Quarta-feira, 28 de Novembro de 2007

JESUS VEIO PARA SERVIR

Marcos 10:45

 

"Porque Jesus não veio para ser servido,
mas para dar a Sua vida em resgate de muitos"
(Marcos 10:45)

                         Este parece ser o verso tema do Evangelho de Marcos, que teria escrito no sentido de provar aos romanos, os dominadores da Palestina na altura,  que Jesus era o servo por excelência (ver Isaías 53). Jesus não era um sedicioso, nem um revolucionário, mas o servo sofredor, que veio para dar a Sua vida para resgate dos perdidos.

                         É interessante notar que a palavra "chave" do Evangelho de Marcos é "logo" (imediatamente), que aparece 43 vezes no texto, o que define bem a marca do Filho do homem - trabalhar, servir incessantemente, como o escravo que não tinha horário, nem momentos para descanso. Tudo é uma continuidade da missão que Deus, o Pai, Lhe deu - servir e dar a Sua vida por muitos.

                        É significativo ver que, quando Jesus é apresentado como Messias aos Judeus (Evangelho de Mateus), é lhe aposta uma genealogia, quando apresentado como o Filho do Homem, homem perfeito (Evangelho de Lucas), também tem uma genealogia, mas aqui, em Marcos, sendo indicado somo servo excelente e fiel, não tem genealogia - o escravo não tinha direitos, nem privilégios.

                       Quanto Jesus sofreu por nós!... A quanto se sujeitou para nos salvar! Quanto Lhe devemos!

                        Devemos-Lhe a vida. Saibamos ser agradecidos Àquele que, sendo Deus, se fez  homem servo para nos remir dos nossos pecados.

publicado por archote às 08:49

link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds