Segunda-feira, 30 de Junho de 2014

SEDE CUMPRIDORES DA PALAVRA, E NÃO SOMENTE OUVINTES

Tiago 1:22                                           Tiago 1:19-23

 

Há cada vez mais, nas nossas congregações, pessoas que são meros ouvintes da Palavra, cujas vidas são autênticas negações dos princípios sábios e santos da Bíblia.

 

São os chamados "crentes de domingo pela manhã". Vestem semanalmente a roupagem religiosa e lá vão eles ouvir, abanar a cabeça em gestos de concordância, mas não se envolvem nos ministérios da Igreja. Isso, é para os outros, eu cá tenho a minha vida.

 

São os "cristãos de domingo". Só servem para encher a casa e tornar os líderes orgulhosos, porque têm muita gente.  Está errado o líder contentar-se com o número desses seguidores e também está errada a posição dos que vão  à Casa do Senhor ao domingo e não estão disponíveis para a prática da Palavra.

 

Todos nós, grandes e pequenos, nos devemos envolver no trabalho missionário da Igreja, orando, pregando e ensinando a Palavra. Devemos visitar os doentes e orar por eles; consolar os  órfãos e as viúvas; ter cuidado e amor para com as famílias desempregadas e com carências diversas; devemos envolver-nos nos ministérios de evangelização e ensino de jovens, crianças, senhoras, homens; devemos cooperar uns com os outros, de forma a que a carga de cada um seja mais leve. Sobretudo, devemos AMAR, porque o AMOR é a maior das virtudes cristãs.

 

Praticantes da Palavra no nosso culto familiar, nas visitas aos doentes e na ajuda aos que precisam. A Bíblia é o código de ensino para nós praticarmos em cada dia.

 

Abramos a nossa porta para lermos e meditarmos as Escrituras Sagradas e, assim, seremos tornados fortes para resistir ao diabo. Semeemos a Palavra e ela não voltará vazia. Terá sempre os seus frutos. Naturalmente, haverá terrenos diferentes, de produção diferente, mas vale sempre a pena, porque "uma alma vale mais que o mundo inteiro".

 

Sejamos não só ouvintes da Palavra, mas praticantes e semeadores da mesma, em todo o tempo. O Senhor dará a recompensa.

 

Nós, hoje, somos ouvintes ou praticantes da Palavra? Somos semeadores da Palavra? A Seu tempo Deus nos recompensará.

publicado por archote às 07:00

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 29 de Junho de 2014

AI DO MUNDO POR CAUSA DOS ESCÂNDALOS...

Mateus 18:7                                               Mateus 18:1-10

 

Nunca, em tempo algum, o mundo foi palco de tantos escândalos. São escândalos financeiros, por causa da desonestidade do homem; são escândalos de natureza fratricida; são escândalos de luxúria, aos quais nem as crianças são poupadas; são escândalos na família; são escândalos religiosos, quando os líderes das igrejas se envolvem em pedofilia, abuso sexual dos membros da comunidade...  são escândalos que envergonham a sociedade e atentam contra a santidade de Deus.

 

Cuidado com os escândalos! Que nenhum de nós se deixe embrulhar nessas situações que envergonham os homens e fazem sofrer Deus, que nos criou para o louvor da Sua glória e convivência com a Sua santidade.

 

Os escândalos acontecerão, mas ai daqueles que forem causadores de escândalos, porque eles serão réus de juízo.

 

No primeiro livro de Samuel 2:27-36 é descrito o comportamento execrável dos filhos do sacerdote Eli - Hofní e Finéias - que roubavam escandalosamente o melhor dos sacrifícios oferecidos a Deus. Era escandaloso. A sua conduta foi condenada por Deus e ambos morreram, por não exercerem o sacerdócio com honestidade. Foram excluídos do ministério e, em seu lugar, Deus chamou Samuel, que dignificou e honrou o Nome de Deus, até à morte. Eis aqui um exemplo a seguir por todos nós.

 

O diabo vai usar pessoas, e, porvezes, pessoas crentes para provocarem escândalos. Estejamos prevenidos. Cheguemo-nos a Deus, resistamos ao diabo e à sua voz sedutora, e ele fugirá de nós.

 

Deus promete-nos ajuda para resistirmos à tentação de causar escândalos e deixou-nos a Sua Palavra para que a usemos como Espada do Espírito para lutarmos e sairmos vencedores.

 

Cuidado com a tua mão, para não tomar o que não lhe pertence. Cuidado com o teu pé para que não te conduza por caminhos menos próprios. Cuidado com os teus olhos para que não entrem no pecado da cobiça e da luxúria mental. E, sobretudo, cuidado com o teu coração porque dele saem as direcções da vida.

 

Tem cuidado de ti mesmo. Escuta bem a Palavra da Verdade, porque não é vontade do Pai que algum de nós se perca, mas que todos aceitem a salvação que Ele dá.

publicado por archote às 07:03

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 28 de Junho de 2014

DEUS PROVERÁ

Génesis 22:8                                             Filipenses 4:6-7

 

Isaque, o jovem filho de Abraão, estava preocupado com a falta do cordeiro para o holocausto. Estavam providos de lenha, de fogo, mas faltava o principal - a vítima que devia ser sacrificada.

 

Isaque perguntou ao pai pelo cordeiro para sacrificar. Abraão, no rasgo daquela fé que lhe conhecemos, respondeu ao filho com certeza firme e inflexível - "DEUS PROVERÁ, meu filho".

 

É assim mesmo como Abraão cria. Deus nunca falha. Se Deus tinha mandado ir ao Monte de Moriá sacrificar, não falharia. Seria o seu único filho. Abraão cria que Deus é poderoso para até dos mortos, da cinza do sacrifício, tornar a trazer Isaque para o cumprimento da promessa - "Em ti serão benditas todas as famílias da terra" (Génesis 12:3).

 

Deus proverá sempre todas as coisas para os Seus. Assim, "não estejais inquietos por coisa alguma, antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus, pela oração e súplicas com acção de graças" (Filipenses 4:6-7). "Deus proverá"."Regozijai-vos sempre no Senhor", confiai n'Ele e orai com honestidade e verdade e vereis chuvas de bênçãos dos céus serem derramadas sobre vós.

 

Deus providenciou o substituto para Isaque. Providenciou o maná (pão do céu para o Seu povo no deserto). Fez com que da rocha brotassem águas para uma multidão. Providenciou uma guarda de anjos para libertar Pedro da prisão (Actos 12:4-7). Ele proverá para ti e para todo o Seu povo aquilo que for essencial para Sua glória e nossa bênção.

 

Espera no Senhor e verás a acção do Seu braço bendito operar na tua vida.

 

 

 

publicado por archote às 07:03

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 27 de Junho de 2014

NENHUMA CONDENAÇÃO HÁ PARA OS QUE ESTÃO EM CRISTO JESUS

Romanos 8:1                                         Romanos 8:1-4

 

Um dia, os carcereiros de certa prisão chegaram junto de um preso, condenado à morte por homicídio e sedições, e disseram-lhe: - Estás livre. Podes  ir em paz à tua vida, pois já nenhuma condenação há para ti, pois Jesus Cristo, o nazareno, vai pagar os teus crimes e ser crucificado em teu lugar. JÁ NÃO HÁ CONDENAÇÃO PARA TI. JESUS MORREU PELOS TEUS PECADOS.

 

Sou capaz de compreender a admiração e depois a alegria de Barrabás por esta tão extraordinária notícia, porque eu mesmo já a senti quando abri o meu coração a Jesus,  Lhe confessei os meus e cri na eficácia do poder emanante da cruz, onde o Senhor pagou os meus pecados. Eu levantei-me, de sobre os meus joelhos, aliviado, salvo e sentindo as palavras "Nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus" (Romanos 8:1). Não havia mais condenação, nem prisão para mim, pois Jesus tinha lavado, com Seu precioso sangue, todos os meus pecados (I João 1:7).

 

Esta é uma declaração admirável de Deus para ti. Se creres em Cristo Jesus, não há mais condenação para a tua pessoa. Estás livre para sempre.

 

É difícil dar mais ênfase a esta declaração de Paulo. Esta é uma maravilhosa realidade. Está tudo dito com tão poucas palavras.

 

Se já és de Jesus, se já estás salvo por Sua Obra vicária na cruz, "vê prudentemente como andas, não como néscio, mas como sábio" (Efésios 5:15), que administra bem a salvação  recebida graciosamente de Jesus.

publicado por archote às 07:06

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 26 de Junho de 2014

VINDO ELE, EVANGELIZOU A PAZ

Efésios 2:17                                         Efésios 2:15-18

 

Evangelizar a paz, aos de perto e aos de longe (Efésios 2:17) é uma necessidade para que os corações em guerra descansem - "Bem aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus" (Mateus 5:9).

 

É preciso espalhar a paz, não só pela palavra, mas pela vida. Quem melhor para o fazer do que aqueles que já foram pacificados em Cristo e já estão em paz com Deus ? (Romanos 5:1).

 

Nesta base, todos os salvos, onde quer que estejam e quem quer que sejam, devem ser pacificadores, pela sua vida e pela sua palavra de paciência e amor. Devemos banir de nós todo o sentimento de raiva, irritação, orgulho, impaciência, para darmos lugar à paz. Não deixemos que as insolentes circunstâncias da vida de cada dia nos retirem a graça, a bem aventurança, de sermos pacificadores.

 

Não esqueçamos que Jesus, o Príncipe da Paz, veio a este mundo para nos dar o exemplo. Os anjos, aquando do Seu nascimento, cantaram "glória a Deus nas alturas, paz na terra..." (Lucas 2:14). Ele, infelizmente, foi rejeitado e a paz que vem de Deus não tem chegado a todos. Só chega e abençoa os que n'Ele crerem. Compete-nos a nós levar a paz de Jesus aos incircuncisos de coração.

 

Esta paz é, hoje, oferecida a todos. Ela está em Jesus. Quem crer em Cristo torna-se herdeiro dessa maravilhosa paz (II Coríntios 5:20). Cristo fez a paz pagando um preço altíssimo - a Sua vida. Por Sua morte temos nós a paz perfeita, com Deus, com os homens (nosso próximo) e com a nossa própria consciência. Que mais poderemos querer?

 

Sejamos artesãos da paz, falando de Jesus, o Rei da Paz, para que todos creiam n'Ele e tenham a paz que nós já auferimos.

 

A paz é uma das grandes bênçãos que podemos alcançar aceitando Jesus como nosso Salvador.

publicado por archote às 07:05

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 25 de Junho de 2014

É- ME DADO TODO O PODER NO CÉU E NA TERRA

Mateus 28:18                                         Mateus 28:16-20

 

Jesus é Rei Todo Poderoso. Rei dos céus e da terra. Rei ímpar, que não deixa lugar para nenhum outro rei reinar.

 

Hoje, no mundo, há uma tendência para acabarem as monarquias, sendo instituídas  repúblicas, onde o poder é partilhado.  Os reis que ainda existem têm poderes muito limitados ou, às vezes, são apenas reis de nome, "verbos de encher", pois quem governa são os parlamentos com seus deputados (poder legislativo) e os demais poderes constituídos (poder executivo). Os reis fazem discursos, viagens de representação, assinam decretos que outros prepararam.

 

Jesus é Rei. Agora o Seu reino não é deste mundo, mas virá a ser no tempo próprio. Não um reino de vista, mas um reino de facto, com todos os poderes sobre os Seus súbditos, que se sentarão felizes por terem um Rei todo poderoso, não só aparência, mas Rei de facto!

 

Em nossas vidas quem tem o poder? Quem reina de facto? O dinheiro, com seu poder passageiro? O nosso "ego" cheio de orgulho, egoísmo e maldade? Satanás, o actual rei deste mundo?

 

Quem tem o poder em nossas vidas? Jesus, o Rei da glória e da luz ou Satanás, o rei da maldade e das trevas? Na minha vida reina Jesus, embora muitas vezes o meu "ego" ainda faça das suas. Virá o dia em que tudo será aniquilado e só Jesus, que tem todo o poder nos céus e na terra, reinará. Ele é o meu Rei, meu Senhor e meu Salvador.

 

Ser cristão significa tornar-se súbdito do Reino de Deus, pela fé em Jesus, pois "a todos quantos O receberam deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no Seu Nome". Deixa Cristo reinar em tua vida. Ele veio para reinar, mas não reinará se Lhe não dermos o trono do nosso coração.

 

Jesus Cristo é o Rei Todo Poderoso, que só dá e nada cobra em troca. Experimenta servi-lO com amor.

publicado por archote às 07:02

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 24 de Junho de 2014

NÓS PREGAMOS A CRISTO CRUCIFICADO...

I Coríntios 1:23-24                                      I Coríntios 1:21-28

 

Não podemos deixar de pregar a Cristo crucificado, porque já estamos crucificados  com Ele e vivemos, não mais nós, mas Cristo vive em nós. Nós vivemos em Cristo e para Cristo.

 

Estamos verdadeiramente apaixonados por Cristo, pelo que Ele é, pelo que ele faz em nós e pela certeza do que, como esposo amado, vai fazer ainda por nós. Estamos e vivemos uma paixão por Cristo e pela Sua Obra salvadora há mais de 64 anos. Ele nunca nos desiludiu, sempre nos compreendeu e inoculou em mim uma missão - "Ai de mim se não anunciar o Evangelho".

 

É por isso que não posso deixar de viver e pregar o Evangelho, que, sendo loucura para os gregos e escândalo para os judeus, para todos quantos crerem nele é poder de Deus para a salvação.

 

Amo a Jesus, meu amigo mais chegado que um irmão. Amo e sirvo a Jesus, meu companheiro de jornada, meu guia, protector. Amo a Jesus, meu Mestre, e Seus ensinos maravilhosos, deixados nas páginas do Livro Sagrado. Amo e quero servir a Jesus todos os dias da minha vida.

 

Já experimentaste como é bom e reconfortante termos um Deus poderoso a quem recorrer quando Satanás manda tempestades à nossa vida ou põe grandes pedras (como as do sepulcro) no nosso caminho? - "Senhor, salva-nos, que perecemos", e logo ouvimos  a Sua suave voz: - "ventos e águas tenebrosas, aquietai-vos...", vindo a bonança, a calma e a paz aos corações!

 

Ele tira os escolhos do nosso caminho. Ele acalma as tempestades da vida. Ele acaba com o stress, os problemas que nos afligem.

 

É bom ter Jesus connosco. É muito bom servir a Jesus, porque Ele nunca nos desilude. Ele é fiel, justo, amoroso e também disciplinador para que não nos tresmalhemos do rebanho.

 

Ouçamos a Sua chamada e respondamos-Lhe com prontidão. Ele nos usará como reflectores da Sua luz, como arautos da Sua Santa Palavra. Seremos bênção, luz, água, pão e vida para o mundo perdido.

 

Vais a Jesus ou ficas nas mãos e ao serviço de Satanás? (João 3:36). Eu já fiz a minha decisão há 64 anos. Falo com conhecimento de causa. Vale a pena seguir e servir a Jesus.

publicado por archote às 07:02

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 23 de Junho de 2014

MANDO-TE ONÉSIMO, QUE GEREI NAS MINHAS PRISÕES

Filemon 1:10                                                  Filemon 1:9-21

 

Hoje vamos pensar no facto de Paulo estar preso em Roma, mas a sua boca não estar calada. Ele não podia estar sem falar do Evangelho. "Ai de mim se não anunciar o Evangelho".

 

Nas suas prisões, além da guarda pretoriana, a quem falou do amor de Cristo, ganhando para o Senhor muitos dos seus soldados, também ganhou Onésimo para o Evangelho.

 

Não sabemos como Onésimo entrou em contacto com Paulo. O que sabemos é que isso aconteceu, e o apóstolo gerou-o para Cristo, levando-o à salvação.  Deus escreveu direito por linhas tortas. Onésimo fugiu de casa do seu senhor (e isso era crime de morte), foi para Roma, ali encontrou a vida verdadeira e agora voltava de livre vontade para Filemon. O que o Evangelho pode fazer! O Evangelho é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que neleê. O Evangelho muda as vidas, muda as vontades, muda as mentalidades.

 

O que Onésimo não queria  antes, agora, com o Evangelho, queria de coração. Que mudança de vida! O Evangelho também mudou a tua vida? Se não mudou, talvez seja tempo de parares, para veres se, de facto, tens o Evangelho de Cristo.

 

Onésimo era muito útil a Paulo, em Roma. Mas o apóstolo mandou-o, com muito amor, a Filemon. O seu a seu dono. A mensagem bíblica requer a reposição da justiça e da honestidade. Onésimo voltou, não como escravo de Filemon, mas como seu irmão,e escravo de Jesus.  

 

O que o Evangelho é capaz de fazer! É poder de Deus para fazer todos estes milagres. Que milagre fez o Evangelho na tua vida?

 

Pensemos agora no que teria sido o encontro do escravo Onésimo com seu senhor. Confissão de pecado, aceitações, reconciliação, amor fraternal.

 

É assim a reconciliação dos crentes em Jesus - alegria, paz e amor.

publicado por archote às 07:08

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 22 de Junho de 2014

PEÇO-TE POR MEU FILHO ONÉSIMO, QUE GEREI NAS MINHAS PRISÕES

Filemon 1:10                                    Filemon 1:9-21

 

Não é costume falar-se da carta a Filemon. Talvez por serem apenas 25 versículos e de conteúdo quase pessoal.

 

No entanto, falar das suas personagens e, particularmente, do escravo Onésimo é gratificante, não só pela ternura dos termos usados e da história contada, mas também pelas pessoas que nela entram. 

 

A carta foi escrita por Paulo, na prisão de Roma, onde se  considerava prisioneiro de Cristo e não do imperador romano. O apóstolo combateu e venceu o bom combate.

 

Esta mensagem é dirigida a Filemon (nome que significa amante),  que foi um bom cooperador de Paulo na Igreja dos Colossenses.  Foi um bom e fiel trabalhador na Obra de Cristo e disso Paulo dá aqui testemunho. Era um homem de amor, de fé e de comunicação da mensagem de Jesus.

 

Que bom termos na Igreja bons colaboradores, como Filemon. Um homem disponível para receber os santos em sua casa e expandir, a partir dela, o bom cheiro de Cristo.

 

Filemon era casado com Afia (cujo nome significa remida, talvez por ter sido escrava resgatada ou, então, uma referência ao seu novo nascimento em Cristo). Este casal tinha um filho, Arquipo. Era uma família cristã de que Paulo se orgulhava.

 

Filemon devia ter alguns escravos. Um dia, em deles fugiu e fez a viagem para Roma, onde passou a fazer parte de uma grande quantidade de foragidos, que viviam na capital do império. Quis Deus que este escravo ouvisse o Evangelho e se tornasse amigo de Paulo.

 

Criou-se, então, uma situação complicada, tanto para Onésimo, o escravo, como para Paulo. Para Onésimo porque, como pessoa arrependida, devia voltar para Filemon. É isto que se chama arrependimento.  Para Paulo porque não queria, como cristão e, ainda mais, amigo de Filemon,  ficar com um escravo que não era seu.

 

Pela honestidade do Evangelho, Onésimo iria voltar para Filemon e Paulo ficaria mais só.

 

Mas, o Evangelho é honestidade, verdade, confissão de pecado. A expressão mais alta da vivência do Evangelho, vêmo-la aqui. Devemos imitá-la, pois só isto é Evangelho e vida cristã.

 

                                                                         (Continua)

publicado por archote às 07:03

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 21 de Junho de 2014

A FÉ É O FIRME FUNDAMENTO DAS COISAS QUE SE ESPERAM E A PROVA DAS QUE SE NÃO VÊEM

Hebreus 11:1                                              Hebreus 11:1-6

 

Alguém disse, certo dia: - "Empreendei grandes coisas para o Senhor e o Senhor vos fará realizar grandes coisas para glória do Seu Nome".

 

Ao lermos este texto da definição da fé, somos empolgados a empreender grandes coisas para Deus, como, por exemplo, no campo de missões, no campo da beneficência e da solidariedade social, na área da cultura, etc., porque sabemos que, pela fé, realizaremos grandes coisas para glória de Deus.

 

Olhamos para o que fizeram Noé, Abraão, José, Moisés, Raab (a prostituta de Jericó), Gedião e tantos outros, que saltaram muros, fizeram proezas grandiosas, e,  pensamos, nós, que temos muito mais luz do que eles tiveram, o que é que temos empreendido para Deus?

 

Há que exercitar a nossa fé para que não se extinga, mas viva e produza frutos de glória para Deus. Ponde a vossa fé em Deus e pedi e dar-se-vos-á (como aconteceu com Ana - I Samuel 1:12-17, 26-28); buscai e achareis (como Simeão - Lucas 2:25-29); batei e abrir-se-vos-á (como aquela mulher que pedia justiça - Lucas 18:1-8).

 

Amigos, quando tudo vem abaixo pelos temporais da vida, a casa construída na Rocha, por meio da fé, fica firme. Podem soprar os ventos, cair as chuvas, correr os rios, que a casa, firmada pela fé em Jesus, prevalecerá.

 

Onde está firmada a tua fé? No dinheiro? No mundanismo? Na glória ou na fama? Tudo isso ruirá com grande estrondo.

 

Só a fé firmada em Jesus vale a pena, pois nada a poderá fazer cair.

publicado por archote às 07:04

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds