Domingo, 8 de Fevereiro de 2015

ESTANDO ELE AINDA A FALAR, O GALO CANTOU

Lucas 22:60                                        Lucas 22:54-62

 

Esta é a história triste da negação de Cristo, pelo Seu apóstolo Pedro. É triste, amargurante, mas também muito significativa e instrutiva para todos os discípulos de Jesus, mesmo aqueles que se julgam mais fortes.

 

Pedro tinha afirmado, horas antes, que ainda que todos os outros discípulos  negassem Jesus, ou O abandonassem, ele (Pedro) nunca O negaria e que iria com o Mestre, mesmo até à morte. Como nós somos fracos! Somos cheios de boas intenções, mas isso não chega!

 

Pedro até tinha sido avisado (Lucas 22:32-34), mas não ficou atento, nem levou em conta o aviso do Mestre, e... caiu  estrondosamente. É preciso ouvir, guardar no coração e estar atento aos avisos do Senhor.

 

Porquê, tão cedo, Pedro entraria em queda? Pense comigo, por favor:

  • Pedro entrou em queda porque seguia a Jesus de longe (Lucas 22:54b). Temos que estar perto de Jesus se queremos vencer. Ele é a nossa ajuda, a nossa força, o nosso amigo disponível para todas as circunstâncias. Fiquemos sempre perto do Senhor para sairmos vitoriosos e felizes.
  • Pedro entrou em queda e negou a Jesus porque se assentou na roda dos escarnecedores (Lucas 22:55) e, realmente, esse não é lugar para os filhinhos de Deus (Salmo 1:1).
  • Pedro entrou em queda e negou Jesus porque confiou em si mesmo (Lucas 22:33). Nós somos presa fácil para o diabo quando confiamos em nós próprios e seguimos de longe Jesus, o Senhor Todo Poderoso.

Quando Pedro negou Jesus, já por três vezes, o galo cantou, avisando Pedro do seu mal e da necessidade de arrependimento e volta para Jesus.

 

É bom relembrar o cantar do galo, que nos anuncia o novo dia que fez o Senhor, para O seguirmos e fazermos a Sua vontade, com alegria. O galo canta anunciando-nos novas oportunidades para servirmos o Senhor e O amarmos na pessoa do nosso próximo.

 

O galo, neste caso, também cantou para despertar a consciência de Pedro para que reconhecesse o pecado que tinha cometido. Foi de tal  forma que Pedro saiu dali e chorou amargamente o seu pecado. Estou certo que Pedro jamais esqueceu aquele "cantar do galo", que o fez cair em si e voltar novamente para Jesus.

 

Talvez esteja na altura de escutarmos os avisos do Senhor e voltar para os caminhos do amor, da pureza, do trabalho para Deus. Talvez precisemos de sentir os nossos pecados escondidos e abandoná-los, com confissão, arrependimento e reentrega das nossas vidas a Jesus (João 21:15-19).

publicado por archote às 07:02

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 7 de Fevereiro de 2015

ROGAMO-VOS, DA PARTE DE CRISTO, QUE VOS RECONCILIEIS COM DEUS

II Coríntios 5:20                                           II Coríntios 5:17-20

 

"Como embaixadores de Cristo, rogamo-vos que vos reconcilieis com Deus".  Porquê este apelo angustiante do coração de Paulo? Porquê tanta urgência em dar este passo de reconciliação?

 

A resposta é nos dada por Pedro na sua segunda carta, quando diz: "O Senhor não retarda a Sua promessa, ainda que alguns a tenham por tardia; é que Ele é magnânimo para convosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham ao arrependimento, pois o dia do Senhor virá como o ladrão de noite, no qual os céus e a terra passarão com grande estrondo e os elementos ardendo se desfarão e tudo o que nela há se queimará" (II Pedro 3:9-10)-

 

Perante isto, pergunta ainda Pedro, que pessoas nos convém ser? E Paulo responde que devemos ser pessoas reconciliadas com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo (II Coríntios 2:20), que, em Sua cruz, Se tornou no Único caminho para o Pai (João 14:6).

 

Reconciliemo-nos já com Deus. Agora, enquanto é tempo da graça e da magnanimidade de Deus. Este tempo vai acabar. Agora, o convite para a festa de amor ainda está de pé, mas cedo a porta vai fechar-se e, então, que contas iremos dar a Deus? Rejeitamos o convite d'Ele, não obstante a Sua espera e o Seu apelo constante? "Rogamo-vos, da parte de Cristo, que vos reconcilieis com Deus" enquanto é tempo.

 

Vinde agora, que já tudo está preparado para a festa do grande e infinito amor de Deus.

 

Não desprezeis o convite. Vinde e entrai na festa enquanto é tempo e a porta se não fecha.

publicado por archote às 07:07

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 6 de Fevereiro de 2015

JOSUÉ EDIFICOU UM ALTAR AO SENHOR DEUS

Josué 8:30                                                 Josué 8:30-35

 

Depois das vitórias  dos israelitas sobre os diversos povos que até ali habitavam a terra prometida, Josué, o servo do Senhor, parou para edificar, no Monte de Ebal, um altar para todos adorarem ao Senhor Deus.

 

É imprescindível que o povo do Senhor, depois das vitórias que Ele lhe dá, dobre os seus joelhos em adoração e louvor ao Seu Santo Nome. Neste caso, Josué edificou um altar, de acordo com o que Deus tinha ordenado a Moisés. Um altar construído com pedras não trabalhadas pela mão do homem, onde só Deus fosse visto, sentido e adorado.

 

Esta não era uma prática só do tempo de Josué. Foi algo que vinha desde Abraão (Génesis 12:8), Isaque (Génesis 26:25), Jacob (Génesis 33:20). Prestar culto de adoração e louvor ao Deus que é Espírito e verdade.

 

Hoje, nós, os santificados pela graça de Jesus, devemos fazer do nosso coração um altar de constante adoração. Com que pagaríamos o que Deus fez por nós, arrancando-nos das garras de Satanás, purificando-nos dos nossos pecados e preparando-nos para a vida na Sua presença? Não há nada com que possamos pagar, por isso, façamos do nosso coração esse altar de constante louvor, gratidão e adoração.

 

No tempo de Josué a única forma de agradecer a Deus pelas derrotas dos cananeus, era edificar um altar físico, oferecer sacrifícios de animais, que simbolizavam o sacrifício do "Cordeiro de Deus" que viria oferecer-Se a Si mesmo na cruz do Calvário para dar ao mundo a verdadeira emancipação do pecado. Agora, Cristo já veio. Já pagou. É justo que O adoremos sinceramente no altar dos nossos corações, porque não adoramos mais através de símbolos, mas em verdade e realidade.

 

Qualquer de nós que não fizer do seu coração um altar de adoração a Deus está em falta para com Ele.

publicado por archote às 07:02

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 5 de Fevereiro de 2015

NÃO ACRESCENTARÁS, NEM DIMINUIRÁS A PALAVRA QUE VOS TENHO MANDADO

Deuteronómio 4:2                                         Deuteronómio 4:1-2

 

Ao longo dos anos tenho junto as mais diversas traduções da Bíblia, incluindo o primeiro Novo Testamento que possuí. Já o guardo há mais de 64 anos.

 

Infelizmente, muitas traduções que ultimamente tenho adquirido deixam muito a desejar. São modernas, bonitas, de fácil leitura, mas que deixaram de ser a Palavra de Deus, para serem interpretações humanas, fazendo o texto dizer, não o que diz, mas o que os tradutores pensam que deve dizer.  São textos parafraseados, adulterados, acrescentados e diminuídos, o que quer dizer que são aberrações. Não são a Palavra, mas o pensamento sobre a Palavra.

 

Cuidado com esses textos, pois a mensagem que nós temos do Senhor dos céus é: -"Não acrescentareis à Palavra que vos mando, nem diminuireis dela, para que guardeis os mandamentos  do Senhor vosso Deus, que eu vos mando".  Em Apocalipse 22:18-19, o Espírito diz: - "Eu testifico que todo aquele que ouvir a Palavra da profecia deste livro que, se alguém lhe acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro; e se alguém tirar quaisquer palavras  do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte da árvore da vida e da cidade santa, que estão escritas neste livro".

 

A Bíblia é  a Palavra que saiu da boca de Deus e é proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir e instruir em justiça, para que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente instruído para toda a boa obra (II Timóteo 3:16-17).

 

Posso dar testemunho que o meu já velho Novo Testamento  é tão inspirado, tão fiel, tão bom que nenhuma das novas versões, fiéis, vem  acrescentar qualquer coisa de bom que eu precise saber para estar perto de Deus.

 

É bom ler uma versão que me diz "e não a conheceu (Maria, sua mulher) até que deu à luz o seu filho primogénito, a quem pôs o nome de Jesus" (Mateus 1:25), e não um texto tendencioso que diz: - "... deu à luz um filho, a quem pôs o nome de Jesus". Isto porque se não quer aceitar a verdade de que Maria foi mãe de mais filhos (Tiago, José, Simão, Judas e irmãs) (Mateus 13:55. Comparar Mateus 1:21 com Mateus 13:55).

 

Ou ainda "Em verdade, em verdade te digo hoje, que  estarás comigo no paraíso", em vez de "Em verdade, em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso".Vêem a diferença da tradução destes dois textos? O primeiro é traduzido para justificar que a alma (espírito) fica a dormir na terra, enquanto o outro nos diz que o espírito deixa o corpo e vai para o Paraíso de Deus, enquanto o corpo volta à terra de onde veio (Eclesiastes 12:7).

 

Tenhamos cuidado com as traduções tendenciosas da Bíblia, mas amemos, vivamos e preguemos a Palavra de Deus, santa, pura e imutável.

publicado por archote às 07:02

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 4 de Fevereiro de 2015

OS FILHOS DE ISRAEL FIZERAM TUDO O QUE O SENHOR LHES ORDENARA

Números 2:34                                      Números 2:32-34

 

Quando era criança, a minha mãe costumava dizer-nos, quando fazíamos o que ela nos mandava: - "que lindos meninos, no S. Martinho vamos todos à feira". Às vezes ainda faltavam mais de 10 meses para a feira, mas as suas palavras entusiasmavam-nos a fazer o que ela nos mandava. Era gratificante a sua aprovação.

 

Segundo o nosso texto de hoje, também os filhos de Israel foram obedientes e fizeram tudo o que o Senhor ordenara a Moisés. Deus fica agradado quando fazemos o que Ele nos manda e abençoa-nos com as Suas maravilhosas bênçãos. "A debulha se vos chegará à vindima, e a vindima se chegará à sementeira, e comereis o vosso pão até fartar e habitareis seguros na vossa terra" (Levítico 26:5).

 

Deus quer que Lhe obedeçamos e que Lhe agrademos, fazendo aquilo que é agradável aos Seus olhos. Ele deixou-nos mandamentos, que não são pesados (I João 5:3). São leis para nossa bênção; são luz para os nossos caminhos; são certezas de que Ele se preocupa connosco.

 

Já pensámos o que significa ter um Deus como o nosso - infinito, eterno, omnipotente, omnisciente, omnipresente, amoroso, verdadeiro, justo, santo e bom - a preocupar-Se connosco? Significa que nada nos faltará. Significa que seremos apoiados em toda a nossa vida, desde que esteja dentro dos parâmetros da vontade do Pai.

 

Que bom termos um Pai como o nosso, que nos alenta a continuar na senda que vai para os céus! Só Ele, não há mais nenhum outro. Que bom podermos ouvir d'Ele: - Meus filhos, em breve estareis para sempre na Minha glória!

 

O que é que estamos a fazer para agradar ao Senhor, nosso Pai? Estamos a procurar agradar-Lhe ou nem por isso? Que doce será ouvir aquelas palavras do nosso Senhor: - "Bem está, servo fiel, sobre o pouco foste fiel, sobre o muito te colocarei".

publicado por archote às 07:03

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 3 de Fevereiro de 2015

NÃO FAREIS MARCA ALGUMA SOBRE VÓS... EU SOU O SENHOR

Levítico 19:28b                                               Levítico 19:27-31

 

Lembro-me dos meus dias de infância, quando o meu pai e outros homens da "plebe" eram destacados pelo senhor da casa agrícola para marcarem, com o ferro da casa, os bezerrinhos e os potros que nasciam de ano em ano. Era uma coisa dolorosa, que deixava no ar um cheiro a carne queimada, e os pobres animais davam urros e guinchos. Nunca esqueci essas cenas, que me marcaram a alma e fizeram sofrer.

 

Hoje, as modas  levam os homens e as mulheres a fazerem tatuagens ridículas, obscenas, que ostentam com vaidade. Algumas pessoas trazem no seu corpo verdadeiras marcas satânicas, brincos, "pircings" e arganeis, etc., dizendo publicamente a quem pertencem, quem é o seu senhor - Satanás.

 

Aos filhos de Deus está vedado, é-lhes proibido trazerem essas marcas no seu corpo. "Não fareis quaisquer marcas sobre vós: Eu Sou o Senhor".

 

Deus já marcou os nossos corações com o sangue do Senhor Jesus Cristo, fazendo de nós novas criaturas. As únicas marcas que devemos ostentar, como dizia Paulo (Gálatas 6:17) são as marcas do Senhor Jesus - amor, paz, bondade, benignidade, mansidão, fé e temperança. Devem ser marcas que distingam as nossas vidas pela justiça, paz e amor a Deus e ao próximo.

 

Sem dúvida que os crentes têm marcas para mostrar ao mundo, mas não são as marcas da vaidade, da luxúria e do mundanismo. São marcas no coração, de onde procedem as saídas para a vida.

 

Não façamos marcas exteriores, no nosso corpo, mas demos ao mundo os sinais de que temos vidas em Cristo.  Mostremos as verdades de Cristo nas nossas vidas e não estejamos preocupados com superficialidades que até contrariam as santas leis de Deus (Levítico 19:28b).

 

A tatuagem que eu quero mostrar é que todos os homens vejam que não sou mais eu que vivo, mas é Cristo que vive em mim. 

publicado por archote às 07:01

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 2 de Fevereiro de 2015

OS EGÍPCIOS FAZIAM OS FILHOS DE ISRAEL SERVIR COM DUREZA... E AMARGURAVAM AS SUAS VIDAS

Êxodo 1:13-14                                           Êxodo 1:7-14

 

O conjunto "filhos de Israel" (1:13) significa os filhos do povo escolhido, na generalidade, filhos de Deus, pois eles davam consistência à promessa do Senhor a Abraão, em Génesis 12.

 

Aqui, o nossos texto diz-nos que os egípcios faziam servir o povo de Deus com dureza e amarguravam-lhes a vida com dura servidão. Muito e duro trabalho e, não poucas vezes, com açoites e tarefas quase impossíveis de cumprir.

 

É preciso que entendamos que os filhos de Deus não estão livres de tentações, tribulações, aflições, açoites, doenças, etc.. Estamos no mundo, o mundo está afectado pelo pecado e, enquanto cá estivermos, esses problemas também caem sobre nós (João 16:33).

 

Soframos com paciência, sabendo que não estamos sós. Ele está sempre connosco para nos dar as forças e o escape para sermos vencedores. Lembremo-nos que Jesus passou e sofreu tudo isso, somente não pecou, e, por isso, pode ajudar-nos. Ele está perto, clamemos a Ele na hora da aflição.

 

Lá no Egipto, o povo local, vendo que Deus multiplicava os Seus filhos, tomou medidas duras para que eles não crescessem. Contudo, a verdade é que quanto mais os atormentavam mais eles cresciam. Deus estava com os Seus filhos. Nunca duvides disto. Se és um filho de Deus, por Jesus Cristo, Ele está sempre contigo. Nem faraós, nem Golias, impérios grandes ou pequenos, ditadores cruéis ou o diabo de mansas falas, nos derrotarão. Por Jesus e com Ele somos mais que vencedores.

 

Os egípcios mandaram as parteiras matar todas as crianças do sexo masculino logo à nascença; tornaram a sua vida amarga com trabalhos, lutas e açoites, mas eles venceram. Nem a força do rei, nem os magos com os seus feitiços, nem espadas, cavalos ou cavaleiros, nem mesmo  o grande Mar Vermelho...

 

O povo do Senhor venceu. Atravessou o mar a pé enxuto, enquanto todo o poderio dos egípcios se afundou no mar.

 

Quem nos separará do amor de Cristo e da Sua Santa Presença? Nem a tribulação, nem a angústia, nem a nudez, nem os perigos, nem a espada... porque em todas estas coisas somos mais que vencedores por Aquele nos que amou (Leia Romanos 8:31-38).

 

 

publicado por archote às 07:05

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 1 de Fevereiro de 2015

JOSÉ ACHOU GRAÇA AOS SEUS OLHOS

Génesis 39:4                                         Génesis 39:1-15

 

José é uma das figuras mais maravilhosas do Velho Testamento. Sua vida, recheada de episódios específicos, torna-o um protótipo da pessoa do Senhor Jesus.

 

O estudo da vida de José, desde o seu nascimento até à sua morte,  como grande senhor do Egipto, é digno de ser feito, meditado, para levar-nos a crescer espiritualmente.

 

Querereis pensar por uns minutos, comigo, na vida de José? Vinde daí, debrucemo-nos sobre o que a sua vida nos ensina.

 

O nascimento de José foi resultado da oração insistente de Raquel, a qual Deus ouviu depois de muita angústia dela - "Deus ouviu a sua oração e abriu a sua madre e ela concebeu e teve um filho a quem deu o nome de José..." (Génesis 30:32-33). Deus responde às nossas orações. É preciso não desistir, nem desanimar, mas perseverar sempre em oração. Deus tem o Seu tempo para responder. Esperemo-lo com paciência e certeza da vitória. Se perseverarmos firmes, a Seu tempo Deus nos dará a vitória.

 

Deus agraciou José, dando-lhe sonhos muito específicos do que seria a sua vida, os quais Jacob guardava no seu coração (Génesis 37:11; Lucas 2:19), interrogando-se sobre quem viria a ser José. Não obstante ser agraciado por Deus, seus irmãos o aborreciam e procuraram matá-lo (Génesis 37:8-11), acabando por vendê-lo como escravo, a uma caravana de ismaelitas (Génesis 37:20, 27).

 

No Egipto, José foi vendido ao eunuco da casa de Faraó. Ali trabalhou tão honestamente perante o seu senhor que "achou graça aos seus olhos", pelo que Potifar colocou tudo nas suas mãos, nada lhe vedando, senão a sua própria esposa.

 

Tentado por Satanás, na pessoa da mulher de Potifar, resistiu firme e foi fiel ao Senhor, acabando, injustamente, na prisão (também Jesus foi preso injustamente, por aquilo que não tinha feito, mas nós, pecadores, tínhamos praticado).

 

Na prisão, José achou graça aos olhos do carcereiro-mor do rei do Egipto, sendo abençoado e posto sobre todos os outros presos (Génesis 39:21-22).

 

Ainda na prisão, a graça do Senhor foi sobre José e ele interpretou os sonhos do padeiro e do copeiro de Faraó, pelo que foi chamado à presença da corte  e foi constituído o segundo sobre toda a terra do Egipto.

 

E a graça do Senhor foi sempre sobre a sua vida, de tal forma que haveria de vir a estar sobre os seus irmãos, que a ele se tiveram de humilhar, livrando-os da morte pela fome, assim como a seu pai.

 

É assim  quando a graça do Senhor é sobre as nossas vidas. Nós, os que cremos em Jesus, a quem fomos levados pelo Espírito Santo, somos agraciados por Deus, tornados Seus filhos (João 1:12), feitos herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo Jesus.

 

Que grande bênção é a graça do Senhor nas nossas vidas! Deixa-te prender pela  graça  de Jesus e serás um bem-aventurado de Deus.

publicado por archote às 07:04

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds