Segunda-feira, 31 de Março de 2014

QUEM QUISER SALVAR A SUA VIDA PERDÊ-LA-À

Marcos 8:35                                             Marcos 8:34-38

 

Por mais que queiramos, não podemos salvar-nos da condenação do pecado - a morte (Romanos 3:23). Boas obras, vida exemplar, sacrifícios, dinheiro, religião, nada nos pode salvar. Nós só somos salvos pela graça, mediante a fé (Efésios 2:8-10).

 

Jesus, neste discurso à multidão que O seguia, disse: - "Se alguém quiser vir após Mim, negue-se a si mesmo, tome cada dia a sua cruz e siga-Me, porque qualquer que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, mas qualquer que perder a sua vida por amor de Mim e do Evangelho, esse a salvará".

 

Esta é a verdade. Só quem se arrepender, deixar os seus pecados e crer no Senhor Jesus Cristo será salvo. Não pelas obras, mas pela fé em Jesus! Não gasteis o vosso tempo a seguir religiões, fazer boas obras, etc., porque isso não vos salvará. As boas obras apenas servem para demonstrar que mudámos de vida e que agora somos nova criação em Cristo, tudo se fez novo em nós e para nós.

 

Escutai a Palavra: - "A todos quantos O receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no Seu Nome" (João 1:12). Salvação, só, exclusivamente só, para os que crêem no Nome de Jesus que, na plenitude dos tempos, morreu pelos nossos pecados.

 

A ti, que estás aí em conflito com a tua consciência, cheio de problemas de toda a natureza, queremos dizer-te, mais uma vez, CRISTO É A SOLUÇÃO. Ele tem a resposta para todas as tuas ansiedades. Basta que as descarregues sobre Ele (I Pedro 5:(). Experimenta e verás o alívio que vem sobre a tua vida.

 

Sabemos que os dias que correm não são fáceis. São os sinais dos tempos da segunda vinda de Jesus a este mundo, para levar para Si aqueles que n'Ele tiverem crido.

 

"Entrega o teu caminho ao Senhor, confia n?Ele e Ele tudo fará", incluindo transformar o teu corpo num corpo glorioso, para todos irmos encontrar-nos com Jesus nos ares, e, então ficarmos com o Senhor para todo o sempre. Os que agora O rejeitarem como Salvador e Senhor irão, então, encontrá-lO como Juiz, num tribunal justo, que condenará ao degredo eterno aqueles que desprezaram o Seu convite de amor.

 

 

publicado por archote às 07:05

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 30 de Março de 2014

HUMILHAI-VOS DEBAIXO DA POTENTE MÃO DE DEUS

I Pedro 5:6                                                    I Pedro 5:1-9

 

A humildade é uma virtude maravilhosa que Deus dá aos seus filhos e que Jesus exemplificou na Sua vida sobre a terra. Tantas vezes, no Seu ministério, Ele podia manifestar o Seu infinito poder, mas ficou calado, como ovelha muda que vai para o matadouro.Ele podia aniquilar com um  só olhar, puro e santo, aqueles saduceus orgulhosos ou aqueles escribas que a si mesmo se julgavam sábios, mas replicou-lhes com a Sua simplicidade e pureza: - Dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus. No céu não se casam, nem se dão em casamento. Amarás ao Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento, não esquecendo o teu próximo, que deves amar como a ti mesmo.

 

Que sabedoria tão grande! Que humildade tão sublime! Isto mesmo foi demonstrado durante o Seu julgamento e condenação injustos. Ele poderia orar ao Pai e doze legiões de anjos seriam, enviados para O livrarem e tomarem em sua mãos, mas Ele humilhou-Se até à morte e morte de cruz.

 

Agora, somos exortados por Pedro para que nos humilhemos debaixo da potentosa mão de Deus, sofrendo com paciência as injustas acusações   do mundo, para que Ele, a Seu tempo, nos exalte. Ele não se esquecerá de nós nas nossas angústias, até porque Ele mesmo passou pelo mesmo caminho de tormento.

 

Ainda temos o privilégio de lançar sobre Ele todas as nossas ansiedades, na certeza de Ele cuidará de nós. Conta-se que em certo rebanho de cabras havia uma muito rebelde, que andava sempre tresmalhada e não obedecia  ao seu pastor, como as outras. Um dia a "cabrinha malhada" espetou uma pedra aguda entre as unhas de uma pata dianteira. Quando se sentiu cheia de dores e incapaz de fazer as suas saídas orgulhosas, veio para junto do pastor para ele se aperceber do seu problema. O dono do rebanho, vendo a doçura com que o animal seguia ao seu lado, tocou-lhe meigamente, tomou a sua pata dianteira e arrancou a pedra do problema, e logo a cabrinha andou bem.

 

Deve ser assim connosco. Temos problemas? Cheguemo-nos, humildemente, a Jesus, contemos-Lhe o que nos aflige, tenhamos a humildade de pedir ajuda e Ele, que tudo pode e sabe, logo nos ajudará.

publicado por archote às 07:03

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 29 de Março de 2014

HAVERÁ ALGUMA COISA IMPOSSÍVEL PARA O SENHOR?

Génesis 18:14                                                      Génesis 18:13-16

 

Segundo Jesus (Marcos 10:27), para Deus não há impossíveis. Fazer com que mulheres envelhecidas possam procriar, curar cegos, coxos, leprosos, paralíticos, ressuscitar mortos, expulsar demónios, acalmar tempestades físicas, morais, psíquicas. Tudo é possível para Deus.

 

Qual é o teu problema? Vai a Deus, pleno de fé, e tudo é possível ao que crê.

 

Sara, esposa de Abraão, era uma mulher envelhecida pelos mais de 90 anos. Há muito que tinham passado os seus períodos para poder dar à luz filhos. Porém, Deus enviou os Seus anjos  a dizerem-lhe que, a contar daqueles dias, no tempo próprio, ela daria à luz um filho, mesmo na sua velhice (Génesis 21:2).

 

Deus tinha prometido a Abraão uma descendência numerosa, que seria uma bênção para as nações (Génesis 12). Abraão chegou a duvidar e, em conluio com Sara, sua mulher, relacionou-se com Agar, de quem teve um filho - Ismael. Quanto tem custado à família de Abraão e ao mundo a sua falta de fé! Abraão duvidou  (Génesis 15) e ainda hoje se sofrem as consequências  dessa falta de fé. Mas Deus foi fiel e deu a Abraão Isaque, o filho da promessa. (Génesis 21:2).

 

Não temas. Leva a Deus as tuas dúvidas, confia n'Ele e Ele tudo fará, porque não há impossíveis para a Sua Pessoa. Ele é Deus omnipotente. Entrega-Lhe o teu caminho, as tuas dúvidas e problemas. Lança sobre Ele todas as tuas ansiedades. Ele tem cuidado de ti.

 

É bom termos como Deus, o Deus dos impossíveis.

publicado por archote às 07:08

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 28 de Março de 2014

LANÇANDO DE SI A SUA CAPA, FOI TER COM JESUS

Marcos 10:50                                               Marcos 10:46-52

 

Tantas vezes dizemos: não tenho tempo para ir à Igreja; não tenho tempo para ensaiar no coro, nem para me preparar para ensinar na Escola Dominical, etc.. Não tenho tempo! Não acham que isto é "uma desculpa de mau pagador"? Claro que é, pois, de um momento para o outro, um acidente atira-nos para o hospital uma ou duas semanas e aí... logo temos tempo! Um AVC, e ficamos imobilizados por meses, ou mesmo para sempre, e aí... logo temos tempo! Por vezes, demasiado tempo!

 

Sempre devemos ter tempo para Jesus. Ele é o Senhor do tempo  e, se Ele pede de nós um pouco de tempo, ou mesmo todo o tempo da nossa vida, devemos dar a Jesus o que Ele nos pede e fazer o que Ele nos manda.

 

Reparai no nosso texto de hoje. É a descrição do milagre da cura do cego Bartimeu (filho de Timeu), que, com todo o tempo da sua vida, se sentava a mendigar às portas da cidade de Jericó. Jesus passou por ali na Sua derradeira viagem para Jerusalém, como sempre, acompanhado por uma ruidosa multidão, que chorava, ria, zombava, fazia súplicas e dava louvores a Deus. Bartimeu, estranhando aquele bulício, perguntou o que era aquilo. Responderam-lhe que era Jesus de Nazaré que passava. O cego logo se levantou e começou a clamar: - "Jesus, Filho de David, tem misericórdia de mim". Talvez muitos o tivessem repreendido, pois o Mestre tinha mais que fazer e mais onde ocupar o Seu tempo.

 

Bartimeu não desistiu e Jesus, que veio para cuidar dos órfãos, das viúvas e dos injustiçados, logo o mandou chamar. Bartimeu não perdeu tempo e, lançando de si a capa e as miseráveis moedas que nela estavam, às apalpadelas, ou talvez guiado pelo ruído, correu para Jesus e pediu "Senhor, dá luz aos meus olhos, que eu tenha vista".

 

Jesus curou-o da sua cegueira. Não curou os que O seguiam apressados para que Ele resolvesse os seus problemas, para poderem voltar à sua vida de negócios. Curou Bartimeu, o cego, que estava há tanto tempo orando e suplicando a Deus por misericórdia.

 

Jesus tem sempre tempo para os que se Lhe dirigem e clamam por misericórdia. Jesus parou, Jesus esperou pelo cego. Jesus não estava apressado com outras coisas. Aquele era o Seu ministério, tratar dos pobres, dos doentes e injustiçados.

 

Jesus está a chamar-te. Está à tua espera para te curar e salvar. Será que tu tens tempo para Ele?Ou foste para os negócios desta vida, vender ou experimentar bois, casar ou ver campos? Jesus pode ir embora e nunca mais  O encontrarás. Tens tempo, agora, para Jesus?

 

publicado por archote às 07:07

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 27 de Março de 2014

SENHOR, ENSINA-NOS O TEU CAMINHO

Salmo 27:11                                          Salmo 27

 

Como homens que somos, temos de tomar decisões importantes que, por vezes, podem afectar o desenrolar da nossa vida inteira. Temos que escolher bem os nossos amigos -  "Diz-me com quem andas, dir-te-ei quem és"-  Temos que escolher a profissão que melhor se adapta à nossa vida. Temos que escolher aquele ou aquela com quem uniremos as nossas vidas até que a morte nos separe. Temos que responder ao apelo de Deus, que quer salvar as nossas vidas, ou até mesmo usá-las de uma forma especial.

 

Como cristãos, "feitos filhos de Deus", temos que tomar opções, fazer decisões, fazer escolhas. Nem sempre é fácil. A Bíblia, por cujas mensagens queremos reger as nossas vidas, dá-nos uma resposta directa às nossas orações. Precisamos de estar atentos.

 

É que Deus responde sempre às nossas orações. Às vezes diz sim, às vezes diz não, às vezes diz espera, mas responde sempre. Atentemos no que a Palavra nos diz directamente, quando a lemos com espírito de oração e de busca. Atentemos aos sinais, pensamentos e orientações  que vão aparecendo e martelando as nossas mentes e corações. A Bíblia mostra-nos sempre o padrão correcto que nos capacita a sabermos a Sua vontade. Testemos os nossos pensamentos e inclinações com os padrões bíblicos.

 

No nosso texto, o salmista pede a Deus que nos ensine os Seus caminhos para que neles andemos. Deus tem um bom plano para a nossa vida. Descobramo-lo pela leitura bíblica e pela oração. Submetamo-nos sempre à vontade de Deus e Ele nos instruirá nos Seus caminhos.

 

Não te esqueças, "entrega o teu caminho ao Senhor, confia n'Ele e Ele tudo fará" (Salmo 37:5).

 

Dependamos d'Ele e ouçamo-lO através da Sua Palavra, que nos fala. Não nos desviemos d'Ele. Procuremos viver segundo a Sua mente, com corações amaciados pelo Espírito Santo e, certamente, saberemos qual o caminho a seguir, pois o Espírito Santo é o guia de todos os remidos (João 15:16,  16:7-13).

 

 

publicado por archote às 07:05

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 26 de Março de 2014

CHEGAI-VOS A DEUS E ELE SE CHEGARÁ A VÓS

Tiago 4:8                                                   Tiago 4:5-10

 

Parece que, não obstante as muitas religiões e denominações religiosas que todos os anos aparecem aos milhares, os homens estão cada vez mais longe de Deus. Os homens "fogem de Deus como o diabo foge da cruz". Porquê?

 

Não é culpa de Deus, que amou o mundo de tal maneira que, na plenitude dos tempos, deu o Seu Filho para ser o Emanuel, o Deus connosco, entre nós, ao ponto de morrer na cruz pelos nossos pecados. Mas então, de quem é a culpa?

 

A culpa é de Satanás, que domina por completo o coração do homem, levando-o a pensar que o que é bom não presta, porque custa, e que o que é mau é bom, porque pode comer-se, porque é agradável aos olhos e pode dar entendimento para ser igual a Deus (Génesis 3:6). Além de tudo isso, diz o diabo, é oferecido, não custa nada. Que grande mentiroso! Ele é mesmo o pai da mentira, e nós acreditamos nele!

 

O escritor bíblico, Tiago, ensina-nos que se nos "chegarmos a Deus, Ele Se chegará a nós", como Pai amigo, como Salvador pessoal, como bom Pastor, que dá a vida pelas ovelhas e que supre todas as nossas necessidades. Tiago diz ainda "sujeitai-vos a Deus, resisti ao diabo e ele fugirá de vós".

 

Então? Chegai-vos a Deus, não sejais soberbos ou orgulhosos, mas apoderai-vos da graça de Deus como Seus humildes filhos. É tão bom ser de Deus e estar com Deus! Que segurança! Que vitória vermos o diabo fugir derrotado e nós seguros no Castelo Forte - Deus!

 

Rendamo-nos incondicionalmente a Deus, que nos chama: "Vinde  a Mim todos os que estais cansados e oprimidos e Eu vos aliviarei". Vamos a Ele e o diabo fugirá de nós, derrotado, sem poder e com suas armas destruídas, diante da verdade suprema que é Deus.

publicado por archote às 07:02

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 25 de Março de 2014

NÃO JULGUEIS PARA QUE NÃO SEJAIS JULGADOS

Mateus 7:1                                                      Mateus 7:1-6

 

Há poucos dias, falando com um irmão, concluí que ele acusa tudo e todos por não pensarem como ele. Uns, porque são modernistas e adulteram a Bíblia; outros, porque são ecuménicos e andam por aí a fazer a obra do diabo; outros, porque não amam as suas congregações e andam sempre a mudar; outros, já não levam a Bíblia à Igreja, mas usam os telemóveis para as leituras; outros, porque estão a deixar entrar a luxúria e o sexo desregrado, antes e fora do casamento, etc..

 

Já cansado de tantas acusações directas e indirectas, respondi, com amor, ao amado irmão: - lembremo-nos do que diz a Escritura, pela boca de Jesus, nosso Mestre: "Não julgueis, para que não sejais julgados, pois com o juízo com que julgardes, também vos julgarão a vós..."

 

- Não, não, respondeu-me muito empertigado, a Bíblia diz em I Coríntios 6:2-3 que nós, os crentes, havemos de julgar o mundo, e até os anjos, quanto mais as coisas pertencentes a esta vida.

 

- É verdade, a Bíblia diz isso, mas é num contexto completamente diferente, pois o que estava no coração de Paulo era apaziguar os ânimos exaltados lá na Igreja de Corinto, e não atirar achas para a fogueira. Essa passagem, aplicada na sentido em que estamos a falar é arrancá-la do seu contexto para atear ainda mais os problemas das igrejas de hoje.

 

Nós temos o direito de pensar no que está bem ou mal. Somos livres para divergir, mas não para esbofetear os nossos irmãos, porque todos nós temos pecado, senão aqueles, outros e, aos olhos de Deus, são também condenáveis.

 

Nós não devemos julgar os nossos irmãos, é ordem de Jesus! No entanto, podemos ser críticos em amor. A crítica faz parte das faculdades do homem, por isso, podemos e devemos usá-la, mas com respeito, conta, peso e medida, nunca esquecendo que a nossa liberdade termina onde começam os direitos do nosso opositor.

 

Talvez estejamos a ver o argueiro no olho do nosso irmão, porque ainda não tirámos a trave do nosso. A verdade é que muito do que vemos errado no nosso irmão, Deus está vendo em nós (Leia Romanos 2:17-22).

 

Penso que chega de julgarmos os outros.  Não é essa a nossa função, nem o nosso dever. Nosso dever é mostrar Deus em toda a nossa vida, pois, agora, não somos mais nós, mas é Ele em nós.

publicado por archote às 07:05

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 24 de Março de 2014

CHEGADOS AO LUGAR CHAMADO CAVEIRA, ALI O CRUCIFICARAM

Lucas 23:33                                                   Lucas 23:33-39

 

Porquê? Porque, para salvar o mundo, Jesus teve que ser crucificado? Porquê uma morte tão vergonhosa e horrenda? Não poderia Ele salvar o mundo com uma morte mais digna, menos exposta e vergonhosa? Todos desejam um Salvador honrado, aclamado, glorioso. Os próprios judeus tinham um pensamento assim para o seu Mestre.

 

No entanto, a Jesus, que não veio para ser um salvador nacionalista, mas o Salvador do mundo, deram-Lhe uma morte tão horrorosa e vergonhosa. Porquê? Porquê a dolorosa cruz? Porque só a cruz é a prova real de que os homens, quer sejam honestos ou depravados, não querem Deus como seu Senhor! Preferiram matá-lO numa cruz, exposto aos olhares de todo o mundo, entre ladrões e salteadores renegados pela sociedade. A cruz, porque só ela pode dar uma ideia do horror de Deus pelo pecado. A cruz, porque só nela, erigida entre a terra e os céus, Jesus poderia ser visto por todos e tornar-Se o Salvador de todos. A cruz, para que, no meio de tanto sofrimento e dor, pudesse refulgir o grande amor de Deus, à mais alta e santa demonstração. A cruz, porque" Deus amou o mundo de tal maneira que deu o Seu Filho Unigénito..."

 

Na cruz ficam apagados, mortos, sem valor, quaisquer tipos intermediários de salvação para os homens. Ou tudo (a cruz) ou nada - os simulacros de salvadores, ofícios religiosos a favor dos mortos, etc.. Deus deu o melhor que havia no céu e, mesmo assim, os homens não O aceitaram, antes, de pleno conhecimento, rejeitaram-nO.

 

Assim, a cruz continua a ser loucura, a ser nada, para os que perecem; mas para nós, os que cremos, é poder de Deus para a salvação. A cruz, para nós, é caminho certo para o céu. Para nós, os chamados loucos, mentecaptos, a mensagem da cruz é vida, consolação, paz, amor, é autêntica comunhão com Deus.

 

E é por isso que nós, hoje, continuamos a pregar a Cristo crucificado. Cristo crucificado, poder de Deus para a salvação de todos aqueles que crêem. Pregamos hoje, como ontem e até que Deus nos dê vida, que "CRISTO MORREU PELOS NOSSOS PECADOS" na cruz do Calvário.

 

Esta é a nossa mensagem. A mensagem que cremos, a mensagem que vivemos e a mensagem que pregamos. Queres aceitá-la? Queres aceitar, pela fé,  que Cristo morreu pelos teus pecados? Então, terás a graça de ser salvo, porque pela graça somos salvos.

publicado por archote às 07:05

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 23 de Março de 2014

TODAS AS COISAS ESTÃO NUAS E PATENTES DIANTE DE DEUS

Hebreus 4:13                                                      Hebreus 4:7-13

 

O nosso Deus  é o DEUS OMNISCIENTE. Sabe de todos os nossos  pensamentos, palavras e obras. Não podemos enganá-lO, ainda que usemos os maiores subterfúgios.

 

Quantas vezes, ao longo da nossa vida, temos querido enganar a Deus e cedo fomos descobertos. Lembro-me de, já há alguns anos,  ter ido visitar uma mãe de família que, durante todo o tempo da visita, não deixou de lastimar-se,  embora,  dizia ela,  fosse uma boa crente, fosse aos cultos sempre que lhe era possível (a verdade é que a visita era exactamente pela sua ausência aos cultos). Sentindo-se  apanhada na contradição, foi célere em dizer-me: - pastor, todos os dias eu leio a Bíblia e faço o meu "a sós com Deus", especialmente ao domingo.

 

Embora eu tivesse uma Bíblia na minha bolsa, antes de sair, pedi à irmã que me trouxesse a sua Bíblia para fazermos uma pequena leitura. Ela foi ao quarto buscá-la, mas reparei que os seus dedos ficaram marcados na capa, prova de que não era mexida. nem lida há muitos dias.

 

Não disse nada. Peguei na Bíblia, li o Salmo 46, disse algumas palavras sobre o texto e arranjei maneira de deixar entre as páginas da Bíblia uma nota de cem escudos, que não era muito, mas podia chegar para o pão de alguns dias.

 

Passado mais de um mês, tornei a visitar a senhora, ouvi as mesmas lamúrias de doença, falta de tempo, dos filhos, etc.. Pedi de novo a Bíblia para lermos um Salmo (Salmo 51) e, ao abrir a Bíblia, lá estava, entre as suas páginas, junto ao salmo 46, a nota que lá tinha deixado. Retirei-a sorrateiramente e fiquei a saber da fraqueza da nossa irmã.

 

Isto fui eu, homem simples, que ali concluí a verdade do ditado "mais depressa se apanha um mentiroso que um coxo".

 

A senhora pode enganar-me, mas jamais enganar a Deus.

 

Não brinquemos com Deus e sejamos honestos, sinceros e verdadeiros para com Ele, pois não vale a pena tentar enganá-lO.

publicado por archote às 07:00

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 22 de Março de 2014

UMA SÓ OFERTA APERFEIÇOOU PARA SEMPRE OS SANTIFICADOS

Hebreus 10:10                                                     Hebreus 10:1-12

 

Jesus fez a oferta perfeita e completa ao dar-Se a Si mesmo na cruz pelos nossos pecados. Nada mais temos que fazer ou ofertar com este propósito salvítico. Tudo está feito, de uma vez por todas e para sempre. 

 

A Bíblia dá uma importância grandiosa ao sangue. O sangue é vida e, nesta caso, Jesus, satisfazendo todos os sacrifícios cruentos do Velho Testamento, pôs cobro à Sua necessidade. Ele morreu uma só vez e completou o ciclo do valor do sangue. Não precisamos de mais sacrifícios cruentos ou incruentos. Tudo está perfeitamente feito e completo, por Jesus. 

 

Os nossos pecados foram pagos de uma maneira cabal pelo sangue (vida) de Jesus, oferecido no Calvário. A oferta da Sua vida aperfeiçoou todos os salvos para poderem viver no céu com Deus. Nada mais é preciso nesta área.

 

Agora, como Paulo ensinou em Filipenses 2:12, quando disse "operai a vossa salvação com temor e tremor", precisamos de viver esta vida de santificados, com temor e tremor, vivendo no caminho do amar a Deus acima de todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos; amando a Deus na pessoa do próximo e servindo a Deus no caminho das boas obras, não para nossa salvação, mas porque já somos salvos. As boas obras são o fruto da nossa fé e não a causa da nossa salvação.

 

João Baptista, na figura que usou em João 1:29, apontando Jesus como o Cordeiro (vítima) de Deus que tira o pecado do mundo, foi muito concludente - Jesus veio para expiar (pagar) com o Seu sangue puro, todos os pecados dos homens que n'Ele crerem.

 

Por Jesus, por Seu sangue derramado na cruz do Calvário, podemos alcançar a paz, andar no caminho e ter a vida do céu.

 

A oferta está feita. Estende  a mão da tua fé a aceita-a.                                                                        

publicado por archote às 07:07

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds