Terça-feira, 28 de Outubro de 2014

SE TENHO DE GLORIAR-ME... GLORIAR-ME-EI NAS MINHAS FRAQUEZAS

II Coríntios 11:30                                          II Coríntios 11:16-33

 

Não faltam por aí "gabarolas" que não cessam de se exaltar a si mesmos - seus feitos, suas qualidades, virtudes, poder, conquistas. Muitas vezes, obras e conquistas feitas passando sobre os direitos dos mais infelizes, a quem têm escravizado.

 

Isto não é do agrado de Deus, que diz: - "Não se glorie o sábio na sua sabedoria, nem o forte na sua força, nem o rico nas suas riquezas... mas, o que se gloriar, glorie-se em Me conhecer e saber que Eu Sou o Senhor que faço beneficência, juízo e justiça sobre toda a terra..." (Jeremias 9:23-24).

 

Na Igreja de Corinto parece que havia várias pessoas com a fraqueza de se gloriarem dos seus feitos, dos seus dons, especialmente por curarem e falarem línguas estranhas, serem da descendência de Abraão. Com esta sua atitude, estavam a escandalizar os crentes mais humildes, os gentios convertidos e os recém-convertidos que ainda não tinham descoberto os seus dons.

 

Paulo disse que não deviam gloriar-se em nenhuma dessas coisas, pois tudo é feito por Deus. Nós somos apenas os instrumentos que Ele usa. Toda a glória é do Senhor.

 

Paulo tinha direito de se gloriar pela sua ascendência, pelos vários dons que Deus lhe dera, pela obra que tinha feito para Jesus, etc., etc., mas ele dizia: - "longe de mim esteja gloriar-me a não ser na cruz do Senhor Jesus" (Gálatas 6:14).

 

Ninguém queira ostentar a glória que não é sua. Contentemo-nos com o que temos, dado pela graça de Deus. Estávamos mortos, mas Ele nos vivificou. Nada somos. Nada fizemos por nós mesmos. Glorifiquemos o Seu Nome porque Cristo nos tem usado e deixemo-nos possuir e usar cada vez mais para glória do Seu Nome.

publicado por archote às 07:01

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds