Sábado, 24 de Maio de 2014

CONHECEMOS QUE AMAMOS OS FILHOS DE DEUS, QUANDO AMAMOS A DEUS

I João 5:2                                                  I João 5:1-5

 

Isto de dizer que amamos a Deus, que todos somos Seus filhos e que, no fim, todos seremos salvos, carece de fundamento bíblico. Não pode ser dito só de língua, aereamente, para defendermos um ponto de vista que está absolutamente fora do seu contexto. Deus é amor. Deus ama a todos os homens, com um profundo e insondável amor. Deus quer salvar todos os homens. Não quer que ninguém se perca. Mas só salva os que O amam de todo o coração, entendimento e alma, e, por isso, aceitam Jesus Cristo como seu único e suficiente Salvador.

 

"Deus amou o mundo de tal maneira que enviou ao mundo o Seu Filho Unigénito, para que todo aquele que n'Ele crer não morra, mas tenha a vida eterna". É preciso crer no sacrifício vicário feito por Jesus para sermos salvos por Ele.

 

"Nisto conhecemos que amamos os filhos de Deus (o próximo como a nós mesmos) quando amamos a Deus e guardamos os Seus mandamentos e fazemos a Sua vontade.

 

Se amamos a Deus e fazemos a Sua vontade, também amamos o próximo como a nós mesmos. O meu amor a Deus é demonstrado no meu amor ao próximo.

 

Ele nos amou quando nós ainda éramos pecadores e Seus inimigos. É um amor puro, desinteressado, santo, tal qual o nosso amor deve ser para com o nosso próximo, porque o amor do Pai já está em nós.

 

O amor do Pai já está em ti? És capaz de perdoar a quem te tem ofendido? Não ficam restos de rancor em ti? Amas mesmo aos teus irmãos? Então é verdade. O amor do Pai está em ti e tu és um filhinho de Deus, não pelo que tu fizeste, mas pelo que Cristo fez por ti.

publicado por archote às 07:01

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds