Terça-feira, 10 de Abril de 2012

MALDITA É A TERRA POR CAUSA DE TI... COM DOR COMERÁS DELA TODOS OS DIAS DA TUA VIDA

Génesis 3:1-24                                     Génesis 3:17, 19

 

Até ao momento da queda do homem, a terra era um verdadeiro paraíso, onde o homem e sua mulher viviam em paz, alegria e doce comunhão com Deus, que os visitava pela viração da tarde (3:8), enquanto eles trabalhavam, felizes, cuidando do jardim. Por isso, vemos que o trabalho não é uma maldição (como alguns pensam), mas uma bênção para os homens (Génesis 1:15).

 

Oremos a Deus para que todo o homem tenha o seu trabalho honesto e o desenvolva com amor e dedicação.

 

Se, hoje, o trabalho constitui uma carga, um peso, uma maldição, foi porque o homem nisso o transformou, com seu pecado e desobediência a Deus. Deus quis que o trabalho fosse uma bênção. Não foi Deus que fez o trabalho pesado e duro para o homem, mas foi o homem, inflamado de ambições desmedidas, de desejos egoístas e orgulhosos, que fez que a bênção do trabalho degenerasse em maldição. Foi a má utilização do tempo, o afã de chegar mais depressa, sem olhar ao preço, o frenesim dos prazeres físicos, o consumismo sem limites, que tornaram o trabalho numa fonte de doenças incuráveis, numa escravidão terrível, numa maldição sem limites.

 

Deus fica fora disso. Essa não é, nem nunca foi, a Sua vontade. Foi o homem que usou e abusou da bondade de Deus e da liberdade que Ele lhe deu.

 

O crente não escapa à maldição que veio sobre a terra por causa do pecado, porém, possui um segredo, fazer sempre o bem e fazer tudo para glória do Senhor. 

 

Abstendo-vos até da aparência do mal e tudo quanto fizerdes, fazei-o com o propósito de agradar ao Senhor. Ficai certos, Ele estará convosco e tornará de novo a maldição em bênção - a bênção de servir a Deus na pessoa do próximo.

 

Tudo o que tivermos de fazer, façamo-lo de todo o coração, como ao Senhor e não aos homens (Colossenses 3:23) e veremos que o fardo é bem mais leve e os frutos mais gratificantes.

 

Se o Pai trabalha até agora, se o Filho também trabalha com o mesmo afã e denodo, porque não o faríamos nós também? (João 5:17)

publicado por archote às 07:01

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 9 de Abril de 2012

O SENHOR É O MEU REFÚGIO E A MINHA FORTALEZA

Salmo 91                                     Salmo 91:2

 

Este Salmo é um hino de grande consolação para todos que o lêem em busca de bênção e de graça para as suas vidas. Experimenta lê-lo agora e apanha tudo quanto Deus quer comunicar-te. É tanto e tão bom que não caberá em ti e terás de transbordar, como rios de águas vivas para quem estiver perto de ti.

 

O Salmo 91 contém a promessa maravilhosa de que, se habitarmos com o Altíssimo, descansaremos à Sua sombra e auferiremos todas  as extraordinárias bênçãos da Sua presença. Ele será o nosso refúgio, Ele nos livrará dos medos, temores e dificuldades, de tal forma que nenhum mal chegará até nós. Isso quer dizer que estamos sempre cercados pela Sua bondade, amor e protecção.

 

Passaremos toda a nossa vida na Sua presença, com Sua luz de discernimento, com uma mesa posta diante dos nossos inimigos e com o nosso cálice transbordante, A Sua presença é sentida nos nossos corações e vista do exterior pelos nossos inimigos, pois seremos "como astros no mundo".

 

Será que já estamos abrigados no Refúgio do Altíssimo? Será que já estamos vivendo nessa alegria e amor que se transmitem àqueles com quem convivemos? Ou somos "cartas fora do baralho", somos tresmalhados, somos ovelhas perdidas, fora da alçada do Bom Pastor?

 

É tempo de voltarmos humildes ao redil do Senhor e sermos ovelhas do Seu pasto. É tempo de nos identificarmos com Aquele que nos foi buscar ao deserto da vida, para vivermos na plenitude das bênçãos dos salvos.

publicado por archote às 07:06

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 8 de Abril de 2012

MORRENDO O HOMEM, TORNARÁ A VIVER?

Job 14:10-17                                     Job 14:14

 

Haverá solução para a morte? Sim, há solução para a morte, mas é preciso tomar o remédio - aceitar a morte de Cristo como suficiente diante de Deus, para passarmos da morte para a vida.

 

O corpo físico terá sempre que morrer, uma vez que o homem tomou o veneno mortal, mas há vida para além da vida física, como disse o mesmo Job do nosso texto - "Eu sei que o meu Redentor vive e que, por fim, se levantará sobre a terra e eu, ainda em minha carne, verei a Deus (Job 19:25-26). O corpo morre, volta ao pó, de onde veio", porque "aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo, depois disso, o juízo" (Hebreus 9:27-28), "mas o espírito volta a Deus, que o deu" (Eclesiastes 12:7).

 

Jesus deu o remédio para a morte:

  • "Todo aquele que crê em Mim nunca morrerá" (João 11:25)
  • "Quem ouve a Minha Palavra e crê Naquele que Me enviou, tem a vida eterna" (João 5:24)
  • "Aquele que crê no Filho tem a vida eterna, mas aquele que não crê no Filho nunca verá a vida, mas a ira de Deus sobre ele permanece" (João 3:36)
Sim, morrendo o homem, e todos estão mortos em seus delitos e pecados (Efésios 2:1), tornará a viver, se crer no Unigénito Filho de Deus, que deu a Sua vida para salvar a todos aqueles que crerem Nele.
Que faremos, pois? 
Arrependei-vos dos vossos pecados, crede no Senhor Jesus Cristo, de todo o vosso coração e entendimento, e recebereis o dom do Espírito Santo. Reconhecei os vossos pecados; confessai-os a Deus; pedi-Lhe perdão, por Jesus, de todos os vossos pecados e abandonai-os para sempre, e sereis salvos.
publicado por archote às 07:02

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Sábado, 7 de Abril de 2012

ESFORÇA-TE... NÃO TEMAS... O SENHOR É CONTIGO

Josué 1:1-8                                            Josué 1:8

 

O livro de Josué é o livro da coragem para os desanimados, tristes e diante de tarefas difíceis.

 

Nós estamos no mundo das dificuldades, dos problemas e das batalhas que, aliás, nós próprios criámos. Neste livro temos a afirmação da promessa de que o Senhor está connosco, sempre pronto para nos ajudar. Ele promete nunca nos abandonar.

 

Se tu estás numa situação apertada, Ele promete "nunca te deixarei", desde que tu queiras a Minha presença. É doce e reconfortante saber isso.

 

Mas, para que esta promessa da presença constante e ajuda em quaisquer circunstâncias se cumpra, nós também temos que ter em conta algo que Ele exige de nós - que nos esforcemos e façamos a nossa parte; que lutemos animosamente; que tenhamos cuidado de observar toda a Lei que o Senhor nos ordena; que não nos desviemos, nem para a esquerda, nem para a direita, dos Seus caminhos.

 

Se assim fizermos, ninguém arrebatará das nossas mãos a maravilhosa vitória que o Senhor tem para nós.

 

Quando sentires que estás necessitado de apoio, de ajuda palpável, de encorajamento e de uma mão forte para segurar a tua, clama ao Senhor Deus, que é justo e bom e não deixará de dar toda a Sua ajuda a quem lha pedir com fé e sinceridade. Ele nos dará a vitória até onde a nossa fé for capaz de crer e esperar.

 

"Abre bem a tua boca e Eu ta encherei".

publicado por archote às 07:08

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 6 de Abril de 2012

DEUS TE UNGIU COM ÓLEO DE ALEGRIA, MAIS QUE A TEUS COMPANHEIROS

Deuteronómio 33:13-16                                        Salmo 45:7

 

Ao lermos o texto de Deuteronómio 33:13-16, verificamos que tudo o que era mais excelente e precioso devia ser para José, que pré-figura a pessoa de Cristo - separado dos seus irmãos, vendido para o Egipto, escravo e prisioneiro de Faraó, e, depois glorificado, governando o Egipto. Foi ímpar entre os filhos de Jacob, como Jesus foi o Unigénito de Deus dado para justificação dos nossos pecados.

 

Como José no Egipto, Deus exaltou Jesus soberanamente e Lhe deu um Nome que é sobre todo o nome e O ungiu com óleo de alegria, mais que a todos os Seus companheiros (Filipenses 2:5; Salmo 45:7).

 

Nós fomos salvos por Jesus para vivermos uma vida sóbria, justa, santa e pia, que glorifique sempre o Salvador. Deus ama a justiça e aborrece a impiedade. Quais são as obras de justiça que estamos praticando na nossa vida?

 

O mundo está olhando para as nossas vidas, se elas são aformoseadas com as obras que ornamentaram a vida de Jesus, pois nós devemos ser imitadores de Cristo. O mundo quer ler nas nossas vidas a mensagem do Evangelho Salvador.

 

 

"Os cristãos, porém, que deveras crêem,

pelas obras mostram a fé que têm.

Sua fé firmada no Salvador,

na maior procela , ei-los sem temor".

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por archote às 07:07

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 5 de Abril de 2012

ANDAMOS POR FÉ E NÃO POR VISTA

II Coríntios 5:1-10                               II Coríntios 5:7

 

"Nós andamos por fé". Será que andamos mesmo? Andar por fé é andar inteiramente guiado pelo Espírito Santo, enquanto ainda aqui estamos obrando para Deus.

 

Não tememos, porque andamos por fé. Quer a provação seja grande, quer seja fraca, venceremos e chegaremos mais adiante. Lembramos

 aqui Sedraque, Mesaque e Abedenego (Daniel 3) que, perante a contingência de serem lançados na fornalha de fogo ardente (sete vezes mais aquecida que o costume), pela fé, ficaram firmes em Deus, e Deus os livrou, passeando-se com eles no meio do fogo. Nabucodonozor e os seus grandes foram constrangidos a crer que não há Deus como o Senhor que criou os céus e a terra.

 

Demos testemunho do Senhor, sejamos fiéis aos Seus princípios e mandamentos e Ele nos abençoará. Ele é fiel, não pode negar-Se a Si mesmo.

 

Não andemos por vista, mas por fé, pois pela graça somos salvos, por meio da fé. Isto é um dom de Deus. Nós estamos aqui, não como anjos em formação, mas como homens e mulheres que nascemos de Deus, para realizarmos a vontade de Deus no mundo, por meio da fé. Isto não nos dá nenhum estatuto especial, não nos faz "meninos de ouro", nem pessoas mais importantes que as outras, mas demonstra que vivemos pela fé e que somos servos de Deus.

 

Nunca jamais devemos fazer dos momentos altos do exercício da nossa fé a nossa vanglória, mas apenas nos devemos gloriar na cruz de Cristo e dar graças a Deus porque, pela fé n'Ele, podemos partilhar da Sua Obra no coração dos homens.

 

Atingir, pela fé e pelo trabalho para Deus, a estatura do Varão perfeito, deve ser nosso objectivo no andar no caminho da fé.

publicado por archote às 07:04

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quarta-feira, 4 de Abril de 2012

NA MINHA ANGÚSTIA CLAMEI AO SENHOR E O MEU CLAMOR CHEGOU DIANTE DA SUA FACE

Salmo 18:1-12                                 Salmo 18:6

 

O autor deste Salmo parece ter passado por uma dura experiência de vida, mas, diz, mesmo preso pelas cordas da morte e pelas torrentes da impiedade, clamou ao Senhor, invocou o Nome do Deus eterno, e Ele, que é Santo e bom, ouviu o seu clamor e veio em seu auxílio.

 

Que maravilhoso é ter um Deus assim! Em todas as circunstâncias os Seus ouvidos estão atentos ao clamor e Ele ouve e livra. Mas, não erreis, nem vos deixeis enganar, porque Deus como este só há um - "Há um só Deus e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo feito homem" (I Timóteo 2:5).

 

Li, há pouco tempo, o relato de vários passageiros de um comboio que se despenhou por uma ravina abaixo. Entre eles, um disse:- "Lá vamos todos para o inferno". De facto, mais de uma centena de pessoas morreu e, sem dúvida, como afirmou aquele ímpio,  só acordaram no lugar de sofrimento.

 

O homem que falou na altura, dias mais tarde disse aos jornalistas:  foi um momento terrível; bancos que voavam, pessoas que caíam umas sobre as outras, gritos, blasfémias, preces, corpos esmagados, etc., etc.. Eu vi ali o inferno verdadeiro, por isso, quando me apercebi do que tinha dito, tomei consciência de que se fosse um dos mortos naquele acidente, teria ido mesmo para o inferno. Não perdi tempo, olhei e vi a minha vida de falsa fé em Cristo, a minha vida de  pecado, a minha religião de fachada e ajoelhei-me e clamei ao Senhor que, desde o Seu trono de graça, ouviu a minha súplica e me salvou. Hoje, sou um filhinho de Deus, apenas interessado em louvá-lO e servi-lO, procurando levar outros perdidos a Cristo, o Salvador.

publicado por archote às 07:02

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 3 de Abril de 2012

BEM-AVENTURADO O HOMEM QUE ENCHE DE FILHOS A SUA ALJAVA

Salmo 127                                           Salmo 127:4-5

 

Os filhos são uma bênção de Deus que, continuamente, Lhe devíamos agradecer. Seria bom que os governos, em vez de  legislarem sobre políticas  pró-aborto e outros "abortos" ainda mais nojentos e aberrantes, se preocupassem com formas educativas, morais e espirituais a ensinar às crianças, de forma a que, no futuro, como já hoje, não tivéssemos que nos confrontar com verdadeiros monstros, sem sentimentos, nem coração, que são capazes de matar pai, mãe, violentar irmãs e crianças.

 

É preciso voltar para os ensinamentos bíblicos, não criando os nossos filhos como "ídolos" impunes a todos os castigos, "betinhos", que não são conduzidos a fazer coisa alguma, senão comer, beber, brincar com sofisticados  aparelhos que só ensinam a violência, o roubo e a vida fácil. É preciso cuidar e disciplinar os nossos meninos no caminho do bem, do respeito pelo pai e pela mãe e também do seu próximo. Eles são um bem a moldar e disciplinar para serem respeitáveis pais e mães no dia de amanhã - "Castiga o teu filho enquanto há esperança" (Provérbios 19:18). "O que rejeita a correcção menospreza a sua alma, mas o que aceita a correcção adquire entendimento" (Provérbios 15:32). "O que ama a seu filho, a seu tempo o castiga, mas o que não castiga o seu filho, não o ama" (Provérbios 13:24). "O Senhor repreende e castiga aquele que ama, como o pai ao filho a quem quer bem" (Provérbios 3:12). (Hebreus 12:6; Apocalipse 3:19).

 

Se amamos os nossos filhos e queremos que eles amanhã sejam homens e mulheres de bem, não deixemos de os corrigir e castigar na altura própria, pois, caso contrário, sujeitamo-nos a terríveis consequências. Não deixemos que eles sejam filhos do mal e para a prática do mal, mas, pelo ensino da Palavra e pelo nosso exemplo, levemo-los a andar nos caminhos do Senhor, e o nosso coração, amanhã, será recompensado.

 

"Deixai vir a Mim as criancinhas e não as impeçais, porque dos tais é o Reino dos céus".

publicado por archote às 07:09

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 2 de Abril de 2012

LOUVAR-TE-EI NO MEIO DA CONGREGAÇÃO

Salmo 22                                              Salmo 22:22b

 

Este é um Salmo messiânico, que nos fala particularmente dos martírios de Jesus aquando da Sua morte na cruz, pelos nossos pecados. Apresenta-nos o Cristo sofredor, como se estivesse perante o momento cruciante da morte de Jesus:

  • Deus meu, Deus meu, porque me desamparaste? (v.1)
  • Fui desprezado pelo meu povo (v.6)
  • todos zombaram de mim (v. 7)
  • Confiou em Deus... que O livre agora (v. 8)
  • A minha força se secou (v. 15)
  • Repartiram entre si os meus vestidos (v. 18)
Mas em tudo isto o Messias não voltou o Seu rosto, antes, esperou no Senhor e louvou o Nome de Deus, entregando o Seu Espírito nas Suas mãos, depois de concretizada a salvação do homem.
Seis horas de sofrimento intenso, físico e moral, por causa da traição de Judas, da negação de Pedro e fuga dos demais apóstolos. No entanto, ainda com forças para louvar a Deus no meio da congregação. Jesus adora o Pai e confia nos resultados da Sua morte no Calvário - "Está consumado".
Aprendamos a adorar a Deus, mesmo  no meio das maiores dores, na certeza de que Deus nos dará a vitória. Jesus foi até ao fim da "via crucis" (sofrimentos da crucificação), mas ainda achou forças para louvar e adorar a Deus. E nós, como procedemos diante daquelas coisas que vêm às nossas vidas e são menos boas? Louvamos a Deus ou ficamos irritados com o Seu proceder? Lembremo-nos que "todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus".
Aprendamos que Deus sempre faz o melhor para nós e, por isso, sejamos agradecidos.
publicado por archote às 07:04

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 1 de Abril de 2012

HÁ TEMPO PARA TUDO

Eclesiastes 3:1-8                                             Eclesiastes 3:1

 

"Há tempo para acabar e tempo para recomeçar..." e eu, por mais que queira, não sou capaz de parar. Tenho que recomeçar, e é o que vou fazer. Dado que estava a escrever com cerca de trinta dias de  avanço, cheguei à conclusão que "não posso deixar de falar" (escrever) daquilo que tenho visto, ouvido e sentido no meu coração.. Morrerei mais depressa se me calar, pois sinto dentro da minha alma o "ai de mim se não anunciar o Evangelho" (I Coríntios 9:16).

 

Ainda é tempo de anunciar  Evangelho, até que Cristo venha, por isso, quer haja quem não goste, quer haja quem critique, diga mal, chame insalubre e sem garra a esta página, enquanto o meu cérebro funcionar,  os meus dedos possam segurar a caneta e eu sinta que esta é a vontade de Deus, a "Luz Diária" continuará a brilhar em todos quantos dela queiram participar.

 

Faço-o por incumbência de Deus e na graça do Espírito Santo, que não deixará vacilar a minha mão para dizer as Suas verdades. 

 

Há tempo, ou melhor, ainda há tempo para falar desta obrigação que nos é imposta - anunciar o Evangelho de Cristo, poder de Deus para salvação de todo aquele que crê, quer judeu ou gentio. A porta do Evangelho é para todos; para mim e para ti também.

 

Já não tenho muito para dar, mas o que tenho - vida, pensamento, tempo - tudo dou a Jesus para que outros, como eu, O possam conhecer e amar como Salvador e Senhor. Ainda é tempo, hoje. Amanhã pode já ser tarde, quer para que nós falemos do amor de Jesus, quer para que vós gozeis a Sua maravilhosa graça.  Aproveitemos o tempo que se chama hoje.

 

Entreguemos nossa vida a Jesus e sirvamo-lO como servos fiéis, que não têm  que se envergonhar da Obra que por Ele realizaram.

publicado por archote às 07:02

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds