Sábado, 23 de Maio de 2015

TUDO O QUE EU TE MANDAR FALARÁS

TUDO O QUE EU TE MANDAR FALARÁS

Êxodo 7:2                                                             Êxodo 7:1-13

Ao servo do Senhor não convém dizer mais do que aquilo que Deus disser, sob pena de grave castigo.

Havia que transmitir uma mensagem de libertação para o povo de Israel. Essa mensagem devia ser tão forte que o Faraó endurecido abrisse  o seu coração e deixasse partir o povo. Era uma luta titânica, pois Moisés e Arão eram uns "Zés ninguém", desconhecidos e Faraó era o detentor do ceptro do Egipto.

Moisés e Arão não temeram, pois estavam ali em Nome do Senhor. Em JEOVÁ não há derrotas. Nele a vitória é sempre certa, desde que obremos no Seu Nome.  Moisés e Arão não tiveram medo. Desafiaram todos os poderes de Faraó  e foram em frente.

Em Nome do Senhor, eles foram fortes, persistentes e venceram, levando o endurecido Faraó a deixar sair o povo. Em princípio, com algumas exigências, mas, diante das palavras de Moisés, que eram exactamente as palavras do Senhor, ele não pode deixar de autorizar a saída do povo, a quem tinha escravizado por mais de 400 anos. Foi uma grande vitória para os israelitas.

Seria o princípio de muitas outras vitórias, desde que eles se não afastassem das palavras do Senhor, o que, infelizmente, não aconteceu, pelo que sofreram tantos percalços.

Quanto perdemos quando não servimos e não seguimos as directrizes do Senhor! Temos que peregrinar mais tempo. Teremos derrotas, sofreremos amarguras, tristezas. Mas, quando ouvirmos ou relembrarmos de novo a palavra do Senhor as coisas mudarão: Teremos a terra prometida. Teremos novos desafios e vitórias e, finalmente, entraremos na terra prometida.

Ouvi de novo a Palavra. Praticai-a nas vossas vidas e, finalmente, entrareis na terra prometida para estar com Jesus.

publicado por archote às 07:05

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds