Sexta-feira, 28 de Agosto de 2009

NU SAÍ DO VENTRE DA MINHA MÃE, NU TORNAREI PARA LÁ...

Job 1:14-21                                                                    Job 1:20

 

                    Esta é uma das frases mais emblemáticas do livro de Job -- "Nu saí do ventre da minha mãe e nu tornarei para lá; o Senhor o deu, o Senhor o tomou, bendito seja o Seu Santo Nome".

 

                     Nós nada temos. Tudo quanto julgamos ter veio de Deus e, um dia, ao partirmos para a eternidade, tudo deixaremos cá. Nada poderemos levar connosco.

 

                     Não confieis nas riquezas, porque elas são deste mundo e cá ficarão. Nós, ou ajuntamos tesouros no céu, onde nem a traça, ferrugem ou ladrões destroem, ou ficaremos paupérrimos no sofrimento eterno.

 

                     Job entendeu isto mesmo e, depois de ter perdido todos os seus bens, não estava amargurado, antes, louvava a Deus dizendo "o Senhor o deu, o Senhor o tomou".

 

                      Estou a lembrar-me de um homem rico, que comia e bebia regaladamente, vertia-se de púrpura e linho finíssimo, mas acordou no inferno, miserável, cego e nu, que nem uma gota de água tinha para lhe refrescar a língua. Outro, porém, que, nesta terra, nada teve e que sempre viveu nas maiores necessidades, foi levado para o céu pelos anjos, onde, feliz, se alegrava no seio de Abraão (Leia-se Lucas 16:19-31).

 

                      Que grande visão a de Job! Qual é o teu pensamento àcerca das riquezas? O que é que significam para ti? Tens posto nelas a tua confiança? Ou são elas apenas meios para atingires os fins de glorificação do Criador?

 

                       Job tinha uma concepção muito concreta dos bens deste mundo. Usá-los da forma mais digna, e já chega.

 

publicado por archote às 07:23

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
27
28
29
30
31

.posts recentes

. SOMOS SANTUÁRIO DO DEUS V...

. ELE LIVROU-NOS PORQUE NOS...

. CANTAI LOUVORES AO SENHOR...

. CRISTO NOS RESGATOU DA MA...

. O PECADO IMPERDOÁVEL

. O SENHOR AGRADA-SE DAQUEL...

. VERDADEIRAMENTE, ESTE HOM...

. ACHEI DAVID, VARÃO CONFOR...

. ÉREIS GENTIOS, LEVADOS AO...

. SENHOR, O POÇO É FUNDO! O...

.arquivos

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds