I Coríntios 3:9

 

 

O cooperador é aquele que trabalha juntamente com outrem, na realização de alguma obra. Neste caso, Deus escolheu-nos para sermos Seus cooperadores na evangelização do mundo. Isto não quer dizer que Deus não pudesse evangelizar os homens por meio de anjos ou outros seres celestiais, mas é da Sua vontade que sejamos nós, humanos, em colaboração com Ele, a levarmos o Evangelho a toda a criatura.

 

Deus usa a nossa boca, as nossas mãos e pés para levar a mensagem a toda a criatura humana, mas é Ele quem convence do pecado, da justiça e do juízo; numa palavra, é Ele quem converte e salva.

 

Tem de haver uma entrega total da nossa parte, na certeza de que Deus, que não pode negar-Se a Si mesmo, já está fazendo a Sua parte.

 

Conta-se que, um dia, a banca ferramental de um carpinteiro entrou em discussão sobre qual das ferramentas seria a mais importante --  se o martelo, se a enxó, se o formão, se o serrote, a chave de fendas, etc..

 

Armou-se tal confusão que "ninguém" se entendia. Parecia que a oficina  ia "abaixo" com cada ferramenta a "puxar a brasa à sua sardinha".

 

Entretanto, chegou o carpinteiro, arrumou a bancada e começou a fazer uma mesa de cozinha. Usou a serra para cortar as tábuas maiores, o serrote para cortar os cantos, a plaina para alisar a madeira, os parafusos, a chave de parafusos, o formão para abrir os "cabeçalhos" para os parafusos, o martelo e todas as ferramentas que precisou. Todas foram usadas e foi preciso a humildade do serrote para pôr ordem na oficina -- no final, não há ferramentas mais importantes que outras. Para realizar uma obra, o mestre precisa de todas nós.

 

É assim com os filhinhos de Deus. Ele usa a cada um de nós para um trabalho específico e a todos nós para fazermos a Sua Obra. Alegremo-nos por podermos ser usados pelo Senhor para a feitura do Seu trabalho. Sem mim, sem ti, sem aquele outro irmão, a Obra não ficaria igual.

 

Fomos chamados para servir. Sirvamos com entrega e amor na parte da Obra em que o Senhor quiser usar-nos.

publicado por archote às 07:05

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 30 de Julho de 2011

OLHAI AS AVES DOS CÉUS... E CONSIDERAI OS LÍRIOS DO CAMPO

Mateus 6:26-34

 

 

Neste texto, somos exortados a uma observação constante e arguta de  todas as coisas, mesmo das mais simples e que nos parecem menos importantes. Tudo tem valor, tudo é importante para a nossa aprendizagem diante de Deus. Considerar os lírios do campo, como existem, porque existem, que valor têm. Já pensaste na escamosidade das suas raízes, para se poderem adaptar aos mais duros habitats? Já pensaste na lançadura das suas folhas, para poderem penetrar na densidade das outras plantas e arbustos e poderem trazer água às suas raízes? Já pensaste na beleza e no aveludado das suas flores, que embelezam os campos e dão alegria aos nossos olhos? Nesta perspectiva, já pensaste no mar, nas estrelas, no sol, na lua, nos planetas distantes, como todos eles existem para louvar a Deus e causar deslumbramento no nosso coração, por tão grande e excelente Criador?

 

As aves do céu, as feras do bosque, os rios caudalosos, os mares límpidos, os céus profundos, as estrelas brilhantes, as ervas e árvores do campo, tudo louva ao Senhor, com alegria e perfeição, e só o homem, orgulhosamente só, teima em não ver e não querer louvar a Deus com o coração.

 

Que tristeza! A única criatura racional deixa de cumprir o seu dever e privilégio e olha para o seu umbigo em vez de olhar para Deus e louvá-lO de coração! Deus está clamando, com gemidos e apelos inexprimíveis, e nós renitentemente no nosso orgulho.

 

Olhemos para os lírios do campo e procuremos crescer e fazer tudo para que Deus seja visto em nós e os homens, agradecidos, dobrem os seus joelhos e glorifiquem a nosso Pai que está nos céus (Mateus 5:16).

publicado por archote às 07:27

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 29 de Julho de 2011

COMO A SOMBRA, SÃO OS NOSSOS DIAS SOBRE A TERRA

I Crónicas 29                                      I Crónicas 29:15

 

 

"Somos peregrinos sobre a terra, como nossos pais... como sombras que passam, assim somos nós sobre a terra... ". "...Tu os levas como correntes de água; são como um sono, como a erva que cresce de madrugada e à tarde se corta e seca. Os nossos dias são como um conto ligeiro, que logo acaba... por isso, ensina-nos a contar os nossos dias para que alcancemos corações sábios..." (Salmo 90).

 

Todos estes textos nos demonstram a fragilidade da vida física --  "a vida passa rapidamente e nós voamos". Para onde? Para Deus, em eterna felicidade, ou para os abismos infernais, onde sofreremos para sempre? Depende do que tivermos feito de Jesus, chamado o Cristo.

 

A vida é breve e a morte é certa, por isso, precisamos de estar preparados para o momento da chamada para nos encontrarmos com Deus. Quando a morte vem, ela vem pôr fim a um conjunto de coisas negativas, tais como a dor, a doença, a traição humana, as guerras, as fomes, e confrontar-nos com novas realidades: - a morte e o eterno afastamento de Deus, em grande sofrimento, ou a vida eterna e a alegria de estarmos com Cristo para sempre. É uma questão de preparação!

 

Prepara-te para te encontrares com Deus e seres feliz com Ele, para sempre. Basta que te arrependas dos teus pecados, que os confesses a Deus, o Único que os pode perdoar, e creias em Jesus e no Seu sacrifício vicário, como remédio para que sejas salvo. "Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo".

 

Por favor, não te esqueças que a vida aqui é como uma sombra que passa rapidamente. Aproveita o tempo que ainda te resta,  arrepende-te dos teus pecados e crê no Senhor Jesus Cristo -- SERÁS SALVO.

publicado por archote às 07:04

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 28 de Julho de 2011

SEDE SANTOS

I Pedro 1:13-16                                                   I Pedro 1:16

 

 

Este deve ser o alvo de cada filhinho de Deus - SER SANTO. Não podemos contentar-nos com menos - atingir a estatura do varão perfeito, que é Cristo Jesus, o Senhor (Efésios 4:13). O homem foi especialmente criado para ser santo e, nesta qualidade, poder ser instrumento de louvor e glória para o seu Senhor.

 

Infelizmente, nos dias que correm, temos tendências e gostos que em nada ajudam o caminho da santidade. Prejudicam-nos até muito, impedindo-nos de atingir o alvo proposto por Deus.

 

Será que eu sinto mesmo que é prioritário ser santo? Será que acredito que Deus pode entrar na minha vida e tornar-me santo? Será que as minhas pregações promovem a santidade da minha vida e a dos meus irmãos? Se Deus quer que eu seja santo, porque é que eu ainda o não sou? Sou eu que não estou a fazer o que devo ou Deus parou de operar em mim? Se Deus parou de operar em mim, qual foi a causa?

 

Sabemos que Deus não falha, logo, se parámos na nossa ascensão de santidade, fomos nós que falhámos. Procuremos o problema: -  a falta de amor, a maledicência da nossa língua, a nossa ambição desmedida, passando por cima dos direitos dos nossos semelhantes, uma ponta de ódio, a falta dos nossos compromissos para com Deus - tempo, ofertas, má gestão dos bens disponibilizados por Deus?

 

Não toleremos jamais, por nada deste mundo, qualquer prática que prejudique a nossa caminhada para a santidade. Andemos em verdade, sem mácula, em verdadeiro amor para com Deus e para com os irmãos e veremos a FIDELIDADE DE DEUS.

publicado por archote às 07:25

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 27 de Julho de 2011

SENTEI-ME, CHOREI, LAMENTEI-ME E JEJUEI PERANTE O SENHOR

Neemias 1:1-11                                           Neemias 1:4

 

 

Neemias era um judeu que estava a sofrer as agruras do cativeiro babilónico, servindo na corte do rei, na qualidade de  copeiro-mor, a quem cabia a responsabilidade de provar as comidas e bebidas do rei, para verificar a sua qualidade e se não eram prejudiciais à saúde e bem estar do soberano.

 

Lá, na cidade de Susã, ele ouviu das más notícias vindas da cidade santa de Jerusalém. A cidade estava destruída, queimada e os túmulos violados e votados  ao abandono. Os poucos habitantes que ali estavam viviam na miséria e no desprezo.

 

Então, Neemias sentou-se e chorou diante do Senhor, pois sabia que tudo aquilo era devido ao pecado dos seus pais, que não ouviram a Palavra de Deus  e não se arrependeram.

  • Sentou-se e chorou os pecados
  • Lamentou-se em oração por alguns dias
  • Jejuou e orou perante o Senhor
Foi um tempo de oração, confissão, arrependimento e petição, para que o Senhor tivesse misericórdia da santa cidade e do seu povo. Pediu ao Senhor misericórdia e libertação. Não sabia como Deus iria libertar, mas sabia que, ainda que os filhos estivessem no fim do mundo, Ele os traria de volta e os ajudaria.
Neemias lutou com Deus, com as armas disponíveis - a oração e a confissão -  e venceu. Com estas mesmas armas nós venceremos, pois são as armas que Deus quer que nós usemos.
Irmão, ore, ore e torne a orar. Pode parecer-lhe que não é ouvido. Pode parecer-lhe que não há resposta para o seu problema. Pode parecer-lhe que não há solução, mas Deus tem uma resposta  e uma solução para todos os problemas e também para os seus. Não desista de orar, com fé, ao Senhor. Como Ele, no tempo próprio, respondeu a Neemias, também responderá a si.
publicado por archote às 07:08

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 26 de Julho de 2011

PELA FÉ, RAABE, A MERETRIZ, NÃO PERECEU COM OS INCRÉDULOS

Hebreus 11                               Hebreus 11:31

 

 

Hebreus 11 é o capítulo do Novo Testamento que descreve a vida dos heróis da fé do Antigo Testamento. Não nos admira nada que o autor de Hebreus faça menção de Henoch, Noé, Abraão, Jacob, José, Moisés e tantos outros, cujas vidas foram baluartes de uma fé confirmada com actos heróicos, os mais diversos. Contudo, fala-nos de Raabe, uma meretriz, cujo prostíbulo se encontrava sobre as muralhas de Jericó, o que já nos parece coisa invulgar e menos própria.

 

Parece-nos a nós, homens, cujos padrões de julgamento são injustos, incompletos, mal estruturados. Com Deus é diferente. Ele vê as coisas a fundo, com correcção e sem as falhas que nós acrescentamos aos nossos paradigmas de julgamento. Deus é justo nos Seus juízos.

 

Deus não viu em Raabe só uma promíscua meretriz; viu nela uma mulher que sabia amar os seus inimigos, uma mulher ousada,  corajosa e, sobretudo, viu nela uma mulher de fé, capaz de "acolher em paz os espias" enviados à terra. Ela escondeu-os e protegeu, expondo a sua vida, mas crendo no Deus de Israel, que não deixaria de a abençoar. Não conhecia a Deus, mas, pelo que tinha ouvido d'Ele, creu na Sua capacidade de salvar. Creu no Deus de Israel, por isso foi salva.

 

A fé de Raabe colocou-a num lugar de honra em duas listas da Bíblia --  na lista dos heróis do Velho Testamento (Hebreus 11:31) e na genealogia do Salvador do mundo - Jesus (Mateus 1;5).

 

"A fé é o firme fundamento das coisas que se esperam e a prova das coisas que ainda não se vêem"

publicado por archote às 07:37

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 25 de Julho de 2011

CRISTO NOS ELEGEU NELE, ANTES DA FUNDAÇÃO DO MUNDO

Efésios 1:3-6                                          Efésios 1:4-5

 

 

Eleitos, em Sua graça, desde antes da fundação dos mundos... e predestinados para filhos, segundo o beneplácito da Sua vontade, que bênção sem par! Filhos de Deus só porque Ele quis e nos agraciou com Seu favor imerecido!

 

Se tivéssemos cem vidas nesta terra, não chegariam para pagar tanto e tão grande privilégio! Filhos de Deus, que significa filhos santos, perfeitos, capacitados para entoar o louvor da Sua glória para sempre.

 

Filhos de Deus, aceites enquanto viventes neste mundo e quando mudarem, para sempre, para o céu, onde serão herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo Jesus. Filhos a quem Deus encheu de Seu Santo Espírito, para resistirem firmes às astutas ciladas do diabo.

 

Só há um requisito para um filho --  crescer no Senhor Jesus Cristo e em Sua Obra expiatória, pois "a todos quanto O receberam deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, por crerem no Seu Nome" (João 1:12).

 

"Bendize, ó minha alma, ao Senhor e tudo o que há em mim bendiga o Seu Santo Nome" por uma tão grande salvação.

publicado por archote às 07:03

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 24 de Julho de 2011

FORA COM ESTE DAQUI... SOLTA-NOS BARRABÁS

Lucas 23:14-25                                                  Lucas 23:18-19

 

 

Que más e irresponsáveis escolhas fazemos, por vezes! E que terríveis e irremediáveis consequências temos que enfrentar por essas insensatas escolhas! Foi o que aconteceu com os judeus liderados pelos seus invejosos e egoístas chefes. Rejeitaram Jesus, o Santo Filho de Deus, enviado para buscar e salvar o mundo perdido em seus delitos e pecados, para escolherem um assassino dos caminhos, já condenado por causa de sedições e de um assassínio.

 

Foram enganados e iludidos pelos escribas, fariseus e saduceus, que apenas queriam o poder pelo poder e pela possibilidade de enganarem melhor os pobres trabalhadores. Foi sempre assim. Ainda é assim. Os grandes querem o poder para mandar, explorar e escravizar. Só têm interesse nos humildes trabalhadores até terem na mão o poder de fazerem leis, que não praticam, nem lhes tocam ao menos com o dedo mindinho.

 

Foram muito duras as consequências desta escolha de soltarem Barrabás e entregarem Jesus à cruz. Dentro de poucos anos (36 anos) não tinham cidade, nem nação, nem vida própria e o Seu sangue caiu sobre as suas cabeças. Com Deus não se brinca. Horrível coisa é cair nas mãos do Deus vivo.

 

Os judeus escolherem mal escolhendo Barrabás e mandando matar Jesus às mãos do procurador Pôncio Pilatos. Tinham o direito de escolher, mas ao menos deviam ter escolhido por si e não pela cabeça dos seus endemoninhados mentores. Pilatos bem tentou livrar Jesus, mas os poderes opositores eram muitos, fortes e bem orquestrados.

 

Hoje a escolha a fazer pelos homens continua entre o escolher satisfazer o seu egoísmo, a sua ganância, o seu desejo de devassidão ou escolher Jesus, o Santo de Deus.

 

Sabemos que as forças do inferno são muito poderosas, mas sabemos também que se escolheres Jesus, o Senhor, estás a fazer a melhor escolha  -   a escolha que alegrará para sempre a tua vida.

 

Qual vais escolher? Barrabás e o seu mundo ou Jesus e o Seu Reino de felicidade?

publicado por archote às 07:40

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 23 de Julho de 2011

OS CAPITÃES E OS PRÍNCIPES VIRAM QUE O FOGO NÃO TINHA PODER SOBRE ELES

Daniel 3:1-27                                           Daniel 3:27

 

 

Era uma vez um grande rei, chamado Nabocudonosor, que reinava um grande país, a antiga Caldeia, cuja capital era Babilónia. Este rei tinha muitos escravos e muito dinheiro e, para satisfação do seu ego, mandou fazer uma grande estátua de ouro, com 30 metros de altura e 3 de largura.

 

Depois da mesma estar erigida no campo de Dura, na província da Babilónia, mandou chamar os seus sátrapas (espiões ou olhinhos do rei), perfeitos, presidentes.juízes, tesoureiros e governadores, para que viessem à consagração da estátua e ouvirem os decretos sobre a sua adoração. A proposta era que, quando ouvissem o som da buzina, harpa, sambuca, saltério e toda a sorte de instrumentos musicais, toda a gente, à mesma hora, se deveria prostrar em adoração solene ao monstro de ouro, que Nabucodonosor tinha mandado levantar. Quem o não fizesse seria atirado para uma fornalha de fogo ardente.

 

Ora havia naquele reino três servos do Deus Altíssimo que tinha, por norma somente adorar a Deus e não aos homens, nem às suas imagens de escultura, pois este era o mandamento do Deus do céu -- "Só a Deus adorarás e a Ele servirás".

 

Logo que eles demonstraram que "mais importa obedecer a Deus que aos homens", apareceram alguns acusadores, que os apontaram como desobedientes à lei tola do rei da Babilónia. Estes homens - Sedraque, Mesaque e Abedenego - foram levados à presença do rei, que, ante a sua recusa de  adorarem um boneco de ouro, foram amarrados uns aos outros e lançados na fogueira, sete vezes mais aquecida, para que o crime não passasse despercebido - palavra de rei é para ser cumprida.

 

Uma vez atirados para a fornalha, os que os lançaram  morreram pelo calor que saía de lá, mas os três servos do Senhor foram vistos, livres e desamarrados, passeando no meio do fogo, juntamente com alguém semelhante aos deuses e sem nenhuma lesão. Nem um cabelo das suas cabeças se chamuscou"

 

O rei foi inflexível na sua sentença de morte para com Sedraque, Mesaque e Abedenego, mas Deus foi fidelíssimo no livramento daqueles que Lhe entregaram as suas vidas.

 

Quem conhece Deus e n'Ele confia não teme os poderes de Satanás, porque sabe que o Deus Altíssimo é Aquele que cuida dos Seus.

publicado por archote às 07:35

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 22 de Julho de 2011

ISRAEL FEZ O QUE PARECIA MAL AOS OLHOS DO SENHOR

Juízes 6:1-25                                      Juízes 6:1

 

 

O mal, quer queiramos quer não, traz sempre consigo consequências nefastas, às vezes mesmo muito graves, para nós, para a nossa família e, por vezes, também para a nossa  comunidade.

 

Neste caso, os israelitas fizeram o que parecia mal aos olhos do Senhor Deus, que os entregou nas mãos dos midianitas. Os midianitas ainda eram parentes de Israel, pois descendiam de Midian, um dos filhos bastardos de Abraão e Quetura (Génesis 25:1-7). Os midianitas eram ferozes saqueadores das caravanas do deserto e ocupavam uma pequena faixa no deserto arábico, nas proximidades do Golfo de Acaba.

 

Por causa do pecado,  Israel caiu nas mãos dos midianitas, que os roubaram e escravizaram durante algum tempo. Era a paga de terem abandonado o Senhor. Os israelitas, que eram os filhos da promessa, estavam agora sob o jugo dos bastardos.

 

Neste tempo, Deus chamou um homem valente e fiel  ao Senhor para os livrar das mãos dos opressores. Este homem foi Gedeão, que, com sua fé em Deus e apenas 300 homens escolhidos, operou a libertação. Nem sempre é pelo número que Deus livra, mas, sim, pela fidelidade daqueles que O servem. Foi o caso.

 

Infelizmente não foram muitos os anos que ficaram livres, pois cedo voltaram a pecar e depressa veio o castigo por intermédio de outros povos vizinhos. É sempre assim. Quando nos arrependemos dos nossos pecados e nos voltamos para Deus, precisamos de nos encher de Deus, das Suas virtudes e do Seu amor, para que o mal não volte e o nosso estado não seja pior que o primeiro.

 

Ninguém é mais feliz do que aquele que se arrependeu e deixou os seus maus caminhos e se voltou para Deus. A esse o Senhor ajuda e fortalece. Ao que descora a sua comunhão com Deus, as ervas daninhas rebentam e causam estragos, muitas vezes irreparáveis. Cuidado!

publicado por archote às 07:47

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds