Quarta-feira, 24 de Abril de 2013

PORQUE ESTÁS ABATIDA, Ó MINHA ALMA

Salmo 42:5                                             Salmo 42:1-11

 

Este é um Salmo em que o salmista expressa as suas saudades pelas reuniões solenes de louvor a Deus, quando os cânticos de adoração e louvor eram sinceros, espontâneos, oportunos. Hoje as coisas são diferentes. Parece que tudo é ritual e nada vem do coração. Tudo é superficial. Parece que Deus  se afastou e nos deixou sós.

 

Porém, a verdade é que Deus nunca abandona os Seus filhos. Somos nós que O abandonamos e O trocamos pelas banalidades da vida. Somos nós que nos enchemos de mundanismo e que tiramos o lugar e o tempo que Ele tinha na nossa vida. Pusemo-lO à porta, a bater por entrada, em vez de O entronizarmos no coração. Nesta situação ninguém pode ser feliz.  Estamos tristes, abatidos e angustiados sem saber porquê. Deixa a luz do céu entrar no teu coração. Não a impeças de brilhar e aquecer o teu coração.  Tu estás cheio de aflições, angústias, temores e amarguras, apenas porque trocaste o Senhor da vida por um "punhado de nada". Esvazia o teu coração, arrepende-te dos teus pecados e deixa de novo Jesus reinar na tua vida. Se assim fizeres verás que o abatimento, a perturbação e a dor irão embora. Tu serás feliz e seguro de novo. Jesus é o nosso castelo forte, nosso refúgio e fortaleza nas horas da angústia.

 

Em Cristo Jesus nada nos atribulará pois n'Ele somos mais que vencedores. Ele é segurança a todos os níveis e em todas as situações. Ele é o pão que alimenta e fortifica; é água pura que dessedenta; é castelo seguro na guerra contra Satanás; Ele é alegria, paz e salvação. 

 

"Porque estás abatida, ó minha alma"? Se tens Jesus no coração, tens tudo o que precisas. Aproveita enquanto é tempo e não sofras mais.

publicado por archote às 07:02

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds