Terça-feira, 20 de Setembro de 2011

O FRUTO DO ESPÍRITO É: - GOZO

Gálatas 5:16-26                                               Gálatas 5:22

 

 

Muita e muita gente neste mundo quer ter gozo, mas o gozo dos sentidos físicos - comer, beber, viajar, luxúria, luxo habitacional, etc.. O gozo a que se refere o texto, para além de incluir uma boa e honesta qualidade de vida, consta especialmente de uma felicidade interior, provinda do perdão dos nossos pecados, da paz com Deus e da certeza de viver o presente sem ter medo do futuro.

 

É o gozo de viver nas mãos de um Deus que é amor, que é todo poderoso, eterno, santo, e que tem Consigo um lugar de bênção para todos os Seus.

 

O gozo, fruto do Espírito, não nos prazeres (às vezes baixos e sujos) e detracções desta vida física, mas no garante de uma satisfação eterna.

 

O verdadeiro gozo e alegria não dependem das circunstâncias ou condições externas; está cima e para além delas, pois a sua fonte está no Espírito de Deus, que produz esse fruto em nós.

 

Que grande alegria e feliz é o momento em que alguém se rende incondicionalmente a Jesus e Lhe dá o coração para Ele gerir! É um momento de júbilo, felicidade, transformação e salvação. Jamais esqueceremos esse momento de gozo!

 

A partir de então há salvação concretizada, há certeza do perdão dos pecados, há alegria e comunhão crescentes, há gozo inolvidável, que jamais acaba, pois é fruto do Espírito Santo, que agora habita em nós.

 

Por favor, experimenta este gozo, orando agora a Deus : - Senhor, creio que Tu existes, creio que deste o Teu Filho amado pelos meus pecados. Aceita agora este humilde e arrependido pecador e salva-me, por amor do Teu Nome - JESUS!

publicado por archote às 07:26

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 19 de Setembro de 2011

ESTA É A VONTADE DE DEUS - A NOSSA SANTIFICAÇÃO

I Tessalonicenses 4:1-13                                     I Tessalonicenses 4:3

 

 

Não temos dúvidas de que esta é a vontade de Deus - "Sede santos, porque Eu sou santo" (I Pedro 1:15-16; Levítico 11:44-45). Mas, será que esta é também a nossa vontade? A questão não é se Deus quer santificar-me, mas, sim, se eu quero santificar-me. Se eu estou disposto a deixar que Deus opere em mim tudo aquilo que Ele quer.

 

Estarei disposto a identificar-me de tal maneira com Cristo que "a vida que agora vivo na carne não seja mais a minha, mas a vida de Jesus, que Se entregou a Si mesmo por mim?"

 

Muitas vezes oramos e ouvimos orar "santifica-nos, Senhor", mas, no mais íntimo do nosso coração, temos escondidos o ódio, a inveja, os desejos de prejudicar o nosso próximo, etc., etc. Cuidado, porque " com Deus não se brinca e horrível coisa é cair nas mãos do Deus vivo". O nosso Deus não é um ídolo que tem ouvidos e não ouve, cabeça, mas está vazia! Ele é o Deus vivo que lê o que nos vai na alma e julga segundo a Sua recta justiça.

 

Ser santo implica completa separação do pecado, mesmo daquele que nos é oculto, razão porque devemos orar - limpa-me, ó Deus, perdoa todos os meus pecados, cria em mim um coração puro e renova dentro de mim um espírito recto.

 

A santificação separa-me do pecado e torna-me um com Jesus e, n'Ele, um com Deus, que está em Cristo, nosso Senhor.

 

Senhor, domina totalmente a minha vontade, para que ela seja a Tua e eu tenha uma vida de santificação.

publicado por archote às 07:30

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 18 de Setembro de 2011

NICODEMOS LEVOU QUASE CEM ARRÁTEIS DE MIRRA E ALOÉS

João 19:38-40                                             João 19:39

 

 

Que diferença entre o Nicodemos do capítulo 3 de João - medroso, calculista, procurando Jesus durante a noite -  e o Nicodemos do capítulo 19, que vai ousadamente, com José de  Arimateia, pedir a Pilatos  o corpo de Jesus, para Lhe dar uma sepultura condigna.

 

Não há dúvidas, Nicodemos tinha passado pela experiência da conversão, e disso dava provas pela sua coragem e intrepidez. Houve uma mudança de 180º.

 

É assim com os verdadeiros regenerados pelo Espírito Santo, quando crêem e aceitam Jesus como seu Único e suficiente Salvador. Ou somos ou não somos, e se somos damos frutos de glória para Jesus.

 

Este foi um momento de exposição pública, tanto para José de Arimateia quanto para Nicodemos. Eles assumiram-se como discípulos e foram pedir o corpo de Jesus, embalsamaram-no com especiarias, envolveram-no em limpos lençóis de linho e depositaram-no num sepulcro novo, num jardim de José de Arimateia.

 

Pensemos no preço dos compostos com que eles ungiram o corpo de Jesus. Não se pouparam, nem no preço, nem na quantidade. Nós, o que é que estamos prontos a dar para Jesus? Com que expressão damos conta da nossa fé no Salvador?

 

Oremos para que todos os santos de Jesus dêem testemunho vivo e eficaz, quer por palavras, quer por obras, quer pelo amor, de que já pertencem ao Reino, pela fé e pela regeneração do Espírito Santo.

publicado por archote às 07:26

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 17 de Setembro de 2011

CRISTO É A NOSSA PAZ

Efésios 2:11-22                                             Efésios 2:14

 

 

Estou a escrever esta nota devocional quando enormes conflitos étnicos, raciais e económicos estão deflagrando na grande metrópole de Londres. Crianças entre os 11 e 15 anos, instigados por homens dominados por Satanás, revoltam-se contra tudo e contra todos, levando a destruição e o caos a toda a parte. Neste  momento, ainda não sabemos os resultados finais destes confrontos. Já sabemos, contudo, que pessoas morreram, centenas de outras estão presas e que milhões de libras de prejuízo. Isto para além de muita dor, muito sofrimento e muitas angústias.

 

É a terrível actuação de Satanás contra Cristo, que veio ao mundo para fazer a paz entre todos os homens e espalhar a boa semente do amor dos homens a Deus e ao próximo.

 

Os homens estão desprezando a paz de Cristo e promovendo a mentira, a desconfiança, o ódio, a soberba, a desobediência, a calúnia, a crueldade, a traição, etc., e tudo isto sob a aparência de piedade e dos direitos do amor. Isto só mesmo vindo do coração de Satanás!

 

Jesus deu a Sua vida pela paz e pela concórdia entre os homens, derrubando as paredes da separação que estavam no meio (Efésios 2:13-14). Ele fez a paz (Colossenses 1:20) e Ele é a nossa paz (Efésios 2:14).

 

Voltemo-nos para Cristo e ponhamos fim a esta onda de violência, a este tempo de guerra e de fome, a esta situação de doenças. Só Cristo é a nossa paz e a solução para os problemas do  mundo. Não nos iludam os com o ensino satânico de Conferências de paz, reuniões de J sete, oito ou nove, porque tudo isso  é fantasia. Só o Evangelho de Cristo, aceite no coração, pregado e vivido pelos homens, será solução para os nossos problemas, pois só "Ele esmagou a cabeça da serpente".

 

Cristo é a resposta, a nossa paz, o nosso único escape.

publicado por archote às 07:10

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 16 de Setembro de 2011

VIM AO MUNDO DAR TESTEMUNHO DA VERDADE

João 18:37

 

 

"O que é a verdade?" - perguntou Pilatos a Jesus.

Esta grandiosa pergunta ainda hoje está à espera de uma resposta concreta e objectiva, da parte dos homens. A verdade é a   ausência total de toda a mentira, fraude, engano, etc. A verdade é a realidade dos factos, exactidão das coisas, a certeza das factos, o rigor das palavras e dos pensamentos, etç.

 

Depois da entrada do pecado no mundo, não há verdade absoluta, pois o diabo é o rei das almas e corações, o pai e grande promotor da mentira. Há que fugir dele e da sua orientação.

 

Verdade absoluta só em Jesus. Ele disse a Pilatos que "veio ao mundo a fim de dar testemunho da Verdade" e quem ouve a Sua voz é da Verdade, pois Ele (Jesus) é o caminho (certo), a Verdade única e a vida que não acaba (João 14:6).

 

Jesus é a verdade, ensinou a verdade de Deus e convida-nos a andar e praticar sempre a verdade. Ele é a verdade e não há n'Ele engano algum.

 

Um dia perguntaram a Jesus: "Quem és Tu?" Ele respondeu:  "isso mesmo que desde o princípio vos disse - o Verbo que Se fez carne para que vísseis a Sua glória, cheia de graça e de verdade" (João 1:14).

 

Frequentemente a "nossa verdade" é mesclada de mentiras, pequenos enganos, meias verdades, etc. Não foi assim com Ele, que é a Verdade, falou e ensinou a Verdade na mais profunda das realidades.

 

Aceitemos a Verdade de Deus - JESUS - e andemos como Ele andou, amando como ele AMA - ontem, hoje, agora e sempre, plenamente.

publicado por archote às 07:20

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 15 de Setembro de 2011

EU VI A SANTA CIDADE... ADEREÇADA COMO UMA ESPOSA PARA O SEU MARIDO

Apocalipse 21:1-4                                         Apocalipse 21:2

 

 

O nosso texto de hoje refere-se a uma figura que Deus usa no Novo Testamento para descrever a Sua Igreja, ou seja, o conjunto de todos os remidos, salvos em todos os tempos, de toda a tribo, língua, raça e nação. Ela é a noiva do Cordeiro, lavada e comprada com Seu precioso sangue, derramado na cruz. Desta forma, Deus faz ressaltar a relação amorosa do Seu amor com os Seus filhos.

 

Tu já és um destes filhos de Deus, membro do Seu corpo e fazendo parte da "noiva de Cristo"? És um filho do céu ou apenas um "deslumbrado" acompanhante do percurso da "noiva " aqui na terra? Vives n'Ele, fazendo parte do Seu corpo ou és apenas um corpo estranho, um cancro, que acabará por ser extirpado do corpo? Por favor, enquanto é tempo, "entrega o teu caminho ao Senhor, confia n'Ele e Ele te salvará".

 

Não ames, nem te prendas mais ao mundo, nem ao que no mundo há (I João 2:15), mas rende a tua vida por inteiro a Jesus, para fazeres parte da Sua noiva gloriosa.

 

Que glória experimentaremos quando Ele voltar para levar os Seus para o céu, para as "bodas do Cordeiro"! Que bênção nossa união com Cristo, num amplexo de amor que não acabará mais! Pois, então, quem nos separará do amor de Cristo? Nada, nem ninguém. Seremos um com Ele para todo o sempre.

 

"Vem, Senhor Jesus", buscar a tua esposa, que anseia pela Tua chegada.

publicado por archote às 07:23

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 14 de Setembro de 2011

AMIGO, COMO ENTRASTE AQUI SEM A VESTE NUPCIAL?

Mateus 22:1-14                                                       Mateus 22:12

 

 

Vivemos um tempo de quase "fronteiras livres". Isto tem trazido problemas aos países industrializados, que, sem estarem preparados, têm visto seus territórios invadidos por milhões de indivíduos com fome e com necessidade de serem abrigados, tratados e alimentados. Problema que trará milhentas situações insolúveis para uns e para outros.

 

Não era exactamente o caso focado no texto. A Palavra fala-nos de uma festa de um certo rei, dada em homenagem ao seu filho. Todos eram convidados, havendo apenas a condição de envergarem uma veste oferecida pelo senhor do reino. Era a veste nupcial.

 

Mesmo sendo franca a entrada, mesmo sendo um convite geral, mesmo sendo de graça e a veste oferecida, alguém tentou entrar sem estar preparado. Foi expulso, não era digno e, por isso, foi castigado.

 

A situação do Reino dos céus é a mesma. Jesus já pagou todos os custos da entrada, inclusive a veste nupcial, mas, mesmo assim, muitos buscam outras vestes (religiões, filosofias, obras. etc.). Claro, não serão aceites, pois só "o sangue do Senhor Jesus Cristo nos purifica de todo o pecado" e nos dá acesso ao céu.

 

O nosso apelo neste dia é para que, por meio da fé, aceites a veste própria para entrar nas bodas do Cordeiro. Ele dá tudo. Nós só precisamos de aceitar a Sua oferta e entrar para o banquete.

 

Não tentemos falsear o jogo. Estas são as regras:

  • reconhece os teus pecados, confessa-os a Deus e arrepende-te deles
  • crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo
publicado por archote às 07:10

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 13 de Setembro de 2011

VAI E NÃO PEQUES MAIS

João 8:1-11                                          João 8:11

 

 

Ontem falámos desta mesma frase - "Não peques mais" - dirigida a um paralítico de nascença e procurámos compreender a problemática do pecado em pessoas que se julgam sem culpa.

 

Pessoas sem culpa, só entendemos os inocentes, puros, e que já estão salvos pelo sangue de Jesus, assim como os que nascem com mentalidades insuficientes, ou até mesmo aqueles que nunca ouviram da mensagem salvítica de Jesus, que serão julgados na base da luz da sua consciência em relação ao bem e ao mal, como determinados grupos de selvículas, onde a civilização não chegou.

 

Não era o caso desta mulher, muito naturalmente judia, conhecedora da Lei de Deus e responsável pelos seus actos. Foi apanhada no próprio acto de adultério (quem sabe com alguns daqueles que agora a apresentavam perante Jesus, para julgamento!), contudo quem eles queriam apanhar não era a mulher, mas sim Jesus, a quem puseram "entre dois fogos". Se condenasse a mulher ao apedrejamento, era acusado perante a justiça romana (só ela podia condenar à morte); se a absolvesse, era condenado pelo Sinédrio, por ter transgredido a Lei de Deus.

 

Pobrezinhos! Esqueceram-se que estavam perante o Deus feito homem! Ouviram a mais santa e maravilhosa sentença - "aquele que está sem pecado seja o primeiro a atirar a pedra". Eles que julgassem quem tinha esse direito! Começando pelos mais velhos até aos mais novos, afastaram-se, pois a sua moral era bem duvidosa!

 

Ficou Jesus só com a mulher - "Então, ninguém te condenou?"

- Não Senhor!

- Também Eu te não condeno, não porque não tenhas pecado, mas porque és alguém, a quem Deus quer salvar. Portanto, "vai e não peques mais".

 

Eis o que Jesus te diz a ti, hoje. Mereces ser condenado, mas arrepende-te, confessa teus pecados a Deus e... não peques mais.

publicado por archote às 07:28

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 12 de Setembro de 2011

JÁ ESTÁS SÃO, VAI E NÃO PEQUES MAIS

João 5:1-15                                          João 5:14

 

 

Há pelo menos duas vezes no Evangelho de João em que Jesus dá esta mesma ordem - "vai e não peques mais" -  no texto que focalizamos hoje (João 5:1-15) e em João 8:1-11.

 

Na ocasião  em que diz à mulher adúltera, apanhada no próprio acto do adultério, perdoando-lhe e dizendo-lhe "vai e não peques mais", entende-se. Era uma adúltera, apanhada em flagrante delito; mas, dizer isto a um pobre homem paralítico de nascença, e em sofrimento há 38 anos, é mais difícil de entender. O homem não podia ter pecado porque nasceu paralítico. Será que os seus pais pecaram e ele nasceu, por isso, paralítico? Não me parece que o ditado "os pais comeram os figos verdes e os filhos ficaram com a boca rebentada" se ajuste à perfeita justiça de Deus.

 

Então, como explicar o pecado do homem? Como explicar aquela exortação coactiva da parte de Jesus?

 

Só há uma resposta. Aquela situação era fruto do pecado. Todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus (Romanos 3:23). Todo o mal neste mundo é fruto do pecado, por isso, aquele homem estava assim por causa do pecado que entrou no mundo por um homem e passou a todos os homens (Romanos 5:12). Todas as situações negativas no mundo são fruto do pecado. O egoísmo no coração dos homens é a raiz de todos os males.

 

Aquele homem foi curado pela compaixão e amor de Deus. Aquilo que nós não podemos fazer, Deus faz.  Aquele paralítico não podia curar-se a si mesmo, nem perdoar os seus pecados, cometidos contra Deus. JESUS FEZ TUDO o que ele não podia fazer. CUROU-O E SALVOU-O, por isso lhe pedia que fosse grato a Deus e não entrasse mais nos caminhos do pecado.

publicado por archote às 07:16

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 11 de Setembro de 2011

OPERAI A VOSSA SALVAÇÃO COM TEMOR E TREMOR

Filipenses 2:12-15                                       Filipenses 2:12

 

 

A nossa vontade deve estar concordante com a vontade de Deus, a fim de que vençamos a inclinação da carne e nos tornemos poderosos para vencer o mal e "operarmos com poder" a nossa salvação.

 

Quando o texto sagrado diz que nos devemos esforçar para operar a nossa salvação, não quer dizer que nós podemos fazer algo para a salvação, pois esta é pela graça, por meio da fé. 

 

  • Podemos considerar a "salvação presente" e instantânea, quando somos regenerados e lavados pelo sangue de Jesus, o Cordeiro de Deus.

 

  • Podemos considerar "salvação contínua", progressiva, quando nos esforçamos por nos identificar mais e mais com Cristo, procurando ser santos como Ele é santo.

 

  • Podemos ainda considerar "salvação futura", quando com Ele estivermos na glória permanente.
Deus quer que operemos com poder, temor e tremor a nossa salvação, neste caso, temos que desenvolver, com cuidado, o que Deus opera em nós por Sua poderosa vontade, não deixando interferir Satanás. Deus pode e quer vencer a acção diabólica em nós, assim nós cooperemos com Ele.
Deus não só espera que nós cooperemos, como é também a fonte de poder para que nós atinjamos o alvo. Deus não só quer que façamos a Sua vontade, como está em nós para nos ajudar nessa tarefa de vencedores!

 

publicado por archote às 07:22

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds