Quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

CRISTO NOS RESGATOU DA MALDIÇÃO... FAZENDO-SE MALDIÇÃO POR NÓS

Gálatas 3:13                                                     Gálatas 3:9-14

 

"Meu Deus, que amor, meu Deus, que imenso e eterno amor!" .São estas palavras do hinólogo que ocorrem ao nosso coração quando lemos as palavras de Paulo - "Cristo nos resgatou da maldição da Lei, fazendo-Se maldição por nós... pois está escrito: maldito todo aquele que for pendurado no madeiro". 

 

Foi tremendo! Foi terrível, pois todos os passos da crucificação tiveram o propósito não só de ferir, flagelar e matar a vítima, mas também de a ultrajar, rebaixar publicamente. Normalmente, a morte de cruz era reservada aos criminosos mais terríveis, homicidas, escravos, etc.. O condenado era constrangido a levar a sua cruz pelas ruas da cidade, para que todos o vissem e zombassem dele.

 

Jesus, sendo Deus, fez-Se homem para carregar a cruz da maldição a que todos nós estávamos condenados. "Ele morreu pelos nossos pecados". "Levando em, Seu corpo, os nossos pecados sobre o madeiro, para que, mortos para o pecado, vivamos para a justiça".

 

Sem nunca ter cometido pecado, Ele pagou os nossos pecados, sendo pendurado no madeiro! Quanto Lhe devemos! Como devemos amá-lO e engrandecê-lO pela Sua tão grande salvação! Ele não devia nada, mas pagou por todos os nossos crimes e iniquidades.

 

Dobremos os nossos joelhos e agradeçamos a Deus, que nos deu Jesus, Seu Filho amado, para pagar as nossas dívidas e riscar a "cédula que nos era contrária".

 

Ajuda-nos, Senhor, a compreender quanto Te devemos!

publicado por archote às 07:01

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds