Quarta-feira, 26 de Outubro de 2011

VÓS SOIS O SAL DA TERRA

Mateus 5:13-16                                             Mateus 5:13

 

 

Que privilégio e que responsabilidade Jesus nos confiou - ser sal da terra e ser luz do  mundo!

 

Talvez pensemos pouco importante "ser sal", mas, se o é hoje, muito mais o era nos tempos de Jesus, em que era preciso preservar e conservar os alimentos, e não havia as técnicas do século XXI. O sal, além de dar gosto aos alimentos, também impede a sua putrefacção e corrupção.

 

O sal é, pois, muito valioso, embora, como todas as coisas, seja necessário usá-lo com sabedoria e moderação. Não é quanto mais melhor, mas apenas o suficiente.

 

Lembro-me de uma história que a minha santa mãe contava, à sua prole, nas noites de inverno, à doçura do calor da lareira. Dizia ela:

 

"Era uma vez um rei que tinha três filhas. Para ouvir quanto elas o amavam, perguntou a cada uma: - Tu, minha herdeira e filha primogénita, gostas de mim, assim como?... Ela respondeu: - meu pai ,eu gosto de ti como da luz dos meus olhos, que iluminam e guiam!-  E tu, minha segunda filha e consolação da minha vida?...  Eu, gosto tanto de ti, meu pai, como gosto da luz do sol, que nos alumia e aquece diariamente!... -  E tu, minha esperança e certeza de continuidade?  perguntou à filha mais nova...  Eu, meu pai e senhor, gosto tanto de ti como gosto do sabor do sal.

 

O rei ficou desiludido com a resposta da sua terceira filha e começou a tratá-la com desdém e menos amor e até alguma rispidez.

 

Um dia, a princesa mais nova ordenou aos cozinheiros que fizessem todos os manjares da mesa do rei sem qualquer sal.

 

O rei zangou-se muito e mandou toda a comida para trás, dispondo-se a castigar os cozinheiros. Foi então que a princesa interveio e, assumindo a responsabilidade, disse: - Ah, meu senhor, pensei que não gostaríeis do sabor do sal...

 

O monarca, sentindo como tinha sido injusto para com a sua filha, pois o sabor do sal é valioso, abraçou a menina, assumindo a sua injustiça para com ela".

 

O sal é bom, é útil, dá sabor e é uma ilustração adequada do poder santificador de Deus, que deve manifestar-se nos Seus filhos. "Se o sal for insípido, para nada mais presta do que para ser lançado fora".

 

Temos que ser o sal da terra, ter um bom testemunho, uma vida santa, temperada, de glória para Deus, para que, assim, possamos influenciar o mundo perdido.

 

Lembremo-nos de Lot. Como perdeu seu poder de salgar e, quando quis advertir seus genros do mal que estavam a fazer, eles não lhe deram ouvidos (Génesis 19:14). Lot foi sal que se tornou insípido, sem poder.

 

Mantenhamos as nossas vidas santas, temperadas e de testemunho constante.

publicado por archote às 07:11

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds