Sábado, 11 de Maio de 2013

SENDO DE NOVO GERADOS... PELA PALAVRA DE DEUS

I Pedro 1:23                                                       I Pedro 1:18-23

 

"Aquele que está em Cristo nova criatura é, as coisas velhas já passaram, eis que tudo se fez novo". "Fomos novamente gerados pela Palavra de Deus viva e que permanece para sempre". Gerados pelo amor e para o amor fraternal, não fingido.

 

Temos que ser diferentes. Nascemos na família de Deus, para sermos filhos de Deus e praticarmos as obras do amor. Nada pode ser igual ao passado. Somos novas criaturas. Tudo tem que ser novo, para louvor e honra de Deus. Fomos regenerados, gerados de novo, para uma vida em Deus.

 

O Senhor não só oferece perdão aos Seus filhos, como lhes dá descanso para a alma, paz verdadeira, cuidados protectores contra Satanás. Cuidado, Ele não tira os dentes ao leão nosso adversário, mas dá-nos poder para o vencermos no Seu Nome.  Quando feridos na luta, Ele cuida das nossas feridas com o bálsamo da Sua Palavra.

 

Ainda estás carregado com o fardo dos teus pecados? Ainda não descarregaste sobre Ele toda a tua ansiedade? Ainda não tomaste sobre ti o suave jugo do Senhor Jesus? Ainda estás abatido com o medo da morte e o peso dos teus pecados? Queres livrar-te de tudo isso e viver feliz toda a tua vida?

 

Se assim é, lança mão da fé! Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo e feito uma nova criatura.  Lança sobre Ele todos os teus fardos e ansiedades e Ele terá cuidado de ti. Entrega o teu caminho ao Senhor e Ele tudo fará. Perdoará os teus pecados, trocará o teu fardo por um fardo leve, curará as tuas enfermidades, guiará a tua vida pelas veredas da justiça, ajudar-te-á a atravessar o vale da sombra da morte, preparará uma mesa de fartura para ti, na presença dos teus inimigos. Ele te tornará vitorioso e feliz até ao céu de luz.

 

Só precisas de reconhecer teus pecados e abandoná-los, arrependido. Confessa a Jesus todo o pecado que fizeste, por falhas e omissões e crê n'Ele como teu único e suficiente Salvador.

 

Serás de gerado de novo. Serás feito e nascido na maravilhosa família de Deus.

publicado por archote às 07:05

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 10 de Maio de 2013

OS CÉUS MANIFESTAM A GLÓRIA DE DEUS

Salmo 19:1                                               Salmo 8:1-9

 

Estes dois Salmos falam-nos da grandiosidade da criação de Deus. Deus criou os universos imensos que, sem linguagem, nem fala, dão testemunho eloquente e constante da glória, do poder e da excelsitude do Criador. Manifestam a glória de Deus e anunciam a obras das Suas mãos. Aleluia! Aleluia!

 

Terra e céus , estrelas e planetas, mares e montanhas, rios e vales, sol e lua... anunciam a Sua santa presença de uma forma contínua, esplêndida e indescritível. Sem paragens, nem interregnos, sem falhas, nem imprecisões, tudo funciona para glória de Deus e testemunho da Sua presença no controlo.

 

E disse Deus: haja luz! E houve luz. Disse Deus: haja expansão"! E fez separação das águas. Disse Deus : produza a terra erva verde, que dê semente, e árvores frutíferas. Disse Deus... disse Deus... e tudo se fez conforme a Sua Palavra...

 

E, agora, façamos o homem à nossa imagem e semelhança e domine sobre toda a terra. Assim se fez, conforme a vontade e querer de Deus. E Ele viu que tudo era muito bom. Tudo quanto saiu da Sua mão era muito bom, perfeito e apto para as missões definidas. Nada falhou. Tudo manifestava a glória de Deus! A luz, a criação abrangente, o homem, tudo estava no lugar certo.

 

Infelizmente, por vontade própria e no uso das suas faculdades, que Deus lhe deu, o homem descambou, escolhendo fazer o mal, e desobedeceu às ordens de Deus. Mas,  o Senhor logo preparou túnicas para cobrir a nudez do homem e sua companheira (Génesis 3:21), porque o Cordeiro de Deus já estava preparado, desde sempre, para repor todas as coisas no seu devido lugar (Apocalipse 13:8).

 

A Luz do mundo, JESUS, brilhará no coração de todos aqueles que crerem n'Ele (João 8:12: 9:5; 12:46). Novamente, e para sempre, os céus manifestam a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra especial das Suas mãos.

publicado por archote às 07:06

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 9 de Maio de 2013

QUEM ME VÊ A MIM VÊ O PAI

João 14:9                                               João 14:1-11            

 

Será possível representar Deus? Penso que não. Deus é Espírito e um espírito é imaterial, não tem carne, nem ossos, nem forma (Lucas 24:39).

 

No entanto, desde cedo, os humanos entraram na estultícia de, na sua sabedoria, quererem mudar a glória do Deus Espírito, incorruptível, em semelhança de homem corruptível, de aves, quadrúpedes, répteis, etc. (Romanos 1:22-23). Na sua falsa sabedoria, têm procurado representar Deus com formas variadas, de vários materiais, desde o barro até ao ouro. Tudo isso é  idiotice blasfema.

 

Deus não tem forma, nem corpo, nem é feito de qualquer material. Deus é Espírito Santo, auto-suficiente, eterno, imutável, poderoso, omnisciente, omnipresente. É um Espírito que fala, ouve, sente, entristece-se, alegra-se, sofre, mas não pode ser representado por quaisquer formas. É invisível (I Timóteo 6:16), mas está sempre presente, no controlo de todas as coisas.

 

Deus é Espírito que se revela ao homem pela natureza criada por Ele; revela-se pela Sua Palavra, que Ele inspirou ao homem, livre de toda a falha, erro ou omissão; especialmente, revela-se através do Seu Filho Jesus, que Ele mandou ao mundo para nos salvar, e que é  Deus com o Pai e com o Espírito Santo (João 1:18; 10:30).

 

Cristo é a imagem fiel do Deus invisível. Jesus veio revelar a Deus na Sua plenitude de amor, justiça, verdade. Isto constitui um grande mistério... "Aquele que se manifestou na carne, foi justificado em espírito, visto dos anjos, pregado aos gentios, crido no  mundo e recebido em cima na glória (I Timóteo 3:16).

 

Devemos fugir da tentação de querer representar Deus, pois esse caminho pode levar-nos à idolatria, e a idolatria, qualquer que ela seja, é pecado.

publicado por archote às 07:07

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 8 de Maio de 2013

NOUTRO TEMPO, ÉRAMOS INSENSATOS...

Tito 3:3                                           Tito 3:3-5

 

O que Cristo fez por nós! Nós éramos insensatos, desobedientes, profanos, extraviados, servindo a várias concupiscências e deleites, vivendo em malícia, inveja, ódio, etc., etc., mas Cristo nos salvou, não pelas  obras de justiça que houvéssemos feito, mas segundo a Sua misericórdia, pela lavagem da regeneração do Espírito Santo, que abundantemente operou em nós, por Jesus Cristo, nosso Senhor.

 

Cristo nos salvou! Não porque somos bons, nem porque praticamos boas obras, agradáveis aos Seus olhos (as nossas boas obras são, aos Seus olhos, como trapos velhos e imundos ... Isaías 64:6), não porque somos ricos e damos dízimos de tudo, não porque temos uma profissão solidária com os necessitados, mas pela Sua graça e misericórdia! Não merecíamos nada, senão o castigo e a morte, mas Ele nos salvou!

 

Salvou-nos da nossa insensatez, abrindo-nos os olhos para a fé e para a luz. Salvou-nos de todos os nossos pecados, pagando o seu preço na cruz, com o Seu próprio sangue. Salvou-nos do inferno, tirando-nos das trevas eternas  para a Sua maravilhosa luz. Que mais poderíamos desejar?

 

E, para além de tudo isto, derramou em nossos corações o Seu Santo Espírito de conforto, direcção perfeita e de ensino de todas as coisas que precisamos saber (João 16:7-14).

 

Agora, somos verdadeiramente livres. Livres das garras de Satanás. Livres para fazermos tudo o que é bom, santo e agradável aos olhos de Deus. Livres para amar e fazer o bem que Deus espera de nós.

 

Sabes que Deus espera de ti, não as obras da insensatez e das trevas, mas as obras da luz e do amor a Deus, reflectido na pessoa do teu próximo? É verdade, irmão. É que nós fomos salvos e livres para servir o nosso próximo. Isto é agradável ao Pai.

publicado por archote às 07:06

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 7 de Maio de 2013

MELHOR É O BOM NOME DO QUE O UNGUENTO

Eclesiastes 7:1

 

Um bom nome vale uma vida!

 

Um bom nome quer dizer um nome honrado, respeitável, honesto e que fala de uma vida justa, sóbria e nobre.

 

Nem todos podemos ser ricos, cultos, sábios, etc., mas todos podemos lutar por um bom nome, respeitável aos olhos de todos os homens.

 

No livro de Eclesiastes, Deus quer que repudiemos a vaidade e a superficialidade das coisas, para as abandonarmos, e que nos voltemos para Ele, o Eterno, que pôs a eternidade no coração dos homens.

 

Jesus nasceu num lar humilde e pobre, no entanto, Ele teve um Nome que é sobre todo o nome, ao qual todo o joelho se há de dobrar e o qual toda a língua confessará como Senhor, para glória de Deus Pai. Isto, porque a Sua vida foi isenta de todo o pecado e na Sua boca jamais se achou engano (Filipenses 2:5-12; I Pedro 2:22). Por isso mesmo, debaixo do céu, nenhum outro nome há dado entre os homens pelo qual possamos ser salvos (Actos 4:12).

 

Não há muitos séculos ainda, os ricos podiam comprar títulos de nobreza, nomes nobiliárquicos para engrandecerem as suas pessoas e, muitas vezes, para fazerem esquecer as maiores iniquidades e crimes que envergonhavam os seus nomes. Contudo a cobertura dada era apenas aparente, pois para além da capa ficavam os crimes, os adultérios, as mais vergonhosas façanhas que, ainda que  lavassem com salitre, jamais poderiam ser apagados.

 

O bom nome conquista-se pelo trabalho, pela honra e pela fé em Jesus, e não se compra com dinheiro, boas obras ou quaisquer outras coisas materiais.

 

Melhor é o bom nome do que todos os perfumes do perfumista, que as roupas de púrpura ou linho, que todos os títulos nobiliárquicos. Ganhai o melhor nome da vida - filhos de Deus - crendo em Jesus Cristo, o Senhor da vida.

publicado por archote às 07:07

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 6 de Maio de 2013

SEM FÉ É IMPOSSÍVEL AGRADAR A DEUS

Hebreus 11:6                                       Hebreus 11:1-6

 

O que é a fé? A fé é muito mais que uma mera crença em alguma coisa ou em algum deus; é mais que uma lealdade a alguma entidade, pessoa ou coisa; é mais do que uma mera virtude religiosa. A fé não é misticismo. A fé é indefinível fora do contexto bíblico, pois é uma graça (favor não merecido) que Deus nos dá, para sermos capazes de ter confiança no Deus auto-existente, invisível, mas sempre presente, omnipresente, omnisciente, omnipotente, imutável, eterno, infinito, santo, amor, justiça, verdade.

 

Só pela fé (e a fé vem a nós pelo ouvir a Palavra de Deus) é que nós Lhe podemos agradar. "Sem fé é impossível agradar a Deus, porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que Ele existe e que é galardoador dos que O buscam".

 

Só a Bíblia, como Palavra de Deus que é, nos dá uma autêntica e perfeita definição da fé - "Ora a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam e a prova das coisas que se não vêem". Por esta definição vemos que fé é a confiança absoluta em Deus e no Seu plano salvítico, em nosso Senhor Jesus Cristo. Confiança real em tudo o que Deus tem revelado na Sua Palavra (João 5:24).

 

A fé no Redentor, pela qual o pecador confia exclusivamente n'Ele, é essencial para a salvação (João 3:15-18). A fé é um dom de Deus, que o Espírito Santo aplica à nossa alma.

 

"Sem fé é impossível agradar a Deus", por isso, quando nos sentimos em baixo, envolvidos em problemas, diante de dificuldades, devemos orar: Senhor, aumenta a nossa fé, para que Contigo e em Ti sejamos mais do que vencedores. Não nos esqueçamos que se a nossa fé for ao menos como um grão de mostarda não haverá barreiras para o nosso crescimento espiritual, já que "tudo é possível ao que crê".

publicado por archote às 07:08

link do post | comentar | favorito
Domingo, 5 de Maio de 2013

O PRÓPRIO JESUS NÃO CONFIAVA NELES

João 2:24                                      João 2:23-25

 

Que desilusão! Jesus não confiava nos líderes da religião, nem nas autoridades do templo! Eles pregavam a verdade, sabiam a verdade, mas não praticavam a verdade. Eram actores da religião e não praticantes da fé.

 

É o que muitos são hoje. Ensinadores de religião. Autoridades religiosas que sabem teologia, ensinam teologia, mas não conhecem, nem amam, nem fazem o que Deus manda e quer. Têm Deus na cabeça, mas não O têm no coração. Deus não confia neles, porque bem os conhece.

 

Grande parte do cepticismo religioso é causado pela hipocrisia e mentira de vida dos chefes religiosos. Ensinam, mas não fazem, e, por isso, ninguém crê neles, nem no caminho que proclamam. Penso que isto é brincar com Deus e de Deus não se zomba, nem se deve brincar. "Horrível coisa é cair nas mãos do Deus vivo".

 

Hoje, o nosso apelo é para que sejamos honestos e verdadeiros diante de Deus. Ele conhece o nosso levantar e o nosso deitar. Ele sabe o que fazemos às claras e às escondidas. Ele conhece as intenções com que agimos, fazemos e vivemos a vida.  Assim, tenhamos cuidado e vivamos de tal maneira que a nossa vida possa ser uma carta viva, onde todos possam ler, aprender e glorificar a Deus.

 

Que "em nada tenhamos a nossa vida por preciosa, contanto que cumpramos com alegria a carreira e o ministério que recebemos do Senhor Jesus para dar testemunho do Evangelho da graça de Deus".

 

Com honestidade e verdade, vivamos brilhando e gastando-nos para glória de Deus.

publicado por archote às 07:07

link do post | comentar | favorito
Sábado, 4 de Maio de 2013

A PAZ DE DEUS... GUARDARÁ OS VOSSOS CORAÇÕES EM CRISTO

Filipenses 4:7                                                         Filipenses 4:4-9

 

A PAZ DE DEUS é um dos mais excelentes legados d'ELE aos Seus filhos. É interessante relembrar que nas entrevistas feitas às "gentes", quando se lhes pergunta o que é que mais  desejam na vida, uma grande maioria responde: - paz, amor, saúde e alguma coisinha para comer.

 

A paz é muito mais do que a ausência de guerra. Paz é a virtude que Deus dá aos nossos corações para enfrentarmos todas as situações  negativas, sem desconforto, ira, revolta ou amargura. Paulo ensinou: - "Tanto quanto esteja em vós, tende paz com todos os homens" (Romanos 12:18).

 

A falta de paz entre os homens é uma consequência do pecado, pois antes da entrada do pecado no mundo havia harmonia, concórdia... "tudo era muito bom" (Génesis 1:31). Logo depois da queda do homem no pecado começou a haver inveja, violência, fratricídio (Génesis 4:8), extorsão... falta de paz e a consequente infelicidade.

 

Agora, em Cristo, podemos regozijar-nos sempre no Senhor; podemos viver em equidade diante de todos os homens; podemos viver sem inquietações, pois perto de nós está o Senhor (Mateus 28:20). Agora, "a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os nossos corações e os nossos sentimentos em Cristo Jesus".

 

Esta é uma paz que ninguém nos pode tirar, pois é Deus quem no-la dá como legado eterno e de maravilhosa consolação (João 14:27). É paz  que vence a guerra do pecado, é paz viva e permanente, mesmo quando tudo à nossa volta é revolta, mentira, confusão. Esta paz de Jesus é paz que nada , nem ninguém nos tiram, porque Ele no-la deu para ficar connosco para sempre.

 

Que o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo e que todo o vosso espírito, alma e corpo sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo (I Tessalonicenses 5:23), na plenitude da Sua paz.

publicado por archote às 07:07

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 3 de Maio de 2013

SENHOR, RESGATA A MINHA ALMA DAS SUAS ASSOLAÇÕES

Salmo 35:17                                                         Salmo 35:1-18

 

Este Salmo é o testemunho de um homem angustiado, no meio de situações difíceis, por causa dos seus inimigos. Quantas e quantas vezes o diabo torna difícil a nossa vida, e os nossos caminhos, com as suas tramas. O que é mais triste é que muitas vezes ele usa os nossos "amigos", para tornar mais duro o nosso viver. Não desanimemos. Confiemos e esperemos no Deus da nossa salvação.

 

O salmista descarrega na sua oração toda a amargura,  decepções e sofrimentos por que tem passado. O salmo dá-nos testemunho do homem em luta entre a fé em Deus e a tentação; entre a esperança e a decepção; entre a confiança e o desespero. Quem vencerá?

 

Já conhecemos muitas situações assim. Algumas vezes houve derrota, mas muitas vezes a fé venceu, e nós ficámos mais fortes, mais felizes.

 

A vida é mesmo assim. Uma guerra entre a nossa velha natureza, onde o diabo quer mandar, e a nova criação em Cristo, onde Ele reina e vence.

 

O salmista em oração, na luta entre a fidelidade na fé,  vivida e provada no fogo da perseguição, da amargura e do sofrimento, sabe que Deus é o nosso refúgio e consolo, mas também sabe que o mal é vencido pelo amor de Deus, que a injustiça é vencida pela Sua misericórdia e que a vitória da nossa fé é real.

 

Não desanimemos, mas, nesta luta, usemos o escudo da fé, a couraça da justiça e a espada do Espírito, que é a Palavra de Deus. Assim, vestidos com a armadura de Deus, seremos mais que vencedores.

publicado por archote às 07:09

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 2 de Maio de 2013

PELA GRAÇA SOIS SALVOS, POR MEIO DA FÉ

Efésios 2:8                                                       Efésios 2:1-10

 

"Pela graça sois salvos"! Como é possível tão grande bênção para os homens rebelados contra Deus? Apenas e só porque Deus é amor. No Seu amor, Ele, na plenitude dos tempos, enviou o Seu amado Filho para pagar as nossas dívidas!

 

Quanto custou a nossa redenção? Quanto pagou Deus para nos poder salvar dos nossos pecados? Ele pagou com a Sua própria vida, na pessoa do Seu Único Filho - Jesus.

 

Jesus podia não vir. Podia não querer limitar-se ao ventre de uma virgem. Podia não querer nascer na estrebaria. Podia não ter querido nascer na carne, pois era eterno. Poderia mesmo não querer passar pela humilhação de se fazer igual aos homens. Ele podia desistir, mas não quis, porque nos ama com todo o Seu AMOR... e Ele é AMOR...

 

Ele podia fazer as coisas de outra maneira, não passando pelo rebaixamento de nascer, mas aparecendo no mundo por um relâmpago de luz gloriosa, podia aparecer já homem, sem ter que nascer e crescer perante os homens. Podia não ter passado por toda aquela vida de trabalhos na carpintaria do pai, em Nazaré, obedecendo, trabalhando, apresentando-se como servo e não como Senhor. Tudo isto por amor.

 

Ele podia ter simulado a Sua morte na cruz, não passando por tão grande humilhação e sofrimento. Mas Ele não o fez. Ele foi até à morte de cruz, tendo passado pelo Getsemane - o Calvário antes do Calvário. Tudo isto foi real, efectivo, pois só assim Ele podia satisfazer a justiça de Deus, ofendida pelos nossos pecados.

 

Agora, Ele tem condições, ganhas por Ele, para nos salvar por Sua graça, o favor que nós não merecemos. Basta que abramos os nossos olhos para a luz, vejamos tudo o que Jesus fez por nós - a humilhação de vir a este mundo como bébé, crescer como qualquer de nós, ter as mesmas necessidades de comer, dormir, chorar, sofrer e, por fim, morrer. Vejamos só - Deus morreu por nós!

 

Creiamos nisto e sejamos salvos por meio da fé.

 

"Bendize, ó minha alma, ao Senhor e tudo que há em mim bendiga o Seu Santo Nome".

publicado por archote às 07:08

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds