Sexta-feira, 24 de Abril de 2009

AI DE MIM SE NÃO ANUNCIAR O EVANGELHO

I Coríntios 9:16

 

                    O contexto bíblico, em que se inserem estas palavras de Paulo, está na discussão do salário a pagar (ou não) aos pastores e semeadores da Palavra.

 

                      Há quem pense que os pastores não deviam ter salário, mas trabalhar por amor aos perdidos; outros, que deviam ter um bom salário para se dedicarem inteiramente à Obra; e outros, que deveriam ter apenas um salário simbólico, pois o que deve imperar é o amor.

 

                      O assunto não é novo, pois Paulo aborda-o nesta carta, com certa profundidade. Quanto a mim, Paulo ensina que os apóstolos, pastores e outros obreiros devem ter os mesmos privilégios que os demais crentes:

  • o privilégio de terem família - mulher e filhos (I Coríntios 9:5)
  • o privilégio de semear e colher os frutos (I Coríntios 9:7)
  • o privilégio de comer do fruto do seu trabalho (I Coríntios 9:7)
  • como não se deve atar a boca ao boi que debulha, assim o obreiro deve comer da sua obra, como no Velho Testamento (I Coríntios 9:9-10)
  • os que administram do que é sagrado, comem do que é sagrado (I Coríntios 9:13)
  • os que pregam o Evangelho, devem viver do Evangelho (I Coríntios 9:14)
  • digno é o obreiro do seu salário (I Timóteo 5:18)

                      Parece que Paulo, para além de algumas ofertas esporádicas de algumas Igrejas, sempre trabalhou no seu ofício de fazedor de tendas, para se sustentar a si e aos que com ele estavam (I Coríntios 9:12; Actos 20:33-34).

 

                      Pela parte que me toca, e durante 50 anos de pastorado efectivo e de 7 anos de obreiro auxiliar, nunca pedi qualquer salário a qualquer das muitas Igrejas que servi, pois sempre tive por certo que Deus cuidaria de mim e que, por mais que quisesse, não podia fazer outra coisa senão anunciar o Evangelho, porque esta condição me foi imposta por meu Senhor e Mestre - Jesus.

 

publicado por archote às 08:36

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds