Quinta-feira, 21 de Agosto de 2014

ATÉ QUE TODOS CHEGUEM À ESTATURA... DE CRISTO

Efésios 4:13                                          Efésios 4:12-16

 

Nascemos em Cristo para crescer, amadurecer e glorificar ao nosso Salvador pelos frutos da nossa nova vida como filhos de Deus. Outra fórmula está errada.

 

Uma vez nascidos na família de Deus, pelo poder do Espírito Santo, temos que nos alimentar, com o "leite racional, não falsificado" que é a Palavra de Deus. O salvo jamais deve deixar de se alimentar com o alimento disponibilizado por Deus, para que dê fruto na estação própria, que não virá antes nem depois do tempo, para que seja de boa qualidade.

 

O nosso crescimento espiritual deve ser constante e progressivo para que todos vejam  que é Cristo que vive em nós e não o velho homem, corrupto, com suas ambições iníquas. A meta do crescimento espiritual é a estatura do varão perfeito, que é Cristo Jesus.

 

Qual tem sido o nosso nível de crescimento? O que é que temos aproveitado do alimento vivo que desceu do céu e dos mananciais divinos que brotam da Rocha viva?

 

A reabilitação da raça humana só é possível quando o homem se alimenta da Palavra que sai da boca de Deus e que é proveitosa para ensinar, corrigir e instruir em justiça. Isto implica, para os crentes, esforço, testemunho, trabalho. É que nós não fomos feitos filhos só para termos privilégios, comodismos, mas para vivenciar Jesus em nossas vidas, de tal forma que o corpo de Cristo seja edificado.

 

Estamos edificando o corpo de Cristo ou estamos só interessados no nosso "ego"? É indispensável o nosso relacionamento especial com Cristo, para O conhecer e cumprir os desígnios de Deus em nós.

 

Nosso alvo deve ser o próprio Deus, a Sua glória, o Seu louvor e o conhecimento da Sua graça neste mundo.

 

Será essa a medida porque estamos avaliando o nosso crescimento espiritual?

publicado por archote às 07:03

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 20 de Agosto de 2014

DEIXE O ÍMPIO OS SEUS CAMINHOS... E CONVERTA-SE AO SENHOR

Isaías 55:7                                       Isaías 55

 

Eis a necessidade principal de todo o homem que há debaixo do céu - deixar os seus maus caminhos, os seus pensamentos peçonhentos e converter-se ao Senhor Deus, que grandioso é em perdoar e afastar para o esquecimento todo o pecado.

 

O texto de Isaías 55:7 descreve o processo de uma verdadeira conversão - reconhecimento do pecado, peso e arrependimento do mesmo, confissão ao Único Deus que pode perdoar os pecados, e fé no perdão que de Deus vem.

 

Isto não mete religião, nem filosofias de vida, nem boas obras, nem cabalismos e bruxarias. Isto é apenas - "entrega o teu caminho ao Senhor, confia n'Ele e Ele te fará um filhinho do céu". Deus faz tudo em nós - transmuda, purifica e prepara para uma sã vivência com Deus.

 

A razão humana não compreende isto ( não admira, vem do Deus inescrutável), mas esta é a verdade - ou o homem se volta para Deus e deixa os seus pecados ou permanece na situação de perdido para sempre. Não há meios termos. Não há estado intermediário (purgatório). Ou céu, pela graça de Deus, ou a perdição, pela rejeição do plano de Deus. Qual é a tua posição neste momento? Salvo ou perdido? Convertido e regenerado ou permanecente em teus pecados e morte eterna?

 

Deus amou o mundo de tal maneira que mandou o Seu Filho ao mundo para resolver o problema do pecado. O homem teima em permanecer em seus pecados. Onde outra solução? Só Jesus é a solução para o problema humano. Jesus é o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. Porque esperar para aceitar o plano proposto por Deus? "Deixe o ímpio os seus caminhos e o homem maligno os seus pensamentos e se converta ao Senhor", que se compadecerá, perdoará e salvará de todo o pecado.

 

"O sangue de Jesus Cristo, o Seu Filho, nos purifica de todo o pecado". "Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo" (Actos 16:31). "A mão do Senhor não está encolhida para que não possa salvar, nem o Seu ouvido agravado para que não possa ouvir" (Isaías 59:1). "Eu Sou a ressurreição e a vida. Quem crê em Mim, ainda que esteja morto viverá... Crês tu isto?" (João 11:25-26).

 

Eis aqui o caminho, a verdade e a vida. Só por este caminho (Jesus) poderás ir ao Pai e gozar a Sua graça.

 

 

publicado por archote às 07:09

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 19 de Agosto de 2014

SE A VOSSA JUSTIÇA NÃO EXCEDER A DOS ESCRIBAS E FARISEUS...

Mateus 5:20                                                Mateus 5:17-25

 

Os salvos não podem fingir que são filhos de Deus. Têm que prová-lo pelas suas obras. Não pode ser simulação de boas obras, mas práticas que honrem a Deus e dêem testemunho aos homens. Nada  de hipocrisia.

 

A única coisa que é melhor que agir com rectidão é ser recto. Jesus veio inculcar nos Seus filhos um novo sentido de justiça e rectidão que excede a "justiça dos fariseus". Agora, ou somos fariseus hipócritas e mentirosos ou somos filhos de Deus, em quem habita a justiça.

 

O que é que nós somos de facto? - Quem quiser ser Meu discípulo despoje-se do velho fariseu hipócrita, toma cada dia a cruz da verdade, da santidade e do amor e siga-Me. - Seja não mais um seguidor de "meia tijela", mas um cristão de corpo inteiro.

 

Jesus disse de Si mesmo que era a luz do mundo, o caminho para o céu, a verdade indesmentível e a vida que não acaba. Temos a responsabilidade de representar um Senhor e Mestre desta estirpe.

 

Temos que exceder a justiça dos escribas e fariseus, cuja vida era uma encenação do princípio ao fim, para demonstrarmos que somos filhos e não bastardos, que não herdarão o reino de Deus.  Deus quer mais de mim e mais de ti. Jesus tocou o intocável do mundo. Nós temos que nos disponibilizar para O imitarmos.

 

Claro que todos nós somos pecadores e jamais devemos deixar que o orgulho nos encha da ideia que podemos ser tão justos e puros como Jesus. Mas, pelo menos, devemos trabalhar para sermos cada vez mais semelhantes ao nosso Mestre - santos, verdadeiros, puros, honestos.

 

A pureza de Deus exige de nós o impossível. E é esse impossível que Jesus quer fazer em cada um de nós - semelhantes a Cristo Jesus, nosso Deus.  Isto não pode ser feito obedecendo a leis, regras e regulamentos das religiões, mas só pela alteração da nossa hereditariedade - regeneração, tornados filhos de Deus pelo novo nascimento. Ele não altera a nossa natureza humana, mas faz-nos igualmente filhos de Deus.

 

Deixemos que o Espírito Santo opere profundamente em nós e, então, a "nossa justiça" excederá a justiça dos fariseus e alcançaremos o Reino de Deus.

 

Muito contente estou,

pois de Jesus eu sou.

P'ra Si me chamou,

por filho tomou.

Feliz, tão feliz eu sou.

publicado por archote às 07:02

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 18 de Agosto de 2014

JESUS PARA NÓS FOI FEITO, POR DEUS, SABEDORIA, JUSTIÇA, SANTIFICAÇÃO E REDENÇÃO

I Corintios 1:3O                                            I Coríntios 1:27-31          

 

Que tesouro imensurável é Cristo para os Seus! Quem O poderá avaliar de facto? Ele foi feito  por Deus, para nós, sabedoria, justiça, santificação e redenção.

 

O Seu valor é de tal maneira grande que não há forma de o medir ou avaliar. Ele é de "tal maneira valioso" que o seu preço excede tudo o que a nossa mente finita pode pensar.

 

Qual das facetas de Cristo terá mais valor? Ser sabedoria infinita? Ser justiça, rectilíneo e incorruptível? Ser santificação plena? Ser redenção?

 

Não sei dizer. Só sei dar graças a Deus por aquilo que Ele é e sempre será para mim. Cristo é tudo para mim. O que é de facto maravilhoso é que todas estas perfeições excelentes que há em Cristo são transmitidas à minha vida. Não pouco a pouco, mas instantaneamente, quando, pela fé, tomo posse da verdade de Jesus.

 

Podemos não ter arranjado lugar em nós para tudo isto que Cristo quer dar-nos (porque duas coisas não podem ocupar simultaneamente o mesmo espaço), mas o mal está em nós. Já o dizia o grande apóstolo Paulo. Portanto, despojai-vos de tudo o que respeita ao velho homem corrompido e renovai-vos de tudo aquilo que é justo, santo, verdadeiro, puro, amável e de louvor para o Senhor. Numa palavra, "sede Santos, como é Santo Aquele que vos chamou das trevas para a Sua maravilhosa luz".

 

De todos os aspectos mencionados no nosso texto, o que mais me enche, neste momento, é o da santificação. O mistério da santificação é o facto da perfeição de Jesus ser  transmitida à nossa vida, pela fé que temos da presença da Sua Pessoa em nós. Ele foi feito santificação, justiça e redenção para nós.

 

O segredo de uma vida santa não é apenas o podermos imitar a Cristo nesta terra, mas permitir que a perfeição (santidade) d'Ele se manifeste em nosso corpo mortal. Jesus foi feito santificação por nós.

 

Tenhamos cuidado, não dando lugar ao diabo para macular este corpo santificado e purificado por Jesus.

 

Jesus não convive com o pecado, nem o pecado com Jesus. São antagónicos.

 

O que é que estamos a mostrar na nossa vida? A santificação de Jesus ou a maldade de Satanás?

publicado por archote às 07:00

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 17 de Agosto de 2014

SERÁ QUE O GAVIÃO VOA PELA SUA INTELIGÊNCIA?

Job 39:26                                               Job 39:19-30                

 

A natureza tem seus mistérios. E que grandes e insondáveis mistérios, ou não fosse  a criação de um Deus cuja sabedoria é infinita e cujo saber é total .

 

Com a pergunta "será que voa o gavião pela sua inteligência, estendendo as suas asas para o sul?", o Senhor Deus chamou a atenção de Job para os maravilhosos e singulares atributos que se encontram na natureza e que, ainda hoje, surpreendem, pela positiva, os homens do século XXI. Deus é grande, omnisciente, insondável em Seu ser.

 

Curvemo-nos diante d'Ele em adoração plena.

 

Quem pôs nas aves o instinto migratório nas estações próprias?  Quem pôs nos ursos polares a necessidade da hibernação no tempo das neves? Como cada um, de espécies diferentes, sabe a hora de partir e a hora de voltar? Como sabem o destino sem se enganarem? Como têm orientação para irem e voltarem? Como conseguem ficar longos períodos sem a alimentação conveniente?

 

Têm-se buscado respostas científicas, mas ninguém as encontra. Nem mesmo com o desenvolver das novas tecnologias se consegue explicar esse milagre.

 

Tuto isso provém do Deus Santo e Omnisciente.   Nós nada somos, nem sabemos, diante d'Ele.  Paremos e agradeçamos, em adoração e louvor.

 

Tudo isto prova a existência de um grande Deus, criador e sustentador  da vida na terra. Ele fez a terra, os planetas e as estrelas, as aves e os monstros marinhos... Ele é Deus que sabe tudo sobre as sua estranhas formas de vida.

 

Tudo é d'Ele. Tudo foi feito por Ele e para Ele. Nós também fomos criados para o louvor da Sua glória. Será que estamos cumprindo a nossa missão?

 

Se ao menos parássemos para analisar como Deus nos ama! Se ao menos reflectíssemos no que Ele providencia para nós! Se ao menos O reconhecessemos como Senhor das nossas vidas e Lhe prestássemos honra e louvor que Lhe são devidos!

 

Oremos agradecidos pelo que Deus é e pelo que Ele faz nas nossas vida.

 

 

publicado por archote às 07:02

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 16 de Agosto de 2014

A GRAÇA DO SENHOR SUPERABUNDOU COM FÉ E AMOR EM JESUS

I Timóteo 1:14                                       I Timóteo 1:12-15

 

Não há pensamento mais maravilhoso e mais rico em conforto do que este de sabermos que a graça de nosso Senhor Jesus Cristo superabundou, pela fé, em nossas vidas. Deus não apenas a fez abundar (a graça), mas a fez superabundar em nós. 

 

Graça é um "favor não merecido" que Deus nos concede, mas, neste caso, que Deus multiplicou muitas vezes, ao grau mais alto, em nós. Que bênção! Que alegria, que vitórias Deus nos concedeu sem que nós para tanto tivéssemos quaisquer merecimentos.

 

Paulo estava considerando o seu passado de blasfemo, perseguidor, opressor, mas a quem Deus expressou a Sua misericórdia, fazendo habitar nele a Sua superabundante graça. A sua religião judaica tinha sido insuficiente, mas a sua fé em Jesus levou-o ao perdão e à maravilhosa graça de Deus.

 

Esta graça também é para ti e para mim e para o mundo perdido e morto em delitos e pecados. Basta que olhemos para Jesus, como Paulo olhou, e logo as riquezas da Sua graça se manifestarão. Pela graça sereis salvos, por meio da fé. Pela graça de Deus ficareis Seus herdeiros e coherdeiros do Senhor Jesus.

 

A fonte para a salvação é a graça de Deus (II Coríntios 8:9). O caminho, ou meio, é a fé na Obra que Jesus fez na cruz do Calvário, onde pagou a pena que nos estava reservada. Os frutos são o amor, a bondade, a longanimidade, a fé, a temperança e a mansidão, pois o Espírito Santo passa a habitar em nós (Gálatas5:22).

 

Queres ser objecto desta superabundante graça de Cristo? Abre o teu coração e aceita-O, pois "esta é uma Palavra fiel e digna de toda a aceitação, que Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal" (I Timóteo 1:15), mas de cujo número tu não podes fugir senão pelo único caminho que é Jesus (João 14:6).

 

Aceitas esta oferta da graça de Deus para fugires à tremenda condenação do pecado? A porta é Cristo (João 10:9) e ainda está aberta.

 

Que Deus te abençoe e ajude a escolher enquanto é tempo.

publicado por archote às 07:01

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 15 de Agosto de 2014

TODOS PERSEVERAVAM EM ORAÇÃO... E MARIA, MÃE DE JESUS, COM SEUS IRMÃOS

Actos 1:14                                             Actos 1:1-14

 

Hoje, segundo o calendário litúrgico da Igreja Católica Apostólica Romana, celebra-se o dia da Assunção de Maria, mãe de Jesus, aos céus, para que o seu corpo não visse a corrupção.

 

As Escrituras Sagradas nada dizem sobre este dogma da Igreja Romana. 

 

Maria de Nazaré foi, de facto, uma grande e santa mulher, que Deus escolheu, na sua juventude, para ser a mãe de Jesus, o Salvador.

  • foi chamada por Deus para essa santa missão
  • foi-lhe dito que a virtude do Altíssimo desceria sobre ela, a envolveria com a Sua sombra, pois o Santo que dela nasceria seria o Filho de Deus (Lucas 1:30-35)
  • Maria aceitou o desafio, não temendo perigos e humilhações, dizendo: - "Eis aqui a escrava do Senhor. Cumpra-se em mim a Tua vontade" (Lucas 1:37-38)
  • Maria visitou sua prima Isabel nas montanhas de Judá (Lucas 1:39)
  • Maria, no seu cântico, reconheceu que era pecadora e que necessitava de um Salvador, logo, não pode salvar ninguém (Lucas 1:46-56)
  • Maria deu à luz o seu filho Jesus, na cidade de Belém (Lucas 2:1-7)
  • Em Belém, ainda no estábulo, Maria viu  que pastores que foram adorar o Menino, por terem sido informados por revelação angélica (Lucas 2:18-19)
  • Maria fez a apresentação de Jesus em Jerusalém (Lucas 2:21-52)
  • Maria foi com José e Jesus para o Egipto (Mateus 2:13-18)
  • Vindos do Egipto, José,  Maria e Jesus, voltaram à terra Santa, para a cidade de Nazaré
  • Maria foi com os demais filhos até junto de Jesus para O repreenderem pelo Seu ministério (Mateus 12:46-50)
  • Maria poderia ter estado junto da cruz de Jesus (Mateus 27:56), mas não temos a certeza
  • Em Actos 1:14 é a última vez que se fala de Maria, mãe de Jesus, envolvida no ministério da oração, com os discípulos e os irmãos de Jesus

Maria, mãe de Jesus, está nos céus, como biliões de outros salvos, aguardando a volta do Senhor para levar para Si a Sua Igreja (noiva). Nela  se incluirá Maria de Nazaré,  cujo exemplo de fé, entrega e abnegação devemos seguir.

 

O dogma da ascensão de Maria ao céu é uma invenção humana e só foi declarado doutrina da Igreja pelo papa Pio XII, em 1 de Novembro de 1950. Nada tem a ver com os ensinos bíblicos.

 

Louvemos a Deus por Maria, mas saibamos rejeitar os ensinos pervertidos dos homens, que apenas têm em mente o lucro, escravizando os humildes.

publicado por archote às 07:06

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 14 de Agosto de 2014

AOS MUITOS MULTIPLICARÁS A SUA HERANÇA E AOS POUCOS A DIMINUIRÁS

Números 26:54                                         Números 26:52-57

 

Este versículo daria um sugestivo título para um sermão - "A justiça distributiva de Deus" . Quem tiver muita família terá maior herança. Quem tiver pouca família, terá menor. Justiça na partilha.

 

Que bom seria se os homens, na sua "justiça", fizessem o mesmo. Não haveria tantos latifundiários, nem tantos multimilionários, como também não haveria tanta pobreza, miséria e fome.

 

À primeira vista, isto poderia relacionar-se só com as heranças materiais nesta terra. Mas a verdade é que sermos parcos no trabalho para Jesus implica na redução do galardão, sendo que, naquele dia, diante do tribunal de Cristo, muitos ficarão desiludidos com a sua herança, porque tiveram uma vida espiritual improdutiva, sem chama, nem garra.

 

Em Apocalipse 3:11 temos uma exortação, feita à Igreja de Filadélfia, para que guardasse bem (com luta e denodo) o que tinha, para que ninguém tomasse a sua coroa.

 

Os recursos de Deus são mais do que suficientes para todos os Seus, mas a verdade é que os Seus nem sempre se esforçam para aumentar o seu pecúlio diante de Deus. Não é uma questão de salvação, mas é uma questão de prémio pelo trabalho feito para o Senhor, durante a nossa jornada aqui na terra.

 

Até que ponto estamos a ser fiéis no nosso ministério, para ouvirmos dos lábios do nosso Mestre e Senhor: "Bem está, servo bom e fiel. Sobre o pouco foste fiel, sobre o muito te colocarei"?

 

Ele cuidará dos Seus até ao fim da sua peregrinação aqui na terra. Mas, a quem trabalhar mais e mais fielmente, Ele dará maior galardão.

publicado por archote às 07:02

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 13 de Agosto de 2014

TEMER A DEUS E GUARDAR OS SEUS MANDAMENTOS É DEVER DE TODOS OS HOMENS

Eclesiastes 12:13                                                 Eclesiastes 12:1-14

 

Ao lermos o livro de Eclesiastes, um dos escritos de Salomão, devemos fazê-lo com verdadeiro espírito de oração e em dependência total do Espírito Santo, para que não fiquemos com uma impressão errada dos seus valores.

 

Algumas passagens poderiam levar-nos ao desespero e à dúvida, como, por exemplo, Eclesiastes 1:2-3.  Contudo, a verdade é que, ao longo das suas páginas, podemos tirar grandes e profundas mensagens, como Eclesiastes 3:1-8,  4:9-12,  5:1 e 10, 7:14 e, especialmente os capítulos 11 e 12. Lê estes textos com grande atenção  e procura tirar o grande alvo deste livro e aplicá-lo à tua vida _ "de tudo o que se tem ouvido (lido), o seu fim é: teme a Deus e guarda os Seus mandamentos, porque este é o dever de todo o homem".

 

Podem parecer passagens de difícil interpretação. Pede a Deus que te dê luz para as entender e nunca procures compreendê-las fora do seu contexto. Nunca te esqueças que é nosso dever temer a Deus e guardar os Seus mandamentos.

 

Neste espírito, serás ricamente abençoado na leitura do Livro de Eclesiastes, que, como toda a Bíblia, tem o alvo de nos apresentar o plano do Senhor para as nossas vidas e, por ele, glorificarmos o Seu Nome.

 

Aqui, em Eclesiastes, aprenderemos quão frágil é a vida humana (vaidade passageira) e que sem Deus ela não faz sentido, nem vale a pena vivê-la, mas com Deus a vida é a maior bênção que Ele nos dá. No homem não há respostas para a vida, mas, com Deus há felicidade em semear, em colher, em co-habitar com a mulher da nossa mocidade. Há sentido em viver a vida cumprindo os mandamentos de Deus.

 

"Sem Deus nada somos neste mundo", todas as nossas ilusões são destruídas, todas as nossas máscaras caem. Não vale a pena viver a superficialidade da vida, mas, sim, vale a pena viver fundamentados na eternidade e no amor de Deus para connosco, que nunca falha.

 

Põe os teus olhos em Cristo

Tão cheio de graça e amor.

Os prazeres do mundo nada serão

À luz do glorioso Senhor.

publicado por archote às 07:02

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 12 de Agosto de 2014

O ESPÍRITO TESTIFICA QUE SOMOS FILHOS DE DEUS

Romanos 8:16                                          Romanos 8:11-17

 

"Muitos são chamados, mas poucos os escolhidos..." Muitos são seguidores de Cristo, mas não são filhos de Deus, porque não nasceram de novo, não foram feitos novas criaturas em Cristo. Não receberam o testemunho do Espírito Santo de que são filhos de Deus.

 

Há muitos  vaidosos, impantes e gabarolas das suas boas obras, da sua vida de piedade, mas não entraram pela porta - Cristo (João 10:7-8). Não andam no caminho de Deus, no qual só se entra pela morte do velho homem e do novo nascimento em Deus. Não têm a vida que Cristo dá, mas apenas as viandas desvitaminadas, cobertas de grande aparato, que Satanás dá.

 

Só é cristão verdadeiro o que é levado a Cristo pelo Espírito Santo, que o convence do pecado, o leva ao arrependimento e à fé em Jesus. Só são verdadeiramente filhos de Deus aqueles de quem o Espírito Santo testifica, põe a Sua cancela de que é um filho do céu.

 

Não erreis, todos somos criaturas de Deus, mas só são Seus filhos aqueles que, pelo Espírito Santo, nasceram na família de Deus (João 1:12).

 

As boas obras não salvam ninguém, apenas podem atestar que estamos em Deus, por Jesus. Todos os que não foram a Deus pelo "Caminho", estão mortos em delitos e pecados (Efésios 2:1).

 

No entanto, reparai, Deus quer salvar a todos os homens. Preparou uma salvação para todos, sem excepção. Mas só são salvos os que crerem na obra vicária de Cristo e, pela fé, aceitarem que Ele levou, Ele mesmo, em Seu corpo, sobre o madeiro, os nossos pecados (I Pedro 2:24).

 

Uma característica do verdadeiro cristão é o facto do Espírito Santo fazer nele morada. "Somos o templo do Espírito Santo". Será que o Espírito Santo habita em ti? Ele nunca jamais co-habitará com o pecado.

 

Não é presunção dizermos que temos a certeza da salvação, pois o Espírito Santo testifica, com o nosso espírito, que somos filhos de Deus.

publicado por archote às 07:01

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds