Quinta-feira, 31 de Maio de 2012

LOUVAI A DEUS... TODOS OS POVOS

Salmo 66:1-15                                        Salmo 66:1

 

Há momentos na nossa vida em que é fácil aclamar e louvar a Deus, porque tudo nos vai bem. Temos saúde, temos emprego, temos pão, temos festa e euforia. Mas há tempo em que predomina a fome, a doença, a injustiça, o desânimo, porque tudo nos corre mal, a roda só anda para trás, trazendo a revolta e, por vezes, sentimentos ainda piores.

 

Penso que não é tempo de deixar de cantar e louvar a Deus, mas que é tempo de parar e procurar tirar das circunstâncias o lado positivo e compreender que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus e são chamados por Seu decreto (Romanos 8:28).

 

É preciso pensar, procurar o que está mal e arrepiar caminho; é preciso aceitar a disciplina de Deus, que tem sempre razão (Hebreus 12:5-6); é preciso confiar e esperar em Deus (Salmo 37:3, 5). O diabo quer fazer-nos desanimar e perder o melhor privilégio que há na vida - louvar, cantar e servir ao Senhor (Salmo 16). Não duvides. Deus está atento e breve chegarão os anjos para te servirem (Mateus 4:11), como fizeram a Jesus depois da tentação.

 

Lembremo-nos do que Deus já fez por nós em circunstâncias tão difíceis. Ele nunca jamais nos vai abandonar, pois nada, nem ninguém, nos poderá separar do amor que está em Cristo Jesus, nosso Senhor.

 

Se por qualquer razão, tentação ou pecado ficaste na "fossa", o melhor não é lastimares-te, mas levantar os olhos ao céu, pedir perdão e depois louvar e bendizer o Seu Santo Nome. Nunca te esqueças que foste salvo para servir a Deus, na pessoa do teu próximo e que este trabalho deve ser feito de rosto alegre, de coração bem disposto e lábios com louvor sincero ao Deus que tudo nos dá.

 

"Bendiz, ó minha alma, ao Senhor

e tudo que há em mim bendiga o Seu Santo Nome"

Salmo 103:1

publicado por archote às 07:13

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 30 de Maio de 2012

LEVANTA-TE, SANTIFICA O POVO... HÁ ANÁTEMA NO MEIO DE TI

Josué 7:13

 

O povo não podia continuar a conquista da terra porque havia pecado escondido e  onde há pecado, Deus não actua.

 

Ontem tinha havido a tremenda vitória sobre a grande cidade de Jericó. Hoje foi a derrota perante a pequena comunidade de Ai, porque alguém pecara, escondera o fruto do seu pecado, não confessando o mal que tinha feito. Era preciso descobrir o pecado e acabar com a maldição sobre o povo.

 

A ordem veio de Deus  a Josué - Levanta-te, reúne o povo e santifica-o, para que não caias mais diante dos teus inimigos e a ira do Senhor se afaste de ti.

 

O que teria acontecido? Foi Acan, filho de Carmin, da tribo de Judá, que, durante a conquista de Jericó, cidade anátema, amaldiçoada,  vira, entre os despojos da urbe, uma linda capa babilónica, duzentos ciclos de prata (2,3 Kgs) e uma cunha de ouro de 50 ciclos (550 gr). Cobiçou-os, roubou-os e escondeu tudo debaixo da sua tenda. Segundo o seu pensamento, ninguém tinha visto e, por isso, brevemente ele poderia ostentar sua riqueza! Puro engano. Deus vê e sabe todas as coisas. Não há nada oculto aos Seus olhos que, a Seu tempo, não haja de ser revelado.

 

Foi o que aconteceu com o pecado de Acan. A primeira consequência foi a derrota de Israel perante o pequeno povo da cidade de Ai. Israel derrotado, pessoas mortas, um exército envergonhado e em fuga. E tudo isto porquê? Por causa do pecado escondido de Acan.

 

"Santifica o Meu povo..." Tira o anátema do meio de ti e, então, tornará a haver vitórias sobre o inimigo.

 

Hoje. como ontem, não pode haver vitórias nas Igrejas de Cristo se houver pecado escondido. Deus não tolera o pecado. Deus é Santo, Santo, Santo e só operará em nós quando tivermos humilhado os nossos corações, confessado e abandonado o nosso pecado e tivermos deixado "campo" limpo para Ele operar.

 

O pecado, a desobediência, a mentira, atrapalham a vida dos crentes diante de Deus, impedindo-O de operar. Não apenas os "grandes" pecados, mas também as "raposinhas" que penetram na nossa vida são empecilhos que impedem a operação da graça de Deus.

 

Faz. neste momento, uma análise espiritual à tua vida. Vê onde tens falhado para com Deus, para com a tua família - pai, mãe, irmão, esposa, etc. - e, depressa, corrige esses óbices e verás como Deus opera e abençoa.

 

Pecador confessa e chora

teus pecados sem tardar

..................

Vai a Deus te confessar,

Verás Ele te perdoar.

publicado por archote às 07:08

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 29 de Maio de 2012

TU AMAS-ME, SIMÃO?

João 21:15-25                                           João 21:15-17

 

Jesus perguntou três vezes a Simão Pedro se O amava. "Tu amas-Me mais do que estes, Simão?..." "Simão, amas-Me?..." E ainda uma terceira vez - "Simão, amas-Me (mesmo)?..."

 

Não foi sem motivos muito sérios e importantes. Às vezes gosto de perguntar à minha esposa, por brincadeira ou por prazer de ouvir que sou amado, "amas-me?". Jesus, porém, tinha motivos  muito mais importantes para fazer a pergunta a Pedro; não por não saber qual era a resposta, mas para que Pedro introspectivasse bem a resposta e nunca jamais esquecesse o grande amor que devia a Jesus. Alguns dias antes tinha-O negado, cobardemente, três vezes;  era bom que esta tríplice afirmação de amor jamais fosse esquecida.

 

Na terceira resposta Pedro não diz a Jesus somente que era seu amigo, que lhe tinha amizade, respeito, mas diz: - "Senhor, Tu sabes que Te amo" de todo o coração, acima de todas as coisas. É interessante notar que, na língua grega, Jesus perguntou sempre a Pedro se O amava com a mesma palavra . agapeon - e Pedro respondeu com o verbo fileon (que significa ter amizade, ser amigo, etc.) e só na última resposta emprega o verbo que significa amar de todo o coração.

 

Nós não podemos ser só amigos, camaradas de Jesus. Devemos ser servos que O amam de toda a alma e de todo o entendimento. Este é o verdadeiro amor que devemos ter para com Jesus e que é caracterizado em I Coríntios 13 (leia este capítulo).

 

Jesus, então, encarregou Pedro de cuidar das Suas ovelhas. Revestido desse amor verdadeiro, ele seria um vencedor em Cristo Jesus, que é o Bom Pastor (Salmo 23).

 

Pedro era agora um Pedro novo, humilde, firme na fé e no amor ao seu Salvador. Um Pedro pronto para cuidar do rebanho do Senhor.

publicado por archote às 07:11

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 28 de Maio de 2012

DEUS AMOU (AMA) O MUNDO

João 3:1-21                                         João 3:16

 

Quem é Deus? Como é Deus? Qual a natureza de Deus? Como podemos provar a existência de Deus?

 

Vamos começar pela última questão. Ninguém pode provar cientificamente a existência de Deus. O homem ainda não conseguiu demonstrar a "partícula de Deus". Por mais experiências que faça, por mais e maiores aceleradores de partículas que construa, por mais "quânticas" que imagine, não conseguiu, nem consegue provar a existência de Deus. Mas, uma coisa é certa, por todas e mais algumas experiências que faça, também não consegue provar a não existência de Deus. Deus não tem peso, nem medida, nem forma visível pelos nossos olhos. Não é táctil, nem provável pelas papilas gustativas, nem é sensível à pituitária. Ele está para além de tudo isso e por isso mesmo é Deus.

 

Então, quem é Deus? Deus é uma Pessoa Espírito, Omnipotente, Omnipresente, Omnisciente, Eterno, Infinito, Auto-existente, Imutável, Justo, Perfeito, Santo, Verdade, Amor, Criador de todas as coisas, visíveis e invisíveis, Sustentador dos universos, Salvador dos homens perdidos e Juíz inapelável dos ímpios.

 

Como é Deus? Ninguém jamais viu a Deus e só o Filho Unigénito, que está no seio do Pai, O tem revelado ao mundo. É olhando para o Filho e vivendo no Filho que podemos saber como é Deus - o infinito da perfeição em todos os níveis.

 

Deus revela-se como PAI, eternamente criando, sustentando e amando; como FILHO, eternamente amando e salvando; como ESPÍRITO SANTO, eternamente ensinando e aplicando a Palavra. Três pessoas distintas, com obra e atributos distintos, mas que formam um só Deus.

 

O nosso texto diz-nos que Deus amou o mundo e deu o seu Filho Unigénito para salvação dos homens pecadores. Embora, muitas vezes, Deus seja apresentado pelos homens como um Deus irado, vingativo, justiceiro, a grande verdade é que DEUS É AMOR. Deus ama o homem perdido, embora odeie o pecado que enche o seu coração. Deus é amor, que Se dá a Si mesmo para salvar o homem do pecado. Deus é amor, que perdoa, lava e esquece os nossos pecados.

 

Despeja-te, esvazia-te de todo o pecado e enche-te do Deus Amor, que quer encher a tua vida de felicidade e bênção. Com Ele no coração, não será mais tu, mas Ele em ti.

publicado por archote às 07:08

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 27 de Maio de 2012

NÃO FAÇAIS DA CASA DE MEU PAI, CASA DE VENDAS

João 2:13-18                                      João 2:16

 

"CASA DO MEU PAI", neste texto, refere-se ao templo de Jerusalém. Casa consagrada e dedicada para o louvor e a adoração a Deus, em Espírito e verdade, e que os senhores da "religião nacional" tinham transformado em casa de negócio, compra, venda e troca de produtos, local de conluios e traições (Lucas 22:3-6), etc.

 

Jesus não podia tolerar uma coisa destas e, por isso, fez um azorrague de cordéis, expulsou do templo os cambistas, os que vendiam bois e ovelhas para os sacrifícios e disse : tirai daqui tudo isto e não façais da Casa de Meu Pai, casa de vendas, covil de ladrões (Lucas 19:46).

 

Reparemos que Jesus usou um azorrague de cordéis, símbolo de autoridade e não uma espada ou lança, símbolos de violência. Jesus queria a ordem na Sua Casa. Foi por isso que os judeus perguntaram: que sinal de autoridade nos mostras para fazeres isto? Jesus respondeu-lhes: "derrubai este templo e em três dias o levantarei", falando, naturalmente, do Seu corpo, verdadeiro tabernáculo de Deus.

 

Se Jesus passasse hoje por certas igrejas, que se chamam a si mesmas Casa do Senhor, como ficaria triste com o espectáculo degradante que nelas se vê! Vende-se de tudo - pedrinhas do Jordão, frasquinhos de água do lugar onde Jesus foi baptizado, folhas de oliveira do Getsemani, pedacinhos do manto de Jesus, relíquias das mais variadas (e mentirosas) - tudo se vende. Fazem-se rifas, leilões, quermesses, festas e festinhas, mas o principal não está lá! Correram com o Senhor para bem longe, para que os não incomode com a Sua Palavra - não façais da Minha casa, casa de vendas.

 

"Guarda o teu pé quando entrares na Casa do Senhor" (Eclesiastes 5:1). A Casa do Senhor deve ser Casa de Oração, de comunhão de uns com os outros, de prática do amor fraternal e de plena adoração a Deus. Só assim ela cumprirá o alvo do seu nome - Casa do Senhor - para oração e comunhão com Ele.

 

Sempre ficamos felizes quando Deus nos dá o propósito de irmos à Sua casa prestar-Lhe culto e partilharmos do amor dos irmãos. Quando vamos à casa do Senhor devemos ir imbuídos do propósito de O louvar, servir e proclamar, pois é necessário que todos O conheçam, o que não acontecerá, com certeza, quando fizermos do santuário do Senhor "covil de malfeitores".

 

Ajuda-me, Senhor, a amar, respeitar e viver os Teus santos preceitos na Tua Casa de Oração.

publicado por archote às 07:04

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 26 de Maio de 2012

JESUS DEU INÍCIO AOS SEUS MILAGRES (SINAIS)

João 2:1-12                                    João 2:11

 

Jesus, ao longo do Seu ministério, realizou muitos milagres, mas nunca com o intuito de se evidenciar, fascinar as pessoas. Os Seus milagres, a que o apóstolo João chama de "sinais", tinham por alvo o bem das pessoas, a glorificação do Nome de Deus e o desenvolvimento da fé no coração dos homens.

 

Jesus não fez milagres para ganhar dinheiro, fama, ter audiências, mas sempre teve em mente a glória do Pai e o bem estar e a felicidade das pessoas.

 

O milagre de Caná, realizado em circunstâncias de emergência para uma família amiga, não pode, nem deve ser ponto de partida para:

  • dar à virgem Maria quaisquer poderes sobre Jesus, nem demonstrar nela quaisquer poderes
  • servir para a discussão se devemos ou não usar bebidas "espirituosas"
Apenas o Senhor Jesus respondeu a uma emergência surgida num momento crítico para uma família amiga. Contudo, este milagre ensina-nos muito mais de que termos o dever de nos ajudarmos uns aos outros em alturas complicadas.
  • Ensina-nos muito sobre o poder transformador de Jesus. Ele transformou a água em vinho, assim como tem poder de transformar a angústia em vitória, a tristeza em alegria, o desastre em bênção. Com Jesus presente, todas as coisas são transformadas, até mesmo o homem pecador em santo preparado para adorar no céu.
  • Ensina-nos que, como Jesus pôde transformar a água em vinho, pode regenerar o homem pecador e fazer dele uma nova criação para Deus
  • Ensina-nos, simbolicamente, que ali estava o verdadeiro noivo que suprirá sempre e para sempre as necessidades da noiva (Igreja)
  • Ensina-nos do Seu poder de transformar e salvar e, por isso, os Seus discípulos creram n'Ele (v. 11)
  • Ensina-nos ainda que a vida em Cristo é uma vida de alegria, por isso, a Sua primeira manifestação de poder aconteceu num casamento, festa que, em princípio,se quer de alegria. Cristo não condena a "alegria sã", antes a sublima e estimula.
  • A vida cristã deve ser uma vida alegre, feliz, porque Jesus está sempre presente na vida dos Seus  filhos (Sofonias 3:12-14)
publicado por archote às 07:03

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 25 de Maio de 2012

TENDE OUSADIA PARA ENTRAR NO SANTUÁRIO PELO SANGUE DE JESUS

Hebreus 10:19-23                                       Hebreus 10:19

 

Quando Jesus expirou na cruz do Calvário, entregando nas mãos do Pai o Seu Espírito (Lucas 23:46), o véu do templo se rasgou em dois, de alto a baixo (Mateus 27:51), deixando, assim, para sempre, o caminho aberto para Deus. Não havia mais obstáculos, mais necessidades de intercessores além de Jesus (I Timóteo 2:5). Todos podem ir directamente ao "santuário" de Deus, por Jesus, o Sumo-Sacerdote, acima de todos os sumos-sacerdotes.

 

Jesus é o caminho, a porta, o intermediário, o Sumo-Sacerdote, é tudo o que precisamos para nos chegarmos a Deus e entrarmos à Sua presença, não só uma vez em cada ano, como era permitido ao sumo sacerdote arónico, mas todos os dias e sempre que quisermos.

 

Se antigamente, no Velho Testamento, o sumo-sacerdote saísse do "Santo dos Santos" e convidasse o povo para entrar, todos os que tivessem a ousadia de o fazer morreriam fulminados instantâneamente. Agora, Jesus nos convida a entrar ousadamente à presença de Deus pelo poder do Seu sangue.  - Cheguemo-nos ao santuário do Deus de toda a terra (Isaías 54:5).

 

Agora, os céus estão abertos por nosso Senhor Jesus Cristo! O véu foi rasgado "de alto a baixo", pela graça e poder de Deus e o caminho e a porta estão bem sinalizados e identificados para que não erremos - JESUS é o caminho e a porta de entrada. Basta que creias em Jesus, que deixes o Espírito de Deus operar em ti o novo nascimento e tu estarás apto para te chegares a Ele e receberes todas as Suas misericórdias.

 

Agora, nada mais nos poderá separar de Deus e do amor do Seu Filho senão a nossa incredulidade. Crê  no Senhor Jesus Cristo e chega-te a Deus com gratidão e louvor, porquanto, sem dinheiro, sem preço, Ele nos recebe no Seu santuário. O que estava proibido aos homens, por Jesus tornou-se possível (I Pedro 1:19). O caminho para Deus está desimpedido e a porta está aberta e ninguém a poderá fechar. Chega-te e entra com ousadia no Santuário.

 

Oh!vinde a Jesus! Chegai.vos,

Chegai-vos ao Bom Salvador!

publicado por archote às 07:09

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 24 de Maio de 2012

GRAÇAS A DEUS QUE NOS FAZ TRIUNFAR E MANIFESTAR, EM TODO O LUGAR, O CHEIRO DO SEU CONHECIMENTO

II Coríntios  2:14 - 4:6                                          II Coríntios 2:14

 

Paulo relembra, aqui, a entrada triunfal das legiões romanas, na cidade de Roma,  depois das grandes campanhas vitoriosas sobre os bárbaros. Eram recebidos na capital com festas religiosas e civis, que enchiam a cidade das mais diversas fragrâncias, do incenso queimado aos deuses, dos sacrifícios e holocaustos feitos, dos cânticos e danças dos arraiais populares. Os generais e tribunos entravam coroados, com coroa de louro, ricamente decorados, trazendo, atrás das tropas vitoriosas, os milhares de prisioneiros de guerra.  Por isso, para os guerreiros vitoriosos, era o cheiro da fama e da glória. Para os outros, os prisioneiros, era o cheiro da morte, pelo sofrimento a que iam ser expostos.

 

Paulo relembra tudo isto e escreve esta carta, tendo em mente Cristo como grande Senhor vitorioso e nós, os Seus soldados,  que devemos espalhar a fragrância e o doce cheiro do conhecimento do Senhor.  Estamos em Cristo e entramos na Sua marcha triunfal, celebrando as grandes vitórias d'Ele sobre o pecado. Foi no Calvário que Cristo a consecutou e a outorgou a todos quantos n'Ele crerem. No Calvário, Jesus, o grande Deus, destituiu o deus deste mundo e nos deu a vitória.

 

Há uma grande diferença entre os generais romanos e Cristo, porque aqueles ganhavam as guerras com o sangue de milhares  dos seus soldados, mas só eles recebiam as glórias, enquanto Cristo ganhou, lutando sozinho (todos O abandonaram naquela hora, todos se extraviaram e juntamente se fizeram inúteis - Romanos 3:12), dando o Seu próprio sangue (único que era válido diante de Deus), mas repartiu connosco a Sua vitória, fazendo-nos co-herdeiros de Deus, juntamente com Ele. Aleluia!

 

Reparemos, ainda, que nós éramos prisioneiros de Satanás, mas Cristo nos libertou e nos tornou participantes da Sua vitória (Hebreus 2:14-15).

 

Agora, devemos ser o doce cheiro do Cristo vitorioso a espalhar por toda a parte e até aos confins da terra.

publicado por archote às 07:06

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 23 de Maio de 2012

SE VOS NÃO FIZERDES COMO MENINOS, NÃO ENTRAREIS NO REINO DOS CÉUS

Mateus 18:1-6                                     Mateus 18:3

 

Quando Jesus disse a Nicodemos que, para entrar no Reino, era preciso "nascer de novo", ele ficou admirado e confuso, tendo, então, perguntado a Jesus: - como pode um homem, sendo velho, voltar a entrar no ventre da sua mãe e nascer? Agora, Jesus ensina que se não nos fizermos como meninos também não poderemos entrar no céu.

 

De uma e outra vez, Jesus usou figuras de linguagem, querendo dizer que o homem precisa de converter-se, deixar seus maus e velhos caminhos e ser uma nova criatura, humilde, regenerada e salva dos seus pecados, para poder entrar no Reino de Deus. Ninguém, com o seu fardo de pecados,  pode entrar em comunhão com Deus; ninguém com uma mente manchada de pecado e propensa para o mal pode entrar no Reino de Deus. Precisamos ter uma mente de meninos, precisamos nascer de novo, para entrarmos na família de Deus.

 

O que Jesus quer dizer é que qualquer pessoa que vai caminhando na direcção errada se, de facto, quer chegar ao destino certo, o melhor que tem a fazer, não é tomar um atalho, um desvio, mas, antes, deve voltar  atrás, ao ponto de partida e seguir depois na direcção certa, no caminho direito. Não esqueças que "quem deixa o caminho, e se mete por atalhos, apenas se mete em trabalhos".

 

Deus quer que deixes os maus e emaranhados caminhos do mundo e vás para o caminho certo - JESUS. Ele é o caminho, a verdade e a vida. Não vás nas direcções indicadas pelos homens, para encurtar caminho, porque, se o fizeres, acabarás por acordar no inferno, como o rico da parábola (Lucas 16).

 

O caminho é voltar para trás, corrigir e arrepender-te dos teus pecados, confessá-los e abandoná-los, pegando a mão do Mestre da Galileia, que te conduzirá a porto seguro.

 

Agora é o tempo de corrigirmos o rumo, fazermo-nos como meninos, aceitando, humildemente, os ensinos de Jesus e com Ele entrarmos no Reino de Deus, como homens novamente nascidos.

 

Se voltares com um coração disposto a obedecer ao Todo Poderoso, serás edificado, afastando a iniquidade da tua vida (Job 22:23).

publicado por archote às 07:12

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 22 de Maio de 2012

CURA-ME, SENHOR, E SEREI CURADO; SALVA-ME E SEREI SALVO

Jeremias 17:5-17                                      Jeremias 17:14

 

Este é um capítulo de grandes afirmações:

  • Maldito o homem que confia no homem (17:5)
  • Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas (17:9)
  • Eu sou o Senhor que esquadrinho o coração para dar a cada um segundo os seus caminhos (17:10)
  • Bendito o varão que confia no Senhor e cuja esperança é o Senhor (17:7)
  • Sara-me e sararei; salva-me e serei salvo (17:14)  

Neste conjunto de frases grandíloquas, vemos e salientamos duas incontroversas verdades:

  •  o homem tem um coração enganoso e mau e, por isso, é maldito aos olhos de Deus;
  •  o homem pode ser salvo e sarado, pondo a sua esperança no Senhor Deus.
Mediante estas duas verdades, que precauções já tomaste? Já reconheceste que, em virtude do teu vergonhoso pecado, és maldito e condenado aos olhos de Deus? Já atentaste para o facto  de que Deus é clemente e misericordioso e está pronto a perdoar-te e fazer de ti um novo homem? Só precisas de crer n'Ele e deixar que o Espírito Santo opere em ti o novo nascimento, para passares a fazer parte da família de Deus.
Repara que não podes confiar no homem, que é maldito e torna maldito aqueles que nele confiam. Não podes confiar em ti mesmo, porque o teu coração é enganoso e perverso, mais do que todas as coisas.
Confia no Senhor, reconhece que Ele é poderoso para te ajudar. Faz a oração do profeta Jeremias - "Cura-me, Senhor, e serei curado de todas as minhas enfermidades; salva-me e serei salvo dos meus pecados, da maldição que pesa sobre mim e dos enganos do meu coração, porque Tu és o meu louvor.
publicado por archote às 07:01

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds