Terça-feira, 31 de Julho de 2007

EU SOU DO MEU AMADO E ELE É MEU...

Cantares de Salomão 2:16,  2:4,  6:3,  7:10

 

                         Esta afirmação da sunamita , tal como nos aparece nos textos citados, constitui uma ternura ilimitada, fala-nos de um amor perfeito e puro, só comparado ao grande amor de Jesus pela Sua noiva -- a IGREJA.

                         Esta noiva declarava-se pertença integral e completa do seu senhor, sem requerer quaisquer contrapartidas. Era dele porque se lhe dera; era dele voluntariamente; era dele para sempre; era dele sem admitir sequer outra posição.

                        Que felicidade ter uma noiva assim. Que bênção ser noivo de uma tal noiva. Inteiramente um do outro, totalmente para servir e glorificar um ao outro...

                         Foi assim que Deus quis que todos os noivos fossem, um para o outro. Olhemos ao nosso redor e vejamos a nojeira que construímos -- somos de um, dois, três; casamos, descasamos e tornamos a casar; damo-nos, fazemos juras e votos, mas nunca somos de ninguém. Nem já somos de nós próprios;  somos do inimigo das nossas almas, que aos poucos nos devora.

                        Já não há bandeira de amor para nos cobrir, nem respeito para nos adornar; tornamo-nos joguetes de prazer, que já não  satisfazem ninguém.

                        Eu sou do meu amado e Ele é meu, sua bandeira sobre mim é o amor. Ele leva-me à sala dos banquetes, ornamenta-me de lírios de pureza e sua bandeira de amor me adereça, qual noiva ataviada por Jesus (Apocalipse 21:2).

                        Venerado seja, entre vós, o matrimónio e o leito sem mácula, porque os que são da prostituição  e adúlteros, Deus os julgará, deixando-os de fora com os devassos, tímidos, homicidas, feiticeiros, idólatras e todos os mentirosos (Apocalipse 21:8; Hebreus 13:4).

publicado por archote às 07:55

link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds