Sábado, 31 de Dezembro de 2011

MUITO TEMPO DEPOIS, VEIO AQUELE SENHOR E FEZ CONTAS COM ELES

Mateus 25:14-30                                   Mateus 25:19

 

 

Esta parábola dos talentos, contada por Jesus, tem por fim despertar a nossa atenção para a forma como estamos a gerir os talentos que Deus colocou sob a nossa responsabilidade.

 

Chegará o tempo, mais tarde ou mais cedo, em que o Senhor virá fazer contas connosco e não esqueçamos que cada um de nós Lhe prestará contas por si mesmo. Não sabemos o ano, mês ou dia, mas ele chegará, pelo que importa que estejamos preparados. Temos que aproveitar bem o tempo da nossa vida, gerir bem os nossos talentos, sem preguiça, negligência ou falta de tacto.

 

Não está em causa o número de talentos dado a cada servo, mas a maneira como cada servo administrou esses talentos  - com diligência, trabalho ou escondendo-o debaixo da terra para não dar trabalho e ser devolvido tal como lhe foi entregue. Isso é preguiça e os preguiçosos serão condenados. Se o servo que recebeu um só talento tivesse negociado e ganho algo com ele, também, seria elogiado e recompensado, mas ele limitou-se a escondê-lo na terra.

 

Este é o último dia do ano de 2011. Nele, Deus deu-nos muitas oportunidades de trabalhar para Ele, de ganhar almas (uma só alma vale mais que o mundo inteiro). Como trabalhámos os nossos talentos? Fizemos algo com eles ou escondemo-los na terra?        

 

De acordo com o que tivermos feito com os nossos talentos, como tivermos gastos as nossas oportunidades, seremos recompensados ou condenados.

 

Será que o Senhor ainda vai demorar a vir ou já está à porta  chamando-nos a contas? Trabalhemos enquanto é tempo, porque  ele vai acabar e, depois, que contas vamos dar a Deus?                                                                                                

publicado por archote às 07:17

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds