Domingo, 29 de Maio de 2011

SENHOR, QUEM PECOU? ELE OU OS SEUS, PARA QUE NASCESSE CEGO?

João 9:1-16                                                  João 9:2

 

 

Eis aqui uma boa pergunta para reflexão. Quem é culpado para que haja tanta miséria e desgraça no mundo? Porque nasce uma criança cega ou com problemas insolúveis? Quem é culpado? A criança?... Seus pais?...

 

Não temos dúvidas que todos os traumas, doenças, deficiências, limitações, etc., são consequência da entrada do pecado no mundo, porque, quando Deus o criou, "olhou tudo quanto tinha feito e eis que era tudo muito bom". Tudo era perfeito e completo (Génesis 1:31).

 

No caso presente deste homem que havia nascido cego, as pessoas opinavam: - Foi ele que pecou. Outros terão dito: - não, foi a família dele que pecou e fez algo antes dele nascer. Jesus respondeu aos Seus discípulos, dizendo: - "Nem ele pecou, nem seus pais, mas foi assim para que nele se manifestassem as obras de Deus".

 

Deus é soberano e age em relação aos Seus como Lhe apraz. Podemos não compreender, mas é sempre o melhor para nós. Pode custar-nos, mas vale sempre a pena. 

 

Conhecemos a história de uma jovem norte americana, Jonny, que, aos 15 anos, ao dar um mergulho, ficou tetraplégica, à excepção da cabeça. No princípio ela não compreendeu e viveu dias de revolta contra Deus, chegando mesmo a descrer do Seu amor. Com o passar dos anos e a leitura atenta da Palavra, ela veio a compreender que "todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus e são chamados por Seu decreto".  Cursou uma escola bíblica e hoje, de sobre a sua cadeira de rodas, ela gere um maravilhoso ministério de chamada a todos aqueles que sofreram acidentes mais ou menos graves. Muitos têm sido aqueles que se converteram através do seu ministério.

 

Os pensamentos de Deus não são os nossos pensamentos, nem os Seus projectos os nossos projectos, por isso há que aceitá-los e segui-los para glorificação do Seu Nome.

 

No que respeita àquele cego de nascença, Jesus cuspiu no chão e com  a Sua saliva fez lodo, untou os olhos do cego e mandou-o ao tanque de Siloé lavar-se. Indo ele, lavou-se e voltou vendo. Foi um motivo de testemunho para os que o conheciam e até para as autoridades judaicas, a quem desafiou: - "quereis também vós tornar-vos Seus discípulos?" (João 9:27)

 

Como te sentirias se Deus quisesse usar-te através de um qualquer problema físico? Revoltar-te-ias contra Deus? Blasfemarias ou dispor-te-ias a dar graças por tudo e a servi-lO com todas as tuas forças? 

publicado por archote às 07:09

link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De joaquim a 30 de Maio de 2011 às 11:13
è dificil perceber a vontade de Deus, era bom se houve se um manual de interpretação, mas não há. So o future revela os porques de certas situações. Eu proprio me julgava uma pessoa correcta e quando tive uma grande reviravolta na minha vida revoltei-me contra Deus. Hoje percebo que foi para meu bem e arrependo me das minhas emoções, mas não é facil

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. ESTA POBRE VIÚVA DEU MAIS...

. DEUS NÃO É DEUS DE MORTOS...

. A MINHA CASA SERÁ CHAMADA...

. BENDITO AQUELE QUE VEM EM...

. ENGANOSO É O CORAÇÃO, MAI...

. LOUVAI AO SENHOR, PORQUE ...

. SEDE FIRMES, CONSTANTES E...

. NAQUELE TEMPO ESTÁVEIS SE...

. A MINHA PALAVRA É COMO O ...

. DEIXARÁ O HOMEM SEU PAI E...

.arquivos

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds