Sexta-feira, 28 de Junho de 2013

CONFESSEI-TE O MEU PECADO E A MINHA MALDADE NÃO TE ENCOBRI

Salmo 32:5                                                 Salmo 32

 

Este Salmo 32 é um daqueles em que David confessa ao Senhor os seus pecados, iniquidades e maldades. Ele abre o seu coração e confessa  o que sofreu  enquanto tentava encobrir o seu adultério com Betseba e o seu homicídio na pessoa de Urias.

 

"Enquanto eu me calei", enquanto escondi o meu pecado, muitos outros cometi para ocultar o meu adultério - fui ardiloso contra o meu próximo, fui mentiroso, assassino. Esqueci-me que o pecado "tem uma capa com que tapa e outra com que destapa". Durante esse tempo, e para que ninguém visse  o "meu pecado escondido", envelheceram os meus ossos dentro de mim. Gritou a minha consciência, acusando-me. Fui infeliz de dia e de noite, e, no final, não escondi nada! O meu pecado me encontrou.

 

É sempre assim. Não erreis, sereis apanhados pelos vossos pecados.

 

David foi alertado pelo profeta Natã, que lhe contou uma história de um homem rico, que tinha muitas cabras, ovelhas e vacas nas suas propriedades, e de um outro que só tinha uma ovelha para seu sustento.  Com sua lã fazia as suas vestes, com seu leite se alimentava,  de queijo e leite.

 

Certo dia - contou o profeta Natã - chegou a casa  do rico proprietário uma visita, que precisava obsequiar com um jantar. Então, foi roubar a ovelha do pobre homem, matou-a e dela fez uma lauta refeição para o seu convidado.

 

- Majestade, que se fará perante tão mesquinho procedimento?

 

David respondeu: - deve castigar-se severamente esse rico maldoso e fazê-lo pagar o que fez ao seu semelhante.

 

Então, Natã disse: - esse rico és tu, que, tendo tantos bens, mulheres e concubinas, mandaste roubar Betseba, mulher de Urias, adulteras-te com ela e ainda mandaste matar o marido.

 

David compreendeu o que tinha feito. Arrependeu-se do seu pecado. Confessou suas maldades a Deus e abandonou-as, tendo dado testemunho disso nos Salmos 32 e 51.  Lede-os com atenção e fazei como David, que aceitou o castigo, mas também confessou a Deus  os seus pecados e iniquidades.

 

Só mediante a confissão do nosso pecado e do seu abandono seremos perdoados e reabilitados diante de Deus.

publicado por archote às 07:04

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds