Segunda-feira, 10 de Setembro de 2012

NÃO ESTEJAIS INQUIETOS POR COISA ALGUMA

Filipenses 4:1-9                                 Filipenses 4:6

 

Este texto é maravilhoso e pleno de consolação para todos aqueles que o lêem com fome de consolação:

  • Não estejais tristes - regozijai-vos sempre
  • Perto está o Senhor, para ajudar a todos os que O invocam
  • Seja a vossa equidade conhecida diante de todos os homens
  • Não estejais inquietos por coisa alguma. Deus suprirá as vossas necessidades
  • Fazei conhecidas as vossas petições diante do Senhor. Ele as ouvirá.
  • A paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e nada, nem ninguém, vos perturbará
  • Os vossos corações e sentimentos serão guardados em Cristo Jesus

Isto quer dizer que Deus, o Deus Único e Todo Poderoso, se interessa por nós e nos ajuda, se aceitarmos a Sua ajuda para sermos vitoriosos. Eu sou d'Ele e Ele é meu!"

 

Porque vivermos fechados no nosso "ego" se nos podemos envolver com Ele, que é tudo o que é de bom, alegre, doce e misericórdia? (Salmo 100:3-5). Ele é o nosso Bom Pai, excelso em carinho e bondade.

 

Ter Deus no centro da minha vida, sem me fixar em mim, nos meus problemas, nos meus desejos menos bons, é o melhor que posso fazer, pois isso me projecta para o futuro e para mais perto da felicidade suprema.

 

Senhor, estou feliz porque Tu és maior que as minhas preocupações, que desejo solucionar totalmente. Ensina-me a ser humilde, submisso e a colocar em Ti toda a minha fé.

publicado por archote às 07:01

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 9 de Setembro de 2012

O SENHOR É O DEUS DA SABEDORIA

I Samuel 2:1-11                                       I Samuel 2:3

 

"O Senhor é o Deus da sabedoria".Estas palavras saíram da boca de uma mulher agradecida a Deus, por lhe ter aberto a madre e, finalmente, poder dar à luz filhos. Ana era uma mulher agradecida. A gratidão agrada a Deus e ajuda e alegra a quem a pratica.

 

Costumas ser agradecido a Deus por aquilo que Ele te dá directa ou indirectamente? Paulo, em Colossenses, recomenda: - "Sede vós também agradecidos".

 

Ana tinha tido uma vida amargurada, em virtude de não poder ter filhos, pois a sua rival Penina a atormentava constantemente, humilhando-a e lançando-lhe em cara essa situação muito humilhante naqueles tempos. Ana, mulher de Deus, refugiava-se na oração e sofria intimamente, com humildade, todos os vexames. Esperava somente em Deus.

 

Mas, às vezes, Deus tarda a Sua resposta. Ou para nos provar ou para nos dar uma melhor oportunidade. Há que saber esperar e confiar em Deus, que não deixará de ser fiel.

 

Um dia, como todos os anos, Ana foi com seu esposo, Elcana, e a restante família, adorar em Siló, onde estava a "arca do Senhor". Recusou-se a comer e retirou-se para o Tabernáculo para orar.  Orou com tal intensidade de fé, com tal fervor de alma, que Eli, o sacerdote, a teve por embriagada. Ela apenas pedia a Deus um filho varão, que ela consagraria, com amor e gratidão, para o serviço do Senhor. O sacerdote Eli julgou-a embriagada, mas Deus respondeu à petição de Ana, vindo a dar-lhe um filho varão, a quem chamou Samuel - "Pedido a Deus" - , que se tornou, depois de Moisés, uma das figuras mais ilustres do Velho Testamento. Foi o último dos juízes de Israel.

 

Ana esperou, mas aproveitou! Bem podia rever-se e agradecer a Deus pelo filho que lhe deu. Depois deste, o Senhor ainda lhe concedeu mais três filhos e duas filhas.

 

Vale a pena esperar em Deus, que nunca faltará. É bom sermos agradecidos a Deus por aquilo que Ele nos dá.

publicado por archote às 07:05

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 8 de Setembro de 2012

APRESENTAI OS VOSSOS MEMBROS A DEUS COMO INSTRUMENTOS DE JUSTIÇA

Romanos 6:12-22                                  Romanos 6:13

 

Não posso salvar-me. Não posso expiar os meus pecados, nem redimir o mundo, nem corrigir o que está errado neste mundo, nem purificar o que está impuro, nem santificar o que é profano... mas posso responder ao apelo santíssimo de Deus e apresentar-Lhe os meus membros, como instrumentos de justiça, e o meu corpo, em sacrifício vivo, santo e agradável, como culto de racional adoração!| Isto eu posso fazer! Isto eu devo fazer!

 

Tenho fé no que Jesus fez por mim. Creio de coração no que Ele fez, por isso, estou plenamente descansado, porque não confio em mim, nem na minha religião, nem na minha santidade, mas confio no que Jesus fez por mim e para mim. E tu? Onde pões a tua fé?

 

Cuidado com a espiritualidade que não esteja baseada na Obra de Cristo! Não serve para nós, é inútil para o nosso próximo e é inútil para Deus. Tudo o que somos e valemos deve ser baseado e solidificado em Jesus.

 

Tenhamos cuidado com a espiritualidade que nega a vida natural, pois é  uma fraude. Confira-a com os ensinamentos de Cristo e deite fora o que não estiver de acordo com a Sua vontade.

 

Não viva em nós o pecado, nem lhe obedeçamos, mas apresentemo-nos diariamente ante o "canon" da Palavra de Deus e afiramos a nossa vida com o querer e vontade de Deus.

publicado por archote às 07:06

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 7 de Setembro de 2012

PENSE NISTO... E TENHA A LUZ DE JESUS

João 8:12

 

Foi por isto que Cristo morreu e tornou a viver, para ser o Senhor dos mortos e dos vivos. - Romanos 14:9

 

 

Todavia, ao Senhor agradou moê-lO, fazendo-O enfermar; quando a Sua alma se puser por expiação do pecado, verá a sua posteridade, prolongará os seus dias, e o bom prazer do Senhor prosperará na sua mão. O trabalho da sua alma ele verá e ficará satisfeito; com o seu conhecimento o meu servo, o justo, justificará a muitos, porque as iniquidades deles levará sobre Si.  - Isaías 53:10-11

 

 

Convinha que o Cristo padecesse estas coisas e entrasse na Sua glória.  - Lucas 24:26

 

 

Porque o amor de Cristo nos constrange, julgando nós assim: que se um morreu por todos, logo todos morreram; e Ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si, mas para Aquele que por eles morreu e ressuscitou.  - II Coríntios 5:14-15

 

 

Saiba, pois, com certeza, toda a casa de Israel, que esse Jesus, a quem vós crucificastes, Deus O fez Senhor e Cristo.  -  Actos 2:36

 

 

Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como o ouro  ou prata, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver... mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado.  -   I Pedro 1:18-19

 

publicado por archote às 07:04

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 6 de Setembro de 2012

NÃO EXTINGAIS O ESPÍRITO

I Tessalonicenses 5:12-23                             I Tessalonicenses 5:19

 

Neste texto, somos exortados a ter em conta, na nossa vida de cristãos, vários preceitos e cuidados para que a nossa vida em Cristo seja aprovada - ter grande amor e estima para com os nossos líderes, que nos admoestamos uns aos outros, para que andemos no caminho do bem, que não sejamos desordeiros, que não percamos o ânimo de servir, que sejamos pacientes uns para com os outros, que nos regozijemos em Cristo, que oremos sem cessar, que não desprezemos as profecias e que não extingamos o Espírito Santo das nossas vidas.

 

É preciso estar alerta para ouvirmos a voz do Espírito Santo, que é suave como um zéfiro e que traz para nós mensagens de grande gozo e exortações para que nos abstenhamos até da aparência do mal.

 

Realmente o Espírito Santo de Deus não é aquele gritador "espalha brasas" que vemos por aí em certos grupos, gritando, atirando pessoas ao chão e fazendo outros distúrbios. Ele é suave e manso e luta mais com os nossos espíritos, em que deixa a mensagem do reconhecimento do pecado e do caminho para a glorificação de Deus. As Suas advertências vêm a nós, mais como um ciciar, um sussurro aos nossos corações. Estejamos atentos e ouçamos a Sua voz.

 

Se alguma coisa anda mal na nossa vida espiritual, paremos e fiquemos de joelhos para ouvir a Sua voz. Não enchamos a nossa vida com as preocupações do mundo, mas enchamo-nos do Espírito Santo, que nos reabilitará e porá em ordem toda a nossa vida, para que possamos viver em vitória com Ele.

 

Humilhemo-nos debaixo da portentosa mão de Deus e deixemos que o Espírito Santo opere em nós o Seu querer, até que cheguemos à estatura do varão perfeito, que é Cristo Jesus, o Senhor. Não extingamos o Espírito Santo, mas ajuntemos lenha para que Ele crepite em nós sempre com mais vigor - oração, fuga do pecado, louvor a Deus, obediência à Palavra, etc.

publicado por archote às 07:07

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 5 de Setembro de 2012

VAI PRIMEIRO RECONCILIAR-TE COM O TEU IRMÃO

Mateus 5:23-24                                Mateus 5:24

 

Isto de prestar culto a Deus, de acordo com a Sua vontade, tem que se lhe diga. Não vale a pena ser um culto fingido, desonesto, para o "inglês ver" que somos bons adoradores. Não vale a pena, porque Ele é Omnisciente e não aceita esse "culto de lábios", aparente e falso.

 

Se tens alguma coisa contra o teu irmão, se estás em diferendo com ele, se não tens um coração pleno de amor, volta para trás, reconcilia-te primeiro, faz as pazes com ele, acalma a tua cólera, arranca de ti a tua má vontade e, depois, arrependido e contrito, vai a Deus, oferece a tua oferenda e presta-Lhe o teu culto, em espírito e verdade. Ele se alegrará e receberá a tua adoração e a oferta do teu coração.

 

A preparação para prestar culto a Deus não é coisa que se faça de uma hora para a outra. Precisa de confissão, arrependimento, abandono do pecado e uma vida de verdadeiro amor a Deus e ao "nosso irmão", para podermos ser aceites por Ele. Esta preparação é muito fácil, maravilhosamente fácil e gratificante, como é, simultaneamente, difícil, por cauda do nosso "velho homem" que, por vezes, "arrebita as orelhas" dentro de nós. Mas vale a pena esta preparação. Vale a pena prestar culto a Deus. É, sem dúvida, a melhor parte.

 

Não nos acomodemos, nem preguicemos, mas lutemos por esta preparação.

 

Este "vai primeiro reconciliar-te..." consiste em deixarmos a Palavra trabalhar am nós, sondar o coração e arrancar de nós todo o "empecilho" para que o culto seja honesto, concreto e total. Só assim será CULTO A DEUS.

 

Nunca rejeitemos os "alarmes" do Espírito Santo, nem os Seus avisos, não aconteça que sejamos apanhados a correr em vão.

publicado por archote às 07:03

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 4 de Setembro de 2012

SE ANUNCIO O EVANGELHO, NÃO TENHO QUE ME GLORIAR

I Coríntios 9:16-27                               I Coríntios 9:16

 

Anunciar o Evangelho é, para mim, uma honra e um privilégio que não posso deixar de fazer, porque "ai de mim se não anunciar o Evangelho". Penso que Paulo queria dizer que, se não anunciasse a Boa Nova de que Cristo morreu pelos nossos pecados, morreria de angústia, sofrimento e remorso. Eu não poderia viver se não anunciasse o Evangelho. Tenho para mim que seria esmagado por esse peso de consciência.

 

Posso fazê-lo, sem grandes conhecimentos, sem métodos específicos, mas não perco uma oportunidade de anunciar que Jesus Cristo é Senhor e é o Salvador do mundo. Podem pensar que isto é fanatismo, mas não é. É sentido de responsabilidade. Jesus mandou-nos fazer isto. Jesus chama-nos e dá-nos as ferramentas para o fazer. Nós só temos que obedecer.

 

Às vezes ficamos frustrados porque os frutos não são aqueles que nós almejávamos, mas isso já não nos compete a nós julgar. É o Espírito Santo que convence do pecado, da justiça e do juízo, e Jesus que salva, através da fé, e é Deus que recebe a honra e o louvor.

 

A minha oração de todos os dias é: - Oh Deus, usa-me a mim para que Jesus seja  conhecido e aceite como Salvador e crido como Senhor que há de julgar os vivos e os mortos.

 

Pregar o Evangelho é o meu privilégio. Que Deus me use para Sua honra e glória.

publicado por archote às 07:08

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 3 de Setembro de 2012

VÓS SOIS SACERDÓCIO REAL

I Pedro 2:9                                                 I Pedro 2:9a

 

Sob que direito nós nos tornámos "sacerdócio real"? Não pelo direito consanguíneo, não pelo direito da sucessão, não pelo direito da força, mas pelo direito da expiação que Jesus, o Filho de Deus, confirmou na cruz do Calvário, quando disse "Está consumado". Está plenamente realizada a obra da lavagem e regeneração dos homens mortos em seus pecados. Pelo sangue de Cristo somos confirmados "reis e sacerdotes para Deus, o Pai".

 

Será que nos sentimos capacitados para nos lançarmos ao trabalho sacerdotal da oração, intercessão e acção de graças pelo nosso próximo? Não por nós, mas em Cristo e com Cristo seremos capazes.  Ele já entrou no santuário adiante de nós. Aleluia!

 

Nós não somos como deveríamos, nem o que deveríamos ser, mas fomos tornados filhos de Deus, sacerdotes e príncipes co-herdeiros de Cristo, da herança de Deus. A redenção está completa. Não nos preocupemos mais connosco próprios, mas façamos o que Cristo nos mandou. Oremos uns pelos outros, amemo-nos e ajudemo-nos uns aos outros e brilhemos, a cada momento, a luz de Cristo.

 

Quanto tempo Deus ainda irá gastar para nos libertar do mórbido hábito de pensar que nós podemos? Nós não podemos nada sozinhos. Só com Ele seremos vencedores. Precisamos de nos  enjoar de nós mesmos, até que haja surpresas diante de qualquer coisa que Deus possa dizer a nosso respeito. A nossa impiedade é tão profunda que nunca chegaremos ao fundo dela.

 

Só com Cristo seremos rectos e capacitados para fazer a vontade do Pai e sermos verdadeiros sacerdotes para Deus, o Pai. Em Cristo, temos de nos derramar em intercessão, com o máximo esforço, nesse ministério de sacerdotes em Cristo, a favor do mundo.

publicado por archote às 07:04

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 2 de Setembro de 2012

A GRAÇA DA GRATIDÃO

Lucas 17:11-19                                      Lucas 17:15-16

 

A gratidão é uma virtude indispensável para a felicidade humana. A pessoa agradecida leva retratada no rosto a alegria e a felicidade de um dever cumprido, a felicidade de poder gozar, sem remorsos,  o que recebeu. Pelo contrário, o ingrato nunca fica feliz, não tendo consciência de que pode gozar a graça do que recebeu e não merecia. Não é feliz, nem faz feliz quem vive ao seu redor.

 

A Bíblia relata, em Lucas 17:11-19, que o Senhor Jesus, cheio de compaixão,  em resposta ao pedido angustiante de dez leprosos, mandou que eles fossem mostrar-se aos sacerdotes médicos. Indo eles, em obediência ao Mestre da Galileia, viram que estavam limpos da sua lepra. Que alegria, que regozijo quando verificaram a sua cura e quando ouviram a palavra do sacerdote: - Puros. Podeis fazer a vossa vida normal!

 

Dos dez doentes, que tinham feito o mesmo pedido a Jesus, só de um sabemos algo mais.  Os nove foram para as suas famílias, para o seu trabalho, esquecendo por completo o seu Médico! Apenas um, e este estrangeiro, voltou para agradecer a Jesus a graça da sua cura. Só um, estrangeiro, voltou, agradecido, para glorificar a Deus.

 

Que graça maravilhosa, a graça da gratidão! David, no Salmo 23, mostra a sua alegria e gratidão a Deus por ser alvo de tantas bênçãos, que não merecia -  Ter um bom Pastor que o guardava e protegia, providenciava alimento e água para a sua vida, que lhe dava descanso físico e psicológico junto de águias tranquilas, que lhe fazia justiça, que cuidava da sua saúde, que fazia que nada lhe faltasse e que o cercava de bondade e misericórdia todos os dias da sua vida. David era feliz e mostrava isso pela sua gratidão a Deus.

 

Que feliz seria este mundo se pudesse contar as bênçãos de Deus e ser agradecido por elas!

 

Há dias, ouvi o testemunho, radiofónico, de um homem a quem tinha saído o segundo prémio (de mais de 500.000 euros) do Euromilhões, que dizia assim:-" Que pena não me terem saído os 15 milhões de euros!". Não agradecia o que lhe tinha vindo parar às mãos sem trabalhar, mas amaldiçoava a vida por não ter posto mais uma cruzinha para que lhe tivesse saído o 1º prémio. QUE INGRATIDÃO! Que impossibilidade de ser feliz!

 

Um cristianismo sem gratidão é incompleto. Falta-lha uma grande virtude, recomendada por Paulo - "Em tudo sede agradecidos" (Colossenses 3:15).

publicado por archote às 07:03

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 1 de Setembro de 2012

PARA QUE O MEU GOZO ESTEJA EM VÓS E O VOSSO GOZO SEJA COMPLETO

João 15:7-14                                              João 15:8

 

Gozo completo, felicidade plena no homem, só com Jesus, que veio salvar e transformar este mundo sob a maldição do pecado.

 

Qual foi o gozo de Jesus? Por incrível que pareça, o gozo de Jesus consistia em fazer a vontade do Pai, que incluía o Seu sacrifício e morte na cruz, para nossa felicidade e gozo. Morreu para proporcionar gozo, alegria, felicidade aos homens - "Agrada-me fazer a vontade do Pai, que Me enviou, para que o vosso gozo se cumpra e seja completo".


Quanto  mim, a plenitude do gozo da minha vida não está na saúde física, nem na comida ou bebida, nem no auferir as luxúrias externas, nem na profissão, mas em ver o trabalho de Deus prosperar, a crescer e a tornar feliz a humanidade.  A minha alegria está em ver Deus operar. Nisso consta o meu gozo - ver Deus ser implantado no coração dos homens.

 

Acertemos o nosso relacionamento com Deus e alegremo-nos com os anjos, com os salvos de todos os tempos e com Jesus, porque a Sua luta contra o diabo resultou. Nesse acerto de relacionamento com Deus, o nosso gozo permanece para sempre, sem brechas, nem quebraduras. O gozo de Jesus fluirá em nós como rios de águas vivas, vivificando-nos, alegrando-nos, porque o Seu trabalho resultou.

 

A vida daquele que acertou o seu relacionamento com Deus é tão natural como o respirar.  Vivemos para que outros vivam, somos felizes por levarmos outros a serem felizes, transmitimos bênçãos porque estamos extravasando de bênçãos e de gozo. Não podemos conter mais, por isso, alegremente transbordamos, para que outros sejam felizes e abençoados como nós.

 

Não sejas sovina! Deixa fluir as bênçãos de Cristo para que outros as aufiram também.

publicado por archote às 07:04

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds