Domingo, 28 de Agosto de 2011

ENTÃO CONHECEREIS QUE EU ESTOU NO PAI

João 14:13-20                                                   João 14:20

 

 

Estar no Pai e permitir que o Pai esteja em nós é a coisa mais doce que pode haver. Se não houver interferências nesta união, é como a vara na videira, é como o enxerto na madre. Há comunhão, identificação e uma só vida correndo nas nossas veias.

 

Esta expressão significa que Deus nos abençoou em Cristo, nos escolheu,  nos enxertou n'Ele, nos perdoou e nos justificou, como também nos fez agradáveis a Si mesmo, no Amado (Efésios 1:6).

 

"Se alguém está em Cristo nova criação é, as coisas velhas já passaram, eis que tudo se fez novo" (II Coríntios 5:17), por isso mesmo, agora, "nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus". Agora estamos em Jesus para que demos muito fruto e, no fim, aufiramos a vida eterna.

 

Já te esvaziaste de ti mesmo para dares lugar a Jesus? Enquanto estivermos cheios de nós mesmos e da nossa auto suficiência, Jesus não pode vir morar plenamente em nós. Ainda temos o nosso "quartinho de orgulho" onde Jesus não entra, nem reina.

 

Assim como Jesus está no Pai, estejamos nós totalmente no Filho para que o Pai também esteja em nós.

publicado por archote às 07:14

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds