Sábado, 24 de Agosto de 2013

LEVAVAM UM DEFUNTO, FILHO ÚNICO DE UMA VIÚVA

Lucas 7:12                                    Lucas 7:11-17

 

A morte é algo que todos temos certo (Hebreus 9:27). Todos temos a certeza de que um dia teremos de enfrentá-la, mas é algo que amedronta multidões, embora para alguns, os "poucos escolhidos", seja apenas a passagem de uma vida física,  amaldiçoada pelo pecado, para a vida celestial, na presença de Deus do nosso Criador, Senhor e Salvador.

 

Na passagem em foco temos o encontro de um cortejo de pessoas tristes e chorosas, que saíam da cidade para sepultarem um jovem, filho único de uma viúva, com um cortejo de vida (Jesus é vida), que entrava na cidade de Naim, para comunicar vida, esperança, paz e luz. Era Jesus com os Seus discípulos e uma grande multidão que O seguia. Este encontro da vida verdadeira com a morte foi um momento muito especial.

 

O Senhor Jesus parou, olhou para aquela pobre mulher que perdia o seu úniso filho, moveu-se de íntima compaixão por ela e disse-lhe:- "Não chores..."

 

Não choro? Como não chorar? Ali naquele esquife vai o meu filho, o meu único filho e amigo. Como não chorar se sou viúva, desfilhada, sem amparo e sozinha no mundo? É fácil falar!

 

Nisto, Jesus passa das palavras à obras, à acção. Estende a Sua santa mão sobre o caixão e diz: - "mancebo, a ti te digo: levanta-te! - Logo o defunto se levantou e começou a falar. Então, Jesus entregou-o a sua mãe.

 

Sim, é verdade. Pessoas mortas não se sentam, não começam a falar sem mais nem menos, não saem dos caixões... mas, com Jesus é possível. Não há impossíveis para Ele. Ele é Deus Todo Poderoso.

 

Ali, em Naim, a morte e a vida se encontraram, mas a morte foi vencida pelo poder do grande Deus, que veio do céu à terra exactamente para derrotar a morte, o pecado e Satanás. Ele o fez na cruz, mas, como Deus, Ele o fez antes e o faz ainda hoje, se tivermos fé, nem que seja do tamanho de um grão de mostarda. Ele aboliu e venceu a morte e trouxe à luz a vida e a incorrupção pelo Evangelho (II Timóteo 1:10).

 

Deus é Deus vivo e da vida e, como tal, não deixa espaço para a morte. Crês tu isto? Se creres em Jesus como Senhor e Salvador terás esta visão de Deus.

publicado por archote às 07:03

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds