Segunda-feira, 21 de Julho de 2014

SIM, SENHOR, TU ÉS O CRISTO, AQUELE QUE HAVIA DE VIR AO MUNDO

João 11:27                                                      João 11:23-28

 

Marta disse "sim a Jesus. Não o disse de ânimo leve, como tantas vezes se faz, mas disse-o de coração. "Sim, Senhor, eu creio. Creio que Tu és o Filho de Deus". Creio que Tu és o Messias prometido para vir ao mundo preparar para Si um povo especial. "Senhor Jesus, eu creio em Ti"!

 

E tu, que me lês, podes dizer o mesmo que Marta? És tu um verdadeiro filho de Deus, por creres em Jesus ou és um daqueles que dizem que crêem com a boca, mas cujo coração está longe de Jesus? Crês em Jesus como Senhor e Salvador ou apenas crês nos bens materiais, nas vestes faustosas, na glória deste mundo, na ilusão do hoje que não deixa nada para o futuro? Eu creio em Jesus e isso dá-me tanto gozo, felicidade, certeza de vida, que não poderia viver sem esta fé n'Ele.

 

Também sei, e tenho consciência disso, que sou um pecador, que muitas vezes ofendo a meu Senhor. Faço o que não Lhe agrada. Mas cedo tomo conhecimento do meu pecado, confesso-Lho e logo sinto o Seu perdão, pois Jesus é Deus amoroso e misericordioso para com todos aqueles que O amam e d'Ele se aproximam, arrependidos e contritos. Nunca durmas sobre os teus pecados. Confessa-os, arrepende-te e fica perto d'Ele, como Salvador único, como amigo sem igual.

 

É tão bom servir ao Senhor Jesus e gastarmo-nos na Sua Obra. Lembremo-nos que Ele é recompensador (I Coríntios 15:58). Seguir ao Senhor Jesus é um acto de fé, um caminho de liberdade. É ter uma vida com rumo e direcção certos.

 

Obedecer-Lhe, servi-lO e trabalhar para Ele é uma honra e deve ser também um compromisso, assumido com responsabilidade, até que Deus nos chame à Sua glória.

 

Diz "Sim" a Jesus. Compromete-te com Ele e das Suas mãos receberás a coroa da vida.

publicado por archote às 07:05

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 20 de Julho de 2014

VOSSOS PAIS COMERAM O MANÁ NO DESERTO

João  6:31                                       João 6:31-35           

 

O maná foi um milagre de Deus para sustentar o Seu povo, peregrino durante cerca de quarenta anos. Nunca falhou, nunca se deteriorou, senão aos sábados, quando os egoístas e gananciosos colhiam mais do que podiam consumir. "Tinham mais olhos que barriga".  Ertam egoístas. Queriam tudo só para si. Deus  pune o egoísmo e a ganância.

 

O maná era uma semente esbranquiçads, miúda e semelhante às sementes de coentros, que todas as manhãs Deus fazia   descer sobre a terra. Ao sábado não havia maná na terra.  Era o dia do Senhor, o dia de descanso, por isso, o povo devia colher na sexta feira uma porção dobrada, para também ter no dia de sábado. De semana, quem, na sua ganância, colhesse demais, ,o mesmo estragava-se e ficava cheio de bichos, mas a porção do sábado era preservada por Deus. Nós temos um Deus que pensa e que faz. Não é como os ídolos de madeira, prata ou ouro.

 

Este foi o pão que Deus mandou do céu para sustentar o Seu povo. Mas, no tempo determinado, quando entraram na "terra da promessa", acabou para todos. Ali, era preciso trabalhar para comer. Deus não ajuda preguiçosos .

 

O maná que caía do céu, durante quase quatro décadas,  era um protótipo do verdadeiro pão do céu que veio poara saciar a fome de todas as nações, em todos os tempos - JESUS. Ele disse: - "Eu Sou o pão da vbida. Aquele que vem a Mim nunca mais terá fome e aquele que crê em Mim nunca mais terá sede" (João 5:35).

 

Infelizmente, como os israelitas que então enfastiaram o maná e o desprezaram, também hoje o mundo prefere as viandas venenosas  do mundo ao pão vivo que Deus mandou do céu - o Senhor Jesus.

 

A Palavra feita carne (Jesus) é proveitosa para ensinar, corrigir e instruir o homem nos caminhos da verdade e da justiça.

 

O mundo está com  fome. O que lhe estamos a dar? Novas filosofias, novas religiões, novos deuses - como a fama, o dinheiro, os divertimentos, o sexo? Isso é "acrescentar a fome à vontade de comer".

 

Só Jesus é o  pão que satisfaz. Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo.                           

publicado por archote às 07:07

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 19 de Julho de 2014

SENHOR... OUVI A TUA VOZ NO JARDIM E TEMI

Génesis 3:10                                            Génesis 3:8-10

 

Ouvir a voz de Deus é a coisa mais doce que existe. Foi assim com Abraão (Génesis 12:1-3), com Moisés (Êxodo 3:4; 20:1-12), com Samuel (I Samuel 3:4, 8, 10), com Saulo de Tarso (Actos 9:4-5). Quantas mensagens, quantos desafios, quanta orientação, quanto conforto e quanto amor demonstrados.

 

É bom estarmos alerta para ouvirmos a voz de Deus, que pode vir a nós de várias maneiras. Particularmente, lendo e meditando a Palavra. Deus tem projectos para nós. É preciso estarmos atentos.

 

Adão ouviu a voz de Deus porque a sua consciência já não estava em paz com Deus. Adão tinha pecado. No seu íntimo, ele já não tinha  paz com Deus. Foi aí que o Senhor veio ao seu encontro. "Adão, Adão, onde estás?" Deus bem sabia onde ele estava.  Sabia que ele estava tolhido pelo pecado. Tinha-se escondido no arvoredo, como se isso o pudesse esconder de Deus.

 

Deus sabe sempre onde estamos. Na verdade, só há dois lugares onde podemos estar - escondidos no folhelho do pecado (nas árvores que ainda mostram mais a nossa nudez, o nosso estado de miséria) ou, então, estamos libertos, salvos, livres em Cristo, o Salvador.

 

Tu, onde estás? Na lama do pecado ou na liberdade que Cristo dá? Onde estás? Morto no pecado (Romanos 3:23; 6:23) ou salvo em Cristo e por Cristo Jesus, o Salvador? (Tito 2:4-5)

 

Adão estava em pecado (no pecado) e, por isso, quando ouviu a voz de Deus, pela viração da tarde, fugiu e escondeu-se. Teve medo de Deus. Tomou a pior opção. Aquela que, infelizmente, ao longo dos tempos, milhões e milhões têm tomado. Deus é um Pai misericordioso, pronto a perdoar e a abraçar-nos de novo.  Não precisamos de ter medo. Temos que nos chegar a Ele, confessar-Lhe os nossos pecados, arrependidos e contritos, e crer no seu amor. Ele nos vestirá. Não com vestes de  peles de animais do campo, mas com vestes de glória, para podermos viver na Sua presença.

 

Não temas pelo pecado que te atormenta. Vai ao Pai pelo único Mediador entre Deus e os homens.  Confessa-te, arrepende-te, crê na graça de Cristo e nunca mais haverá medo do pecado, pois Cristo já venceu o pecado e a morte na Sua cruz de redenção.

 

Onde estás? Em Cristo, salvo e protegido, ou sem Cristo, perdido e condenado à morte eterna?

publicado por archote às 07:01

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 18 de Julho de 2014

UMA FILHA DE LEVI CONCEBEU E DEU À LUZ UM FILHO

Êxodo 2:1-2                                                Êxodo 1:15 - 2:2

 

Não era permitido às mulheres hebreias terem filhos. Se os tivessem, seriam lançados ao rio (Êxodo 1:22).

 

Joquebede, mulher de Anrão, da tribo de Levi, concebeu e deu à luz um filho. Vendo que era formoso, escondeu-o por três meses, não o lançando ao rio para morrer afogado. Havia de o colocar no rio, mas sob uma estratégia previamente estudada.

 

Deus ilumina aqueles que n'Ele confiam, para cumprir os Seus planos. Deus tinha um grande plano para Moisés (tirado das águas), não deixou que ele morresse. A mãe escondeu-o por três meses, enquanto preparava convenientemente uma arca de juncos, devidamente betumada, para que a água não entrasse.

 

Depois, Joquebede esperou o momento em que a filha de Faraó e as suas aias iriam tomar banho, para colocar ali perto a "arquinha" com Moisés. Sendo visto pela princesa, esta logo o adoptou como seu filho. 

 

Mas o plano não acaba aqui. Miriam, irmã mais velha de Moisés, estava à espera para ir junto da princesa oferecer-se para arranjar uma ama para o bebé. E que melhor ama Miriam poderia arranjar do que a própria mãe dele?

 

Tudo estava feito para que Moisés passasse os seus primeiros anos de vida no palácio de Faraó aprendendo a língua e a cultura egípcia. Deus faz tudo bem feito! Deus estava a abrir o caminho da libertação do Seu povo.

 

Este texto fala-nos da coragem de Anrão e de Joquebede. Os que esperam no Senhor têm que ser ousados, corajosos e inteligentes para se integrarem nos planos libertadores do Altíssimo. Ninguém pode frustrar os planos de Deus. Nem "Faraós", nem "cananeus", nem "Nabucodonosores", nem "Césares Augustos", nem "Hitleres", nem ninguém. O que Deus quer acontece, custe o que custar. Neste caso, pela coragem e perspicácia da família de Anrão, Deus libertou e salvou Moisés.

 

Vejamos como Deus fez gorar os planos assassinos de Faraó através das parteiras.  Estas foram movidas por Deus a dizerem: - as mulheres hebreias não são como as egípcias... não precisam de nós (Êxodo 1:19).

 

Atenção! O diabo ainda não acabou os seus planos estratégicos e assassinos para desfazer os bons planos de Deus, conduzindo todos a não crerem no Altíssimo, morrendo condenados ao inferno. Mas, como ele falhou em relação a Moisés, porque a sua família temia a Deus, ele falhará em relação a todos os que crerem em Jesus como seu Salvador.

publicado por archote às 07:03

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quinta-feira, 17 de Julho de 2014

SAÚL ENVIOU MENSAGEIROS A JESSÉ, DIZENDO: ENVIA A DAVID

I Samuel 16:19                                                I Samuel 16:5-13

 

A história de David parece um conto de fadas que se tornou realidade. Ele, o filho mais novo de Jessé, que cuidava das ovelhas nas cercanias de Belém, foi um dia chamado pelo profeta Samuel, para, de entre os seus oito irmãos, ser ungido rei de Israel.  De pastor a rei. Quantos obstáculos, quantas lutas, invejas, ameaças de morte, mas, finalmente, depois de muitos anos, ele chegou, de facto, ao lugar para que Deus o tinha escolhido.

 

Os planos de Deus nunca falham. Dão sempre certo. Mesmo contra toda a argúcia e maldade de Satanás. É assim connosco. Como ovelhas de Jesus, o Bom Pastor,  ninguém nos arrebatará da Sua mão. Aleluia!

 

Já pensaste no plano que Deus tem para a tua vida?  É preciso pensar, lutar e tudo fazer para que, neste mundo, andemos como  Ele andou e demos testemunho do Seu poder de salvar e do Seu desejo de sermos santos, como Ele santo é. Talvez seja preciso lutar para atingir o alvo para o qual corremos, mas vale a pena lutar contra tudo e contra todos. Duma coisa podemos estar certos - Ele está connosco para nos guiar e alentar.

 

Não há muito tempo, numa das minhas noites de insónia, vim para o meu escritório dar continuidade aos meus trabalhos, na feitura do nosso jornal "Archote". A janela para a rua estava entreaberta e via-se perfeitamente, da rua, a luz do escritório.

 

Então, o telefone tocou. Atendi imediatamente.

 

- Pastor, o irmão está no seu escritório?

- Sim, estou aqui a escrever.

- Será que me pode ajudar?  Estou em grande aflição. Até já tentei pôr termo à vida. Saí de casa, vi a luz no seu escritório e resolvi telefonar a pedir ajuda.

- Com certeza. Que posso fazer? Quer que chegue aí?

- Não, pastor. mesmo pelo telefone pode dar-me uma ajudazinha. Bebi umas cervejas a mais e, quando cheguei a casa, a minha esposa zangou-se, chamou-me bêbedo, gastador, irresponsável...

- Bem, tudo isso é verdade. Aclare as suas ideias e peça-lhe perdão.

- Sim, era esse o caminho. Mas eu também me exaltei, empurrei-a e ela bateu com a cabeça numa cómoda e está inanimada... desmaiou.

- Então, chame uma ambulância e leve-a para o hospital. Lá, certamente, tratarão melhor a sua esposa.

- Mas, eu tenho vergonha... e se eu a matei...

- Devia ter pensado nisso antes, não beber tanto e não agredir a sua esposa. Chame a ambulância, mas, entretanto, ponha-lhe "pachos de água fria"  no lugar onde ela bateu. Pode ser que ela volte a si e não seja preciso mais nada...

 

Daí por uma meia hora o telefone volta a tocar e eu atendi. Era o meu amigo de novo.

 

- Pastor, não foi preciso a ambulância. Ela já voltou a si.

- E, ao menos, já lhe pediu perdão desse crime que cometeu?

- Eu não sou nenhum assassino. Só bebi um pouco mais.

- Mesmo assim.

- Já lhe pedi perdão. Ela perdoou-me e eu prometi que nunca mais volto a beber.

 

De facto, o casal voltou a viver em harmonia e a senhora até passou a ir à igreja.

 

Foi de uma forma dura, mas foi a maneira que Deus permitiu para a salvação daquela senhora.

 

"Os Meus pensamentos não são os vossos pensamentos". Os desígnios de Deus são insondáveis. Há que aceitá-los.

publicado por archote às 07:05

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 16 de Julho de 2014

TE LOUVAREI... QUANDO MEDITAR EM TI, NAS VIGÍLIAS DA NOITE

Salmo 63

 

Todo o ser humano devia estar em contínuo louvor ao Altíssimo, pois fomos criados para o louvor da Sua glória (Efésios 1:6). Infelizmente não é assim. Há milhões e milhões que não se lembram que Ele existe, senão quando estão em aflição. Apenas uns quantos, nestes mais de 7 biliões de almas que existem no mundo, O louvam com o coração.

 

Nem sabem quanto perdem os que não adoram ao Senhor.

  • Quando vejo os céus, obra das Tuas mãos  \
  • Quando vejo as estrelas que Tu preparaste /  Salmo 9:13
  • Quando vejo os céus que manifestam a glória de Deus  - Salmo 19:1-2
  • Quando vejo o firmamento que anuncia a obra das Tuas mãos
  • Quando vejo a imensidão do mar, ora manso como um cordeiro, ora rugindo como um leão
  • Quando vejo o sorriso de uma inocente criança
  • Quando vejo o surgir das estações do ano e a beleza de cada uma
  • Quando penso na geração de uma criança... homem de amanhã
  • Quando penso que Deus amou o mundo de tal maneira que deu o Seu Único Filho para morrer pelos nossos pecados
  • Quando penso na disponibilidade de Jesus para morrer  na vergonhosa cruz por mim
  • Quando penso no milagre da ressurreição
  • Quando penso que amanhã Deus criará novos céus e nova terra para Seus filhos nela habitarem eternamente,

caio de joelhos em santa adoração a Deus, porque olhou com amor para nós e fez tudo isto para nossa redenção.

 

Pára, reflecte, ora e louva a Deus pelo Seu tão grande amor.

 

 

publicado por archote às 07:01

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 15 de Julho de 2014

JESUS APARECEU-LHES E DISSE: PAZ SEJA CONVOSCO

Lucas 24:36                                                      Lucas 24:36-41

 

Este mundo está em guerra - guerra entre as nações, guerra entre famílias, guerra entre os grupos religiosos. É um tempo de guerra por todo o lado e de todo o tipo e feitio.

 

Nunca foram tão oportunas as palavras de Jesus - PAZ SEJA CONVOSCO (esteja entre vós todos). "A Minha paz vos dou. Não vo-la dou como o mundo a dá, não se turbe o vosso coração, nem se atemorize" (João 14:27)

 

O mundo assina tratados de paz, para logo os violar. Assina-os mesmo com segundas intenções. A paz que Jesus nos dá, se a quizeremos aceitar e viver, é para sempre. É mesmo uma paz diferente de todas as outras, na sua natureza, no seu alcance, na sua eternidade. Basta que deixemos o nosso egoísmo e a aceitemos com o propósito de vivermos nela.

 

Quando Jesus proferiu as palavras do nosso texto de hoje, os discípulos estavam escondidos, cheio de medo dos judeus, dos romanos, dos inimigos. Os seus corações não estavam em paz. Eles estavam em constante sobressalto.

 

Mas, mesmo com as janelas e as portas bem trancadas, Jesus apareceu no meio deles. Que grande sobressalto! Seria um fantasma? Seria algum "infiltrado"? Haveria entre eles um traidor? Mas, logo as palavras de Jesus os tranquiliza - PAZ SEJA CONVOSCO... Vede os Meus pés e as Minhas mãos. Apalpai-Me e vede que não sou nenhum espírito, mas EU MESMO. 

 

Os discípulos creram em Jesus. Foram pacificados no coração. Ouviram, com alegria, a mensagem que Jesus tinha para eles, conferindo-a nos seus corações com as profecias (v. 46) e obedeceram ao Mestre, ficando em Jerusalém até que do Alto foram cheios do Espírito Santo.

 

Ouçamos, pela fé, as palavras de Jesus. Confiramos o que d'Ele está escrito e obedeçamos-Lhe de alma e coração e também nós teremos paz  SUA DOCE E SANTA PAZ.

publicado por archote às 07:04

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 14 de Julho de 2014

A MINHA GRAÇA TE BASTA

II Coríntios 12:9                                   II coríntios 12:7-10

 

O capítulo 12 de II aos Coríntios é um dos capítulos mais extraordinários saídos do coração e da pena de Paulo. Relata uma visão celestial que o apóstolo teve, em que foi arrebatado até ao terceiro céu, ao paraíso de Deus, onde ouviu palavras de  inefável gozo, que o homem não é capaz de trazer para a linguagem humana (não é lícito falar).

 

Paulo podia gloriar-se desta visão maravilhosa, podia tornar-se grande aos olhos dos homens por este privilégio que Deus lhe dera, mas ele preferiu falar das suas fraquezas, dos seus problemas e lutas!

 

Que homem extraordinário este que preferiu falar do seu "espinho na carne", do "esbofetear de Satanás", das suas lutas com Deus, em oração. Tinha orado três vezes para que Deus lhe tirasse aquele espinho (talvez um problema na vista  - Gálatas 6:11), mas Deus não respondeu como ele queria, curando-o.

 

Não. Paulo ficou com o mesmo problema (talvez por toda a vida). Contudo, Deus respondeu à sua oração - "A Minha graça te basta, porque o Meu poder se aperfeiçoa na fraqueza".

 

Paulo não recalcitrou com esta resposta, antes se alegrou, dizendo, agradecido, a Deus "de boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Deus. Eu até sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas perseguições, nas angústias, por amor de Cristo, porque quando estou fraco (humilde, arrependido) então estou forte" (II Coríntios 12:9-10).

 

Nós, como é que reagimos quando Deus (para nosso bem)  diz não aos nossos pedidos? Pensai que Ele sempre quer o nosso bem e quando responde não é porque a nossa oração não é segundo a Sua vontade, nem para nosso bem (Lede Romanos 8:28).

 

Pensa nestas palavras de Jesus, quando tudo não te correr bem na vida - "A MINHA GRAÇA TE BASTA".

publicado por archote às 07:08

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 13 de Julho de 2014

AQUELE QUE VEM DE CIMA É SOBRE TODOS

João 3:31                                                   João 3:30-36

 

Sobre Jesus há as mais diversas opiniões. Desde o Santo dos santos, ao enganador, ao desordeiro, ao malfeitor digno de ser crucificado, ao explorador da ingenuidade das gentes.

 

Contudo, uma coisa é certa "Aquele que veio de cima é sobre todos". Ele veio do céu, os anjos o afirmaram (Lucas 2:11), portanto, é digno de adoração, louvor e exaltação.

 

Ele veio do céu para testificar tudo aquilo que viu e ouviu, mas os homens, ocupados com seus negócios (tantas vezes sujos), com seus casamentos, com suas compras  neste mundo, não têm tempo para aceitar o convite de Jesus e ouvirem a mensagem de Deus.

 

Que pena! Ficam nas trevas (Ele é a luz do mundo), ficam famintos e na miséria (Ele é o pão da vida), ficam desgarrados (Ele é o Bom Pastor, que dá a Sua vida pelas ovelhas).

 

Ele é o caminho, a verdade e a vida (nós estamos desgarrados na mentira e mortos em nossos pecados). Ele é a ressurreição e a vida (e nós permanecemos  nos nossos pecados). Porquê tanta dureza de coração?

 

Ele veio de cima para nos convencer da nossa situação de perdidos, despertar-nos do sono do pecado e levar-nos para o Pai, de quem nos afastámos, enganados pelo pai da mentira - Satanás.

 

Ouvi, agora, a voz do Bom Pastor, que brada no deserto e na noite da escuridão do pecado - "Vinde a Mim todos que estais cansados e oprimidos e Eu vos aliviarei... vinde, porque o Meu fardo é leve e o Meu jugo suave" (Mateus 11:28-30).

 

Segura a corda que Deus te envia  - Jesus, que veio de cima - e sai do pântano do pecado para a segurança eterna. Só Ele pode salvar e transportar da morte para a vida (João 6:23).

publicado por archote às 07:04

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 12 de Julho de 2014

OUTROS EXPERIMENTARAM ESCÁRNIOS, AÇOITES, PRISÕES, APEDREJAMENTOS, SERRADOS, MORTOS... MAS TODOS ELES FORAM FIÉIS

Hebreus  11:37-38                                    Hebreus 11:36-40

 

Este trecho é o epílogo de uma longa descrição dos heróis da fé, que, muitos embora mortos, receberam de Deus a providência para seus sofrimentos e a graça de alcançarem a vida eterna.

 

Embora mortos às mãos dos homens, tantas vezes ditos e assumidos como religiosos, suas vidas ainda falam da verdadeira fé. O seu testemunho não morreu. Passaram os anos, os séculos e os milénios, mas ainda hoje falam do que é ter verdadeira fé em Deus. "A fé é o firme fundamento das coisas que se esperam e a prova das coisas que não se vêem" (Hebreus 11:1).

 

O escritor aos Hebreus fala-nos, neste capítulo 11, de uma longa lista de pessoas que esperaram e aguentaram a prova da sua fé, quer esperando e vendo o impossível tornar-se possível, quer confiando em promessas de Cristo e por elas  dando as suas vidas, vencendo reis, fechando a boca a leões, apagando a força do fogo, escapando ao fio da espada, da fraqueza tirando forças, pondo em fuga exércitos...

 

Pela fé tudo venceram. Jesus disse "se tiverdes fé como um grão de mostarda direis a este monte muda-te daqui para além e isso se fará". A fé remove montanhas, atravessa rios, dá  pão a multidões de famintos. Pela fé temos força para vencer o príncipe do mal, ainda que, para isso, tenhamos que dar este corpo mortal. Pela fé não tememos os que matam o corpo, mas servimos e obedecemos a quem nos alimenta a alma e dá vida espiritual.

 

Os que nos antecederam venceram pela fé em Jesus. Nós venceremos se tivermos fé real na Sua Pessoa divina. Pela fé venceremos tentações, tribulações, perseguições, problemas, como o desemprego, o relacionamento com os filhos, as dificuldades conjugais. Nada ficará se tivermos fé em Jesus, ao menos do tamanho de um grão de mostarda.

 

A fé traz-nos a paz com Deus, a paz connosco próprios e com a nossa própria consciência e a paz com o nosso próximo. A fé em Jesus é a porta para a paz e para a verdadeira felicidade.

 

Reparai que estamos a falar de uma fé em Jesus, como a descrita em Hebreus 11:1, João 4:50, Actos 16:32-24...) e não de uma crença supérflua, de uma "fezada", de uma fé que é agora, mas amanhã já não é. Falamos de uma fé real, firme e permanente. De uma fé que vem pelo ouvir e cumprir a Palavra de Deus.

 

Olhemos para os heróis da fé de Hebreus 11 e sigamos-lhes as passos, mesmo que seja necessário morrer.

publicado por archote às 07:01

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds