Terça-feira, 4 de Novembro de 2008

FELIZ É A NAÇÃO CUJO DEUS É O SENHOR

Salmo 33:12

 

 

                    Este Salmo é, todo ele, um hino de louvor e gratidão a Deus, que providencia constantes alegrias e sempre está junto do Seu povo para que não sucumba, nem caia derrotado.

 

                   O nosso Deus é um Deus poderoso que, com uma só palavra, torna acessíveis todos os caminhos para a felicidade do homem. Para Ele não há impossíveis.

 

                   Por outro lado, Ele é bondoso, misericordioso, amor, e está disponível para ajudar quantos a Ele vêm e n'Ele confiam.

 

                   Ele é também um Deus justo, fiel, verdadeiro e na Sua pessoa nada falha, tudo é perfeito, objectivo, santo e contribuinte para o bem dos santos escolhidos por Ele!

 

                   Não há dúvidas, bem aventurada a nação cujo Deus é o Senhor com estas características. Bem aventurado, muito feliz, o povo que Ele escolheu para Sua herança. No caso presente, referenciado no Salmo 33, era o povo de Israel, mas, no sentido geral, é o povo que Jesus comprou com Seu próprio sangue e purificou, para o apresentar a Deus como nação santa, chamada e tirada das trevas para a Sua maravilhosa luz.  Somos nós, os salvos por Jesus. És tu e eu, que cremos no Seu Santo Nome e no sacrifício da Sua cruz. Aleluia!

 

                  É maravilhoso ter esse Deus como nosso Salvador de Senhor! Nós somos o Seu povo escolhido e separado para o louvor da Sua glória (I Pedro 2:9).

 

                  Que bom sermos a herança adquirida por Jesus para glória de Deus Pai! Que felicidade sermos parte da nação cujo Deus é o Senhor!

 

publicado por archote às 08:20

link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De ivoneboechat a 29 de Junho de 2014 às 00:25
Feliz é a nação cujo Deus é o Senhor

Ivone Boechat (autora)

A felicidade de qualquer nação depende, fundamentalmente, do reconhecimento da soberania de Deus e a influência que Ele possa exercer sobre as pessoas, sobre as famílias e todas as instituições. Quando se buscam deuses falsos ou quando não se cultua a nenhum deus, quando a Palavra de Deus e as suas Leis não têm lugar de adoração e destaque na vida da sociedade, ela padece entregue aos vícios, à depressão, à infelicidade.
Uma nação se constrói no alicerce da fé.
Feliz é a nação que “instrui ao menino no caminho em que deve andar” Pv 22:6.
Feliz é a nação, onde a juventude “Lembra-se do Seu criador nos dias da sua mocidade” Ec 12:1.
Feliz é a nação, onde os “príncipes ensinam aos anciãos a sabedoria...” Sl 105:22.
Feliz é a nação que atende aos profetas de Deus, pois suas palavras são “...como uma candeia que alumia em lugar escuro, até que o dia amanheça e a estrela da alva surja em vossos corações” (II Pe 1:19).
Feliz é o cidadão que reclina sua fronte nas sagradas escrituras, porque “seca-se a erva e murcha a flor, mas a palavra de nosso Deus subsiste eternamente” Is 40:8.
Feliz é o homem que “anda pelo caminho da retidão, no meio das veredas da justiça” Pv 8:20.
A humanidade clama pela presença do Deus vivo, fiel, justo, capaz de transformar as tristezas desta civilização decadente, numa geração eleita, confiante. Cada família pode se apresentar como agência do bem, responsável por seus filhos, vigilantes da paz.
Feliz é a nação que se esforça para caminhar debaixo da potente mão do Senhor e reconhece que, desde a antiguidade, “Fiel é Deus pelo qual fostes chamados para a comunhão de seu Filho Jesus Cristo nosso Senhor.I Cor.1:9

http://www.prazerdapalavra.com.br/colunistas/ivone-boechat/5962-feliz-e-a-nacao-cujo-deus-e-o-senhor-ivone-boechat

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. VERDADEIRAMENTE, ESTE HOM...

. ACHEI DAVID, VARÃO CONFOR...

. ÉREIS GENTIOS, LEVADOS AO...

. SENHOR, O POÇO É FUNDO! O...

. SENHOR, O POÇO É FUNDO......

. NUNCA CONSEGUIREMOS ENCON...

. OS QUE PADECEM SEGUNDO A ...

. O SENHOR, O ETERNO DEUS, ...

. FIRMES, CONSTANTES E ABUN...

. LEVANTAI-VOS... VAMO-NOS ...

.arquivos

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds