Segunda-feira, 31 de Julho de 2006

INFORTÚNIOS

                     Era um grupo de uns cinco ou seis jovens, do sexo masculino, todos vestidos de calção vermelho, T-shirt branca, chinelos práticos nos pés e bonés vermelhos na cabeça. Todos riam alegremente e falavam alto, procurando fazer-se ouvir através da "algaraviada" que se tinha instalado. Pertenciam aos motares " e seus "penduras", que, neste fim de semana (21-23 de Julho de 2006 ), "invadiram" a cidade de Faro.

                      De repente, um dos rapazes, rindo e galhofando com os companheiros, tentou sentar-se numa das cadeiras da mini-esplanada existente no lugar, mas, calculando mal a distância a que estava da cadeira, estatelou-se no chão, perdendo, de imediato, os sentidos. Foi uma confusão terrível. Gritos, imprecações, conselhos disparatados, acusações mútuas, etc., etc.. Finalmente, alguém chamou o 112, cujo "corpo de emergência" chegou pouco depois, levando o infortunado rapaz para o hospital.

                      Não sabemos o que se passou a seguir, nem como reagiu, nem como se encontra neste momento o malogrado folião, mas demos connosco a pensar nas contingências e fragilidades da vida. Quem está de pé pode cair; quem tem saúde pode perdê--la instantaneamente; qjuem está vivo pode ter que enfrentar a morte quando menos o esperar.

                        "A nossa vida  é como um vapor que aparece por um pouco e logo desaparece" (Tiago 4:14); "é como um conto ligeiro que se conta a uma criança..." (Jó 14:1-2;    I Pedro 1:24-25).

                          "Prepara-te para te encontrares com Deus, pois o pó voltará à terra donde veio, mas o espírito volta a Deus que o deu (Eclesiastes 12:7).

                           A vida está cheia de infortúnios e inquietações.

publicado por archote às 21:56

link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds