Quinta-feira, 11 de Setembro de 2008

POR UM HOMEM ENTROU O PECADO NO MUNDO

Romanos 5:12-21                                          Romanos 5:12

 

                   Embora tivesse sido a mulher a primeira a comer do fruto proibido, foi pelo homem que o pecado entrou no mundo, porque ele era o responsável perante Deus.

 

                    O pecado, tremendo flagelo que afecta toda a humanidade (Romanos 3:23), pesa na consciência humana, corrompe interiormente o homem, afasta-o cada vez mais de Deus, acabará  por deixá-lo numa situação irreversível de morte eterna.

 

                    Não há solução para o problema do pecado fora do maravilhoso plano de salvação, preparado por Deus:

 

Ele amou o mundo de tal maneira (como só Deus pode e sabe amar)

Ele deu e enviou o Seu Filho Unigénito ao  mundo

Jesus, o Filho, nasceu e viveu neste mundo, sem pecado.

Cristo morreu, na plenitude dos tempos, pelos nossos pecados

O sangue de Jesus Cristo, o Filho de Deus, nos purifica de todo o pecado

 

                     Assim como por um homem (Adão) entrou o pecado no mundo e, pelo pecado, a morte, que passou a todos os homens, também por um homem (Jesus, o Filho de Deus) veio a graça para nossa justificação, para que tenhamos a vida eterna, feliz, por Cristo e em Cristo (Romanos 5:15, 20; I João 1:7).

 

                      Qualquer outra tentativa (fora de Jesus)I para vencer o pecado é inútil. O que é necessário é que cada homem se volte para Jesus, creia no Seu sacrifício remidor e O aceite como seu Salvador pessoal e Senhor da sua  vida.

 

                      A purificação do pecado e o fim do seu reinado miserável só vem por Jesus, porque "Cristo morreu pelos nossos pecados, segundo as Escrituras".

 

publicado por archote às 08:14

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
29
30

.posts recentes

. ENOQUE ANDOU COM DEUS... ...

. O SENHOR ME CRIOU PARA SE...

. TIRARAM A ÁGUA DA FONTE D...

. SENHOR, SE ÉS TU, MANDA-M...

. FALA, SENHOR, PORQUE O TE...

. A VIDA É COMO UM NEVOEIRO...

. MARTA, CRÊS TU ISTO?

. ALEGRAI-VOS POR SERDES PA...

. REJEITÁMOS AS COISAS QUE ...

. QUANDO ORARES... ENTRA NO...

.arquivos

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds