Quarta-feira, 21 de Outubro de 2009

ORA O FIM DO MANDAMENTO É O AMOR DE UM CORAÇÃO PURO

I Timóteo 1:3-5                                              I Timóteo 1:5

 

                   Qual deve ser o sinal de uma verdadeira Igreja cristã? Há quem diga que é a paz, outros que é o progresso material, ainda outros a fidelidade e também o carisma social. Pessoalmente, creio que o principal atributo da Igreja deve ser o AMOR, pois a Igreja que ama verdadeiramente terá consigo todos os outros sinais.

 

                   Neste texto, Paulo sente a necessidade de ensinar aos cristãos de Éfeso, onde Timóteo ministrava, que o intuito de  toda a admoestação é "o amor de um coração puro, de uma boa consciência e de uma fé não fingida" (v.5).

 

                   Os problemas de qualquer Igreja devem ser resolvidos com amor puro e verdadeiro. As divisões, as dissensões, o orgulho de uns para com os outros,  deviam ser vencidos pelo amor,  e logo viria a paz, a concórdia e o trabalho numa só direcção -- JESUS.

 

                  Todas as forças deviam ser endossadas no sentido de  Jesus ser anunciado como Rei e Senhor da Igreja. Nada de partidos, discussões, de genealogias, fábulas vãs, superstições, que não levavam a nada, porque tudo isso os desviava do amor que procede da fé e levava exclusivamente ao egocentrismo doentio e perigoso.

 

                   Dispamo-nos do nosso "eu", deixemos de querer parecer alguém e demos lugar ao Espírito, que nos levará ao amor, ao louvor e à adoração a Deus. Não queiramos ser mestres, mas deixemos o Espírito ensinar-nos tudo o que precisamos saber.

 

                  Será fácil e cómodo expulsar ou isolar os prevaricadores, mas esse não é o objectivo da Igreja. Ela deve pregar Jesus e congregar todos os que têm (ou são) problemas, estando com eles em amor.

 

                  É difícil? Sem dúvida que é, mas o amor vence todas as barreiras.

 

publicado por archote às 07:20

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 20 de Outubro de 2009

JESUS AMOU-NOS E DEU-NOS UMA ETERNA CONSOLAÇÃO E BOA ESPERANÇA

II Tessalonicenses 2:13-17                                                                            II Tessalonicenses 2:16

 

 

                   A palavra ESPERANÇA aparece dezenas de vezes na Bíblia e sempre ligada a Deus, o que nos faz entender que fora de Deus não há boa esperança. Quando se põe a esperança noutro contexto, que não Deus, é sempre algo incerto, como um castelo no ar, como diz a própria Escritura -- "morrendo o homem perverso, morre a sua esperança"  (Provérbios 11:7). Mas, "os que confiam no Senhor são como os montes de Sião, que não acabam mas permanecem para sempre" (Salmo 125:1).

 

                   Vale a pena confiar, ter esperança no Senhor, porque esses nunca serão confundidos (Isaías 49:23, 31; 50:10). Em quem confias tu? Em quem tens posto a tua esperança?

 

                   Jesus ama-nos e dá-nos uma eterna consolação e uma boa esperança! Esperança que nos leva a olhar para o passado e a crer que o que Deus fez também fará hoje - uma eterna redenção e uma generosa e viva esperança (I Pedro 1:3), esperança que nos leva a viver o tempo presente dentro da realidade do perdão, da paz e da comunhão com Deus; esperança que nos leva a olhar o futuro com a certeza de que estamos caminhando para a glória do Deus vivo.

 

                   Portanto, para o salvo, não é com as tribulações, fomes ou mesmo a morte que termina a esperança. Para ele haverá sempre esperança, mesmo para além da morte, porque há uma ressurreição para a vida. A morte é, para o crente salvo por Jesus, uma maravilhosa porta para a eternidade, aonde, glorificado com Cristo,  viverá para sempre.

 

                  Tens esta boa esperança? Então, vive cada dia feliz e agradecido a Deus, que te deu esta bênção. Ainda vives sem esta boa esperança? "Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo".

 

publicado por archote às 07:37

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 19 de Outubro de 2009

QUISÉRAMOS COMUNICAR-VOS AS NOSSAS PRÓPRIAS VIDAS

I Tessalonicenses 2:1-12                                                      I Tessalonicenses 2:8

 

                   Vemos, neste texto, a grande paixão de Paulo pelos crentes de Tessalonica, onde se gastou com total entrega na Obra da Evangelização. Ele disse: - "sendo-vos afeiçoados, de boa vontade quiséramos comunicar-vos, não somente o Evangelho, mas ainda as nossas próprias almas (vidas), porquanto nos sois muito queridos".

 

                   Que grande coração o de Paulo! Que paixão incontrolável pelas almas perdidas! Que desejo enorme de salvação para o mundo, a ponto de estar pronto a morrer pelo Nome de Jesus, não só em Jerusalém (Actos 21:13), mas também em Corinto, Tessalonica, Filipos ou Atenas! Ele tinha o mundo no coração.

 

                   Quanto precisamos, hoje, de homens como Paulo, inflamados pelo amor aos perdidos. Ele nunca olhou às suas necessidades pessoais, nem aos perigos que tinha pela frente, nem aos inimigos e tribulações que tinha de enfrentar. Para ele não havia nada mais do que Cristo - "para mim o viver é Cristo e o morrer é ganho. Eu já estou crucificado com Cristo e não quero ser desobediente à visão celestial".

 

                   E nós, também temos uma visão clara das necessidades da Obra de Cristo? Estamos a arriscar tudo por Cristo? Até que ponto estamos disponíveis para Cristo?

 

                    Sabei que somos (todos) embaixadores de Cristo nesta terra, para anunciarmos a salvação dada por Aquele que nos chamou das trevas para a luz. Não durmamos agora, pois hoje é tempo de acção e trabalho para Cristo.

 

                   Paulo estava pronto a dar-se a si mesmo, a gastar-se a favor daqueles que haviam de herdar a salvação. E nós, até que ponto estamos disponíveis para Cristo?

 

publicado por archote às 07:37

link do post | comentar | favorito
Domingo, 18 de Outubro de 2009

PORTANTO, SE JÁ RESSUSCITASTES COM CRISTO...

Colossenses 3:1-3                                                    Colossenses 3:1

 

                   Neste texto, o apóstolo Paulo está a apresentar aos crentes de Colossos a necessidade de serem coerentes no que fizerem com o que disserem. O invólucro exterior tem que corresponder ao que está dentro; não pode ser mentiroso, ilusório, mas verdadeiro.

 

                    "Se já ressuscitastes com Cristo", isto é, se já fostes salvos, regenerados pelo Espírito Santo de Deus, sêde mesmo nova criação, vivendo Cristo de uma forma íntegra, sincera, interiormente, e bem visível exteriormente.

 

                     Se já sois de Cristo, "buscai as coisas identificadas com Cristo, pensai e vivei de acordo com as coisas que são de cima e não nas que são da terra, porque já estais mortos para o mundo (as coisas velhas já passaram) e agora a vossa vida está escondida com Cristo em Deus".

 

                     Precisamos de reflectir sobre a nossa vida cristã; temos em nós o princípio "vital" de Cristo? Quais são os resultados visíveis disso?  Temos uma vida fértil, pujante, que irradia a graça de Deus em todos os sentidos, ou somos só invólucro bonito por fora, mas vazio por dentro?

 

                     Se temos o "genese celestial", temos que dar fruto  dessa união real com Cristo e esse fruto é amor, paz, longanimidade, bondade, fé, mansidão e esperança.

 

                      Se já ressuscitastes com Cristo, mortificai os vossos membros que estão sobre a terra, tais como a impureza, a lascívia, o apetite desordenado, a avareza, a idolatria, etc.. Despojai-vos de tudo isso pertencente ao velho homem e vivei em "novidade de vida" e a paz de Deus domine em vossos corações. Sede agradecidos por essa nova vida em Cristo.

 

publicado por archote às 07:37

link do post | comentar | favorito
Sábado, 17 de Outubro de 2009

ZAQUEU DESCEU (DA FIGUEIRA) E RECEBEU-O, GOSTOSO

Lucas 19:1-10                                                           Lucas 19:6

 

                    Este foi um dia de grande alegria para Zaqueu. Foi um dia alegre e muito feliz para este segregado publicano, que vivia na cidade de Jericó.

 

                    O dia do nosso encontro com Jesus é, sem dúvida, a mais maravilhosa recordação da nossa vida. Jamais podemos esquecê-la e nunca cessamos de dar graças a Deus por esse encontro com o Salvador, que nos tirou da morte para a vida. Aleluia, graças a Deus!

 

Oh dia alegre, sim dia feliz,
não posso nunca olvidar!...
Em densas trevas, vagando, eu ouvi
a voz de Cristo a chamar.
Que grande Amigo eu, então, encontrei,
meu Salvador e meu Rei;
encheu minh'alma de gozo e de luz,
admirável, sublime Jesus.

 

O Céu desceu, entrou e ficou em mim.
Foi Jesus que em mim entrou,
minha vida iluminou.
O Céu desceu, entrou e ficou em mim.

 

 

publicado por archote às 07:45

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 16 de Outubro de 2009

PORTAI-VOS DIGNAMENTE, CONFORME O EVANGELHO

Filipenses 1:27-30                                       Filipenses 1:27

 

                   Viver o Evangelho de Cristo é viver uma vida de princípios, pois já não somos mais do mundo, mas apenas estamos no mundo com uma missão -- levar a Boa Nova de Cristo, o Salvador, a toda a criatura. "Em Cristo, as coisas velhas já passaram, tudo se fez novo" (II Coríntios 5:17).

 

                  Somos "nova criação" em Cristo, por isso, temos que adoptar novos princípios de vida, como novas criaturas que somos. Agora, pelo novo nascimento, somos filhos de Deus e temos a "mente de Cristo" (I Coríntios 2:16) e, por isso, temos que pensar como Ele pensa, amar como Ele ama e dignificar a Deus como Ele dignificou durante a Sua passagem pela terra.

 

                 Portarmo-nos dignamente, segundo o Evangelho de Cristo,  não é vivermos constrangidos na obediência a regrazinhas, a imposições religiosas, mas é termos a liberdade de fazer o bem e de pensar tudo o que é bom, verdadeiro, honesto, justo e puro, porque isto é agradável ao Senhor.

 

                   Não sois de vós mesmos e, por isso, portai-vos de acordo com o vosso novo estatuto de filhos de Deus, reis e sacerdotes para glória do Pai.

 

publicado por archote às 07:01

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 15 de Outubro de 2009

ESPOSAS, SUJEITAI-VOS AOS VOSSOS MARIDOS... MARIDOS, AMAI AS VOSSAS ESPOSAS...

Efésios 5:21-33                                                    Efésios 5:21, 25

 

                   "Vós, mulheres, sujeitai-vos aos vossos maridos, como ao Senhor", esta é uma exortação bíblica que, muitas vezes,  tem sido ultrapassada pelos homens, querendo fazer das suas esposas escravas, subservientes, o que, de facto, contraria a vontade de Deus.

 

                   Quando o Senhor Deus criou a mulher não a fez da cabeça do homem, para que ela não pudesse assumir o direito de  mandar sobre ele, mas também não a fez dos pés, para que ele  não viesse a fazê-la escrava, como, infelizmente, temos visto tantas vezes.

 

                    Deus fez a mulher das costelas, do lado do coração, para que lhe fosse adjutora, que andasse lado a lado com ele; não o dominasse, nem tão pouco fosse sua escrava.

 

                    Vós,  mulheres, sujeitai-vos aos vossos maridos, como ao Senhor Deus, que é amor. Compreendendo isto, não custa sujeitarmo-nos ao amor, porque o amor compreende, suporta, sofre, não é invejoso, não trata com leviandade, não é soberbo, indecente, leviano, mas confia, espera e age com docilidade. Não é difícil servir a quem ama, porque nós também amamos.

 

                    Conta-se que a esposa de um grande rei da antiguidade se tornara conhecida pela sua simpatia para com o povo e pela sua bondade e amor junto dos mais pobres. Nunca deixara de ser submissa à autoridade do rei, seu esposo. Certa vez incorreu numa grave falta e teria de ser julgada pela Corte do soberano, seu senhor.

 

                   A Corte, predidida pelo seu marido,  condenou-a a uma quarentena de açoites, pois assim se punia a desobediência ao rei.

 

                   Ninguém imaginava que a sentença fosse executada e os que pensavam nessa possibilidade já no seu coração condenavam também o rei de "marido desalmado", "esposo cruel", "coração de pedra", etc..

 

                  Chegado o dia da execução, e porque a lei é lei para todos, a rainha compareceu publicamente no local onde a pena seria concretizada e, quando já dobrava o seu dorso para sofrer os golpes do azourrague, o rei, que presidia à execução, tirou suas vestes reais, depôs sua coroa sobre o trono vazio da rainha e dobrou-se, ele mesmo, no tronco, para receber as 40 chicotadas da praxe. Este rei amava a lei, mas tinha a sua rainha no coração e não podia deixá-la sofrer.

 

                    Sim, haverá poucos maridos com esse sentido de verdadeiro amor, mas é assim que ensina o Grande REI -- sujeição em amor. Não o amor agoísta, que escraviza e subjuga, mas o amor que se dá totalmente, custe o que possa custar.

 

                    Submissão em amor não diminui, mas dignifica e sublima o que o pratica.

 

publicado por archote às 07:51

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 14 de Outubro de 2009

TIAGO, CEFAS E JOÃO - COLUNAS...

Gálatas 2:6-10                                                      Gálatas 2:9

 

                    Vemos, pelo contexto desta palavra de Paulo aos Gálatas, que as colunas da Igreja Cristã, ao tempo, eram Tiago, Cefas (Pedro) e João. A estes havia que acrescentar o próprio Paulo, a quem tinha sido entregue o ministério entre os gentios (não judeus), que tanto fruto haveria de produzir.

 

                     As primeiras colunas da Igreja -- Tiago, Pedro, João e Paulo.  Cada um com o seu próprio ministério, sem a ascendência de um sobre os outros, mas todos completando-se, porque a Igreja de Cristo é multifacetada.

 

                      Ainda hoje deve ser assim. Não devemos lutar pela proeminência de uns sobre os outros,  mas todos trabalhando e servindo, para realizarmos, com maior eficiência, a gloriosa Obra que Jesus quer fazer através da Sua Igreja. Cada um no seu lugar, com os seus dons, talentos, trabalhando e servindo, para louvor e glória de Jesus, "o Santo e verdadeiro que abre e não fecha..."

 

                      Eis a exortação do Senhor da Igreja para os homens e mulheres fiéis dos nossos dias: - "Eu venho sem demora, guarda o que tens, porque, ao que vencer, Eu o farei coluna do templo do Meu Deus e dele nunca sairá, mas escreverei sobre ele o Meu Nome e o Nome do Meu Deus..."

 

                      Ora, trabalha, serve com o coração e, como Paulo, Tiago, Pedro e João, SÊ COLUNA no templo do Deus vivo.

 

publicado por archote às 07:03

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 13 de Outubro de 2009

GRANDES COISAS FEZ O SENHOR POR NÓS

Salmo 126                                                       Salmo 126:3

 

                    Este salmo é um maravilhoso hino de louvor e gratidão ao Senhor, que tinha trazido o Seu  povo do cativeiro! Como eles estavam gratos! Como os seus corações jubilavam pelas muitas coisas que Deus tinha feito por eles... 

 

                     Grandes coisas o Senhor fez por nós e, por isso, O louvamos com alegria!...

 

                     Tu, meu irmão e meu amigo, que hoje lês este salmo, costumas parar um pouquinho, abrandar as tuas correrias, para cantar um hino de louvor ao Senhor, pelo que Ele te tem feito? Experimenta. É tão boa, santa e doce essa experiência! Sai-se dela tão fortalecido e preparado para as lutas, que nem notamos que parámos para agradecer a Deus o bem que nos faz constantemente.

 

                     Repara que eles cantavam e agradeciam a Deus por os ter trazido do cativeiro para a terra prometida. As perspectivas não eram boas, pois as terras estavam incultas, os canais de rega destruídos, as habitações impróprias para serem habitadas, mas, mesmo assim, eles estavam como os que têm um  sonho bom, e os seus cânticos eram contínuos e plenos de louvor. Tinham consciência de que iam semear com lágrimas, mas colheriam com alegria, pois o Senhor estava com eles! Trariam messes abundantes, pois confiavam na graça do Céu e chuvas de bênçãos teriam.

 

                    Hoje, qual o nosso sentido de gratidão? Com que fé vamos ao altar do Senhor? Como estamos a semear e o que estamos a semear?

 

                    Agradeçamos a Deus, com hinos de louvor e gratidão, aquilo que Ele tem feito por nós. Tenhamos corações agradecidos.

 

 

publicado por archote às 07:28

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 12 de Outubro de 2009

TODOS COMPARECEREMOS DIANTE DO TRIBUNAL DE CRISTO

II Coríntios 5:1-10                                            II Coríntios 5:10

 

                    Quer queiramos quer não, quer acreditemos quer não, todos compareceremos perante Jesus, o Juiz dos vivos e dos já mortos, para prestarmos contas da nossa vida neste mundo. E cada um receberá a sentença de Deus - absolvido pela graça de Jesus, entra no gozo do teu Senhor; ou - condenado, afasta-te de Mim para o lugar preparado para o diabo e seus anjos, onde haverá pranto e ranger de dentes por toda a eternidade.

 

                    O facto de alguém não crer nesta verdade de Deus não muda as coisas.Deus não volta atrás, a condenação será certa para os ímpios afundados nos seus pecados, tal como será certa a absolvição para os salvos pela graça de Jesus.

 

                     Qual a tua situação neste momento? Salvo ou perdido? Absolvido ou condenado? Lembra-te que és um peregrino na terra; precisas de atravessar a ponte e chegar à terra firme da salvação por Cristo. Só Ele é o Caminho, a Verdade e a Vida; só n'Ele há esperança (João 14:6; I Crónicas 28:14-15). Não podes construir a tua casa sobre a ponte; tens de passar a ponte e construir a casa na terra de além!

 

                   Não te deixes seduzir pelo mundo, nem pelo que no mundo há; prepara-te para te encontrares com Deus, confiando em Jesus e na Sua Obra vicárIa. Pela fé n'Ele receberás as vestes limpas para entrares no gozo do Senhor e seres um dos bem-aventurados com Ele.

 

                    "Já fomos sepultados com Ele na morte, pelo baptismo, para que, como Cristo foi ressuscitado de entre os mortos para glória do Pai, assim também nós andemos em novidade de vida" (Romanos 6:4).

 

publicado por archote às 07:04

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds