Terça-feira, 24 de Fevereiro de 2009

O SENHOR FAZ JUSTIÇA AO ÓRFÃO E À VIÚVA

Deuteronómio 10:18-19

 

                   Tanta religião, mas tanta injustiça para com os pobres, os mais desprotegidos e os órfãos! O homem tem esquecido que "a religião pura e imaculada para com Deus, o Pai, é visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações e guardar-se da corrupção do mundo..." Tiago 1:27).

 

                   Justiça para todos, é o grito dos nossos dias. Justiça contra os corruptos e corruptores é desejo comum. Até quando suportaremos a corrupção, a opressão dos ricos sobre os pobres, o poder déspota dos poderosos sobre os fracos e crianças indefesas?

 

                    Satisfaz-nos a certeza de que o Senhor fará justiça ao órfão, ao pobre, ao indefeso e, finalmente, fará brilhar o "sol da justiça" sobre todos.

 

                     Hoje, a Igreja, não a igreja formal, politizada, amorfa, rica, etc., mas a Igreja dos salvos por Jesus, deve ser a fonte da justiça, do amor e da paz para todos.

 

                      A que Igreja pertencemos nós? À Igreja fria, nominal, sem paixão pelos homens, à Igreja exploradora em nome de Deus, ou à Igreja serva e militante a favor dos desprotegidos, pobres e desprezados deste mundo?

 

                     Finalmente, Deus fará justiça perfeita e específica, julgando e condenando até os religiosos que fazem a sua religião superior a Deus, mas absolvendo e justificando os pobres de espírito.

 

                    "Bem-aventurados os pobres  de espírito e os que têm fome e sede de justiça, porque deles é o Reino dos Céus".

 

publicado por archote às 08:38

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds