Sexta-feira, 23 de Agosto de 2013

A SETH NASCEU UM FILHO, A QUEM CHAMOU ENOS, COMEÇANDO-SE A INVOCAR O NOME DO SENHOR

Génesis 4:26                                            Génesis 4:23-26

 

Depois do pecado ter entrado no mundo, por meio de Eva e de Adão, criou-se uma corrente maligna que nunca mais parou. Caim, o filho mais velho de Adão e Eva, cresceu orgulhoso, ambicioso e invejoso. Foi tal a inveja que o dominou que um dia ergueu a sua mão assassina e matou seu irmão Abel.

 

Quis esconder de Deus o seu pecado, dizendo que "não era guardador de seu irmão". Contudo, a Deus ninguém pode esconder o seu pecado. Ele conhece os nossos pensamentos e tudo da nossa  vida, sendo que o pecado escondido traz sempre pesadas consequências. Foi o que aconteceu com Caim e sua descendência, que viveram uma vida de maldição.

 

Com o nascimento de Seth, também descendente de Adão,  as coisas principiaram a mudar, pois, por Enos, começou a invocar-se o Nome de Deus sobre a terra. São, sem dúvida, boas notícias. Porque teria havido esta mudança, não sabemos, mas talvez por os descendentes de Seth terem visto a vida ímpia de Caim e suas famílias, e sentissem que valia mais servir a Deus.

 

É notável assinalar que na genealogia de Adão, Seth, Enos e seguintes sempre vem a frase "viveu... e morreu". O pecado introduziu no mundo não só a morte espiritual, que aconteceu logo que Adão e Eva comeram do fruto proibido (o salário do pecado é a morte - Romanos 3:23), mas também a morte física, como Deus havia dito a Adão - "voltarás à terra, porque dela foste tomado, porquanto és pó e em pó te tornarás".  Assim, morreu Adão com 930 anos, Seth com 912. Morreram todos e morreremos nós também fisicamente porque "aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo, depois disso, o juízo" (Hebreus 9:27).

 

Enquanto vivermos neste mundo, as consequências do pecado serão sempre visíveis e duras, tanto para os salvos, como para os ímpios perdidos. Cristo veio limpar-nos do pecado e preparar-nos para a vida eterna. Aqui na terra temos que sofrer as consequências do pecado.

 

No tempo de Enos começou a invocar-se o Nome do Senhor, mas parece não ter havido grande diferença das famílias, pois, no tempo de Noé encontramos uma geração misturada, corrupta, violenta e má, da qual Deus sentia tristeza e necessidade de destruir (Génesis 6).

 

Deus julgou e castigou esta geração com a descida do dilúvio, que a todos levou.

 

Deus não esquece o pecado da impiedade e da blasfémia contra o Espírito Santo.

publicado por archote às 07:04

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds