Domingo, 20 de Abril de 2008

SENHOR, CONCEDE-NOS A PAZ

              Isaías 26:1-12                                                  Isaías 26:12

 

                        Eis uma petição que bem precisamos que Deus escute e nos responda: - "Senhor, concede-nos a paz".

                         Este mundo está em guerra por toda a parte. São nações contra nações, raças contra raças, famílias contra famílias. É uma guerra pegada, ninguém se entende.

                         Jesus veio para estabelecer a paz entre os homens e a paz entre os homens e Deus. Sem que esta última premissa se cumpra, jamais haverá paz.

                         Oremos:  Senhor, concede-nos a paz .  Senhor, perdoa os nossos pecados, que humildemente Te confessamos, e dá-nos a alegria de sermos promotores da paz, vivendo nós mesmos a Tua santa paz.

                          Tenhamos em mente que o Senhor está pronto a responder a esta súplica, pois Ele mesmo disse: - "A minha paz vos dou, não como o mundo a dá, para que se não turbe o vosso coração... em meio deste mundo de aflições, em Mim tereis paz" (João 14:27; 16:33):  e ainda, depois de ressuscitado, disse aos seus : - "Paz seja convosco..." (João 20:19).

                        Apoderemo-nos da paz que Cristo dá, sem condições, para além de a aceitarmos de coração. Ele é fiel, não pode negar-se a Si mesmo.

                          Senhor, hoje, neste mundo de lutas infernais, faz de mim um instrumento da Tua doce paz.

publicado por archote às 08:57

link do post | comentar | favorito
Sábado, 19 de Abril de 2008

FELIZ O HOMEM QUE NÃO ANDA COMO OS ÍMPIOS

                    Salmo 1                                                                     Salmo 1:1

 

                         Todos somos pecadores. Ninguém escapa a esta triste realidade, no entanto, há alguns a quem Jesus revestiu da Sua justiça, são os crentes que Ele salvou por Sua cruz.

                         O salvo não deve juntar-se aos ímpios, pois é perigoso - "Diz-me com quem andas e dir-te-ei quem és".  Se o crente evitar andar juntamente com os ímpios evitará mais facilmente o pecado. Lembremo-nos de Pedro quando se assentou na roda dos escarnecedores de Jesus.   Breve   ficou   também    a  blasfemar e a dizer  impropérios   (   Mateus 26:72-74).

                          O justo deve andar nos caminhos da verdade, da honestidade, da transparência, numa palavra, no caminho de Deus, que pode ser apertado e estreito, mas é seguro e conduz à vida (Mateus 7:13).

                          Para andarmos no caminho de Deus, precisamos ter o nosso prazer na "Lei do Senhor" e nela meditar de dia e de noite, não permitindo que nada interfira nesta relação.

                          Outro aspecto importante é encher a nossa mente de tudo aquilo  que é puro, santo, honesto, verdadeiro, etc.. Nunca deixar a nossa mente vazia para que o diabo não venha enchê-la com todas as concupiscências da carne.

                         Nestes dias de impiedade, importa que todos nós nos arrependamos dos nossos pecados e recebamos o perdão que Cristo nos oferece, toda e plenitude da Sua graça, e conservemos, com fidelidade , o que Ele nos deu, a fim de que ninguém possa tomar a nossa coroa (Apocalipse 3:11).       

 

publicado por archote às 08:29

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 18 de Abril de 2008

EIS QUE CEDO VENHO...

                Apocalipse 22:16-21                                        Apocalipse 22:20

 

                         Jesus disse "certamente cedo venho..." e a nós, como ao grande Apóstolo João, que escreveu a visão do Apocalipse, apetece-nos dizer "ORA VEM, SENHOR JESUS!..."

                         É que "de ambos os lados estou em aperto, tendo grande desejo de estar para sempre com Cristo", na Sua glória e naquele eterno culto de adoração e louvor, mas também em ficar no mundo, pregar e viver o Evangelho, para que ninguém se perca, mas todos venham ao conhecimento da Verdade da PALAVRA.

                         Todas as coisas se conjugam, todos os sinais dos tempos nos mostram que a segunda vinda de Jesus está para breve. A meia noite dos tempos (Mateus 25:6) está próxima, pois a negrura da noite é intensa, o ódio entre os homens aumenta, a blasfémia contra Deus e o Seu Santo Espírito multiplica-se, a fé dos homens escasseia cada vez mais (Lucas 18:8).

 

  • Que Ele vai voltar breve, não temos dúvidas
  • Que Ele vem buscar primeiro a Sua Igreja, remida pelo Seu sangue, é certo                  (I Tessalonicenses 4:13-17)
  • Que os ímpios vão ter a sua condenação, é um corolário da justiça de Deus

                         O tempo certo não sabemos. Convém que todos os homens ouçam a Boa Nova do Evangelho, sintam o peso e a maldição dos seus pecados e os confessem a Deus e se arrependam, com verdade e sinceridade, crendo em Jesus como Único e Suficiente Salvador. ESTE É O CAMINHO!

                         Esclarece, Senhor, os homens deste tempo, para que reconheçam o tempo da Tua graça.

publicado por archote às 08:08

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 17 de Abril de 2008

NELA NÃO VI SANTUÁRIO, PORQUE O SEU SANTUÁRIO É O SENHOR

               Apocalipse 21:15-22                                          Apocalipse 21:22

 

                        Neste texto, João continua a descrição da Nova Jerusalém, a cidade santa que aguardamos, cheia de glória, beleza e simbolismo!

                        Que bênção tão grande ler este texto com atenção. É doce, reconfortante, belo e edificante!

                        Há aspectos interessantíssimos a destacar:

  • as 12 pedras preciosas que adornam os fundamentos das muralhas da cidade
  • a cidade quadrangular, que reflecte a perfeição do cubo
  • e o facto de não haver nela santuário, porque o seu santuário é o Senhor Deus, o que nos mostra a comunhão perfeita, sem imperfeições, defeitos ou falhas, entre Deus e os remidos do novo céu

                       Tudo isto são figuras simbólicas do que será o céu e de como será a vida perfeita do número perfeito dos remidos, que estarão  para sempre com o Senhor! Adoração perfeita e continuada na presença e no próprio Deus, numa comunhão íntima e indissolúvel.

                      Oh! Bendito Senhor, ajuda-nos e dá-nos a graça de permanecermos fieis até àquele dia em que haveremos de estar em Ti e sermos tudo Contigo.    

publicado por archote às 08:41

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 16 de Abril de 2008

A MORTE JÁ NÃO EXISTIRÁ

                         Oh! que dia faustoso há de ser esse dia quando Cristo voltar e aniquilar para sempre o império da morte. A morte, causa de tantas lágrimas, sofrimento e dor, já não existirá mais. O seu reino acabará para sempre!

                         Alguém disse um dia: - "eu tenho muita pena da morte, porque para ela apenas  deixaremos a carne podre, os cabelos dispersos e desgrenhados, os ossos descarnados e secos, porque o essencial, o espírito, já foi para Deus, para receber a coroa da vida! Triste e miserável é a morte, apenas parece ter vitória durante escassas horas."

                         Sim, no céu, a morte e a dor jamais existirão, nem nada que com elas se relaciona! Meu coração exulta de louvor e gratidão por esta certeza.

                          Quando acontecerá isto? No dia da expressão da soberana vontade de Deus, que porá ponto final a este mundo, tendo recolhido a Si todos os Seus, reservando à negrura das trevas eternas todos os ímpios, deixando que os próprios elementos, ardendo, se desfaçam       (II Pedro 3:9-12). Não sabemos o dia, hora, mês ou ano, mas, no "tempo de Deus" acontecerá.

                          Deus exorta a cada um para que esteja preparado, com fé em Jesus, arrependimento e confissão do pecado. Aquele que, Ele só, tem poder de perdoar pecados (Marcos 2:9-11), a fim de ouvir do Senhor: - vem, bendito de meu Pai, entra no gozo do novo céu, onde a morte já não existirá.

 

publicado por archote às 08:03

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 15 de Abril de 2008

BEM-AVENTURADOS AQUELES QUE SÃO CHAMADOS ÀS BODAS DO CORDEIRO

                Apocalipse  19:6-11                                           Apocalipse 19:9

 

                       Que maravilhosas são estas palavras do nosso bondoso Deus e Pai!

                       Felizes, mas felizes verdadeiramente e para sempre, são aqueles que são chamados às Bodas do Cordeiro! Nunca mais estarão tristes e para eles não haverá mais noite, nem dor, nem fome, nem nenhum dos malefícios que viveram neste mundo. Esta é uma felicidade permanente e eterna.

                       Este é um convite, não pelos nossos merecimentos ou trabalhos que tenhamos feito neste mundo, mas um convite nascido e promulgado exclusivamente pela graça de Deus. É o Senhor Jesus Cristo que convida por Sua maravilhosa graça!

                       "Graça" significa favor não merecido. Nós não merecíamos, nem tínhamos méritos para sermos salvos, mas Cristo nos salvou; nós não tínhamos habilidade, nem capacidade qualificativas para estarmos no céu, mas Cristo, por Sua graça, nos abriu o caminho e foi adiante de nós para a glória; nós não tínhamos linhagem  para nos assentarmos à mesa das bodas do Cordeiro, mas Cristo, por Sua graça, nos fez reis e sacerdotes para Deus e Seu Pai e nos convida para as bodas celestiais...

                       Senhor, com que pagaremos tão maravilhosa salvação e esta graça real sem fim?

Recebe este pobre pecador arrependido
Recebe este canto de louvor à Tua Pessoa Divina
Recebe a gratidão da minha alma por tão maravilhosa graça

 

publicado por archote às 08:43

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 14 de Abril de 2008

BEM-AVENTURADOS OS MORTOS QUE MORREM NO SENHOR

               Apocalipse 14:8-13                                        Apocalipse  8:13

 

                        Que contra-senso, os mortos serem bem-aventurados! Na lógica da vida, os vivos é que deveriam estar felizes, muito felizes pela oportunidade da vida.

                        Mas a Bíblia diz: - "bem-aventurados os mortos que desde agora morrem no Senhor, para que descansem dos seus trabalhos e as suas obras os sigam..."

                         Vejam que nem todos os que morrem são bem-aventurados, mas só os que morrem no Senhor, os que morrem salvos e lavados pelo sangue precioso de Jesus. Esses são bem-aventurados, felizes, muito felizes para sempre!

                         Não são bem-aventurados os ricos que morrem, nem os pobres, nem os políticos, nem os reis, nem os chefes religiosos, mas são bem-aventurados os que morrem crentes em Jesus! Aleluia!

                          Os fiéis de Jesus, que não receberam a marca da "besta" para comprarem ou venderem, mas que estão vestidos de vestes brancas, cantando o eterno louvor do Cordeiro, serão bem-aventurados na sua morte, porque irão para a verdadeira vida!

                          Tu, que me lês neste momento, tens medo da morte? Não vale a pena teres medo, porque é a coisa mais certa que tu tens na vida -- tudo  o que nasce morre, tu morrerás também. Contudo, poderás passar por essa experiência, feliz, muito feliz, se creres no Senhor Jesus Cristo de toda a tua alma, coração e entendimento.

                         "Os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro, bem-aventurados e felizes, e se ajuntarão connosco, os transformados, e assim estaremos todos para sempre com o Senhor" (I Tessalonicenses 4:16-17).

publicado por archote às 08:29

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 13 de Abril de 2008

DESTERRADO NA ILHA DE PATMOS POR CAUSA DA PALAVRA DE DEUS

             Apocalipse 1:9-10                                            Apocalipse 1:9

 

                         João tinha sido desterrado, para a Ilha de Patmos , por causa de pregar a PALAVRA DE DEUS! Precisamos, hoje, de homens disponíveis para servirem a Deus, mesmo nas piores condições, como eram as que se tinham ao tempo na Ilha de Patmos !

                          Graças a Deus pelo velho Apóstolo de Jesus, João. Como já devia ser fraco, na velhice do seu corpo, mas era forte na sua fé e na sua fidelidade a Jesus!

                          Patmos era um a pequena ilha rochosa, no mar Egeu, situada a 90 Km de Éfeso e não oferecia quaisquer condições de vida. João, o Apóstolo, foi deportado para esta ilha, como resultado da grande perseguição à fé cristã pelo Império Romano.

                          Desde o tempo de Nero que os cristãos eram queimados, dados às feras e expostos aos vexames mais incríveis. João, por causa da sua fidelidade à Palavra, não escapou ao martírio.

                         No entanto, cremos que João foi desterrado para esta inóspita ilha para receber de Deus a maravilhosa revelação descrita no livro do Apocalipse, para que chegasse até hoje, para nossa consolação e estímulo.

                         Hoje, muitos de nós queixamo-nos de dificuldades, perseguições, lutas, etc., porém, nada disto pode ser comparado ao que sofreram nossos irmãos do primeiro século e dos tempos da Inquisição.  Ergamos nossas mãos e louvemos a Deus porque nos tem guardado de tantas e tão grandes dores.

                           Neste tempo estamos mais acomodados do que incomodados e isso não é nada bom para a Obra, que entra em rotina e não cresce como devia. "O amor de muitos está e esfriar", acomodam-se a tudo... tudo está bem e assim vamos dando lugar ao diabo, nos casamentos de jugo desigual, nos divórcios, nos abortos,  na Eutanásia, no casamento de homossexuais, etc., etc..

                            Quando o Filho voltar, por ventura achará fé na terra? Seremos uns conformados com a vontade do diabo?

                              Oh! Senhor, dá-nos a fé de João. Dá-nos a fé de forma a que não sejamos mornos, mas quentes e "incendiários" do mundo com o Teu Espírito Santo!

                              Não importa que sejamos presos, deportados, queimados, fritos, afogados ou emparedados, contanto que cumpramos, com alegria e fé, o ministério que recebemos do Senhor (Actos 20:24).

publicado por archote às 08:59

link do post | comentar | favorito
Sábado, 12 de Abril de 2008

TU ÉS, SENHOR, DEUS CLEMENTE E MISERICORDIOSO

                Jonas 4:1-11                                                           Jonas 4:12

 

                         Jonas sabia, nós sabemos que Deus é clemente, misericordioso, santo e pronto a perdoar, mas, infelizmente, teimamos em permanecer em nossa impiedade. Somos piores que os cegos que têm olhos mas não querem ver!

                         Deus estendeu mesmo a Sua clemência sobre os idólatras e ímpios ninivitas . Porque teria este facto causado tanto desconforto a Jonas? Só podia ser o orgulho de se julgar parte integrante do melhor povo. Mas, será que há pessoas que possam ter a pretensão de serem boas? Não! Todos pecámos e nos tornámos nojo aos olhos do Senhor. Todos precisamos da Sua clemência e do Seu amor.

                        Deus condena e odeia os meus pecados, mas Ele ama-me e quer salvar-me! Tudo fará para isso, como fez para com aquele povo de Ninive . Ele não condena por "birra" ou apenas por demonstrações de  superioridade, Condena porque é Deus justo, no entanto, tudo fez para abrir-nos o caminho da salvação -- Ele deu-nos JESUS!

                       

                       Confessa agora os teus pecados, arrepende-te e chega-te a Deus e n'Ele encontrarás perdão e salvação.

                        Não fujas por mais tempo de Deus! Volta-te para Ele. Ama-O, obedece-lhe e serve-O com dedicação e tu serás abençoado e reabilitado, como Jonas.

                         Entrega o teu caminho ao Senhor, e experimentarás o Seu perdão, o alcance da Sua clemência e a extensão da Sua misericórdia (Salmo 37:5).

publicado por archote às 08:41

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 11 de Abril de 2008

ANDAI COMO FILHOS DA LUZ

               Efésios 5:8-17                                                       Efésios 5:8

 

                         A luz é uma forma de energia, que aquece, ilumina e movimenta. Paulo exorta-nos a que andemos como filhos da Luz, não só para que sejamos vistos, mas também para iluminarmos outros e comunicarmos a vida que nos foi dada por Jesus, a Luz do mundo.

                        É bom sermos luz e termos as maravilhosas funções da luz! É bom sentirmos que, por nós, alguém não caiu mo abismo, nem ficou no marasmo da morte.

                         Li algures uma história, que não resisto a contar: -  Uma certa família, de pai, mãe, duas filhas adolescentes e um jovem pré-universitário, vivia muito feliz, apenas com um senão - o jovem não era crente e teimava em infernizar  o agregado familiar. Não era mau rapaz, mas tudo fazia para perturbar a harmonia e a paz cristã que havia em casa.

                        Ora chegava tarde, ora chegava com amigos pouco recomendáveis, ou tinha problemas na escola e, até, com a polícia. Era a ovelha tresmalhada da família.

                        Um dia, depois de mais uma das sua tropelias, que levara o pai a ter que pagar uma pesada indemnização, o jovem, como que para harmonizar as coisas, resolveu aceder ao urgente convite de sua mãe para assistir , na Igreja, a uma série de evangelização. Durante todos os trabalhos, sempre esteve distraído, ora com as jovens que cantavam, ora com o fato de um diácono "cota até às orelhas", etc.. Não fixou uma única palavra do orador.

                        Já no fim, olhou para o lustre central, que pendia do teto do templo, e arranjou motivo para irritar as irmãs, quando voltasse para casa - uma das cinco lâmpadas  do candelabro estava fundida, não dava luz... Uma vergonha para um templo bonito como aquele.

                        Quando chegou a casa, não parou de gozar com as manas por causa da lâmpada fundida, como se aquele grande templo fosse uma igrejinha da parvónia.

                         A irmãzita mais nova, já farta das tolices do irmão, retorquiu-lhe: - aquele lustre é como tu na nossa casa. Devias ser uma lâmpada acesa e iluminante e, no final, és uma lâmpada fundida e cheia de poeira.

                         O rapaz foi para o quarto e, durante toda a noite, não dormiu a pensar na verdade que a irmãzita lhe dissera e, a reflexão demorada, levou-o a aceitar Jesus como seu Senhor e Salvador e passar a brilhar como uma das cinco lâmpadas do candeeiro.

                          Quando voltou ao templo, viu que a lâmpada tinha sido substituída, tal como ele, que era, agora, uma luz acesa para Jesus.

 

                        Deus tem sempre os Seus propósitos.

 

publicado por archote às 08:59

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds