Sábado, 21 de Agosto de 2010

VERDADEIRAMENTE ESTE ERA O FILHO DE DEUS

Mateus 27:49-56                                         Mateus 27:50, 54

 

 

                     Este testemunho --  "verdadeiramente Este era o Filho de Deus" -- dado pelo centurião que presidia à crucificação de Jesus (Lucas 23:47) e os que com ele estavam, é um dos mais credíveis acerca da morte de Jesus e da Sua filiação divina.

 

                     Jesus era o Filho amado de Deus, enviado dos céus, para buscar o homem que se havia perdido. Ele veio e morreu pelos nossos pecados.

 

                     Não sabemos o nome, nem conhecemos o carácter deste centurião, mas, pela sua actuação junto da cruz, permitindo que zombassem de Jesus,  que Lhe dirigissem impropérios e, até mesmo, pela escolha para a execução de sentença tão cruel, devia ser um militar duro, insensível e preparado para estas cenas de crueldade.

 

                    Não seria a primeira vez que presidia a execução através da cruz ( das mais cruéis e desumanas que se praticaram em algum tempo), mas, desta vez, ele ficou tocado, surpreso, admirado com o comportamento de um condenado  --  Jesus. Ele não blasfemou, não rogou pragas aos seus algozes, mas ficou mudo perante  a sentença injusta que Lhe deram e  aceitou a cruz como uma missão. Depois, viu e sentiu o "apagar do sol" entre as 12 e as 15 horas; sentiu a terra tremer, irada, e viu as pedras fenderem-se, pelo que ele não pode deixar de constatar que "verdadeiramente Este era o Filho de Deus".

 

                   Os chefes religiosos mantiveram o seu coração endurecido e enraivecido; seu ódio não abrandou perante tantos milagres sobrenaturais, mas o coração deste duro centurião romano rendeu-se à evidência divina  --  não ficou cego, abriu os olhos para a luz.

 

                    Perante a realidade da morte de Jesus na cruz, como fica o teu coração?

  • amolecido, crente e confessante de Jesus como o Deus Salvador?
  • ou renitente e incrédulo, respirando ódio e ameaças?
publicado por archote às 07:13

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 20 de Agosto de 2010

NÃO PODE A ÁRVORE BOA DAR MAU FRUTO... NEM A ÁRVORE MÁ DAR BOM FRUTO

Mateus 7:15-21                                                    Mateus 7:18

 

 

                     O bom ou mau fruto vem da qualidade da árvore. Se é boa, dá frutos bons; se é má, dá frutos maus. Isto quer dizer que nós, sendo pecadores dominados por Satanás, não podemos dar bons frutos. Precisamos de mudar de natureza, ser regenerados, nascer de novo, do Espírito Santo, para podermos dar bons frutos.

 

                     Depois da entrada do pecado no mundo (Génesis 3), não há ninguém que faça o bem, nem um sequer (Romanos 3:12), todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus.

 

                     No fundo de cada homem há um desejo intrínseco de fazer o bem, mas a verdade é que, sendo maus, o bem que queremos fazer não somos capazes de o fazer, mas o mal, que não queremos fazer, esse fazemos (Romanos 7:15-24).

 

                     As boas obras são válidas para Deus. Mas, que fará Deus com as boas obras de alguém que nunca foi perdoado e que está morto em pecados? Deus não pode aceitar tais obras de um morto! É preciso que esse homem seja vivificado pelo Espírito Santo de Deus, mediante a fé em Jesus. Então, sim, esse homem estará habilitado a fazer obras aceitáveis aos olhos de Deus.

 

                     Por favor, começa pelo princípio. Reconhece os teus pecados, arrepende-te e confessa-os a Jesus, pedindo-Lhe perdão. Deixa que Ele transforme a má árvore, o zambujeiro, em boa árvore e, então, sim, darás bons frutos para glória de Deus e tua bênção.

 

                     Só Jesus, pelo Espírito Santo e com a aprovação de Deus, o Pai, pode fazer que a árvore má seja regenerada, nascida de novo e que dê bons frutos.

publicado por archote às 07:45

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 19 de Agosto de 2010

ONDE ESTÁ O TEU DEUS?

Salmo 115:1-18                                                                        Salmo 115:2-3

 

 

                     Esta é uma questão que tem sido insuficientemente respondida, já que uns dizem que o seu Deus é Deus de vales, outros que é Deus de montes; uns que se deve adorar no monte de Samaria, outros em Jerusalém (João 4:20). Na verdade, Deus é Omnipresente e pode ser adorado e servido em qualquer lugar.

 

                     Dizer que Deus está só aqui ou só ali é errado, pois Ele é infinito, presente, mesmo que os homens não queiram ou não saibam. Não podemos tirar ou erradicar Deus de qualquer lugar, como os ateus comunistas quiseram fazer em relação às Rússias. Foram depostos, derrotados, mas Deus ficou lá no coração de muito povo. Como os romanos por meio das suas perseguições sanguinolentas, mas a verdade é que os imperadores passaram e Deus ficou no meio de milhões e milhões.

 

                     Não podemos dispor de Deus a nosso belo prazer, mas Ele tem poder para agir sobre nós (Job 34:24).

 

                    Onde está o teu Deus? No sacrário? Na cruz? No sepulcro? Assentado e alienado de nós lá no céu? Onde está o teu Deus?

 

Meu Deus está no céu

também no meu coração,

o do mundo está morto,

mas o meu ressuscitou.

 

                    Meu Deus não é um ídolo de ouro , prata ou madeira, que tem olhos mas não vê, boca mas não fala, mãos mas não apalpa, pés mas não anda e precisa que o levem ao colo. Meu Deus é o Deus vivo, Santo, poderoso, auto-suficiente, eterno, infinito, verdade, justiça e amor.

 

                    Este é o Deus que eu amo e que me remiu dos meus pecados, por Cristo Jesus, Seu Unigénito Filho.

 

publicado por archote às 07:17

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 18 de Agosto de 2010

ELE FOI FERIDO

Isaías 53:5

 

 

 

  Ele (Jesus) foi ferido pelas nossas transgressões

e moído pelas nossas iniquidades.

O castigo que nos traz a paz estava sobre Ele

e pelas Suas pisaduras fomos nós sarados.

Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas;

cada um de nós se desviava pelo seu próprio caminho,

mas o Senhor fez cair sobre Ele a iniquidade de todos nós:

 

                                                                                                                                                     Isaías 53:5-6

publicado por archote às 07:17

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 17 de Agosto de 2010

COM DOR TERÁS FILHOS

Génesis 3:8-19                                                 Génesis 3:16

 

 

                    Já alguém chamou ao tempo desta vida terrena "vale de lágrimas", tempo de dor e martírio. Nem sempre foi assim. Antes do homem se ter rebelado contra Deus e ter feito o que aos Seus olhos parece mal, esta vida era um tempo de delícias e de bênção. Um paraíso!

 

                    Com o pecado veio a dor, os cardos e os espinhos, as lágrimas e o trabalho com suor e sofrimento, a maldição e o afastamento de Deus.

 

                    O "dar à luz", que é uma das bênçãos mais lindas da mulher, é antecedido por dores tremendas. O trabalho, que foi dado como bênção maravilhosa, agora é doloroso, penoso, pesado, com suor e lágrimas. A terra preparada para produzir lindas flores, suculentos frutos, produz cardos e espinhos. E tudo isto por causa do pecado que gerámos no nosso coração.

 

                    Quantos terão amaldiçoado Adão e Eva pela sua queda. Mas, será que têm esse direito? Nós faríamos exactamente a mesma coisa, pois nós estávamos lá, neles mesmos. Nesta situação, costumo lembrar-me e contar a história de um homem que tinha como trabalho britar pedras. Todos os dias ele amaldiçoava Adão por ter pecado e ser culpado de uma tão grande condenação -- trabalhar no suor do rosto para ter o pão de cada dia. Um dia,  passou por ali o rei daquele país e ouviu as queixas daquele homem. Viu e sentiu todo o ódio que ele tinha por Adão.

 

                    -- Homem, porque estás tão zangado e amargurado?

                    -- Por causa de Adão e da sua cobiça pelo fruto proibido. Ademais que tinha lá tanto que comer e beber sem trabalhar.

                    -- Mas, só por isso?

                    -- Sim, se não fosse Adão, eu bem que podia comer e beber sem trabalhar ao sol, à chuva, ao frio...

                    -- Tens razão, homem. Deixa agora mesmo esse trabalho duro e vem para o meu palácio. Lá terás tudo, sem teres de trabalhar.

 

                  Imediatamente o homem foi levado numa das carruagens do rei para um lindo palácio, onde tinha vestes bonitas, comida abundante e liberdade para fazer tudo, menos levantar a tampa de uma linda e dourada terrina, que enfeitava a mesa central de uma das salas do palácio.

 

                 --  Olha, tens tudo o que quiseres, podes fazer tudo, menos levantar a tampa daquela terrina, pois, no dia em que o fizeres, voltas imediatamente para a estrada britar pedra.

                 -- Certo, majestade, não tocarei na terrina.

 

                 Assim foi durante mais de um mês. Mas, o tédio e a curiosidade começaram a trabalhar nele e, certo dia, ele levantou um pouquinho da tampa. Lá dentro estava um rato esfaimado, que não perdeu a sua oportunidade e fugiu.

 

                Bem que ele correu atrás do famélico bicho, mas nunca mais o apanhou.

 

                O rei, que todos os dias ia visitar o seu convidado e perguntar-lhe se precisava de alguma coisa, achou-o mais triste e viu logo o que se tinha passado.

 

                 -- O que tens, meu amigo? Alguém não cumpriu o seu dever para contigo?

                 -- Não, senhor, está tu...do... bem

                 -- Tu mexeste na terrina, louco...

                 -- Só levantei uma pontinha da tampa...

                 -- Pois bem, agora volta para a britadeira o resto dos teus dias e nunca mais digas que a culpa é do Adão.

 

                 Pois, a culpa não é de Adão. É totalmente nossa, mas Deus tem uma solução para a nossa dor e maldição: o dom gratuito de Deus - Jesus Cristo.

publicado por archote às 07:40

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 16 de Agosto de 2010

NÃO TERÁS OUTROS DEUSES DIANTE DE MIM...

  Êxodo 20:3-17                                            Êxodo 20:3

 

 

                    Será que ainda se lembra dos dez mandamentos que Deus nos deixou na Sua Palavra? Ora relembre-os comigo:

 

  1. Eu Sou o Senhor teu Deus, não terás outros deuses diante de Mim

    2.   Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus... nem te encurvarás a elas, nem as servirás

 

    3.   Não tomarás o Nome do Senhor teu Deus em vão, porque o Senhor não terá por inocente aquele que tomar o Seu Nome em vão...

 

    4.   Lembra-te do dia de descanso para o santificares. Seis dias trabalharás e farás toda a tua obra, mas no sétimo descansarás

 

    5.   Honra a teu pai e tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor te dá

 

    6.   Não matarás

 

    7.   Não adulterarás

 

    8.   Não furtarás

 

    9.   Não dirás falso testemunho contra o teu próximo

 

  10.   Não cobiçarás as coisas do teu próximo

 

 

                    Há quem afirme que esta lei está ultrapassada, desactualizada, que foi escrita para outras gentes, outras culturas, outros tempos. Dizem que não serve para os nossos dias.

 

                   Mas, porventura alguém tem outra melhor? Alguém conhece outra que dê tão bons e duradouros resultados? Porquê a sociedade moderna se encontra em  tão completa convulsão? Porque caminhamos tão rapidamente para o precipício moral?

 

                   Não há outra lei tão sublime e rica de valores como a Lei de Deus. E a prova está aí, bem patente aos nossos olhos. Desde que os homens abandonaram os sublimes preceitos do Senhor e os trocaram por outros, frutos da sua mente tenebrosa, foi o descalabro total.

 

                   Voltemo-nos para Deus, para as Suas santas leis, amemo-las e ponhamo-las em prática e veremos os rápidos e positivos resultados.

 

                   Senhor, eu amo a Tua Lei. Ela é mais doce do que o mel! Ajuda-me a cumpri-la em todos os dias da minha vida. Amém.

publicado por archote às 07:53

link do post | comentar | favorito
Domingo, 15 de Agosto de 2010

ANUNCIO O EVANGELHO POR COMPROMISSO DE CONSCIÊNCIA

 I Coríntios 9:15-20                                               I Coríntios 9:16

 

 

                    Anunciar a Boa Nova do Evangelho é, para mim, algo que não posso deixar de fazer. Se o não fizesse morreria, assim como morreria se não respirasse, ou não me alimentasse, ou ultrapassasse quaisquer das leis naturais da vida. Anuncio a Palavra por compromisso íntimo da minha própria consciência. Direi mesmo como Paulo : - "Ai de mim se não anunciar o Evangelho".

 

                   Não prego o Evangelho para sobreviver fisicamente, pois, pela graça de Deus, tenho habilitações para subsistir sem o que me vem do ministério. Poderia trabalhar na agricultura. Tive uma boa carteira de seguros, de que me desfiz totalmente para me dedicar exclusivamente à Obra de Deus. Vivo para o ministério e nunca vivi dos proventos do ministério.

 

                  Cristo me chamou quando eu tinha 15 anos e, através destes últimos 60 anos, tenho errado muita vez, tenho feito muita vez o que não queria e deixado de fazer o que muito desejava, mas nunca perdi de vista a visão celestial de levar o Evangelho às almas perdidas e as almas perdidas ao conhecimento do Evangelho de Cristo. Com isto não ajuntei prata, nem ouro, bens móveis ou imóveis, pois sou o mesmo "pobretana" que deixou a aldeia há 58 anos atrás. Mas sei que Cristo tem para mim uma herança maravilhosa, guardada nos céus. Não consta de ouro, prata ou jóias físicas, mas é de natureza espiritual ( I Pedro 1:3-12).

 

                 Não ganhei fama, glória, nome, prestígio, mas tornei-me depositário da graça de Cristo para a levar a todos aqueles que a não conhecem.

 

                 Não posso deixar de pregar que em Jesus há salvação e remissão de pecados. O Evangelho é a minha vida - "ai de mim se não pregar o Evangelho".

publicado por archote às 07:35

link do post | comentar | favorito
Sábado, 14 de Agosto de 2010

HOJE, VEMOS COROADO DE HONRA E GLÓRIA AQUELE JESUS QUE FOI HUMILHADO

  Hebreus 2:6-10                                        Hebreus 2:9

 

 

                    Jesus foi humilhado na cruz, morreu e foi sepultado, mas ao terceiro dia ressuscitou dos mortos e subiu ao céu (Actos 1:11) e Deus O exaltou, fazendo que se sentasse à Sua mão direita (Actos 2:32-34; 7:56), em plenitude de glória - "Vemos, porém, coroado de glória e de honra aquele Jesus que fora feito um pouco menor do que os anjos, por causa da paixão e morte que provou por causa dos nossos pecados".

 

                    Hoje, Jesus está nos céus, cheio de honra e de glória e de lá há de vir para julgar os vivos e os mortos (II Timóteo 4:1).

 

                    A Epístola aos Hebreus é um apelo aos milhares  de cristãos judeus, convertidos na segunda metade do primeiro século, aquando da brutal perseguição que lhes foi movida pelos imperadores romanos e alguns grandes de entre os saduceus e fariseus, para que se mantivessem firmes no Senhor, pois Jesus é mais que o melhor do judaísmo e mais que os grandes do mundo. Jesus é superior a tudo e a todos - ELE É DEUS.

 

                   Por meio desta epístola eles foram confortados e confirmados na fé, mas alguns renegaram a Jesus e voltaram para trás, esquecidos de que "o que lança mão do arado e olha para trás não está apto para a salvação".

 

                  É preciso permanecer em Cristo, pois Ele é mais do que os anjos, maior que Abraão, Moisés ou quaisquer profetas e o Seu sacrifício vale mais que quaisquer outros sacrifícios. É o santo e perfeito sacrifício do Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo.

 

                  Não erreis! Olhai para Jesus, Autor e Consumador da fé, e correi, com paciência, a carreira que vos está proposta, pois, de facto, vale a pena (Hebreus 12:2).

publicado por archote às 07:23

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 13 de Agosto de 2010

AI DOS QUE AO MAL CHAMAM BEM

Isaías 5:18-23                                               Isaías 5:20

 

 

                    Os princípios que servem como referências fundamentais dos valores morais da sociedade são revistos e mudados todos os dias, de tal maneira que ao "mau chamam bom", ao bom chamam mau e tudo caiu numa mistura amoral, que deixou de servir a quem quer que seja.

 

                    Se os "nossos avós" pudessem voltar a este mundo, hoje, morreriam de choque ao verem  o que nós temos por bom e por pontos referenciais para a moral das nossas crianças.

 

                    Conceitos como família, fé, patriotismo, amor ao próximo, integridade, fidelidade, honradez, honestidade, respeito ao pai e à mãe, etc., não são mais levados em conta na vida moderna. Tudo está pervertido e vive-se na era do "salva-se quem puder", mesmo que seja por cima dos direitos da vida dos outros.

 

                    Não há moral, não há respeito pelo próximo, nem amor a Deus, de Quem se blasfema e zomba a troco de tudo e de nada!

 

                    E o que está por de trás desse abandalhar do amor e da moralidade? Simplesmente o orgulho, o egocentrismo, a cobiça, o egoísmo, o querer ser Deus, desejos que nasceram no coração do diabo, pai da mentira (Isaías 14:11-16; Ezequiel 28:2b-3). Satanás está no comando desta mudança de chamar ao mal bem e ao bem mal; à escuridão luz e à luz escuridão; ao doce amargo e ao amargo doce. Ele é o príncipe da confusão, porque gosta de misturar tudo, já que "pesca melhor em águas turvas".

 

                   As bases da família estão destruídas; o respeito e amor pelo próximo é inexistente e substituído pela avareza; o adultério e a devassidão enchem o mundo; Deus foi banido do coração dos homens e trocado por horrenda idolatria (ler I Coríntios 6:10). O diabo fez a  "caldeirada" e agora são cada vez menos visíveis os valores impressos por Deus no carácter do homem.

 

                    Contudo, a vitória final não será de Satanás e dos seus apaniguados, que confundem o homem, chamando ao mal bem e ao bem mal. Ai do chefe e das suas milícias, que estão lançando a confusão, porque serão julgados e condenados ao degredo eterno. Ai deles, porque o Senhor, Criador e Sustentador de todas as coisas, está atento.

 

                    O tempo de Satanás está chegando ao fim. Não permitamos que a sua malícia nos envenene.

publicado por archote às 07:38

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 12 de Agosto de 2010

TODOS SE EXTRAVIARAM... NÃO HÁ QUEM FAÇA O BEM...

Romanos 3:9-20                                           Romanos 3:12

 

 

                    Que terrível verdade: - não há quem faça o bem. Todos se desviaram do caminho de Deus e agora estão debaixo do pecado.

 

                    Ficamos chocados com a ideia de querermos parecer bons, santos, impecáveis. Contudo, as provas de que não é assim estão aí, palpáveis e bem visíveis - a violência aumenta, o crime organizado não tem controlo, o homicídio campeia por todo o lado, a corrupção vai desde as classes ditas mais baixas até aos mais altos dignitários do poder, da política, do mundo das artes, aos mestres e ensinadores. Na verdade, "todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus" (Romanos 3:23).

 

                    Só o mal reina e não há quem faça o bem, nem um sequer, pois todos foram após o caminho do engano, da mentira, da devassidão, da idolatria. Ninguém quer reconhecer o seu estado de perdição e a sua grande necessidade de se voltar para Deus. E o mais triste de tudo isto é que amanhã pode ser tarde para buscar uma solução.

 

                    Hoje é o dia aceitável, hoje é o dia da salvação (I Coríntios 6:2), por isso, se hoje ouvirdes a Sua voz não endureçais os vossos corações, mas arrependei-vos dos vossos pecados e crede no Santo Nome de Jesus para a salvação (Actos 4:12).

 

                    O problema do homem está no coração - a sua incredulidade. Mas, a solução também está no coração, pois "se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus e em teu coração creres que Deus O ressuscitou dos mortos, serás salvo, visto que com o coração se crê para a justiça e com a boca se faz confissão para a salvação" (Romanos 10:9-10).

 

                     Todo aquele que crê não será confundido, mas será salvo (Actos 16:31).

publicado por archote às 07:18

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds