Quinta-feira, 30 de Julho de 2009

ISTO É O DEDO DE DEUS...

Êxodo 8:16-19                                                  Êxodo 8:19

 

                    Os magos do Egipto, diante dos milagres operados por Moisés, declararam o seu fracasso, a sua impossibilidade de continuar a disputa e disseram : - "Isto é o dedo de Deus". Não é obra de homens, mas de Deus.

 

                     Não obstante esta confissão de falta de poder da parte dos magos do Egipto, o coração de Faraó continuou endurecido, seus olhos cegos para  ver o poder de Deus.

 

                     É verdadeiro o ditado popular - "o pior cego é aquele que não quer ver". Todos reconheciam que era o poder de Deus em acção, mas o chefe dos egípcios não queria ver. Foi preciso que viessem, sobre o seu povo, mais cinco pragas, uma das quais atingindo todos os primogénitos da terra, para que Faraó cedesse e deixasse "ir o povo de Deus".

 

                     Quanto nos custa o nosso orgulho! Quantos crimes, guerras e mortes poderiam ser evitados se os homens se humilhassem debaixo da portentosa mão  de Deus! Quantos teriam deixado de cair no inferno se tivessem tido a humildade de dizer diante de Deus - "contra Ti, contra Ti somente pequei e fiz o que aos Teus olhos parece mal... Tem, misericórdia de mim, ó Deus,  apaga as minhas transgressões,  cria em mim um coração puro e renova em mim  um espírito recto... Dá-me a alegria da Tua salvação e sustem-me com um espírito de humildade e entrega..." (Salmo 51).

 

                      A mão misericordiosa de Deus está estendida para te salvar. Será que, reconhecendo a tua impossibilidade, queres segurar a Sua mão e sair do pântano dos teus pecados? Ele já fez a Sua parte. Faz tu a tua e segura a Sua mão.

 

publicado por archote às 07:43

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds