Quarta-feira, 10 de Abril de 2013

ISTO DIZ O QUE ABRE E NINGUÉM FECHA...

Apocalipse 3:7                                       Apocalipse 3:7-13

 

Isto diz Jesus, o que abre e ninguém fecha. No momento em que Jesus, o Filho de Deus, entregou o Seu Espírito nas mãos do Pai, tudo foi aberto e ninguém mais tem poder para fechar.

  • Lugar santíssimo se abriu, pois o véu do templo foi rasgado de alto a baixo (Mateus 27:51)
  • A terra tremeu e as rochas se abriram, fendidas pelo poder de Deus (Mateus 27:51)
  • Os sepulcros se abriam e muitos santos ressuscitaram (Mateus 27:52)
  • A boca do centurião romano abriu-se para dizer: - "verdadeiramente, este homem era o Filho de Deus" (Mateus 27:54)

Numa palavra, os céus se abriram para todos aqueles que invocarem, pela fé, o Nome de Jesus, Único mediador entre Deus e os homens. Todos têm acesso directo ao Pai , por Jesus! Louvado seja o Seu Nome.

 

O terramoto faz-nos sentir que todo o Universo também será libertado da escravidão e corrupção causadas pelo pecado.

 

Os sepulcros abertos e a ressurreição dos santos trazem-nos à memória que os que creram em Deus, e foram justificados pela fé em Jesus, cantarão a vitória de Cristo sobre a morte, sobre o pecado e sobre Satanás.

 

A palavra do centurião romano e outras vozes que se terão ouvido surgem para declarar, com ênfase e verdade: - "Verdadeiramente, Jesus é o Filho de Deus".

 

Hoje, quem quer que tu sejas, estejas onde estiveres, tenhas a profissão que tiveres, sejas branco ou preto, tenhas a posição social que tiveres, pobre, rico, sábio, ignorante, homem ou mulher, jovem ou idoso, reconhecendo esta verdade de que Jesus é o Salvador do mundo, podes entrar, pela fé, à presença do Pai , através do Filho de Deus - JESUS.

 

Entra, enquanto a porta está aberta.

publicado por archote às 07:02

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 9 de Abril de 2013

LEVANTANDO OS OLHAS AO CÉU, SUSPIROU E DISSE : EFATA

Marcos 7:34                                                    Marcos 7:31-37

 

Este trecho narra a história da cura de um surdo mudo, residente na região de Decápoles (território de dez cidades). Ali, levaram até Jesus um homem que, por não ouvir, era surdo e gago nas palavras que dizia. O Mestre retirou-o do meio da multidão, a um lugar à parte, e, meteu os dedos nos seus ouvidos e cuspindo tocou na sua língua, ao mesmo tempo que levantava os Seus olhos aos céus e, suspirando, disse : Efata (que quer dizer "abre-te").

 

Quando Jesus fez isto, logo se abriram os ouvidos do homem,  a sua língua se soltou e ele começou a falar perfeitamente! Glória a Deus! Jesus abre os nossos ouvidos para ouvirmos a Sua Palavra e solta a nossa língua para falarmos das grandezas de Deus. Estamos cumprindo com fidelidade  a nossa missão?

 

Lendo esta porção da Palavra, meu pensamento fixou-se no termo "suspirou". Deus a suspirar! Por quem? ou porquê?

 

A palavra "suspirar" significa: ter saudades, desejar ardentemente, ambicionar, lamentar com dor. O que queria Jesus ensinar-nos com este suspiro profundo, olhando para os céus? Entendo que há suspiros de alívio, suspiros de expectativa, suspiros de alegria, mas não me parece que o suspiro de Jesus se encaixe em qualquer destes sentidos.

 

Talvez fosse um suspiro de lamento por os homens se terem deixado afundar tanto nos caminhos do pecado, que trazem tão grandes sofrimentos. Talvez fosse um suspiro pela tão grande incredulidade dos homens. Talvez fosse um suspiro de sofrimento porque o homem podia ter sido tão feliz e escolheu ser tão infeliz. Talvez fosse um suspiro de grande desejo de paz, felicidade e bênção para o homem.

 

Uma coisa eu sei, Jesus suspirou por nós, pela nossa felicidade, que perdemos, vendendo-nos ao pecado. Jesus "gemeu" por causa do fardo que carregamos. Por isso, Ele mesmo tomou sobre Si o fardo dos nossos pecados, para que, mortos para o pecado,  vivamos para a justiça, pois pelas Suas feridas somos sarados.

 

Os nossos ouvidos não foram feitos para serem surdos, nem a nossa língua para ser muda. Esses são frutos do pecado.

 

Jesus, olhando para as vítimas de Satanás, suspirou (desejou ardentemente) para que fossem curadas mediante a fé n'Ele, o Único que pode curar do pecado (Actos 4:12).

publicado por archote às 07:06

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 8 de Abril de 2013

JESUS DESPREZOU A AFRONTA E ASSENTOU-SE À DIREITA DE DEUS

Hebreus 12:2b                                               Hebreus 12:1-6

 

Há já algum tempo atrás, estava numa fila esperando ser atendido para levantar uma encomenda. Esperava pacientemente que chamassem pelo meu número quando, sobre uma estante de livros (agora os CTT também vendem livros) vi uma senha com 15 números antes do meu. Vê-la, pegá-la e assumi-la como minha foi obra de segundos.

 

Fui atendido com aquela senha sem nenhuns escrúpulos. Nunca mais me lembrei até à noite, quando fui estudar a lição da Escola Bíblica Dominical. Orei, li o texto indicado e comecei a estudar, colhendo referências sobre o tema "Não furtarás".

 

Sentia que algo não estava bem comigo. A oração que fiz cheirava-me a hipocrisia, os textos eram vazios, os pensamentos não surgiam como de costume. Que se estava a passar comigo? Era estranho, há muito que isto não me acontecia! Pus tudo de lado e resolvi voltar ao assunto mais tarde.

 

Voltei mais uma e outra vez, mas havia sempre o mesmo sentimento de vazio. De repente veio à ideia o pensamento - "pecado escondido". Eu, pecado escondido, mas o quê?! Não me lembro de nada. Que será que Tu me queres dizer?... Nesse momento como que a luz de um relâmpago cortou o meu pensamento e essa luz trouxe a resposta - roubaste a vez a alguém nos correios. Alguém que procurou a sua senha e não a encontrou, porque tu a usaste! Como queres agora falar sobre o tema "não furtarás" se tu próprio és um ladrão?

 

Caí sobre os meus joelhos, orei, confessei o meu pecado, arrependido e contrito pela acção que praticara e que agora não podia emendar. Lembrei-me que "Jesus suportou a afronta e assentou-se à dextra de Deus". Ele podia perdoar-me e tirar toda a vergonha que sentia, como um fardo sobre os meus ombros. Estava envergonhado pelo que tinha feito, contrito e arrependido.

 

Obrigado, Jesus, porque levaste em Teu corpo, sobre o madeiro, os meus pecados, roubos, mentiras, fraudes. Obrigado porque me deste o Teu perdão e agora já posso ensinar aos pecadores os Teus caminhos e eles a Ti se converterão. Obrigado, Jesus. Já não tenho mais vergonha do que fiz, estou arrependido. Prometo-te que nunca mais quero fazer o mesmo.

 

Só Te peço que me lembres, em cada dia, esta promessa, porque, por vezes, "o que eu não quero faço e o que quero não faço".

publicado por archote às 07:03

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 7 de Abril de 2013

EU SOU O PÃO DA VIDA

João 6:35                                                João 6:31-37

 

Nestes dias em que o pão escasseia, a fome chega já a muitas famílias, quando a miséria e a doença ameaçam instalar-se entre nós, especialmente entre as classes mais desfavorecidas, não podemos deixar de dizer que Jesus é o "pão da vida"  e que aquele que come dele nunca mais terá fome.

 

Sabemos que muito do sentido das palavras de Jesus é espiritual, mas também sabemos que aquele que confia e espera no Senhor verdadeiramente será alimentado os todos os sentidos - espiritual e físico.

 

Conheço a história de um jovem que vivia num bairro de lata, em terrível ambiente de degradação moral, espiritual e físico. A sua família só tinha miséria.  Um dia passou pela nossa igreja, converteu-se, mudou de vida, e logo se começou a ver a diferença nas suas vestes, nas suas palavras e arranjou trabalho. Hoje, a sua vida (porque realmente mudou de vida)  é verdadeiramente feliz com sua família.

 

Jesus é o pão da vida e chama a Si os famintos, doentes e tristes, para mudar o seu fardo pesado num fardo leve e abençoado - "Vinde a Mim todos os que estais cansados e oprimidos e Eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o Meu jugo, porque o Meu jugo é suave e o Meu fardo é leve".

 

Jesus sente cada passo da nossa vida. Ele veio para ajudar e está pronto a fazê-lo, se nós reconhecermos a nossa situação e pedirmos a Sua ajuda.  Ele tem pão para todos, se nenhum de nós for açambarcador. O pão de Jesus é "o pão nosso" para cada dia, mas é suficiente.

 

Não sofras mais! Aceita, pela fé, a mão que se estende para ti e nunca mais serás infeliz, porque, no bom caminho, Ele estará ao teu lado para te ouvir e, nas horas de aflição, Ele te tomará ao colo para chegares mais além.

publicado por archote às 07:06

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 6 de Abril de 2013

A VOZ DO SENHOR OUVE-SE...

Salmo 29:3                                  Salmo 19:1-11

 

"A voz do Senhor ouve-se sobre as águas, o Deus da glória troveja... A voz do Senhor é poderosa; a voz do Senhor é cheia de majestade..."

 

Foi assim, ora trovejante, como um trovão, ora como o mar encapelado, desfazendo-se  nas rochas, que Adão e Eva ouviram a voz do Senhor, no jardim do Éden (Génesis 3:8), depois de pecarem.  Abraão ouviu a voz de Deus em Ur dos Caldeus e Haran, dizendo-lhe: - "sai da tua terra e da tua parentela e vai para a terra que Eu te hei de mostrar" (Génesis 12:1). Foi também com  uma voz poderosa e soberana que Abraão ouviu de Deus: - "Abraão, toma agora o teu filho, o teu único filho Isaque, e oferece-o em holocausto no Monte de Moriá. Foi assim que, com voz "preocupada", Deus disse a Moisés: - "vi a aflição do Meu povo no Egipto. Vem, pois quero enviar-te para libertares o Meu povo das mãos de Faraó" (Êxodo 3:9-16).  Foi com esta voz de Rei omnipotente que Deus chamou Josué para que passasse o Jordão e possuísse a terra de Canaan (Josué 1:1-9). Foi assim  que, com uma "voz mansa e delicada" (I Reis 19:8-15),  o Senhor incumbiu Elias de fazer uma grande obra em Israel.

 

Deus fala e a Sua voz ainda se ouve hoje, ora forte e poderosa, ora mansa e suave, falando ao coração. É preciso ouvi-la e obedecer-lhe, como fizeram os homens do passado. Se a ouvirmos, Deus não deixará de nos galardoar.

 

Hoje, no meio desta confusão de vozes, gritaria e manifestações egoístas, mais do que nunca é preciso ouvir a voz de Deus e pô-la em prática para que Ele acalme as tormentas e faça cessar o temporal (Salmo 107:25-30).

 

Pára, olha, escuta a voz de Deus e serás livre das forças diabólicas que vêm atravessar a linha da tua vida. Ouve a voz de Deus, agora, e escuta a Sua orientação para a tua vida. 

publicado por archote às 07:02

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 5 de Abril de 2013

JOB, AINDA RETÉNS A TUA INTEGRIDADE? AMALDIÇOA A DEUS E MORRE

Job 2:9                                        Job 2:1-10

 

Satanás, não ficando satisfeito quanto à fidelidade de Job a respeito dos bens materiais, continuou a persegui-lo, agora pedindo permissão para o tentar no que respeitava à sua saúde. O diabo disse a Deus - "pele por pele e tudo quanto o homem tem dará pela sua vida; toca-lhe nos ossos e na carne e verás se não blasfema de ti na tua face".

 

Deus permitiu, menos que lhe tirasse a vida. Queria dizer a todos que Satanás não foi nada meigo com Job. Usou toda a sorte de tentações, desde úlceras malignas da cabeça aos pés, às acusações injustas dos seus amigos, ao conselho magoante da sua mulher, às dúvidas levantadas pelo próprio Lúcifer no seu angustiado coração. Nada faltou. Foi uma perseguição terrível.

 

A verdade é que Job não cedeu à tentação e vemo-lo afirmando, com convicção: - "Eu sei que o meu Redentor vive e que, por fim, se levantará sobre a terra, e eu, ainda depois de consumida a minha pele, ainda em minha carne verei a Deus" (Job 19:25-26).

 

Job não cedeu a Satanás. Job resistiu à tentação de abandonar Deus e ficou firme até ao fim, pelo que o Senhor o abençoou ricamente, virando o seu cativeiro e acrescentando outro tanto ao que ele tinha perdido, sendo o seu estado, agora, melhor que o primeiro. Certamente em saúde, em filhos, em bens.

 

Deus é fiel. Não pode negar-Se a Si mesmo. Sejamos nós também fiéis até à morte e receberemos das Suas mãos a coroa da vida.

 

Como estamos a lidar com as tentações demoníacas? Só com a nossa força? Só com as nossas palavras? Recordemos que Jesus sempre ripostou às tentações diabólicas, usando a Palavra de Deus - "Está escrito..." (Mateus 4:1-11).

publicado por archote às 07:04

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 4 de Abril de 2013

NU SAÍ DO VENTRE DE MINHA MÃE, NU TORNAREI PARA LÁ

Job 1:21                                                                Job 1:9-21

 

O pecado que entrou no homem tornou-o egoísta, mau, amante das riquezas do mundo, o que é muito mau, pois o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males e, nessa cobiça, muitos se desviaram da fé e se trespassaram a si mesmos" com muitas dores, a caminho da perdição eterna.

 

Não foi assim com Job que, sendo um homem rico, também era sincero, recto e temente a Deus e que se desviava do mal. Estando um dia em oração pelos seus filhos, chegaram os mensageiros da desgraça que lhe anunciaram a morte deles e a perda de todos os seus bens. Qualquer outro teria uma reacção de queixa, de acusação contra Deus e contra os homens, mas ele não.  Ele olhou para a realidade das coisas e, humildemente, disse: - "Nu saí do ventre de minha mãe, nu tornarei para lá. O Senhor o deu, o Senhor o tomou, bendito seja o Seu santo Nome". E nisto não deu lugar ao egoísmo, nem ao amor ao dinheiro.

 

Quantos de nós, diante da perda da nossa família e de todos os nossos bens, teríamos a reacção de Job?

 

Não confieis nas riquezas, porque elas passam, "nem ajunteis tesouros na terra, onde a traça, a ferrugem e os ladrões destroem, minam e roubam, mas ajuntai tesouros no céu", que são os que permanecem com valor eterno. Os bens deste mundo desvalorizam, derretem-se e perdem as suas capacidades aquisitivas, mas os bens ajuntados no céu são valiosos para sempre.

 

Alguém perguntou aos testamenteiros de um dos maiores milionários do século XX quanto é que ele tinha deixado. Eles responderam simplesmente: - Ele deixou tudo!

 

É assim. Quanto mais tivermos, mais deixaremos cá neste mundo. Não podemos levar nada para o outro mundo, onde isso de nada serve.

 

Servi ao Senhor com os bens que tendes, investindo-os nos órfãos e nas viúvas, nos pobres, nos doentes e nos perdidos, fazendo Missões de valor espiritual, moral e físico.

publicado por archote às 07:04

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 3 de Abril de 2013

DEUS PROVA O SEU AMOR PARA CONNOSCO...

Romanos 5:8                                                  Romanos 5:1-8

 

Já alguma vez pensaste nas formas como Deus prova o Seu amor para connosco? É uma lista muito extensa, quase não tem fim. É que Deus é amor e tudo quanto dimana d'Ele para nós é amor!

 

Nada há que nós façamos que impeça Deus de nos amar. Ele ama-nos quando estamos no mais fundo poço do pecado; quando O traímos; quando O envergonhamos; quando desobedecemos aos Seus mandamentos; quando O negamos... Deus, pacientemente, continua a amar-nos e a querer salvar-nos.  Ele odeia os nossos pecados, porque são contra a Sua natureza santa, mas Ele ama-nos, a nós pecadores. Ele amou-nos e prova o Seu amor para connosco permitindo que Cristo, o Seu amado e santo Filho, morresse pelos nossos pecados, estando nós ainda conspurcados neles. Que Deus maravilhoso!...

 

Ele dá-nos tudo - o ar que respiramos, o sol que nos aquece e provoca a fotossíntese, a água que nos dessedenta, o teto que nos abriga, a família que partilhamos, a vida que temos, a saúde que auferimos e, para além de tudo isso, e do que não contabilizamos, Ele dá-nos o Seu Filho para vir salvar-nos do lodaçal do pecado e nos transportar das trevas para a luz. E nós? O que é que nós Lhe damos? Ele não pede nossos bens, dinheiro, sacrifícios, mas pede apenas o nosso coração - "dá-me, filho meu, o teu coração" (Provérbios 23:26).

 

Seu amor por ti não tem limites e a prova disso podes tê-la olhando para o Calvário, onde, açoitado, preso à cruz, desprezado, ridicularizado por todos, ainda ora por ti ao Pai, dizendo: - "Pai, perdoa-lhes porque não sabem o que fazem". Ele morreu por nós quando nós ainda éramos pecadores revoltados contra Ele. Queres maior prova de amor?

 

Olha para Ele na cruz, sofrendo por ti, amando-te e amando-te até ao fim. Ama-O também como Senhor e ama o teu próximo como a ti mesmo.

publicado por archote às 07:09

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 2 de Abril de 2013

ENSINA-ME, SENHOR, OS TEUS CAMINHOS E ANDAREI NA TUA VERDADE

Salmo 86:11                                           Salmo 86:10-16

 

 

Quando lia este Salmo, e particularmente este versículo, veio-me à mente que o Senhor Jesus prometeu, e cumpriu, enviar-nos um Mestre, Consolador e Advogado, para ficar sempre connosco e nos ensinar tudo quanto precisamos saber - os caminhos do Senhor. Esse ensinador é o Espírito Santo (João 16:7-13).

 

Ele veio e está connosco. Basta que O invoquemos em verdade e com sinceridade, e logo Ele virá em nosso socorro, pleitear a nossa causa, guiar-nos em toda a verdade, convencer-nos do pecado, da justiça e do juízo, e também encher-nos da Sua consolação. Ele é o Espírito da consolação completa.  Ninguém como Ele sabe e pode consolar-nos tão eficientemente.

 

O irmão (ã) está desorientado, perdido no caminho, por causa de alguma aflição, doença, falta de emprego? Algum amigo o traiu e fez desabar o projecto do amor fraternal? Algum problema na família está a assombrar a sua alegria em Cristo? O marido foi infiel, o filho descambou para os caminhos da droga? Não desanime.  Espere no Senhor, confie e entregue o seu caminho ao Pai, e Ele tudo fará.

 

Às vezes não vemos o caminho logo à primeira. É preciso insistir, buscar, bater, procurar, mas, se formos persistentes,  encontraremos a direcção certa - os caminhos do Senhor.

 

Avalia a tua posição aos pés de Jesus. Pede a Sua orientação, com humildade e desejo de obedecer. Ele te mostrará o caminho certo. Pode ser custoso de caminhar, mas, no fim, dá certo e tu terás paz, descanso para a tua vida.

publicado por archote às 07:00

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 1 de Abril de 2013

JESUS FOI SEPULTADO E RESSUSCITOU AO TERCEIRO DIA, SEGUNDO AS ESCRITURAS

I Coríntios 15:3                                                  I Coríntios 15:1-8

 

Estava escrito nas Escrituras. Tinha que ressuscitar, porque Ele morreu para cumprir o que estava escrito, inclusive ganhar a vitória sobre a morte, sobre o pecado e sobre Satanás.

 

Acredites ou não, a ressurreição de Cristo é um dos eventos históricos melhor  documentado de sempre. Foi o sepulcro vazio; foi o facto de ninguém jamais O encontrar morto, nem amigos, nem inimigos; foi a mensagem dos anjos, que, junto do sepulcro, disseram que ressuscitara; foi o Seu aparecimento vivo, junto de amigos, várias vezes; foi o facto de ter comido com alguns dos Seus discípulos; e ainda por O terem visto ascender aos céus, mais de quinhentos irmãos.  Não podemos deixar de lembrar a Sua acção na Sua Igreja ao longo de 2000 anos. Para além de tudo isso, o fariseu Saulo de Tarso também afirmava  que lhe tinha aparecido e que tinha mudado a sua vida.

 

A isto, eu tenho a acrescentar que O sinto comigo, na minha vida, há mais de 63 anos, quando cri e Lhe pedi que viesse fazer morada em mim. Eu não merecia, mas Ele veio estar comigo e, ao longo de uma vida, em que nem sempre fui o filho mais obediente, Ele nunca me abandonou. Também não te abandonará a ti.

 

Li, algures, a história de uma condessa muito rica que não cria na ressurreição de Jesus, nem na ressurreição dos mortos. Por isso, em vida tomou medidas para que o seu túmulo fosse inviolável, feito em granito maciço, interligado com fortes grampos de ferro.  A verdade é que o vento levou para os interstícios da sua campa uma simples semente de álamo. Esta germinou, cresceu, cresceu, tornou-se árvore forte e esventrou por completo a sepultura daquela incrédula mulher. Bastou uma semente de álamo para abrir o sepulcro.  Uma só palavra do Senhor chegará para arrancar o pó do corpo para a vida eterna ou para a maldição eterna. Isto, conforme a nossa escolha.

 

Cristo ressuscitou. Está vivo e poderoso e é o nosso querido companheiro de "viagem" (Lucas 24). Crê no Cristo ressurecto, porque, se não creres, serás das mais miseráveis criaturas da terra.

publicado por archote às 07:05

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds