Segunda-feira, 24 de Setembro de 2012

SENHOR, ENSINA-NOS A ORAR

Lucas 11:1-4                                     Lucas 11:1

 

A oração é a vida da alma, a respiração da fé verdadeira, o impulso do amor autêntico, o verdadeiro combate espiritual. Pela oração o crente salvo aproxima-se de Deus, para Lhe pedir a Sua ajuda, também para Lhe agradecer as Suas bênçãos e para louvar o Seu Santo Nome, por aquilo que Ele é, por aquilo que Ele faz em cada um de nós. A oração é vital para a vida espiritual do crente, pelo que não nos admira nada que os discípulos Lhe tivessem pedido "Senhor, ensina-nos a orar".

 

A oração não é rezar (repetir algo diante de Deus), mas é  falar com Deus, como um filho fala com o pai. Não uma conversa mágica, repetida sem cessar (rezar o terço) para forçar Deus a dar-nos alguma coisa. É, antes, um filho a apresentar, com humildade, ao Pai as suas necessidades, na certeza de que Ele ouvirá e responderá.

 

A oração tem sempre o fim de glorificar o Nome de Deus, sabendo a Sua vontade para cumpri-la, para nos fortalecer no combate contra o inimigo das nossas almas e saciar a nossa sede da Sua comunhão.

 

A oração deve ser dirigida a Deus e só a Deus, em Nome de Jesus, único mediador entre Deus e os homens. Quaisquer outros mediadores não servem para apoiar a nossa fé.

 

Como e quando devemos orar? Devemos viver no espírito de oração, isto é, orar sem cessar, orar sempre, porque a oração é um escudo protector.  Devemos orar com uma consciência limpa, humilde, carente e com um coração pleno de amor a Deus e de fé no Seu poder de agir.

 

A oração, além da componente de louvor, também deve ter confissão dos nossos pecados, petição das nossas necessidades e de agradecimento por tudo aquilo que já recebemos de Deus, pois Ele quer que em tudo sejamos agradecidos.

 

Deixei para o fim esta componente : - A INTERCESSÃO E PETIÇÃO, porque a grande maioria das nossas orações é constituída só por petições. Pedimos "por tudo e por nada" e, muitas vezes, pelo que devíamos pedir, não pedimos.

 

Que as nossas orações não sejam um rosário de petições, mas contenham louvor ao Senhor, nosso Salvador, confissão dos nossos pecados, intercessão pelo mundo perdido e pela sua salvação, petição pelas nossas necessidades e pelas necessidades dos homens explorados pelos homens e também agradecimento, porque Deus  amou o mundo de tal maneira que mandou o Seu amado Filho para morrer, como Cordeiro de Deus, para que todo aquele que n'Ele crer não morra, mas tenha a vida eterna.

publicado por archote às 07:05

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds