Terça-feira, 23 de Junho de 2009

PEDIS E NÃO RECEBEIS, PORQUE PEDIS MAL...

Mateus 6:5-7                                                            Tiago 4:3

 

                   Há já muitos anos, quando angariávamos fundos para a construção de um dos nossos templos aqui no Algarve,  fui abordado por um irmão, humilde, mas muito fiel na Obra do Senhor, que me disse:

 

                    - Pastor, ando um pouco desanimado e desiludido, pois Deus não me ouve nas minhas orações...

 

                    - Tenha cuidado, meu irmão, pois o desânimo é uma das mais perigosas armas que o diabo usa para nos impedir de auferirmos as bênçãos do Senhor.

 

                    -  Mas, eu oro, oro e torno a orar, mas Deus não me ouve. Principio a duvidar da eficácia da oração...

 

                    - E o irmão ora por um bom motivo, para glória de Deus, bem do seu próximo e para seu próprio bem?

 

                     - Sem dúvida, Pastor! Eu estou a orar há já três meses para que me saia a Lotaria Nacional para eu poder pagar toda a construção do templo para a nossa Igreja, que anda a reunir-se de casa em casa...

 

                       - Bem, meu irmão, o motivo é bom e Deus já lhe respondeu que tem outra maneira de erguer a Sua Casa - com o esforço e a contribuição de todos. Assim, ninguém vai ficar orgulhoso de fazer uma obra que Deus está a fazer através da Sua Igreja.

                         A melhor maneira, a maneira mais certa de pedir é no sentido de que Deus nos dê vida, saúde, disposição e liberalidade para trabalhar e contribuir e o templo será erguido por Deus, através de nós.

 

                          Por vezes, oramos e não vemos a resposta, porque pedimos mal; pedimos com sentimentos menos próprios e menos de acordo com a vontade de Deus. Cuidado com o orgulho, com a vaidade de sermos nós, com a ambição desmedida.

 

                         Peçamos com fé, humildade e segundo a vontade de Deus e receberemos, porque Deus é fiel e não pode negar-Se a Si mesmo.

 

                         Conta-se que certa missionária na Índia levou para sua casa uma criança abandonada pelos pais, enquanto aguardava vaga numa instituição própria.

 

                          Enquanto ali esteve, a criança aprendeu a ler, foi à Escola Dominical, aprendeu a cantar hinos com a sua educadora e aprendeu também a orar a Deus.

 

                           Um dia a criança acordou chorando com uma forte dor de dentes. A missionária preparou um medicamento, deu ao menino e disse-lhe: - vá, agora dorme, pois o remédio vai fazer efeito e a dor vai passar.

 

                            Pela manhã a serva do Senhor perguntou ao rapazinho: - Então, o remédio foi bom? A dor passou?

 

                           Sim, senhora, passou, pois eu orei ao Senhor do céu para que a dor passasse e a senhora pudesse dormir o resto da noite descansada.

 

"Pedi a dar-se-vos-á; buscai e achareis; batei e abrir-se-vos-á"

porque Deus é fiel nas Suas promessas.

 

publicado por archote às 08:04

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. EU SOU O SENHOR QUE TE SA...

. NÃO ANDEIS PREOCUPADOS QU...

. TOMAI SOBRE VÓS O MEU JUG...

. O NOSSO DEUS, A QUEM SERV...

. OUVI A TUA ORAÇÃO... VI A...

. SE O MEU POVO SE HUMILHAR...

. FAREI CHOVER PÃO DOS CÉU...

. ASSIM CESSOU A OBRA DA CA...

. NÃO CONVÉM QUE VÓS E NÓS ...

. QUEM, DE ENTRE VÓS, ME CO...

.arquivos

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds