Domingo, 24 de Fevereiro de 2008

UMA NOVA TERRA EM QUE HABITA A JUSTIÇA...

II Pedro 3:13

 

                         Será possível uma nova terra em que habita a justiça? Uma terra estraçalhada por várias guerras mundiais, genocídios, fomes, epidemias, pedofilia, prostituição, tráfico de carne humana, venda de órgãos humanos (sacrificando o pobre para dar vida aos ricos), poderá algum dia fazer frutificar a justiça? Irá desaparecer a injustiça social, o ódio racista, a perversão sexual, o egoísmo do coração, a corrupção das classes, a vida dupla e enganosa dos homens, para dar lugar à justiça para todos?  Seremos capazes de fazer parar a terrível roda de desagregação, envenenamento e poluição total?

                         Que futuro para esta terra e seus habitantes?

                          A terra e os céus que agora existem não têm futuro remoto; pela Santa Palavra se reservam, como tesouro,  e se guardam para o fogo até ao dia do juízo e da perdição dos homens ímpios (II Pedro 3:7). Havendo, pois, de perecer todas estas coisas, que pessoas nos convém ser?

  • Convém que sejamos pessoas piedosas, crentes...
  • Convém que sejamos pessoas de bom trato (boas obras, como filhos da luz)...
  • Convém que sejamos pessoas expectantes e crentes nas Suas promessas..
  • Convém que sejamos pessoas aguardantes da  chegada de novos céus e nova terra, em que habitará a justiça de Cristo...
  • Convém que sejamos pessoas lavadas e perdoadas dos nossos pecados...
  • Convém que sejamos pessoas irrepreensíveis e em paz       (II Pedro 3:7-14)
publicado por archote às 08:29

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds