Quinta-feira, 20 de Setembro de 2007

A SEGURANÇA DA ARCA DE JUNCOS...

Êxodo 2:3-5

 

                         Se eu tivesse um filho e o tivesse de esconder dos seus inimigos, jamais o esconderia numa frágil "arca de juncos", no leito de um rio, tendo por único refúgio esparsas hastes de junquilhos.  Eu faria uma barcaça capaz de resistir às correntes, aos embates com pedregulhos a todos os outros perigos.

                         Penso que faria mesmo uma poderosa  fortaleza onde o meu filho crescesse com a minha segurança, até poder defender-se a si próprio. Muito menos o poria ali mesmo à "boca do lobo", perto do lugar onde os "olhinhos do rei"  e seus senhores e senhoras vinham banhar-se.

                        Joquebede, mãe de  Moisés, face à minha política de segurança, foi muito pouco astuta, pouco sábia, pouco previdente, e, no entanto, RESULTOU!

                        Deus estava por detrás. Deus estava orientando tudo com Seu poder e saber, pois os Seus pensamentos não são os nossos pensamentos, nem os Seus caminhos os nossos caminhos. Assim, dentro em pouco, a arca de juncos foi encontrada, as lagrimazinhas do bébé comoveram o coração da princesa faraónica, havia uma ama de leite para a criança (a própria mãe, proposta pela vigilante Miriam) e o "Grande Moisés" principiava a sua carreira de príncipe e a sua educação de legislador.

                         Como são grandes e maravilhosas as acções de Deus e como são   pueris  e  tolos os nossos projectos de segurança!

                          Deus tem o Seu modo pessoal de agir, proteger e encaminhar todas as coisas para o alvo certo, enquanto nós temos o condão de tornar complicadas as coisas simples. Na arca de frágeis juncos, no Nilo, na fome e na sede dos desertos, nas masmorras de Filipos ou  na inóspita Ilha de Patmos, Deus protege, encaminha e glorifica os Seus filhos. Aleluia!

                         Pouca importa onde eu esteja, à sombra do Omnipotente Deus descansarei. Seja no rio caudaloso, no mar encapelado, na tormenta desenfreada, nos braços do meu Deus descansarei seguro, descansarei e acordarei feliz aqui ou lá na Sua doce presença.

publicado por archote às 09:06

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 19 de Setembro de 2007

SILÊNCIO DE DEUS

Salmo 83:1

 

                         "Deus, não estejas em silêncio, não cerres os Teus ouvidos; não fiques impassível ao meu clamor, eu preciso de Ti!..."

 

                           Porque nos parece que Deus sempre fica em silêncio quando mais precisamos d'Ele, do Seu auxílio, da Sua voz amiga, da Sua presença carinhosa, da Sua mão forte e segura? Será que Deus nos abandona em alguma circunstância? Será que alguma vez Ele silencia perante as nossas orações? Será que Deus despreza um coração aflito e quebrantado?

                         Não. Deus nunca deixa de ouvir aqueles que a Ele clamam! O que acontece é que, muitas vezes, não pedimos bem; outras vezes,  não pedimos exactamente a Ele, mas a deuses e deusas estranhos; outras vezes, Deus responde e nós não ouvimos, já porque temos a cabeça cheia de outros ruídos, já porque só estamos interessados em ouvir o que nós queremos ouvir e não o que Deus tem para nos dizer; outras vezes.  porque estamos em lugares onde a voz de Deus não chega por causa do pecado; outras vezes, não estamos em Cristo, expulsamos Deus da nossa vida.

                        Deus ouve sempre. Estejamos atentos à Sua resposta, que pode ser sim, mais tarde ou mesmo não.

                       É preciso ouvir a resposta de Deus e sermos suficientemente humildes para nos contentarmos com o que Ele nos responde, que, quer o aceitemos quer não, é sempre o melhor para nós.

publicado por archote às 08:30

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 18 de Setembro de 2007

JESUS CHAMOU PARA SI OS QUE ELE QUIS...

Marcos 3:13-15

 

                         É bom sabermos que temos um Senhor Soberano e Todo-Poderoso. No momento próprio, Ele subiu ao monte e chamou para Si os que Ele quis... e nomeou doze para que estivessem sempre com Ele e os mandasse pregar o Evangelho a toda a criatura (Marcos 3:12-15; 16:15).

                          "E eles vieram a Ele!...!

                          Ouviram a chamada e foram obedientes. Nenhum dos que Ele chamou se perdeu senão o filho da perdição, para que a Escritura se cumprisse (João 17:12). E foram pregar a Boa Nova, curar os doentes, expulsar os demónios...

                         Que ministério glorioso Jesus deu àqueles humildes homens, tornando-os pescadores de almas... de almas que, cada uma, vale mais que o mundo inteiro.

                         Ainda hoje Jesus, soberanamente, chama para a Sua Obra os que Ele quer! Não obriga ninguém a vir, mas chama docemente, comissiona poderosamente e envia com a Sua graça salvadora.

                         Ele me chamou a mim, miserável e indigno pecador, e eu sinto-me constrangido, pelo amor, a fazer a Sua Obra. Sinto-me feliz, gratificado e pronto a gastar-me e a deixar-me gastar a favor das almas perdidas.

                         Obrigado, Senhor, porque me chamaste a ser feliz junto a Ti, na feitura da Tua Obra!

publicado por archote às 10:06

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 17 de Setembro de 2007

CADA UM DARÁ CONTAS DE SI MESMO A DEUS

Romanos 14:12

 

                        Conta-se que um déspota rei mouro de Espanha, desejando edificar um pavilhão num campo próximo do seu jardim, tentou comprar o terreno, que confinava com o seu, à legítima proprietária, que era uma humilde mulher que não o desejava vender por dinheiro algum, pois era uma recordação que herdara da sua família. O sultão ofereceu uma fabulosa quantia, que a mulher recusou por motivos afectivos.

                         Irado, o injusto monarca apoderou-se à força da propriedade e mandou instalar ali o seu riquíssimo pavilhão de desportos. A sua prepotência era maior que o seu sentido de justiça.

                         A infeliz mulher foi pedir ajuda ao velho Cádi " (chefe religioso dos muçulmanos), que prometeu ajudá-la, logo que possível.

                         O velho Cádi " tinha que ter muito cuidado, pois o rei, além de injusto e déspota, era também muito vingativo. Contudo, um dia, visitando o monarca, ousou pedir-lhe um saco de areia do campo recentemente incorporado no património real. O rei sorriu da excentricidade do pedido do Cádi ", mas disse que sim.  Quando o saco estava bem cheio de areia, o religioso pediu ao soberano, para que ele completasse o acto de bondade, que lhe desse uma ajudinha para colocar o saco na cangalha " do jumento.

                          O rei deu um sorriso zombeteiro e baixou-se para apanhar o saco, porém era tão pesado que desistiu, dizendo: - é demasiado pesado!

                          "Oh venerável filho de Alá - exclamou o Cádi " - se não podes levantar essa diminuta porção de terra, confiscada a um súbdito obscuro e indefeso, como poderás comparecer ante o Juiz do Universo com o peso desse campo todo sobre os teus ombros?"

 

                         " Não erreis, cada um de nós terá que dar contas de si mesmo a Deus".  Como compareceremos perante Ele com o peso dos nossos pecados?

                         "Confessai os vossos pecados para que sareis; lavai-vos, purificai-vos e tirai a  maldade dos vossos actos diante de mim; cessai de fazer o mal e aprendei a fazer aquilo que é recto" (Isaías 1:16-17); "convertei-vos Àquele contra quem vos rebelastes profundamente" (Isaías 31:6) e sabei que a justiça de Deus não pode ser contornada.

     

publicado por archote às 09:36

link do post | comentar | favorito
Domingo, 16 de Setembro de 2007

FELIZ, MUITO FELIZ O HOMEM

Salmo 1

 

                        Toda a gente quer ser feliz. Eis aqui uma receita para a felicidade: "Feliz, muito feliz o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Ele será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, que dá o seu fruto na estação própria, cujas folhas não caem e tudo quanto fizer prosperará, porque o Senhor conhece o seu caminho".

                        Não deixe o pecado progredir em si. Desarreigue-o logo que ele nasça no seu coração e mente.

                       Lembre-se do que aconteceu com Acam (Josué 7:20-21), ele viu, cobiçou e, depois, roubou e escondeu do solo da sua tenda. Acabou delapidado por causa do seu pecado.

                       Lembre-se de David. Preguiçou, cobiçou a mulher do próximo, pecou com ela e acabou por se tornar assassino do melhor dos seus guerreiros (II Samuel 14).

                        Lembre-se de Judas, que acabou traindo e vendendo o seu Mestre por 30 moedas de prata (Mateus 26:14-16), tendo o seu fim enforcado numa figueira.

                        Não se deixe enganar. Uma pequena semente pode dar origem a uma grande árvore de impedimentos espirituais.

                        Feliz é o homem que planta o bem e à sua sombra vive agradecido, vencendo o mal com o bem.

publicado por archote às 09:15

link do post | comentar | favorito
Sábado, 15 de Setembro de 2007

TUDO O QUE QUEREIS QUE OS HOMENS VOS FAÇAM, FAZEI-O VÓS TAMBÉM...

Mateus 7:12

 

                         Não pela negativa, mas pela positiva. "Tudo o que quereis que os homens vos façam, fazei-o vós também, porque esta é a lei e os profetas".

                         Esta regra ensinada por Jesus não está enferrujada, nem inadequada para a vida dos nossos dias. A regra que está errada e é imprópria é a que muito popularmente se ouve: - Não faças aos outros o que não queres que te façam a ti". Esta é a regra negativa, estagnada, imprópria. Mas não foi a que Jesus ensinou!

                         A regra é fazer. Fazer o bem, amar o próximo. Viver, amar e servir como Jesus viveu, serviu e amou.

                          A regra dos sacerdotes, escribas e fariseus era negativa. Como eles não tinham espancado, nem roubado o estrangeiro na estrada de Jericó, bem podiam "passar de lado" sem se importarem com ele (Lucas 10:31-37).

                         O ensino de Jesus exige acção, trabalho, entrega, como se vê na atitude do Samaritano. Ele parou, cuidou das feridas do assaltado, levou-o na sua montada e pagou ao estalajadeiro até que o doente pudesse ir por si próprio. O Samaritano não o ferira, mas ajudou-o e tomou as providências necessárias.

                         O Samaritano pôs em acção a lei de Cristo para todos os homens: - "O que é que o Senhor Deus pede de ti, senão que pratiques a justiça, ames a beneficência e faças aos outros o que queres que te façam a ti?"

publicado por archote às 09:57

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 14 de Setembro de 2007

MÃOS SUSTENTADAS

                         "Aarão e Hur sustentavam as mãos de Moisés de uma e de outra banda, para que ficassem firmes e os israelitas pudessem prevalecer sobre os amalequitas ..." (Êxodo 17:16)

 

                          Que grande vitória da oração! Os amalequitas não puderam vencer porque as mãos de  Moisés estavam levantadas ao Céu (em súplica), ainda que amparadas por Aarão e Hur , já que as mãos de Moisés eram pesadas!...

                         Que grandes vitórias nós podemos obter quando as nossas mãos se erguem ao Céu em oração fervorosa!

                         Ore pelos seus líderes e pastores! Ore para que eles sejam firmes na doutrina, fortes na comunicação de amor de Jesus, poderosos nas suas lutas diárias contra Satanás. Todos os pastores precisam de mãos santas que se elevem ao Senhor para que jamais se atemorizem ou se envergonhem do Evangelho de Cristo.

                          Já hoje orou pelos que estão em eminência, para que tenhamos uma vida sossegada em toda a piedade e honestidade (I Timóteo 2:2). Já hoje orou pelas nossas autoridades, para que nos governem sábia e justamente?

                          Já hoje orou pelo Pastor da sua Igreja e pela sua liderança?

                          Faça isto e sentir-se-à ricamente abençoado.

publicado por archote às 09:39

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 13 de Setembro de 2007

DEUS OUVIU A VOZ DO MENINO

Genesis 21:17

 

                         Deus ouviu a voz do menino Ismael, filho de Abraão e Agar , que, naturalmente, chorava com sede e fome, e enviou o Seu anjo com a solução.

                         Deus tem sempre uma solução. Crês tu nisto? Deus teve uma solução para a fome de Israel e mandou o maná do céu, que eles nunca tinham visto. Deus teve uma solução para o povo no deserto, enviando água pura da rocha seca. Deus teve uma solução para a angústia e medo do Seu povo, mandando o Seu anjo com a espada desembainhada para o defender. Deus teve uma solução para a multidão faminta, que seguia Jesus no Seu ministério; teve uma solução para a morte de Lázaro, para os coxos, cegos, leprosos, paralíticos, etc., etc..

                        Deus tem sempre uma solução, especialmente quando uma criança inocente clama! Neste caso, Deus abriu os olhos de Agar e ela viu um poço e dele deu de beber ao seu filho a morrer de sêde.

                        Crês tu isto? Deus tem a solução para o teu problema, qualquer que ele seja. Abre bem os olhos, tem fé, confia n'Ele, pois Ele já respondeu, só precisas de ver a mão aberta de Deus e de encheres bem a tua alma e vida daquilo que mais precisas, que até pode não ser pão, dinheiro, emprego, etc., mas o próprio DEUS.

                        Ismael foi grande diante de Deus porque, na sua inocência, clamou e Deus, que ama as criancinhas, o ouviu e o ajudou.

                        "A um coração quebrantado, contrito e humilde, Tu não deixarás de ouvir, ó Deus".

publicado por archote às 09:04

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 12 de Setembro de 2007

UM AMIGO, MAS TAMBÉM UM ADVOGADO

I João 2:1

 

                         Conta-se que certo homem, tendo sido chamado a tribunal por causa dos seus confusos negócios, se viu na contingência de ser condenado à pena capital.

                          Aflito, foi ter com os seus três melhores amigos, expôs-lhes a situação e pediu-lhes ajuda.

                          O primeiro amigo, dengoso, com palavras muito bonitas, disse-lhe: - olha, meu amigo, o mais que te posso dar é um fato novo para tu compareceres no tribunal e impressionares bem os juízes. Penso que vai ser útil.

                           - Eu, acrescentou o segundo amigo, irei contigo até à porta do tribunal, dar-te-ei todo o meu apoio para que todo o mundo saiba que tu és bom, respeitável e que tens muitos amigos e influências.

                           - Quanto a mim, disse o terceiro (aquele com quem ele menos contava) - entrarei contigo no tribunal e defender-te-ei perante o juiz. Assim fez e falou de tal maneira que o réu foi absolvido e mandado viver em paz.

 

                           Esta história tem uma aplicação prática. Um amigo, o dinheiro, dar-vos-á o último trago, isto é, a linda mortalha que para nada aproveita.  É o mais que o amigo dinheiro pode fazer.  O amigo que vos acompanhará até à porta do tribunal, são os que acompanharão o vosso préstito fúnebre até à porta do cemitério. É o mais que podem fazer.

                          Jesus é o nosso advogado, que estará ao nosso lado em pleno tribunal, pleiteando a nosso  favor. Se pecarmos, temos um advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o Justo. Ele nos defenderá, porque nos comprou com Seu sangue e é, agora, a propiciação pelos nossos pecados. 

                          Amai e servi a Jesus, porque Ele é o Único que vos pode perdoar os vossos pecados e salvar-vos realmente.

 

(Fonte: "Tesouro de Ilustrações" , de N. B . Almeida)

publicado por archote às 08:35

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 11 de Setembro de 2007

AMAI OS VOSSOS INIMIGOS...

Mateus 5:43

 

                         É óbvio que não é difícil amar, cooperar e até servir os nossos amigos. Os problemas surgem quando temos que amar os nossos inimigos. Jesus veio para dar a Sua vida, não só pelos amigos, mas também pelos inimigos.

                          É importante amar, e o amor não é invejoso, soberbo, leviano, indecente, irritadiço ou maldoso. O amor é sofredor, suporta todas as ofensas e deve estar disponível até para os inimigos que o não querem receber. Cristo amou-nos e entregou-se a Si mesmo por nós, quando nós ainda éramos Seus inimigos e opositores (Romanos 5:7-8).

                           " Portanto, se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer, se tiver sede dá-lhe de beber, porque fazendo isto amontoarás brasas de fogo sobre a sua cabeça" (Romanos 12:20); "qualquer que te bater na face direita, dá-lhe também a outra, ao que pleitear contigo para te tirar o vestido, dá-lhe também a capa e ao que te obrigar a caminhar uma milha, vai com ele duas..."

                          Ama sem peias, nem reservas. Ama sem selecção, a todos, com o amor do Senhor e certamente te sentirás bem com a tua consciência e feliz pela Obra que Cristo está a fazer em ti. 

publicado por archote às 10:10

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds