Quarta-feira, 10 de Setembro de 2014

DEUS CANCELOU A DÍVIDA QUE NOS ERA CONTRÁRIA

Colossenses 2:14                                    Colossenses 2:12-15

 

Jesus esteve seis horas dependurado na cruz. Foi crucificado às nove horas da manhã e entregou o espírito ao Pai (morreu) às quinze horas da tarde. Foram horas de grande sofrimento físico e moral. Foram as dores por causa da traição de Judas, por causa da negação de Pedro, por causa do abandono dos discípulos, dos escárnios e cuspidelas lançadas sobre Ele, a blasfémia dos ladrões na cruz, a hipocrisia dos escribas, fariseus e saduceus, os apupos e açoites dos soldados, a coroa de espinhos, os cravos que Lhe atravessaram as mãos e os pés. Dores tremendas, como tremendos eram também os pecados da humanidade.

 

Foram horas críticas e de grande sofrimento para Cristo. Porquê?

  • Porque muito grandes eram os meus e os teus pecados e infinito o amor de Deus por nós. Deus tinha o propósito de nos salvar, pagando, em Seu Filho (Deus encarnado) os nossos pecados.
  • Porque não havia outra solução para riscar a "cédula" que nos era contrária e nos condenava à morte eterna. Os meus e os teus pecados nos condenavam à morte. "O salário do pecado é a morte". Deus nos deu Jesus para nos purificar de todo o pecado, vivificando-nos e preparando para Si um povo Seu, zeloso das boas obras.

Só pela fé no sacrifício de Jesus na cruz do Calvário, e pela aceitação da verdade da Sua ressurreição dos mortos, nós poderemos ser salvos.

 

Jesus já pagou e cancelou as nossas dívidas para com o Pai. Ele está pronto  a perdoar, lavar e esquecer os nossos pecados. Agora só falta abrirmos a porta do nosso coração e deixá-lO entrar

 

"Eis que estou à porta e bato. Se alguém ouvir a Minha voz e abrir a porta, Eu entrarei em sua casa. Cearei com ele e ele Comigo". (Apocalipse 20:20).

 

Abre a porta e Jesus será o teu abrigo e a tua âncora de permanência para sempre.

publicado por archote às 07:04

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 9 de Setembro de 2014

SEDE PACIENTES, SUPORTANDO-VOS UNS AOS OUTROS EM AMOR

Efésios 4:2                                            Efésios 4:1-7

 

Há dias tive a tristeza de  assistir à discordância de dois "irmãos", que acabaram por ficar zangados por nenhum deles querer "dar o braço a torcer". Sentia-se azedume, desconfiança, acusações subtis e, sobretudo, sentia-se falta de paciência, de longanimidade e amor.

 

Notemos que estes são frutos do Espírito Santo, que não podem faltar nos filhinhos de Deus. Alguma coisa estava muito mal. Não tomámos partido, apenas pedimos para pararem e orarmos juntos ao Senhor. Responderam que não tinham disposição para orar e foram embora.

 

Deram um enorme mau testemunho. Orar seria o melhor que poderíamos fazer juntos.

 

Os filhos de Deus têm que revestir-se da paciência e da humildade de Jesus. Têm que se disponibilizar para ouvir e  respeitar as convicções dos outros, no amor de Jesus.

 

O mundo precisa de servos humildes para servirem como Jesus, que veio para servir e não para ser servido (Mateus 20:28). Jesus escolheu a humilde Belém para nascer, a simples vila de Nazaré para crescer, no humilde trabalho de uma carpintaria. Era Rei dos reis, podia ter querido nascer e crescer em Jerusalém. Tornar-Se Sumo-sacerdote, mas não. Foi humilde no nascer, no viver e no morrer. Graças a Deus por Jesus.

 

Jesus o exemplo da humildade. Escolheu a oração em lugar do sono; o deserto em lugar do Jordão; os pescadores para discípulos em lugar de anjos. Que Deus tão grande e, simultaneamente, tão paciente - quando O injuriavam, não injuriava; quando padecia, não ameaçava e nunca houve engano na Sua boca (I Pedro 2:21-23).

 

Jesus foi de tal maneira bom, paciente e misericordioso que me escolheu, a mim, miserável pecador, orgulhoso e mau, para ser um dos Seus discípulos.

 

Como é bom ter um Salvador e Senhor como este Jesus - o Filho de Deus.

 

Ama-O, serve-O e segue-Lhe o exemplo.

publicado por archote às 07:06

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 8 de Setembro de 2014

SE ALGUÉM TE OBRIGAR A CAMINHAR UMA MILHA, VAI COM ELE DUAS

Mateus 5:41                                               Mateus 5:33-44

 

Humanamente falando, temos que concordar que tudo quanto Jesus ensina aos Seus discípulos em Mateus 5:17-48 é mesmo difícil de fazer. Só com Jesus no coração e o Espírito Santo no comando da nossa vida poderemos ser capazes.

 

Evidenciemos apenas alguns dos requisitos expressos:

  • Não matarás, mas também não te encolerizarás contra os teus irmãos
  • Se tiveres contendas, discórdias, lutas, com o teu irmão, não leves a tua oferta ao Senhor, porque não será aceite enquanto persistires no pecado
  • Não só não cometerás adultério, mas não olharás para o sexo oposto para o cobiçar, pois, se o fizeres, já és um réu de juízo
  • Qualquer que repudiar o seu companheiro de matrimónio comete adultério
  • Não perjurarás, nem jurarás por nada, pois nem sequer és dono de um cabelo da tua cabeça
  • A quem te bater na face direita oferece-lhe também a esquerda. AMA!
  • Dá a capa a quem te tirar o vestido - AMA
  • Dá a quem te pedir e não te desvies daquele que te pedir emprestado  -  AMA
  • Se alguém te obrigar a caminhar uma milha, vai com ele duas
  • Ama o teu próximo como a ti mesmo

Não há dúvidas que, em tudo isto, Jesus quer que os Seus sejam diferentes, distintos pelo AMOR. Distintos por respeitarem o próximo e a Deus. Diferentes pela maneira como servem o próximo, AMANDO SEMPRE.

 

Nunca poderemos retribuir com a mesma moeda do mal. Devemos pagar o mal com o bem,  com o amor e longanimidade  com que Cristo nos revestiu.

 

Andar com  alegria a segunda milha imposta, deve ser algo que não faremos por obrigação. Devemos fazê-lo com alegria, na graça de Cristo. Algo que faremos como testemunho, porque somos novas criaturas. Cristo nos salvou e nos fez filhos de Deus  por amor do Seu Nome.

 

Senhor, nas coisas duras que temos que fazer para testemunho da Tua divindade, segura a nossa mão para que não caiamos.

publicado por archote às 07:01

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 7 de Setembro de 2014

HÁ TEMPO PARA TUDO... TEMPO PARA TODO O PROPÓSITO DEBAIXO DOS CÉUS

Eclesiastes 3:1                                         Eclesiastes 3:1-8

 

Não vale a pena andarmos apressados. Há tempo para tudo. Há tempo para realizarmos todo o propósito debaixo do céu. Para tudo há uma ocasião certa, desde o nascimento até à morte. É maravilhoso! Não vale a pena correr, nem atrasar o passo. No tempo determinado por Deus as coisas acontecem.

 

Isto não é fatalismo. Isto é ordem estabelecida pelo Deus Criador e Sustentador dos céus e da terra. Ele domina. Não obstante o livre arbítrio que nos deu, a Sua soberania em nada sai beliscada. Dentro deste grande "barco da vida" nós fazemos o que queremos e como queremos, mas só até à proa ou à ré do barco. Não podemos ultrapassar os limites.

 

É Deus que cria, alimenta, administra e guia. Nós não podemos fazer mais, nem menos, do que aquilo que Ele permite. Ele é o administrador dos universos. Saibamos obedecer-Lhe, para glória do Seu Nome e para felicidade plena dos nossos corações.

 

Hoje é tempo de viver. Tempo de nos alimentarmos e de nos tornarmos adultos, fortes, amando, plantando, servindo, colhendo e de estarmos alegres. Amanhã será tempo de morrermos, deixarmos este corpo no pó e voltarmos à presença de Deus, para prestarmos contas da nossa mordomia. Depois da morte do corpo é tempo de julgamento na presença de Deus (Hebreus 9:27).

 

Nesse tempo de julgamento, que contas iremos dar a Deus? Conscientes da nossa absolvição, porque Cristo nos salvou e justificou dos nossos pecados, ou amarguradamente, gemendo e chorando pelo peso das nossas culpas e pecados?

 

Perante o tribunal de Deus só é válida a justificação de Cristo que, com Seu sangue, nos comprou para o Pai. Todos os outros que desprezaram o tempo da visitação de Deus, em Cristo, e O desprezaram, serão sentenciados, sem possibilidade de apelo - "Afastai-vos de Mim, malditos. Não vos conheço. Ide para o lugar preparado para o diabo e seus seguidores".

 

Hoje é tempo de salvação. Hoje é tempo de creres na eficácia do sangue de Jesus e de seres, por esse sangue, preparado para a vida celestial. Hoje é dia de aceitar e crer em Cristo e ser salvo. Amanhã pode ser tarde.

 

Pai, ajuda-nos a aproveitar o tempo que Tu nos dás para escolhermos o Teu amor e a Tua salvação!

publicado por archote às 07:05

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 6 de Setembro de 2014

O SENHOR É PIEDOSO, MISERICORDIOSO E JUSTO

Salmo 112:4                                                      Salmo 112

 

Haverá por aí algum "deus" que possa comparar-se com o "EU SOU" - Deus criador, sustentador, infinito, eterno, santo, poderoso, omnisciente, omnipresente, justo, verdadeiro, amor, "piedoso, misericordioso, justo"? Levante-se e confronte-se com o nosso Deus, o "EU SOU". Diga o que é, quem é e o que vale.

 

Não há outro Deus como o nosso. Não há outro Deus infinito em amor e justiça, que possa salvar. Portanto, "vinde a Mim, vós todos que tendes sede e fome. Tomai e comei, sem preço, vinho e leite... inclinai os vossos ouvidos e a vossa alma viverá" (Isaías 55:1-3).

 

"Vinde a Mim", porque há um só Deus, piedoso, misericordioso e justo, que pode salvar-te. Só Ele pode tirar o pesado jugo de Satanás de sobre os teus ombros e dar-te a paz, a saúde, a protecção, o pão da vida, a alegria da salvação.

 

Nós não podemos deixar de falar desta verdade que temos visto, ouvido e experimentado. É uma mensagem verdadeira - o Senhor e Santo, Justo, Piedoso e Misericordioso. Paulo, o apóstolo dos gentios, pregava: - "não me envergonho do Evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crer, quer judeus, quer gentios" (Romanos 1:16). "Sinto-me devedor tanto a bárbaros, como a sábios, tanto a ricos como a pobres, homens ou mulheres, para anunciar que Jesus é Senhor Poderoso para salvar e é o único Mediador entre Deus e os homens" (Romanos 1:14-16; I Timóteo 2:5).

 

Deus é amor, piedoso, misericordioso e justo para com todos e, por isso, não quer que ninguém se perca, mas que todos venham ao arrependimento e, assim, anuncia agora a todos os homens e em todos os lugares que se arrependam e creiam no Senhor Jesus Cristo. Deus usa homens frágeis, simples, pobres, como também ricos, para exercerem o ministério de levarem o Evangelho até aos confins da terra.

 

Se hoje  ouvires a voz do Senhor a chamar-te para seres um mensageiro desta Boa Nova de salvação ao mundo, não endureças o teu coração, mas, antes, responde: - Senhor, eis-e aqui, disponível e pronto, envia-me a mim.

 

Onde quer, onde quer que Deus me mandar,

perto do meu Salvador em quero andar"

                                                                  (C.C. 299)

 

publicado por archote às 07:05

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 5 de Setembro de 2014

O QUE É QUE TU TENS, QUE NÃO TENHAS RECEBIDO DE DEUS?

I Coríntios 4:7                                             I Coríntios 4:1-8

 

Não vale a pena vangloriarmo-nos pelas nossas farturas e bens materiais, como também não vale a pena orgulharmo-nos pelas nossas capacidades mentais, porque nada é nosso, tudo recebemos de Deus. De um momento para o outro seremos chamados a prestar contas das nossas mordomias, e o que temos preparado para quem será?

 

Os cristãos de Corinto estavam ufanos, vaidosos, por aquilo que tinham e constrastavam isso com a posição humilde de Paulo e seus companheiros. Paulo relembra-lhes que nada era deles. Tudo tinham encontrado cá por graça de Deus. Tudo deixariam cá no mundo para a realização dos propósitos de Deus. Só para isso essas coisas têm valor.

 

O Senhor Jesus, na carta deixada à Igreja de Laodiceia (Apocalipse 3:17), ensina como é louca a confiança no que somos ou no que pensamos ter, porque, no final,  não passamos de pobres, cegos, nus.  Nada é nosso. Tudo é do Senhor, de quem é a terra, a sua plenitude e tudo o que nela existe.

 

Jesus, sendo Deus, dono de tudo, inclusive da nossa vida, é o maior exemplo de humildade, desde o Seu nascimento até à Sua morte. Podia gloriar-Se, mas nunca o fez.  Nunca pediu, nem aceitou aplausos pelo que fez (curas, multiplicação de pães, domínio sobre os demónios, ressurreição de mortos), no entanto, podia fazê-lo por todas as razões!

 

Se Ele não se  vangloriou de um ministério santo, objectivo e tão produtivo, quem somos nós para o fazer? Não temos nada. Tudo recebemos d'Ele e tudo é Sua pertença.

 

Paulo ensinou: - "longe esteja de mim gloriar-me a não ser na cruz de Jesus, pelo qual o mundo está crucificado para mim e eu para o mundo" (Gálatas 6:14). Jesus fez tudo o que de melhor há e não Se vangloriou. Amou como só Deus sabe amar. Ensinou como só Deus pode ensinar. Curou, salvou como só Deus pode fazer.  Que resta para que nós nos vangloriemos? Que podemos fazer que Ele não tenha feito?

 

A nós, resta-nos "humilharmo-nos debaixo da portentosa mão de Deus" e exaltá-lO pela obra maravilhosa que fez em nós e pelas Suas graças e misericórdias que são novas cada manhã na nossa vida.

 

Diante do Teu Nome, Jesus Senhor,

nos curvamos e adoramos com amor.

Nada somos, Tu és Senhor.

 

publicado por archote às 07:00

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 4 de Setembro de 2014

O SENHOR ABENÇOARÁ O SEU POVO COM A SUA PAZ

Salmo 29:11                                              Salmo 29

 

Este Salmo é, todo ele, uma exortação ao louvor do Senhor Deus da majestade e da glória. Aliás, somos "povo Seu", criado para o louvor da Sua glória. Há que  cumprirmos o nosso dever.

 

Temos uma carreira para prosseguir e um alvo para atingir, um prémio para receber das graciosas mãos de Jesus.

 

Para que atinjamos esse alvo precisamos de muita persistência, de muita coragem e de muito e árduo trabalho. Caso contrário, estaremos correndo em vão. Muitos têm corrido em vão, têm ficado pelo caminho. Até já correram bem, mas agora estão longe, porque abrandaram a marcha e desviaram os olhos de Cristo.

 

Há uma certeza que nós temos, é que o nosso Senhor estará sempre connosco para nos dar força, nos abençoar, enquanto nós quisermos estar com Ele. Ele jamais nos largará a mão, alentando-nos e dando-nos a força. Não chega ir à igreja cantar uns hinos, fazer uma contribuiçãozita ou mesmo dizer umas coisas bonitas. É preciso estar lá, envolvidos na promoção da Sua glória e correndo para o alvo que é Cristo Jesus, cuja estatura devemos procurar atingir.

 

"Olhemos para Jesus, Autor e Consumador da nossa fé". Ele foi um resistente. Nada da Sua Obra deixou de ser feito e completo. Sigamos-Lhe o exemplo. "Ele suportou a cruz, desprezando a afronta e assentou-se à dextra do trono da glória de Deus" (Hebreus 12:2). Foi fácil? Relembremos os acontecimentos da Sua morte na cruz. Sintamos com Ele o quanto sofreu para atingir o alvo - a salvação da humanidade.

 

Jesus suportou toda a tentação diabólica, toda a maledicência humana, incluindo a traição, negação e abandono de alguns discípulos.  Mas foi um resistente, bebendo até à última gota o cálix que nos estava reservado.

 

Ajuda-nos, Senhor, a confiar na Tua promessa de que abençoarás fielmente o Teu povo com a Tua paz bendita e única.

publicado por archote às 07:02

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 3 de Setembro de 2014

PARA QUE EM MIM TENHAIS PAZ

João 16:33                                               João 16:24-33

 

Muitas vezes, Satanás põe no nosso caminho uma máquina geradora de contrariedades. É a falta de emprego, é a saúde que não está bem, são os "amigos" que não são fiáveis, são os patrões que são intratáveis, é a família que não vai bem - os filhos na droga, as más notas na escola, a falta de paz entre o casal. É um nunca mais acabar!...

 

São ansiedades, canseiras, lutas sem fim. O que vamos fazer com tudo isto? Podes guardar tudo no teu peito, como se ele fosse uma panela de preocupações. Depois... mexes... mexes... e deixas cozinhar em lume brando até tornar a tua vida num inferno de sofrimento e amargura.

 

Por outro lado, também podes lançar sobre Deus toda a tua ansiedade, problemas e lutas. Ele tem cuidado de ti. (I Pedro 5:7). Que tal entregar tudo nas mãos de Deus e orar confiadamente no Seu poder para resolver todas as situações?

 

Na primeira opção cozinharás uma travessa de tristeza, amargura e sofrimento, temperado com a cedência ao desamparo e à derrota. Do outros lado, entregando tudo nas mãos de Deus pela oração - "As vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus... e a Paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus, para glória de Deus Pai" (Filipenses 4:6-7).

 

Fazendo assim, e na consciência de que Jesus venceu as tentações, o mundo e as suas concupiscências, teremos diante de nós um maravilhoso prato de paz, amor e vitória. Tereis aflições. "Tende bom ânimo, Eu venci  mundo".

 

Senhor, sei que sozinho serei derrotado diante do mundo comandado por Satanás. Mas, Contigo, serei mais que vencedor, pois "posso todas as coisas n'Aquele que me fortalece" (Filipenses 4:13).  Não me deixes morrer de susto, a olhar para os gigantes da vida, mas, abre-me os olhos para confiar na Tua doce presença.

 

                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                

publicado por archote às 07:04

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 2 de Setembro de 2014

EU SOU O SENHOR QUE TE SARA (CURA)

Êxodo 15:26                                                     Êxodo 15:23-27

 

O  Deus que curou aquelas "águas salgadas" e venenosas é o mesmo que pode curar toda a tua vida, dos males físicos, morais ou espirituais. "Ele é o Senhor que cura".

 

Quantos de nós já temos estado em situações desesperadas, com a "cura" ali mesmo à mão? Outros já têm entrado em desespero, tristeza, maledicência e murmurações, com Deus mesmo ali "à mão de semear".  Era só olhar para Ele. Era só pedir-Lhe ajuda. Mas preferimos entrar pelo caminho da revolta e da ingratidão para com Deus, não obstante o muito que Ele já fez por nós.

 

Foi assim com o povo de Israel. Deus tinha envergonhado e derrotado os egípcios, quer através das dez pragas que os assolaram na sua própria terra, quer através da destruição dos seus carros e cavaleiros afogados no Mar Vermelho (Êxodo 14:15-26). Tinha despojado os egípcios, a seu favor. Deus tinha-os feito atravessar o mar a pé enxuto. Mas, os israelitas, ao primeiro contratempo, "murmuraram contra o Senhor e contra Moisés".

 

Já se tinham esquecido dos milagres, do poder e da providência de Deus! Como nós temos a memória curta e a ingratidão à flor  do nosso coração! Lembraram-se de tudo, menos do Deus que salva e cura.

 

Moisés orou ao Senhor. Sabem o que o Senhor lhe mostrou? Um lenho seco!  Moisés pedira água doce para o povo beber e Deus dá-lhe um lenho seco, em vez da água. É que "os pensamentos do Senhor não são os nossos pensamentos" (Isaías 55:8-9).

 

Moisés viu o lenho seco e reagiu. Zangado com a resposta de Deus? Impotente com a resposta do céu? Talvez perguntando-se do que haveria de fazer com aquele "lenho seco"?  Talvez inspirado pelo Senhor, lançou o lenho, madeiro, para as águas amargas, que logo se tornaram doces e capacitadas para matar a sede ao povo e aos animais. Deus é insondável. "Eu Sou o Senhor que cura".

 

Por vezes também penso na bênção de Cristo pregado no "madeiro" para nos curar dos nossos pecados. Deus pode curar ainda hoje, operando nas nossas vidas, quer pela  medicina normal, quer pelo milagre da Sua mão, quer pelo "lenho" lançado nas nossas vidas. Ele cura completamente.

 

Ele é Jeová Rafat, o Deus que cura.

publicado por archote às 07:03

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 1 de Setembro de 2014

NÃO ANDEIS PREOCUPADOS QUANTO À VOSSA VIDA

Mateus 6:25                                                    Mateus 6:19-34

 

Preocupações, quem as não tem? Preocupações pela falta de emprego, pela saúde, pela profissão, pelo casamento, pelo pão nosso de cada dia, pela vida no além...

 

Mas será que temos razões para ter preocupações? Naturalmente que temos. O que não temos razão é deixar que elas ocupem a prioridade da nossa vida.

 

Jesus ensinou : - não andeis ansiosos quanto à vossa vida física. Fazei a vossa parte e entregai as preocupações a Jesus. Ele é o nosso Bom Pastor, que providenciará tudo de melhor para nós. Ele cuida das aves do céu, dos peixes do mar e não cuidará muito mais de nós, que somos Seus filhos? Ele cuida de toda a criação, não cuidará muito mais de nós, que, para além de criaturas Suas, somos também Seus filhos?

 

Não andeis solícitos, levados por ambições desmedidas, em lutas fratricidas, porque Ele cuida de nós. Na dor cruel, na provação, na traição dos homens, nas tentações diabólicas, Deus cuidará sempre de nós. As preocupações com a vida, as inquietações, as lutas pelos bens terrenos, são coisas que não valem para nada. Não matam a fome, não dão paz ao coração, não resolvem os nossos problemas.

 

"Entrega o teu caminho ao Senhor, confia n'Ele e Ele tudo fará". "Buscai primeiro o reino de Deus e a Sua justiça e todas as outras coisas vos serão acrescentadas" (Salmo 37:4;  Mateus 6:33).

 

Claro que o nosso Deus não caustica, nem condena as preocupações legítimas, responsáveis, mas, sim, a mentalidade que põe em primeiro lugar o material e despreza o principal que Deus quer fazer na vida dos novamente nascidos (João 1:12; II Coríntios 5:17).

 

A ansiedade desmedida lança fora, da nossa vida,  Deus. Mas nós "sem Deus nada somos neste mundo", sem fé não podemos agradar-Lhe, nem fazer a Sua vontade.

 

Deixa as preocupações nas mãos de Deus. Afasta de ti a ansiedade e enche o teu coração da santa e bendita presença de Deus.

 

"Se o teu coração estiver em paz,

bem contente e alegre sempre te acharás.

Se o teu coração estiver em paz,

verás que um arco-íris cada nuvem traz".

                                                                     (C.C. 347)

publicado por archote às 07:03

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds