Quarta-feira, 28 de Dezembro de 2011

NÃO INSTES PARA QUE TE DEIXE... O TEU POVO É O MEU POVO, O TEU DEUS É O MEU DEUS

Rute 1:15-22                                  Rute 1:16b

 

 

Rute é um exemplo de lealdade e amor para com Noemi, sua sogra. Talvez por isso, sendo ela estrangeira, Deus lhe concedeu a bênção de figurar na genealogia de Jesus, o Salvador do mundo.

 

No seu relacionamento com a sogra e na luta pelos seus objectivos, ela mostra-se uma guerreira fiel, obediente e comprometida. Dá a todos os salvos um exemplo a seguir. Não olhou à velhice, nem à pobreza e desamparo de Noemi. Ela predispôs-se a abandonar família, povo e deuses por amor à sua sogra. Quantas noras, nos nossos dias, estariam dispostas a sacrificar algo por alguém que já nada tinha para lhe dar?

 

"Não instes para que te deixe e me afaste de ti, porque onde quer que tu fores, irei eu; onde quer que pousares, pousarei eu; o teu povo é o meu povo e o teu Deus é também o meu Deus; onde quer que morreres, morrerei eu e ali serei sepultada... só a morte me separará de ti".

 

Rute se bem o prometeu, melhor o cumpriu. Foi fiel à sua promessa. Deus é fiel e quer que nós sejamos fiéis e cumpridores das nossas promessas. Só assim obteremos as Suas bênçãos.

 

Esta mulher, além de vir a fazer parte de um povo de "bom nome", também foi querida dos betelamitas e tornou-se ancestral do Messias de Deus.

 

Examinemo-nos a nós mesmos. A nossa fidelidade, a nossa lealdade, o nosso amor para com o nosso próximo têm algo a ver com os comportamentos de Rute? Temos oscilado ou sido fiéis?

 

Oremos ao Senhor para que os nossos relacionamentos sejam frutíferos para nós e para os outros. É uma boa maneira de darmos bom testemunho da nossa fé.

publicado por archote às 07:12

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds